Autor Tópico: [Challengers & ITFs - ATP Masculinos] 21/11/2017 a 27/11/2017  (Lida 573 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Ricardo Matos

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2012
  • Localidade: Coimbra
  • Mensagens:
    30707
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    715


Lista de Análises e Previsões
AKA Spinosa
AG Brasil: http://www.apostaganhabr.com/



Fabio_Roz

  • Devedor
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2016
  • Localidade: São Paulo
  • Mensagens:
    125
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    89
em: 19 de Novembro de 2017, 18:05
Challenger Rio de Janeiro
Thiago Wild x Nicolas Jarry
Data: 21/11
Horário:  ainda não definido

Nicolas Jarry é a grande aposta do Chile para voltar as tempos de glória do país que já teve Marcelo Rios, Fernando Gonzalez e Nicolas Massu brilhando entre os melhores do mundo. Jarry tem apenas 22 anos e muito futuro pela frente.

Ele vem da típica escola sul-americana. Prefere jogar no saibro, gosta de atacar com o forehand que é sua principal arma. Hoje ele ocupa a poisção 118 do mundo, muito próximo de seu ranking máximo que foi 111. Jarry conquistou 3 titulos de nivel challenger esse ano, todos no saibro e fez outras 2 finais. O que fez com que desse um salto no ranking mundial. Um desses titulos foi na semana passada em Santiago onde foi campeão sem perder nenhum set.

Thiago Wild é mais um tenista que chega naquela fase muito dificil pra qualquer um que é a transição do juvenil para o profissional. O jovem de apenas 17 anos. Hoje ele é o brasileiro melhor ranking entre os junevis. Ocupa a posição 21 no ranking de sua idade. Por isso recebeu um convite para disputar a chave principal do challenger do Rio de Janeiro. Tem tido um ano muito bom nos troneios juvenis com 19 vitorias e 8 derrotas.

Será o primeiro confronto entre os dois.

Conclusão:

Apesar de Thiago ser um jovem muito promissor, vejo ele alguns degraus abaixo do nivel que Jarry está no momento. O tenista chileno está mais acostumado ao nivel dos profissionais, está muito proximo de entrar no top 100 e vai ter pela frente um tenista juvenil, ainda muito inexperiente em torneios desse nivel e não acostumado a enfrentar jogadores da qualidade de Jarry. Por isso, mesmo jogando em casa não vejo chances de Thiago vencer ao menos um set nessa partida.

Prognóstico: Jarry 2-0 - 1.68 - Premiwin
No Pain No Gain



joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5167
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    1659
em: 20 de Novembro de 2017, 00:36
Jaume Munar vs Federico Coria
20/11/2017
14.00

Challenger Rio de Janeiro

Jaume Munar, tenista espanhol de 20 anos, número 219 do ranking ATP. Jogador defensivo, de pancadas de contra-ataque, gosta de jogar do fundo do court, mete bastante efeito nas bolas e é bastante rápido. Tem talento para um top-125.

Federico Coria, tenista argentino de 25 anos, número 240 do ranking ATP. Jogador especialista de terra batida, com um estilo lutador, sem grandes armas mas que não desiste. Tem pancadas certas e move-se bem pelo court.

Munar é um jogador que me parece que tem bastante qualidade. Vi recentemente o seu jogo com Gastão Elias e ele jogou bastante bem mas parece-me que lhe falta um bocado de capacidade de aproveitamento. Contra o português e apesar de ter perdido em 2 sets, o resultado foi super enganador pois ele teve imensos break points em situações importantes, mas nunca os soube aproveitar. Parece-me que ele tem um bom estilo para dominar challengers de terra batida e é uma questão de lhe dar tempo. Este ano já teve à porta do top200 e venceu o challenger de Segovia. Quanto a Coria, um jogador com também um estilo bastante passivo mas que comete mais erros. Mesmo assim, descrevar Coria é descrever relativamente 90% dos sul americanos e seu estilo. Gosta de jogar do fundo do court, movimentando-se rapidamente no fundo do court, pancadas principalmente retas, pouca utilização do slice, usa bem a backhand e a forehand, tendo um serviço razoável. Não me parece e não vejo nele qualidades para subir muito no ranking, não tem grande potencia e é errático. Este é um jogador que nunca conseguiu nada de especial, este ano fez a melhor classificação de sempre (223º), sendo as meias finais do challenger de San Benedetto o melhor registo. Finalizando, a diferença entre os 2 é grande. O ranking não o demonstra muito mas Munar joga bastante bem, falta-lhe aceleração e saber “matar” mas tem aqui um adversário que não deve causar muito problema e deve ganhar.

