Autor Tópico: [Challengers & ITFs - ATP Masculinos] 07/11/2017 a 13/11/2017  (Lida 283 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Ricardo Matos

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2012
  • Localidade: Coimbra
  • Mensagens:
    29396
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    675


Lista de Análises e Previsões
AKA Spinosa
AG Brasil: http://www.apostaganhabr.com/



joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4901
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    1542
em: 07 de Novembro de 2017, 00:20
Brayden Schnur vs Marcos Giron
07/11/2017
18.00

Challenger Knoxville

Brayden Schnur, tenista canadiano de 22 anos , número 208 do ranking ATP. Jogador alto, com um bom serviço e estilo ofensivo, principalmente a puxar para o lado da forehand. Prefere o piso duro e pancadas fortes e principalmente retas.

Marcos Giron, tenista norte-americano de 24 anos, número 266 do ranking ATP. Jogador baixinho, movimenta-se bem pelo court, joga muito no return e a reduzir os erros forçados. Rápido, gosta de colocar efeito nas bolas.

Brayden Schnur é um jogador que passa o seu tempo nos challengers americanos. A verdade é que também há imensos jogadores pela América do Norte do mesmo estilo e é preciso melhorar para conseguir fazer um nome. Há dezenas de jogadores com o mesmo estilo (bom serviço e ataque forte) e só de nomear alguns, temos Sock, Donaldson, Tiafoe, etc… O que falta a estes é melhorar a backhand e principalmente o return. Brayden é muito novo e tem margem de progressão, pelo que tem mesmo de praticar isso. Este ano tem como melhor registo as meias finais no challenger de Granby. Quanto a Marcos Giron, um jogador que poucos jogos vi, admito que muito desta opinião está a sair de highlights no youtube. Já o tinha conhecido por um suposto “tanking” num jogo (quem não viu pode ver no youtube) e parece me um jogador um pouco o oposto do seu oponente. Gosta mais de jogar do fundo do court, movimenta-se bem, é rápido e não comete muitos erros. Infelizmente, falta-lhe muita aceleração e acho que o jogo passa mais pela raquete do adversário do que pela dele. Este ano o melhor registo foi quartos de final no challenger de Gatineau mas tem sido difícil pois tem de fazer os qualifiers. Jogadores fora do top200 é sempre um perigo mas parece-me uma aposta de valor. Schnur vai controlar os pontos e parece-me mais experiente. GIron não tem melhorado e acho que Brayden é bem superior e vence.

Pick: Brayden Schnur a 1.67 na bet.pt



joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4901
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    1542
em: 07 de Novembro de 2017, 00:20
Felix Auger Aliassime vs Matthias Bachinger
07/11/2017
13.00

Challenger de Bratislava

Felix Auger Aliassime, tenista canadiano de 17 anos, número 154 do ranking ATP. Mais um dos miúdos a ter muita atenção no futuro, nascido em 2000(!). Tem um estilo agressivo, boa forehand e gosta de se aproximar à rede.

Matthias Bachinger, tenista alemão de 30 anos, número 194 do ranking ATP. Jogador com um ótimo serviço, gosta mais de piso duro, costuma jogar mais do fundo do court, mas é bastante rápido e cobre bem os rallies.

Felix é sem dúvida dos maiores talentos a seguir, sem dúvida o maior nascido em 2000. Faz-me sentir tão velho pensar que ele nasceu já no novo milénio e tem um ténis tão bom… O miúdo tem imensa qualidade, vai batendo jogadores com idade para ser seus pais e apesar de não ser como jogadores como Coric, Shapovalov, etc, que tiveram uma grande vitória para lançar o seu nome, ele já bateu alguns nomes decentes, dos quais destaco Krajinovic, vice-campeão do Masters de Paris. Este ano já venceu 2 challengers, Lyon e Sevilha. Quanto a Bachinger, um jogador muito mais experiente, a própria idade o mostra, um jogador que já passou os 1.2M em prize pool ganho e que mesmo assim nunca teve um grande ranking, com a melhor posição a ser o número 85. É um jogador que passa a maior parte do tempo em challengers, tem um jogo bom, que coloca pressão nos jogadores e sendo que grande parte deles são de uma qualidade mais baixa faz com que ele possa tirar frutos. Este ano venceu o challenger de Gwangju. Concluindo Felix é incrível e está em grande forma mas parece perder o ritmo na fase final da época, pode estar a acumular cansaço e o nível mais exigente e não tem vencido. Acho que defronta um adversário que vai ser agressivo e explorar as suas debilidades e acredito na vitória do alemão.

