Autor Tópico: [UFC On Fox] Emmett vs. Stephens - 24 de Fevereiro  (Lida 134 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Rodrigo Cesar

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2008
  • Localidade: São Paulo - Brasil
  • Mensagens:
    38793
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    5112
em: 16 de Fevereiro de 2018, 19:18
The wisdom of the fool won't set you free

http://www.apostaganhabr.com/



Rodrigo Cesar

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2008
  • Localidade: São Paulo - Brasil
  • Mensagens:
    38793
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    5112
em: 23 de Fevereiro de 2018, 14:06
quem te viu, quem te vê Renan Barão....
The wisdom of the fool won't set you free

http://www.apostaganhabr.com/



Biscione

  • Sem Dívidas
  • B
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2011
  • Localidade:
  • Mensagens:
    283
    Pts Tipsr:
    119
em: 24 de Fevereiro de 2018, 16:15
UFC Fight Night Emmet vs. Stephens
Luta: Jessica Andrade vs. Tecia Torres
Data e Hora: 25 Fev 02:00 GMT


No co-evento principal da noite temos provavelmente a luta mais significativa a nível de repercussões de título pois desta luta sairá aparentemente a próxima desafiante ao cinturão de peso-palha (52.2 kg) atualmente pertença da norte americana Rose Namajunas que o irá defender em Abril frente à anterior detentora, Joanna Jdrzejczyk.

A brasileira Jessica Andrade de 26 anos é a atual nº 2 do ranking da divisão de peso-palha.
Apesar da ainda tenra idade, Jessica já leva um percurso de quase cinco anos dentro do UFC, percurso esse que iniciou nos pesos-galos (61.2 kg), na altura a única divisão feminina existente no UFC.
Isto por si só já demonstra a estirpe de lutadora que é Jessica Andrade que essencialmente combateu boa parte da carreira duas categorias acima da sua categoria de peso natural, contra adversárias bem mais altas e fortes e diga-se, com relativo sucesso.
Sendo uma lutadora relativamente baixa (157 cm), com a abertura da categoria de peso-palha, Jessica integrou-se na divisão e após compilar três vitórias consecutivas teve a chance de desafiar a na altura campeã Joanna Jdrzejczyk no UFC 211 em Maio do ano passado. O superior “striking” da polaca acabou por ser decisivo para uma vitória na decisão dos juízes e obrigaram Jessica a dar um passo atrás para trabalhar novamente a sua volta a uma disputa de cinturão.
Curiosamente na sua última luta que foi a luta imediata a seguir à disputa de cinturão, Jessica Andrade fez possivelmente a sua melhor exibição no UFC, quando verdadeiramente amassou durante três assaltos aquela que era vista como a “vice-campeã” da divisão, a também brasileira Cláudia Gadelha. Jessica deixou bem demonstrado neste confronto aquilo que é o seu ADN enquanto lutadora, uma capacidade impressionante de pressão constante, naquilo que quase se pode apelidar de um pequeno tanque humano.

Tecia Torres, 28 anos, é uma americana de origem porto-riquenha e um dos grandes valores da divisão de peso-palha, atual nº 5 do ranking.
Faixa preta em taekwondo, Torres é uma “striker” pura e bastante tecnicista e tem um record profissional de vitórias/derrotas em 10-1
Com uma carreira profissional iniciada no Invicta FC, promotora de lutas conhecida por ser constituída exclusivamente por mulheres, Torres eventualmente deu o salto para o UFC em 2014 quando foi escolhida como uma das participantes no TUF 20, o reality-show do UFC que pela primeira vez iria inaugurar uma nova divisão (pesos- palha femininos) e respetiva campeã.
Apesar de ser uma das favoritas, Torres não conseguiu explanar o seu jogo no torneio, e mesmo após ter sido repescada já após eliminação logo de início, eventualmente perdeu uma segunda vez para aquela que seria vencedora do torneio, Carla Esparza. Contudo e após ser incorporada no plantel da divisão de peso-palha, somou desde aí 6 vitórias em 7 lutas com a única derrota a acontecer curiosamente frente à atual campeã, que na altura ainda não o era, Rose Namajunas.
Com apenas 1.55 cm de altura, Torres é uma lutadora baixa, mas compensa em capacidade física, durabilidade e rapidez.