Pick: Jaume Munar a 1.40 na betclic





Forum de Apostas

Re: [Challengers & ITFs - ATP Masculinos] 21/11/2017 a 27/11/2017
« Responder #2 em: 20 de Novembro de 2017, 00:36 »

joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5167
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    1659
em: 20 de Novembro de 2017, 19:05
Bradley Mousley vs Tatsuma Ito
21/11/2017
04.00

Challenger Hua Hin

Bradley Mousley, tenista australiano de 21 anos, número 322 do ranking ATP. Jogador com um bom serviço, gosta de servir e subir à rede, gosta muito de usar os slices e de empurrar o adversário para trás desde o início.

Tatsuma Ito, tenista japonês de 29 anos, número 151 do ranking ATP. Jogador  “à japonesa”. Estilo de fundo do court, consistente, resistente e sem grandes erros. Não tenta forçar o jogo, procura jogar sempre com calma e prefere o piso duro.

Mousley é um jogador ainda sem registo e que não “saiu” propriamente com o talento dos miúdos da sua idade (Kyrgios, Tomic, Kokkinakis) mas que pela forma com que fala, parece mais apaixonado que estes pela modalidade, pois esses 3, especialmente os últimos 2 parece que jogam ténis pelo dinheiro que ele acarreta consigo. Mousley é um jogador também com um jogo de serviço agressivo, com bastante serviço e vólei e penso que está aí a sua maior qualidade, ele não tem grande jogo do fundo do court.  Teve um ano bastante fraco, o único registo decente é os quartos de final do challenger de Traralgon. Quanto a Tatsuma Ito, um jogador bastante experiente com um bom jogo do fundo do court, não se importa de ficar na troca de bolas, move-se bem pelo court, sabe bater na bola tanto de forehand como de backhand e tem a inteligência de fazer a pancada correta. Para Ito, a melhor bola parece ser a que é devolvida e raramente ele tenta acelerar o jogo ou procura winners, tentando abrir bons ângulos. Falta-lhe talvez um pouco disso mas normalmente neste tipo de torneios, os jogadores não conseguem ter grande qualidade para longas trocas de bola e ele aí “lucra”. A final no challenger de Taipé é o melhor resultado. Ito retirou-se recentemente com uma lesão quando perdia 6-0 4-0. Não me parece que uma semana seja suficiente e Mousley apesar de tudo tem aqui um bom torneio para somar pontos pois o “field” parece acessível. Face à questão física do japonês e à queda de odds, vou acreditar no australiano a vencer.

Pick: Bradley Mousley a 2.00 na betclic



joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5167
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    1659
em: 20 de Novembro de 2017, 20:09
Alexey Valutin vs Yasutaka Uchiyama
21/11/2017
04.00

Challenger Hua Hin

Alexey Vatutin, tenista russo de 25 anos, número 186 do ranking ATP. Jogador com um estilo bastante agressivo, bate a bola muito forte, tem uma boa forehand e uma boa backhand a 2 mãos. Prefere pancadas retas na bola.

Yasutaka Uchiyama, tenista japonês de 25 anos, número 212 do ranking ATP. Jogador do fundo do court, talhado para rallies. Tem um jogo muito de return, não tem grande aceleração e joga para manter a bola dentro do court.