Pick: Matthias Bachinger a 1.42 na bet.pt   



Forum de Apostas

Re: [Challengers & ITFs - ATP Masculinos] 07/11/2017 a 13/11/2017
« Responder #2 em: 07 de Novembro de 2017, 00:20 »

joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4901
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    1542
em: 08 de Novembro de 2017, 00:36
Go Soeda vs Jason Jung
08/11/2017
05.00
Challenger Kobe

Go Soeda, tenista japonês de 33 anos, número 157 do ranking ATP. Jogador de fundo do court e de rallies, tal como grande parte dos asiáticos baseia-se em rallies e trocas de bolas longas. Gosta mais de piso duro e é um jogador experiente.

Jason Jung, tenista da Taipé Chinesa de 28 anos, número 253 do ranking ATP. Jogador de fundo do court, também prefere piso duro, move-se bem em campo, é atlético, resistente e rápido. Mentalmente é bastante forte até, apesar da sua má classificação.

Soeda é um jogador que acredito que grande parte das pessoas que vêm ténis com frequência conhecem. Apesar de nunca ter sido brilhante, é um ex-top 50 (47º em 2012) e teve sempre algumas boas campanhas em ATP’s, sendo que agora tem jogado quase só challengers e nos ATP’s tem ficado sempre na fase inicial. Penso que já lhe falta um bocado da consistência anterior mas mesmo assim, consegue ganhar alguns pontos, e dinheiro claro, nestes torneios, pois é bem superior a muita gente e em experiência, a diferença é enorme. Este ano, a sua melhor campanha foi a final do challenger de Busan. Quanto a Jason Jung, um jogador pouco conhecido de um país que basicamente não tem jogadores (o melhor foi Yen-Hsun Lu que ainda joga mas que nunca conseguiu nenhum registo incrível) e é um jogador muito inferior a Soeda, o melhor ranking de Jason foi o nº142 no ano passado, sendo que pouco jogou qualifiers de torneios importantes e em todos estes ficou logo pelo caminho. O seu nível é bem inferior, apesar de que também é um bom jogador para rallies, sabe manter a bola jogável e é rápido mas falta-lhe força para acelerar o jogo e procurar winners. Este ano venceu o challenger de Zhangjiagang. Soeda é um jogador muito mais experiente, é verdade que Jasonvenceu-o no challenger que ganhou mas parece-me que Soeda agora está muito melhor do que em Setembro e vem de um jogo fácil enquanto que Jung tremeu muito. Posto isto, aproveito a odd do japonês.

PIck: Go Soeda a 1.35 na betclic



joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4901
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    1542
em: 08 de Novembro de 2017, 00:48
Stefano Travaglia vs Luca Vanni
08/11/2017
11.30

Challenger Mouilleron-le-Captif

Stefano Travaglia, tenista italiano de 25 anos número 134 do ranking ATP. Jogador com um grande serviço, gosta de jogar de forma agressiva e ditar a velocidade dos pontos e ter o jogo na sua raquete. É bastante forte mentalmente.

Luca Vanni, tenista também italiano de 32 anos, número 152 do ranking ATP. Jogador com um grande serviço, aproveitando a sua altura, gosta de jogar do fundo do court, sendo bastante atlético e tendo pancadas fortes, sabendo misturar o jogo.