Os oddsmakers parecem estar do lado de Andrade que aqui aparece como pesada favorita à vitória. Consigo perceber até um certo ponto o favoritismo da brasileira. mas acho o mesmo igualmente exagerado. A “sova” que Jessica aplicou em Claudia Gadelha deixou muita gente impressionada, mas tenho sérias dúvidas que o mesmo aconteça aqui.
Tecia é possuidora de um cardio fortíssimo e a sua capacidade de movimentação pode causar algumas dificuldades em Andrade em ser efectiva face a um alvo que não vai ser estacionário.
Jessica Andrade é um tipo de lutadora que persegue incessantemente as adversárias e se as mesmas se encostam na grade em busca de recuperar o folêgo, normalmente aproveita aí para buscar o clinch de forma a derrubar e partir para o ground n’ pound que é uma das suas fortalezas. Frente a Gadelha, vimos esta mesma a conseguir inicialmente ter sucesso na trocação com os seus contra-golpes fruto do seu maior tecnicismo e capacidade de achar ângulos, mas eventualmente Claudinha soçobrou por não conseguir manter um ritmo alto de movimentação, ficando à mercê então do maior poder físico de Andrade que em consequência se revelou arrebatador para a lutadora potiguar.
Tecia Torres, não sendo uma nocauteadora nem tendo mais poder físico que Andrade tem, contudo, uma capacidade excelente de lateralizar a sua movimentação o que na minha opinião poderá funcionar como um bom antídoto à pressão de Jessica que por norma abusa de uma movimentação que não corta ângulos, sempre unilateralmente em linha reta. Enquanto Torres se mantenha fora da ação dos “body-locks” de Andrade, vejo a norte americana a ter mais sucesso no striking pois é mais rápida e fluida, em contrapartida com Jessica que normalmente puxa os seus socos a partir da anca para causar mais estragos mas que também os tornam mais previsíveis de responder defensivamente.
Eventualmente será inevitável vermos alguma esgrima no clinch mas aí penso também que Torres tem um wrestling suficientemente forte para manter Andrade à distância mercê de um forte equilíbrio e força de ancas que permitirá a Torres ganhar alguma distância e separação da pegada de Andrade. Jessica até poderá ter algum sucesso pontual com as quedas, mas a longo prazo na luta não acho que isso se sustente, pois a excelente condição física de Torres permitirá sempre que a mesma se volte a pôr em pé, e volto a frisar, Andrade não é uma wrestler de controle em “scrambles” mas sim de puro derrube seguido por ground n’ pound afiado.
Existe aqui também um ponto interessante extra na luta, mas de certa forma difícil de quantificar que tem a ver com o fato da companheira de Torres, Raquel Pennington, já ter lutado por duas vezes com Andrade nos pesos-galos tendo vencido a última delas. Nesse aspecto Pennington foi seguramente uma fonte importante de informação no “training camp” de Torres e que lhe poderá ter fornecido pequenos mas poderosos “inputs” em como poderá ultrapassar a brasileira.
Em suma, vejo aqui uma luta bem mais equilibrada do que os oddsmakers sugerem, que será eventualmente decidida por detalhes e possivelmente numa apertada decisão unânime ou dividida dos juízes. Jessica é uma lutadora que se pode tornar num verdadeiro rolo compressor para as adversárias, mas vejo aqui um claro caminho para a vitória de Torres que não me parece de todo inverosímil que aconteça.
Torres vai combater seguramente de forma evasiva durante a luta tentando capitalizar num “striking” mais polido e que ganhe pontos aos olhos dos juízes. Enquanto a norte americana se mantenha composta, calma e a potenciar o seu cardio, acho que Andrade vai sentir dificuldades em achar Tecia. Sem em pé vejo Torres a superiorizar-se será tudo uma questão de saber até que ponto a norte americana consegue manter a luta na vertical e não se envolver em constantes clinchs que lhe serão desfavoráveis no desfecho do combate. Tendo em conta o equilíbrio tenho que aqui tomar partido de onde vejo o valor das possibilidades.


Aposta: Tecia Torres @3.50 Bet365

Aposta secundária: Tecia Torres por decisão @5.00 Betfair



Forum de Apostas

Re: [UFC On Fox] Emmett vs. Stephens - 24 de Fevereiro
« Responder #2 em: 24 de Fevereiro de 2018, 16:15 »

Rodrigo Cesar

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2008
  • Localidade: São Paulo - Brasil
  • Mensagens:
    38793
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    5112
em: 24 de Fevereiro de 2018, 17:35
como nào ir numa analise dessa?

@Biscione   :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia:
The wisdom of the fool won't set you free

http://www.apostaganhabr.com/



Biscione

  • Sem Dívidas
  • B
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2011
  • Localidade:
  • Mensagens:
    283
    Pts Tipsr:
    119
em: 24 de Fevereiro de 2018, 18:45
como nào ir numa analise dessa?

@Biscione   :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia:
@Rodrigo Cesar

 :bom:

Com cautelas... A luta é equilibrada. Pena o over estar tão amassado.




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas e Prognósticos / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions / Melhores Cassinos Online Brasil / Mejores Casinos Online de América Latina