Vatutin é um jogador que vai fazendo bons torneios e que tem bastante qualidade. Tem um estilo de jogo agressivo, sabe bater bem na bola, a sua forehand é muito boa, a backhand também e a isso adiciona um serviço decente. Acho que ele é um jogador para figurar no top150 e até começar a tentar alguns qualifiers ATP’s, algo que só tentou meia dúzia de vezes este ano. O maior problema dele é a nível mental, ele é um jogador que tenta sempre abrir ângulos para bater a bola como winner e arrisca imenso. Quando lhe corre mal, ele torna-se muito errático e comete erros atrás de erros. Venceu o challenger de Poznan. Quanto a Uchiyama, um jogador de fundo do court, penso que mais que tudo, estes jogadores de ranking baixo são a imagem que os treinadores e os jogadores do próprio país fazem dos mesmos. Este é um jogador defensivo, gosta de jogar rallies, comete poucos erros, move-se bem pelo court, tem um bom jogo de pés e sabe bater bem na bola (Descrição que se aplica a praticamente todos os asiáticos). Vi um jogo dele contra Millman em que perdeu por “choke”, desperdiçando match points até no seu serviço, mas jogou muito bem. Venceu o challenger de Kyoto. Vatutin tem qualidade, é um jogador agressivo mas que nunca sabe quando é melhor trocar a bola e quer sempre “winners”. Uchiyama vai devolver muitas bolas, tantas que será uma questão de tempo para Vatutin falhar. Acredito que mais cedo ou mais tarde, o russo entre em tilt e o japa vença.

Pick: Yasutaka Uchiyama a 1.52 na betclic



joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5167
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    1659
em: 20 de Novembro de 2017, 20:42
Andrew Whittington vs Alex Bolt
21/11/2017
06.00

Challenger Hua Hin

Andrew Whittington, tenista australiano de 24 anos, número 311 do ranking ATP. Bom serviço. Jogador com uma boa forehand, gosta de bater a bola cruzada e subir à rede. Sabe também manter um rally do fundo do court sem cometer muitos erros.

Alex Bolt, tenista australiano de 24 anos, número 206 do ranking ATP. Jogador com um grande serviço, maior propensão para jogar em piso duro. Tem uma boa forehand e gosta também de subir à rede para fechar o ponto.

Whittington é um jogador que tem bastantes qualidades, mas caiu imenso no ranking. Ele chegou a ser 160º este ano mas os pontos que tinha de defender de challengers onde fez bons resultados em 2016 não foram conseguidos e caiu quase para o dobro. Ele tem um jogo bem interessante, não comete muitos erros, sabe usar bem o slice (gosta de subir à rede com este) e tem uma forehand e backhand de qualidade. O importante perceber dele é que não é nenhum “serve-bot” e que sabe jogar bem rallies, perdendo apenas muito porque exagera nas chegadas à rede. Este ano os melhores registos são 3 quartos de final em challengers. Quanto a Bolt, acho-o um jogador inteligente, que sabe o que fazer (sabe quando atacar, quando subir à rede, quando fazer serviço e vólei, etc.) e que tem momentos muito bons. Ele já bateu alguns nomes conhecidos do tour em 2017 como Sam Groth, Tatsuma Ito, Copil e Benneteau (os últimos 2 no qualifier do Australian Open). Acho-o um jogador talentoso, capaz de ascender a pelo menos o top150, sendo que há 2 anos atrás era o nº160 e duvido que muita gente esperasse que estivesse pior neste momento. Tem de melhorar um pouco o seu mental e o seu posicionamento. Ele tenta somar alguns pontos, tal como o seu oponente (mas Bolt) está bem melhor para os cabeças de série do Australian Open. Tem 2 finais de challenger perdidas este ano (Ilkley e Traralgon). São 2 jogares parecidos, um jogo equilibrado. Sinceramente, Whittington parece-me melhor do fundo do court e pelo que vi de Bolt, o seu posicionamento é horrível e acaba por ser apanhado muitas vezes completamente desposicionado. Acho que é um 50/50 e vou no underdog.