Travagalia tem ainda bastante futuro pela frente e acredito que no futuro será top100. Apesar de não ser um jogador incrível, tem bastantes qualidades e vai fazendo nome no circuito Challenger com bons resultados, o ano passado estava na posição 125º, caiu um pouco mas continua numa bela posição e acredito que no próximo ano entre já no top10. O seu jogo é muito agressivo e a verdade é que apesar da procura incessante de winners, ele não comete muitos erros, sendo que gosta também de arriscar no jogo de return. Este ano o melhor registo é a vitória no challenger de Ostrava. Quanto a Luca Vanni, um jogador que me lembro num ATP do Brasil (não estou recordado da cidade) ter feito final onde eliminou jogadores que eram muito mais cotados mas desde aí foi sempre a cair e depois de ter estado à porta do top 100 (103º) com esse torneio, nunca mais conseguiu dar o salto e agora penso que já será tarde demais. De qualquer das formas, continua a jogar bastantes challengers, tem tido ainda menos sucesso este ano (já que em 2016 ainda venceu 2 challengers) e penso que muito disso é porque se tem mostrado muito frágil mentalmente, amontoando demasiados erros nos jogos. Os melhores registos este ano são 2 meias finais. Travaglia tem tido um belo ano e olha para subir no ranking enquanto que Vanni parece que já não acredito num grande futuro. Acho que é um bom teste para ver em que nível Stevano está e penso que será num acima do seu colega italiano.

Pick: Stefano Travaglia a 1.43 na betclic



Miguelicius

  • Bilionário
  • M
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    2710
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    888
em: 08 de Novembro de 2017, 16:12
Challenger Kobe
09-11-2017 02h00
Akira Santillan vs Hubert Hurkacz

Akira Santillan é um jovem australiano de origens japonesas de 20 anos que ocupa a 147ª posição do ranking ATP. Santillan é um jogador que já está bem cimentado nesta categoria Challenger, onde conseguiu arrecadar o título no Challenger de Winnetka, nos Estados Unidos. É um jogador que tem nos pisos rápidos a sua preferência. É um jogador com uma direita muito forte e uma pancada de esquerda a uma mão, cada vez mais raro em jovens da nova geração. É um valor seguro para o futuro e um atleta a ter em conta na próxima temporada de 2018. Venceu Uesugi facilmente em 2 sets na ronda inaugural deste Challenger japonês.

Hubert Hurkacz é um jovem polaco da mesma geração de Santillan, tem 20 anos e ocupa a 262ª posição do ranking ATP. Conforme o seu oponente, este jovem europeu também tem nos pisos rápidos a sua melhor superficie, ele que está a ter um final de temporada muito positivo depois de na semana passada até ter perdido na final de um Challenger chinês para Radu Albot. É um jogador ao estilo de Santillan, que tem na direita a sua melhor pancada e também é um jovem valor a ter em conta na próxima temporada.

2-0 Santillan

Concluindo, penso que Santillan vence. Embora tenha optado pela Austrália, Akira Santillan tem o costume de jogar com bastante regularidade e confiança quando joga em torneios no Japão. Para além disso, Santillan conhece bem Hurkacz e sabe como o derrotar, ele que já o fez por duas vezes: uma nos juniores num torneio em relva em 2014 e outra num torneio challenger em terra batida este ano, vencendo os 2 encontros sem ceder qualquer set. Hurkacz está confiante, a jogar bem mas a minha aposta recai na maior capacidade de aceleração de Santillan.

Pick: Akira Santillan a 1.55 na Betclic



joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4901
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    1542
em: 09 de Novembro de 2017, 00:19
Viktor Galovic vs Elias Ymer
09/11/2017
10.00
Challenger Mouilleron-Le-Captif

Viktor Galovic, tenista croata de 27 anos, número 224 do ranking ATP. Jogador em fase de crescimento, parece atingir um pico que nunca antes teve parecido na carreira. Tem uma ótima movimentação, é consistente e mentalmente forte.

Elias Ymer, tenista sueco de 21 anos, numero 186 do ranking ATP. Jogador talentoso, provavelmente top-100 para o ano, jogador atlético, de jogo do fundo do court, poucos erros e um estilo muito mais defensivo.