Pick: Andrew WHittington a 1.95 na betclic



FilipeXIV

  • Milionário
  • F
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2012
  • Localidade:
  • Mensagens:
    1664
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    576
em: 20 de Novembro de 2017, 23:03
- Data e Hora do Jogo: 21/11/2017 às 05:00hs (Brasília)
- Desporto: Tênis
- Nome da Competição: Challenger de Hua Hin
- Nomes das equipas ou jogadores em contenda: Hiroki Moriya x Nikola Milojevic
- Tipo de Aposta e respectiva Odds e Casa ou Bolsa de apostas: Vitória de Milojevic @1,71 na Premiwin

Jogo válido pela primeira rodada do Challenger de Hua Hin, na Tailândia, que é disputado no piso duro. A partida deve começar por volta das 5hs desta terça-feira, horário de Brasília.

O japonês Moriya é o nº  350 da ATP, prefere jogar no piso duro e vem de vitória sobre o sul-coreano Kim na última rodada do qualifying.

O sérvio Milojevic é o nº 153 do mundo, também prefere jogar no piso duro e vem das quartas de final do Challenger de Pune, quando perdeu para o indiano Ramanathan.

Será o primeiro jogo entre eles.

Moriya é um jogador experiente no circuito, que joga frequentemente os Challengers, com muita mobilidade do fundo de quadra, boa capacidade de defesa, mas poucos golpes potentes.

Milojevic é mais jovem e vem em melhor fase, com golpes mais potentes desde o saque, um forehand que faz diferença e um estilo muito mais agressivo.

Acho que o momento é muito mais favorável ao sérvio, que vem de uma semana razoável pra boa em Pune, com boas vitórias, enquanto o japonês vive uma fase mais complicada, fora do top-300.

As quadras asiáticas costumam ser bem rápidas e isso deve ajudar Milojevic, que tem uma aceleração muito maior nos golpes, além de auxiliar pro seu saque andar mais, dificultando a devolução do japonês.

Nas trocas de bola, o sérvio leva vantagem, pois tem uma bola mais reta, que ele pega na subida, que deve dificultar as trocas mais longas que Moriya deve tentar forçar pra ter vantagem.

Acredito que pela quantidade e qualidade de golpes, peso de bola e melhor fase, o sérvio tem tudo pra se impor, tanto no saque, quanto nas trocas de bola e, por isso, a dica é apostar na vitória de Nikola Milojevic.
links não permitidos na assinatura.



da_silva

  • HighRoller
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    10519
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    4006
em: 21 de Novembro de 2017, 02:47
Competição: Challenger Rio de Janeiro
Data: 21-11-2017 ás 17h
Jogadores: Jaume Munar vs Federico Coria
Pick: Jaume Munar 2-0 a 1.95 @ Betclic


:arrow: Jaume Munar, jogador espanhol de 20 anos de idade que ocupa a 228ª posição do Ranking ATP. Este tenista espanhol é um jogador com qualidade, um jovem que tem boas condições para continuar a progredir no circuito. Joga melhor em terra batida, sabe trocar bolas e tem grande raça. É um jogador com um nível de jogo interessante e acredito que na próxima temporada consiga atingir patamares mais elevados. Treina se por vezes com Rafael Nadal que já lhe reconheceu grande talento. Jaume Munar tem estado na digressão sul americana mas o melhor que fez foi Quartos de Final no Challenger Cali. Procura aqui o seu melhor resultado neste Challenger de final de temporada.        

:arrow: Federico Coria, jogador argentino de 25 anos de idade que ocupa a 280ª posição do Ranking ATP. Coria é um jogador de terra batida, um jogador com pouca iniciativa de jogo ofensiva, gosta de trocas de bola, muito paciente e algo chato. Move se bem, consegue defender se bem, mas pouco mais. O seu serviço é relativamente fraco e acaba por viver muito do seu jogo de consistência. Coria tem vindo a jogar mais Challengers ultimamente e a espaços tem conseguido alguns bons resultados, mas não vence torneios deste calibre.      