Galovic aparece mais recentemente no mapa e a verdade é que não vi muitos jogos dele (devo ter visto uns 3) mas tenho ficado entusiasmado. É um jogador com um serviço bom, forehand e backhand seguras, tem tambémboa velocidade e sou grande fã da sua movimentação pois ataca muita a rede, especialmente em bolas cruzadas e é complicado para o adversário ler o que vai fazer. Precisa de melhorar o seu 2º serviço e acho que falta um bocado de aceleração ao seu jogo, principalmente ter uma forehand mais forte. Este ano já venceu o challenger de Recanati e tem sido uma máquina de dinheiro enquanto underdog. Elias Ymer é um “next-gen” muito interessante, acredito até que para o ano talvez já esteja em Milão no torneio. Jogador que comparo-o a Hyeon Chung, muito jogo do fundo do court, explora muito os rallies e é muito consistente, rapidíssimo e parece que tem uma energia inesgotável. Acho que tem muita capacidade para ascender nos rankings caso consiga acrescentar uma vertente mais ofensiva ao seu jogo, neste momento parece só um returner e um devolve bolas e apesar de ser bom tem de melhorar a agressividade e também o jogo mental. Este ano venceu o challenger de Cordenons, mas acho que tem sido um ano fraco para ele. Galovic parece mais jogador e além disso, parece que neste piso duro conseguirá ter mais capacidade pois o seu estilo é mais agressivo e Ymer é um jogador mais de terra batida. Ia apostar no croata a 2.45 e deixei a pick para mais tarde e agora caiu imenso. De qualquer das formas, acredito que muita gente concorde comigo, o que é bom. Galovic chega em melhor forma, parece estar mais motivado  e vem de uma grande vitória frente a Bemelmans e acredito que também vença aqui.

Pick: Viktor Galovic a 1.87 na bet.pt



joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4901
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    1542
em: 09 de Novembro de 2017, 00:20
Lukas Lacko vs Felix Auger Aliassime
09/11/2017
15.30

Challenger Bratislava

Lukas Lacko, tenista eslovaco de 30 anos, número 125 do ranking ATP. Jogador de piso duro, onde faz os seus melhores resultados, gosta de jogar do fundo do court, tem um bom serviço e um estilo ofensivo, sempre a tentar controlar o ponto.

Felix Auger Aliassime, tenista canadiano de 17 anos, número 154 do ranking ATP. Mais um dos miúdos a ter muita atenção no futuro, nascido em 2000(!). Tem um estilo agressivo, boa forehand e gosta de se aproximar à rede.

Lacko é um jogador que já teve uma carreira interessante e apesar de nunca ter sido propriamente um nome de perigo no tour (a melhor classificação foi o 44º em 2013) já tem um prizepool bastante grande e ainda terá alguns anos para jogar, pelo que não terá grande problema com isso. Lacko é um jogador muito agressivo, um jogador que evita muito a terra batida (fez 4 jogos no último ano) e que tem bons resultados em superfícies rápidas, principalmente em piso duro, apesar de que também tem bons resultados em relva. Não tem estado muito bem este ano, com o melhor resultado a ser quartos de final no ATP de Atlanta e já não venceu um torneio desde Setembro de 2015. Quanto a Aliassime, um jogador com bastante qualidade, também nos alicerces de Lacko. Muito ataque e uma boa forehand. Tenho achado que ele tenha quebrado agora, até apostei contra ele no último jogo mas ele conseguiu quebrar uma série de 3 derrotas vencendo Bachinger, num jogo onde pareceu-me que o alemão teve mais demérito do que o miúdo mérito, pois houve demasiadas quebras de serviço e erros não forçados.
Este ano já venceu os challengers de Sevilha e Lyon, ambos em terra batida, onde tem um registo incrível. Concluindo, vou outra vez contra Aliassime. A época está no fim, apesar da boa vitória, não me convenceu ontem e Lacko tem aqui um torneio em casa, ele gosta muito do apoio do público, em 2015 foi finalista e acho que tem boa hipótese de fazer aqui uma grande campanha.

Pick: Lukas Lacko a 1.67 na bet.pt



Forum de Apostas

Re: [Challengers & ITFs - ATP Masculinos] 07/11/2017 a 13/11/2017
« Responder #7 em: 09 de Novembro de 2017, 00:20 »

Miguelicius

  • Bilionário
  • M
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    2710
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    888
em: 09 de Novembro de 2017, 16:15
Challenger Kobe
10-11-2017 04h00
Yosuke Watanuki vs Soon Woo Kwon

Yosuke Watanuki é um jovem japonês de 19 anos que ocupa atualmente a 355ª posição do ranking ATP. Watanuki é, provavelmente, a maior promessa do Japão depois do surgimento de Kei Nishikori. Antigo nº 2 júnior, é um atleta com um talento enorme e que acredito que é mais um grande nome de futuro do ténis asiático que tem vindo a crescer a olhos vistos. É um jogador com uma capacidade de fundo de court muito grande, onde faz a diferença com a sua direita. Ainda está dar os 1ºos passos em Challengers mas este ano já venceu 2 torneios Future em 3 finais alcançadas. Venceu Kabibulin facilmente esta semana e obteve enorme vitória perante Radu Albot em 3 sets na 2ª ronda.

Soon Woo Kwon é também um jovem asiático de 19 anos nascido na Coreia do Sul. Kwon é um jovem que começou a surgir na época transacta e que ocupa já a 189ª posição do ranking ATP. É um jogador bastante eficiente, que já tive oportunidades de ver atuar algumas vezes. Tem uma boa direita mas tem um serviço relativamente "fraco". Tem estado bem este ano, sendo que foi finalista em 2 Challenger (um no Japão e um na Coreia). Esta semana derrotou Ucjiyama e Ito, 2 atletas locais que têm bastante qualidade.

1-0 Watanuki (em hard no ano passado)

Concluindo, penso que Watanuki tem qualidade para vencer a partida. O jovem japonês joga em casa, está a jogar muito bem e acredito que irá superiorizar-se nas trocas de bola e comandar o encontro e vencendo-o. Kwon está a mostrar qualidade, eliminou Tatsuma Ito e Uchiyama, 2 bons jogadores bem consolidados mas acredito que há 3ª é de vez que perde para um atleta da casa aqui em Kobe.

Pick: Yosuke Watanuki a 1.82 na Betclic



joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4901
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    1542
em: 10 de Novembro de 2017, 00:01
Mikhail Kukuskin vs Jerzy Janowicz
10/11/2017
12.30

Challenger Bratislava

Mikhail Kukushkin, tenista cazaque  de 29 anos, número 79 do ranking ATP. Jogador de fundo do court, joga muito no contra-ataque, tem muita inteligência na
construção de pontos e mistura bem o seu jogo. É um especialista de piso duro.

Jerzy Janowicz, tenista polaco de 26 anos, número 125 do ranking ATP. Jogador com um ótimo serviço, estilo muito agressivo, enorme forehand e muita
capacidade de ataque. Disfarça bem os seus ótimos dropshots. Também especialista em piso duro.

Kukushkin é um bom jogador que apesar de não ser um jogador de “assustar” em grandes torneios tem boa capacidade de ganhar algumas rondas e de ser uma boa aposta. O seu estilo é bastante seguro do fundo do court e penso que o maior ponto negativo dele acaba por ser a propensão a lesões pois todos os anos ele parece ser fustigado por este problema. Parece-me que ele tem voltado ao ritmo, é um jogador interessante e que é muito bom para challengers (é até o 1º cabeça de série aqui). Este ano tem 2 finais de challenger, ambas perdidas em 3 sets. Quanto a Janowicz, um jogador que em boa forma é complicado de parar. Apesar de ainda estar no “meio” da sua carreira já foi top15 e tem caído imenso pois ele é sempre uma surpresa mentalmente. Não são raros os momentos de atrito, principalmente com os árbitros sobre decisões que normalmente até tem razão (mas que não justificam as suas atitudes). Ele é um jogador de controlo do ponto mas o que o faz ser tão complicado de defrontar é que ele obriga a muita movimentação pois procura o ataque e encostar o adversário para trás e consegue protagonizar depois ótimos dropshots. Este ano venceu o challenger de Bergamo. Esta superfície é rápida e tem beneficiado os servidores. Janowicz tem mostrado muita segurança a servir e deverá ser difícil a Kukushkin quebrar. Quanto ao cazaque, ele é um jogador que serve bastantes duplas-faltas e que não convence a servir, o que vai dar oportunidades a quebrar a Jerzy que acredito que aproveite e vença aqui.