Head to head: Nunca se defrontaram

Conclusão: Jaume Munar é um jogador com mais qualidade no fundo do court, tem mais ténis e acredito que consiga arranjar soluções e formas de contrariar o jogo defensivo de Federico Coria. O espanhol tem mais intensidade de jogo e irá assumir as trocas de bola tendo maior iniciativa de jogo e comandando os pontos com a sua direita. Gosto desta odd do tenista espanhol que em condições normais não irá desiludir e assim irá passar neste teste entrando bem vencendo o 1º set e o encontro em 2 sets.



Forum de Apostas

Re: [Challengers & ITFs - ATP Masculinos] 21/11/2017 a 27/11/2017
« Responder #7 em: 21 de Novembro de 2017, 02:47 »

da_silva

  • HighRoller
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    10519
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    4006
em: 21 de Novembro de 2017, 02:47
Competição: Challenger Rio de Janeiro
Data: 21-11-2017 ás 15h30
Jogadores: Carlos Berlocq vs Daniel Elahi Galan
Pick: Carlos Berlocq 2-0 a 1.48 @ Betclic


:arrow: Carlos Berlocq, jogador argentino de 34 anos de idade que ocupa a 125ª posição do Ranking ATP. Carlos Berlocq é um jogador que depois dos 30 anos de idade é que conseguiu atingir os melhores feitos da sua carreira, entre os quais destacam se as conquistas de torneios ATP. É claramente jogador destes pisos, muito trabalhador dentro de court, corre bastante e com boa consistência. Esta foi a sua temporada menos conseguida, mas procura a todo o custo reaproximar se do TOP 100 e terminar a temporada em bom estilo. Vem de Quartos de Final no Challenger Santiago onde até jogou bem perdendo em 3 sets para Thiago Monteiro.        

:arrow: Daniel Elahi Galan, jogador colombiano de 21 anos de idade que ocupa a 286ª posição do Ranking ATP. Este tenista colombiano até tem um primeiro serviço interessante, é um jogador que quando pode ataca e que no fundo do court safa se bem. É um jogador mais forte em Futures mas que tenta em Challengers ganhar o seu espaço e melhorar os seus resultados. Esta digressão sul americana não lhe tem corrido muito bem, mas na semana passada no Challenger Santiago já esteve melhor e fez Quartos de Final nesse torneio, um resultado bem melhor do que aquilo que andava a fazer. Perdeu para o campeão e tenista da casa Nicolas Jarry.      

Head to head: Nunca se defrontaram

Conclusão: Carlos Berlocq deverá vencer este encontro em 2 sets. O tenista argentino melhorou o seu nível de jogo no Challenger passado e acredito que vá forçar a nota neste último torneio de temporada para aproximar se um pouco mais do TOP 100. Berlocq no fundo do court é mais consistente e respondendo ele bem ao serviço do colombiano, o que acredito que vá acontecer, este jogo poderá tornar se mais fácil. Vou com confiança no 2-0 do tenista argentino dando continuidade ao bom ténis que praticou em Santiago no Chile. 



da_silva

  • HighRoller
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    10519
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    4006
em: 21 de Novembro de 2017, 02:47
Competição: Challenger Rio de Janeiro
Data: 21-11-2017 ás 21h30
Jogadores: Javier Marti vs Christian Lindell
Pick: Javier Marti para vencer encontro a 1.27 @ Betclic


:arrow: Javier Marti, jogador espanhol de 25 anos de idade que ocupa a 253ª posição do Ranking ATP. Javier Marti é um jogador que prometeu nos juniores, mas que nunca conseguiu vingar verdadeiramente nos seniores.No entanto é um jogador com grande ténis, boa esquerda a uma mão, bom nível de jogo no fundo do court e que quando tem ritmo de jogo e confiança, pode bater se com tenistas do TOP 100. Já foi nº170 do ATP, mas depois teve lesões e atrasou se um pouco. Javier Marti esteve no Challenger Santiago na semana passada, mas perdeu na 1ª ronda para Thiago Monteiro em 3 sets bastante duros onde jogou bem mas falhou nos momentos importantes do 3º set. Chega fresco a este torneio.         

:arrow: Christian Lindell, jogador sueco de 26 anos de idade que ocupa a 338ª posição do Ranking ATP. Este tenista acaba por também jogar em casa uma vez que tem origens brasileiras. É um jogador que gosta de jogar sobre terra batida, 1º serviço razoável, gosta de entrar no court e atacar quando possível e no fundo do court jogo razoável. Neste momento atravessa uma fase menos boa em torneios deste nível averbando muitas derrotas. Regressou aos Futures e vem de Quartos de Final num torneio dessa categoria.      

Head to head: Nunca se defrontaram

Conclusão: Javier Marti é um jogador com mais nível de jogo, com mais ténis e com mais soluções no seu arsenal. A sua esquerda dá lhe muitas soluções e não acredito que quando Lindell o pressionar com a sua direita, que este vá claudicar e cometer muitos erros. Fez um jogo bem conseguido contra Thiago Monteiro no Chile e acredito que mantendo a qualidade de jogo que vá derrotar este brasileiro/sueco sem grandes problemas. Gosto bastante do ténis de Javier Marti e acredito que vá entrar bem nesta 1ª ronda vencendo esta partida. 



da_silva

  • HighRoller
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    10519
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    4006
em: 21 de Novembro de 2017, 02:47
Competição: Challenger Andria
Data: 21-11-2017 ás 16h30
Jogadores: Matteo Donati vs Evgeny Karlovskiy
Pick: Matteo Donati para vencer encontro a 1.42 @ Betclic


:arrow: Matteo Donati, jogador italiano de 22 anos de idade que ocupa a 261ª posição do Ranking ATP. Matteo Donati é um jogador que pode jogar sobre qualquer superfície. Nos pisos rápidos sabe entrar cedo na bola e atacar e serve também bastante bem. É um tenista que esteve já perto do TOP 150, mas tem sido bastante irregular e por isso está fora do TOP 250 embora possa exibir ténis de boa qualidade. Recentemente fez duas meias finais em torneios sobre indoor o que melhorou um pouco a sua performance nas últimas semanas. Na semana passada jogou bem em Brescia, mas perdeu em 3 sets para Travaglia.         

:arrow: Evgeny Karlovskiy, jogador russo de 23 anos de idade que ocupa a 349ª posição do Ranking ATP. Este tenista russo é um jogador agressivo, gosta de jogar de forma chapada e compete sobre todas as superfícies. É um tenista que joga mais no circuito Future onde o nível acaba por ser mais fraco. Aí é mais regular e já venceu torneios este ano. Nos Challengers ainda procura afirmação. O seu melhor resultado a este nível foi uns quartos de final na presente temporada. Karlovskiy chega aqui confiante depois de ter feito final de um Future no qual perdeu em 3 sets na semana passada também sobre pisos rápidos. 

Head to head: Nunca se defrontaram

Conclusão: Matteo Donati joga em casa, é um jogador com características de jogo ofensivas e acredito plenamente que consiga passar pelo tenista russo. Vai ser um jogo entre dois jogadores que vão espancar a bola, mas Donati tem um jogo mais pensado e trabalhado o que lhe dá outras soluções de jogo que em momentos importantes poderá fazer toda a diferença. Vejo o italiano dar tudo neste último torneio da temporada e a respeitar um adversário que vem rodado sobre este tipo de superfícies. Donati para vencer o encontro é a minha aposta. 



da_silva

  • HighRoller
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    10519
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    4006
em: 21 de Novembro de 2017, 03:24
Competição: Challenger Andria
Data: 21-11-2017 ás 13h
Jogadores: Stefano Travaglia vs Andrea Basso
Pick: Over 9.5 Games no 1º set a 1.64 @ Bet


:arrow: Stefano Travaglia, jogador italiano de 25 anos de idade que ocupa a 133ª posição do Ranking ATP.  Stefano Travaglia é um jogador que serve bem, tem um bom primeiro serviço, ofensivo sempre que pode, boa direita que lhe dá bons winners e no fundo do court também está um jogador mais forte o que lhe permitiu realizar uma excelente temporada este ano e fazer bons resultados, entre os quais vencer o seu primeiro Challenger de carreira. Compete bem em pisos rápidos como em terra batida o que é uma vantagem. Vem de Quartos de Final no Challenger Brescia onde perdeu para o campeão Luckas Lacko.        

:arrow: Andrea Basso, jogador italiano de 24 anos de idade que ocupa a 337ª posição do Ranking ATP. Este italiano é um jogador que anda mais pelos Futures mas que a espaços aparece nos Challengers. É um jogador que gosta de jogar no fundo do court e tem um nível de jogo razoável. Nos hard courts consegue ser um pouco mais ofensivo e competitivo a espaços apesar de se sentir melhor a competir sobre terra batida. Basso vem do Challenger Brescia onde foi derrotado na 1ª ronda por Mirza Basic em 2 sets bastante equilibrados. 

Head to head: 1-0 Travaglia

Conclusão: Neste encontro acredito que tenhamos over 9.5 Games no 1º set. As condições de jogo são bastante rápidas aqui e espero uma partida equilibrada com poucos breaks numa fase inicial o que favoreça e muito este Over 9.5 Games no 1º set. Ambos os jogadores conseguem servir bem e se for o caso neste jogo, as possibilidades de break não deverão aparecer numa fase inicial e tudo deverá ser decidido numa fase mais tardia do set quando o Over 9.5 Games estiver já completado. 



da_silva

  • HighRoller
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    10519
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    4006
em: 21 de Novembro de 2017, 03:25
Competição: Challenger Rio de Janeiro
Data: 21-11-2017 ás 14h
Jogadores: Gastão Elias vs Andrea Collarini
Pick: Gastão Elias 2-0 a 1.42 @ Bet


:arrow: Gastão Elias, jogador português de 26 anos de idade que ocupa a 114ª posição do Ranking ATP. Gastão Elias é um jogador com qualidade, este jogador português já esteve dentro do TOP 100 mas viria a sair desses lugares por não ter conseguido defender parte dos pontos referentes a 2016. Ainda assim mantém se muito perto e pode aproximar se ainda mais no final desta semana. Tem estado em bom plano na digressão sul americana onde venceu um Challenger precisamente no Brasil, foi finalista vencido em outro, duas meias finais e vem de Quartos de Final no Challenger Santiago onde perdeu para Marcelo Arevalo.          

:arrow: Andrea Collarini, jogador argentino de 25 anos de idade que ocupa a 259ª posição do Ranking ATP. Collarini é um jogador de terra batida, um jogador que gosta de preparar os pontos no fundo do court e tem um nível de jogo razoável, mas sem impressionar muito. Não é um tenista que tenha uma arma muito forte no seu arsenal por exemplo. Collarini vem de 4 derrotas consecutivas e está longe do seu melhor momento de forma. Chega aqui sem grande confiança e deverá jogar ainda alguns futures nas próximas semanas. 

Head to head: 3-0 Elias

Conclusão: Gastão Elias dá se bem com o jogo de Collarini, pois em 3 embates entre ambos venceu o sempre e somente perdeu um set nesses 3 encontros. Gastão Elias até perdeu "cedo" em Santiago e teve tempo para preparar este torneio. Ele gosta bastante de competir no Brasil, aqui tem a sua noiva e seguramente que será um bom apoio para ele que estava "desejoso" de sair do Chile e numa troca de bolas perdidas com Marcelo Arevalo, fez questão de dizer isso mesmo. Elias tem tudo para entrar forte neste torneio, ele que tem jogado bem na América do Sul. 2-0 é a minha aposta aqui. 



da_silva

  • HighRoller
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    10519
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    4006
em: 21 de Novembro de 2017, 03:25
Competição: Challenger Rio de Janeiro
Data: 21-11-2017 ás 17h
Jogadores: Gonçalo Oliveira vs Guilherme Clezar
Pick: Gonçalo Oliveira para vencer encontro a 2.80 @ Bet


:arrow: Gonçalo Oliveira, jogador português de 22 anos de idade que ocupa a 212ª posição do Ranking ATP. Gonçalo Oliveira é um jogador que tem crescido bastante e depois de ter vencido alguns Futures, tem provado também no circuito Challenger que pode ganhar o seu espaço e já registou vitórias bastante boas e deu boa réplica contra outros jogadores muito mais cotados. Gonçalo Oliveira é canhoto, tem jogado bem e seguramente que irá dar tudo neste torneio. Vem de 2ª ronda no Challenger Santiago onde venceu em 2 sets Blaz Rola e perdeu para Marcelo Arevalo em 3 sets.          

:arrow: Guilherme Clezar, jogador brasileiro de 24 anos de idade que ocupa a 222ª posição do Ranking ATP. Este brasileiro é um jogador com bom ténis, sabe atacar, tem boa direita e o 1º serviço não é mau. Peca por mentalmente ser um jogador algo frágil e por ser irregular durante os seus encontros. Vive muito do momento em que atravessa. Tirando a final que perdeu no Challenger Cali na Colômbia, pouco ou nada fez para além disso nesta digressão sul americana. Procura melhor resultado neste torneio de fecho a jogar em casa. 

Head to head: Nunca se defrontaram

Conclusão: Apesar de Guilherme Clezar ser favorito e de jogar em casa, acredito muito que Gonçalo Oliveira possa incomodar e até mesmo derrotar Guilherme Clezar. Até admito que o nível de jogo do brasileiro seja superior, mas Oliveira tem vindo a jogar bastante bem e se estiver focado e concentrado como habitual, poderá aproveitar os momentos de desnorte e de desconcentração do brasileiro para puxar a vantagem para o seu lado. Oliveira na semana passada jogou bem e mantendo o seu nível de jogo pode vencer e ser um dos dogs do dia sem dúvida. 



FilipeXIV

  • Milionário
  • F
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2012
  • Localidade:
  • Mensagens:
    1664
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    576
em: 21 de Novembro de 2017, 17:34
- Data e Hora do Jogo: 22/11/2017 às 04:00hs (Brasília)
- Desporto: Tênis
- Nome da Competição: Challenger de Hua Hin
- Nomes das equipas ou jogadores em contenda: John Millman x Hubert Hurkacz
- Tipo de Aposta e respectiva Odds e Casa ou Bolsa de apostas: Handicap de +3,5 games Hurkacz @1,74 na Premiwin

Jogo válido pela primeira rodada do Challenger de Hua Hin, na Tailândia, que é disputado no piso duro. A partida deve começar por volta das 04hs da madrugada de terça para quarta-feira, horário de Brasília.

O australiano Millman é o nº 165 da ATP, prefere jogar no piso duro e vem da semifinal do Challenger de Toyota, quando perdeu para o francês Hemery.

O polonês Hurkacz é o nº 237 do mundo, também prefere jogar no piso duro e vem da semifinal do Challenger de Toyota, quando perdeu para o australiano Ebden.

Será o primeiro jogo entre eles.

Millman é um jogador experiente, que gosta de dominar os pontos, com um primeiro serviço que anda bastante e um jogo consistente do fundo de quadra.

Hurkacz é um jovem jogador bem agressivo, com um saque potente e que costuma fazer a diferença, além de ir à rede com frequência pra definir os pontos.

Os dois fizeram a mesma campanha na semana passada, vencendo três jogos e indo às semis, o que indica que estão com bom ritmo de jogo pra essa partida.

Millman tem mais experiência e isso pode fazer a diferença, principalmente diminuindo a chance de erros não forçados nos momentos mais importantes.

O polonês tem a maior potência como vantagem, principalmente em uma quadra que deve estar bem rápida, o que deve fazer seu saque entrar mais, facilitando seu estilo de jogo pra se impor já com o serviço ou na segunda bola.

Acredito em uma partida equilibrada, com dois jogadores fazendo valer a condição de sacadores, dando poucas chances nos games de serviço, decidindo as parciais no detalhe, inclusive com boas chances de pelo menos um tiebreak. Por isso, a dica é apostar no handicap de +3,5 games Hubert  Hurkacz.
links não permitidos na assinatura.




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas e Prognósticos / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions / Melhores Cassinos Online Brasil / Mejores Casinos Online de América Latina