Pick: Jerzy Janowicz a 1.70 na betclic



Miguelicius

  • Bilionário
  • M
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    2710
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    888
em: 10 de Novembro de 2017, 19:03
Challenger Kobe
11-11-2017 03h00
Stephane Robert vs Akira Santillan

Stephane Robert, jogador francês de 37 anos e atual 323º do ranking ATP. Este veterano obviamente já não se apresenta na sua melhor forma, os seus melhores dias já passaram (até foi o ano passado que o atingiu quando chegou à 50ª posição) mas está a realizar uma excelente semana aqui. É um jogador que não tem um serviço forte mas que tem uma enorme facilidade de bater forte na bola, quer de direita quer de esquerda. Gosta de arriscar. Venceu Matosevic, Polansky e Soeda tudo em sets diretos, o que mostra o bom momento do francês.

Akira Santillan é um jovem australiano de origens japonesas de 20 anos que ocupa a 147ª posição do ranking ATP. Santillan é um jogador que já está bem cimentado nesta categoria Challenger, onde conseguiu arrecadar o título no Challenger de Winnetka, nos Estados Unidos. É um jogador que tem nos pisos rápidos a sua preferência. É um jogador com uma direita muito forte e uma pancada de esquerda a uma mão eficiente. Venceu aqui Uesugi, Hurkacz e Alex Bolt também em sets diretos.

nunca se defrontaram

Encontro de gerações. Acredito piamente na vitória de Santillan. O atleta está praticamente "em casa" e está a jogar bem, tem muita qualidade e acredito que conseguirá atingir a final do torneio. Robert também está forte mas acredito que Santillan se vai superiozar e errar menos que o veterano francês.

Pick: Akira Santillan a 1.43 na Bet



joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4901
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    1542
em: 10 de Novembro de 2017, 21:17
Soon Woo Kwon vs Calvin Hemery
11/11/2017
04.30

Challenger Kobe

Soon Woo Kwon, tenistasul-coreano de 19 anos, número 189 do ranking ATP. Jogador com um belo serviço e tem uma grande capacidade para um futuro, iremos vê-lo a subir muito. Tem um belo jogo do fundo do court.

Calvin Hemery, tenista francês de 22 anos, número 190 do ranking ATP. Jogador também com talento, tem um bom serviço, boa capacidade agressiva do fundo do court, com uma grande forehand e procurando muitos winners.

Soon Woo Kwon tem mostrado uma grande capacidade e tenho ficado surpreendido pelo que ele faz e acho que tendo em conta a sua capacidade (e esperando que não seja apenas uma boa fase) acredito que temos jogador para o top50 e tenho muita confiança nele e aconselho a quem tem insónias a dar uma olhada neste jogo. Kwon tem me surpreendido pela capacidade de jogar do fundo do court, incrível movimento de pés e sabe preparar bem as pancadas. Além disso, tem muita resistência. Este ano tem 2 finais de challengers perdidas. Quanto a Hemery, um jogador também com qualidade, também vejo-o aí pelo top100. Tem um estilo mais agressivo, arrisca muitos winners, muitas vezes exagerados mas também tem muita vantagem em termos de aceleração do jogo, pois a sua forehand é bastante forte e é muito raro ele ser passivo com a mesma. Além disso, serve bem e consegue ter a noção da posição do adversário para usar os dropshots. Este ano venceu o challenger de Tampere, tendo batido o português Pedro Sousa na final. Kwon é um jogador incrível mas Hemery também joga muito bem.

Percebo o "mini" favoritismo do francês, pois se os serviços dele entrarem e a forehand estiver a bom nível será difícil o parar. Porém, há muitos fatores que me fazem apostar no asiático: ele terá mais apoio, o fuso horário também o vai ajudar e acho que o francês, apesar de ter tido grandes vitórias está a ser sobrevalorizado, pois ele estava numa série de 7 derrotas antes. Com tudo, isto vou no jogador que para mim é mais talentoso a vencer.

Pick: Soon Woo Kwon a 1.90 na betclic



joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4901
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    1542
em: 11 de Novembro de 2017, 00:21
Mikhail Kukushkin vs Marius Copil
11/11/2017
14.30

Challenger Bratislava

Mikhail Kukushkin, tenista cazaque  de 29 anos, número 79 do ranking ATP. Jogador de fundo do court, joga muito no contra-ataque, tem muita inteligência na construção de pontos e mistura bem o seu jogo. É um especialista de piso duro.

Marius Copil, tenista romeno de 27 anos, número 91 do ranking ATP. Jogador com um grande serviço, é a sua imagem de marca, uma boa backhand a uma mão e pancadas agressivas e normalmente retas.

Kukushkin vai mostrando bom ténis e vai surpreendendo (inclusive a mim) com a sua consistência. Ele sempre foi um jogador bom, um bocado fustigado por lesões, também não o acho brilhante mentalmente mas parece que ultimamente até tem passado longe da última, talvez tenha atingido um maior nível de maturidade a jogar (ainda provou isso frente a Janowicz) e isso só é bom para ele. É um jogador que tem andado a fazer poucos jogos ultimamente e acho que é por isso que tem corrido os challengers, muito para tentar começara nova época já com algum ritmo. Venceu Gianessi por 2-0, Desein por 2-1 e Janowicz com a desistência deste no 3º set. Quanto a Copil, um jogador que tem um jogo muito unidimensional, o seu estilo agressivo é bom, gosto de o ver jogar e acho que tem qualidade mas mais para challengers, falta-lhe jogo de return para conseguir se impor mais um pouco e ando a dizer isto há pelo menos 2 anos (que é o tempo que o sigo). Ele é um jogador muito difícil de quebrar mas também não tem grande jogo de resposta, além de que é muito mau a converter pontos de break. Venceu Patrik Nema por 2-1, Lukas Klein por 2-0 e Kamil Majchrzak por 2-0. Concluindo, fiquei muito surpreendido com o jogo do cazaque frente a Janowicz: muita capacidade de resposta e muita força e profundidade nas pancadas, sendo que me pareceu sempre bem capaz e especialmente forte mentalmente depois de perder o 1º set. Acho que Copil é um jogador em estilo semelhante a Kukushkin e acho que Mikhail vai seguir em frente.

Pick: Mikhail Kukushkin a 1.72 na betclic



FilipeXIV

  • Milionário
  • F
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2012
  • Localidade:
  • Mensagens:
    1664
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    576
em: 18 de Novembro de 2017, 11:16
- Data e Hora do Jogo: 18/11/2017 às 17:00hs (Brasília)
- Desporto: Tênis
- Nome da Competição: Challenger de Santiago
- Nomes das equipas ou jogadores em contenda: Marcelo Arevalo x Nicolas Jarry
- Tipo de Aposta e respectiva Odds e Casa ou Bolsa de apostas: Vitória de Nicolas Jarry @1,54 na Premiwin

Final do Challenger de Santiago, que é disputado no saibro. A partida deve começar por volta das 17hs deste sábado, horário de Brasília.

O salvarorenho Arevalo é o nº 207 da ATP, joga bem no saibro e no piso duro, e vem de vitória sobre o brasileiro Rogerinho na semifinal.

O chileno Jarry é o nº 118 do mundo, prefere jogar no saibro e vem de vitória sobre o brasileiro Monteiro na semifinal.

Será o primeiro jogo entre eles.

Arevalo é um jogador de bom primeiro serviço, um bom forehand da base, que gosta de ir à rede, mas que tem um backhand com um nível um pouco abaixo e uma movimentação que também não é seu forte.

Jarry é um jovem jogador, com bons golpes do fundo de quadra, um saque que faz a diferença e uma movimentação um pouco melhor, apesar da altura, que o ajuda no momento do serviço.

Acho que o favoritismo é do chileno, que além de estar jogando um tênis melhor, joga em casa, com o apoio da torcida, em uma quadra que ele conhece.

Arevalo vai precisar estar com os golpes afiados se quiser ter chances, buscando o winner à todo momento pra tirar Jarry da zona de conforto, mantendo o jogador da casa acuado e minimizando suas chances de agredir do fundo de quadra.

Acredito que o chileno vem em um melhor momento e tem golpes mais pesados, com um saque mais eficiente nos momentos importantes e com uma movimentação melhor no fundo de quadra. Por isso, a dica é apostar na vitória de Nicolas Jarry.
links não permitidos na assinatura.



Tags:

 


Rede Apostaganha: Apostas e Prognósticos / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions