Autor Tópico: [NCAAF - 2017/2018 Season]  (Lida 605 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Scala

  • Crava
  • S
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2009
  • Localidade:
  • Mensagens:
    98
    Pts Tipsr:
    1
em: 14 de Setembro de 2017, 12:41
Em que sites se pode apostar em NCAA Football?



El Apostador

  • Multimilionário
  • E
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2011
  • Localidade: Sintra
  • Mensagens:
    6785
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1005
em: 14 de Setembro de 2017, 15:07
Em que sites se pode apostar em NCAA Football?

Legal em nenhum, nos outros é só escolher  :)



iaguet

  • Sem Dívidas
  • i
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2012
  • Localidade:
  • Mensagens:
    390
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    227
em: 16 de Setembro de 2017, 01:43
NCAAF - 2017/2018 Season
Akron Zips vs Iowa State Cyclones
16/09 - 13:00 (BRT)
Aposta: Akron Zips +10.5 (HA) 1,85 @ Rivalo

O jogo:
Normalmente programas mais tradicionais recebem escolas "menores" em jogos fora da conferência, porém tendo em vista que Akron irá visitar Iowa State no próximo ano e mais uma vez irei contra o Cyclones. Ambas as equipes estão com o mesmo desempenho até agora,  uma vitória e uma derrota porém tiveram resultados diversos na última semana. Para continuarem na luta pelo título de cada uma das conferências esse jogo torna-se muito importante e vejo um bom embate entre as equipes, tão bom que não vejo tamanha vantagem para ISU como traduzem as linhas e acredito até que os Zips podem surpreender com uma vitória em casa, porém serei mais conservador e aproveitarei o movimento ao contrário da linha que aconteceu durante a semana.

Akron Zips:
As duas primeiras rodadas foram bem atípicas para a equipe de Ohio enfrentando duas equipes de extremos opostos de competitividade e força técnica fica extremamente difícil avaliar os resultados, para mim este seria o primeiro "grande" teste da temporada em que o resultado não é algo que beira 99% de chance em ganhar ou perder. Sendo assim irei avaliar com um viés de pré-temporada porém deixado claro alguns resultados dessas duas semanas que passaram.  Ofensivamente a equipe dos Zips é uma das mais equilibradas entre o jogo aéreo e terrestre da FBS, a grande dúvida era se o senior quarterback Thomas Woodson iria conseguir voltar após lesão e nestes dois jogos vem mostrado que está plenamente recuperado, mesmo que as 237 jardas totais nesses dois jogos não impressionem, temos que dar atenção a ótima temporada que teve no ano passado,  com mais de 60% de passes completos, 18 touchdowns e apenas três interceptações mostrou que é um jogador acima da média para o nível comum de Akron, mantendo-se saudável e adaptando-se as grandes mudanças existentes na equipe tem grande chance de render mais, frente a uma equipe que vem enfrentando grandes problemas contra quartebacks, Woodson pode ter encontrado seu ponto de breakout e ajudar Akron nessa difícil missão. O insucesso de Woodson na vitória por 52-3 provavelmente foi causado pela facilidade em que Warren Ball teve em sua quarta partida jogando por Akron, com 146 jardas em vinte tentativas e três touchdowns foi possível demonstrar um poder ofensivo terrestre que talvez nunca tenha sido visto na história do programa e será necessário para vencer ISU. Porém, a grande expectativa de Akron é a defesa, principalmente o linebacker Ulysees Gilbert  e o safety Zach Guiser, ambos demonstraram que a equipe teve grande melhora na defesa contra o jogo corrido e também forçando mais turnovers, grandes problemas encontrado em 2016 e também na primeira partida, contra uma equipe que está longe do poder ofensivo de Penn State acredito que seja uma boa prova real, Gilbert que já tem quinze tackles na temporada com certeza estará próximo de Stanley boa parte do jogo, conseguindo algo próximo dos quatro turnovers forçados na última partida o ataque com certeza produzirá o suficiente para vencer.

Iowa State Cyclones:
Com certeza o jogo mais importante da temporada para seus torcedores se ISU não chegar a um bool já foi e o resultado foi uma derrota dolorosa apesar de "honrada", frente a seu rival de estado perdeu no overtime por um field goal e demonstrou uma grande melhora frente ao ano passado porém ainda é necessário grandes avanços para se tornar um programa de elite no curto prazo. O mais impressionante no jogo do último sábado é que Iowa State teve o controle da bola por apenas 23 minutos e dentro desse tempo conseguiu 467 jardas, boa parte dessa "eficiência" se deve a Jacob Park, com mais de trezentas jardas alcançadas e aproveitamento de 64% de suas tentativas o quarteback eliminou algumas dúvidas que existiam sobre sua qualidade, além disso Montgomery fez mais um excelente jogo com 194 jardas terrestres em 34 tentativas e 50 jardas de recepção o sophomore demonstrou que é a maior força de ataque quando Allen Lazard não está em sintonia com o quarterback como aconteceu no último sábado. Do lado defensivo os problemas continuam constantes, ter permitido quase que quinhentas jardas e 44 pontos de um quarterback extremamente nervoso e muitas vezes precipitado como Stanley foi a prova disso, para piorar ainda mais a situação o capitão e defensive back da equipe Kamari Cotton-Moya está contundido e provavelmente estará fora, a equipe é a 114 em passes aéreos considero Woodson muito melhor tecnicamente que Stanley e o nível de jogo da defesa terá que ser dobrado para que Akron não pontue como foi no último jogo.

Conclusão:
O último jogo pode ter causado um furor favorável aos Cyclones muito maior do que a equipe apresentou realmente nesta temporada, estar vencendo até o último quarto fez com que aumentasse a expectativa com o time incrivelmente, no entanto não acredito que seja para tanto. Discordando de quase todos os especialistas irei no handicap dos Zips, Hawkeyes não apresenta nem de perto a defesa que possuía no ano passado, apesar de 41 pontos seja um ótimo número não tenho tanta confiança nesse número, defensivamente a equipe demonstrou grande dificuldade também contra um quarterback fraco como já disse anteriormente. Do outro lado Akron é uma dúvida, porém devido as circunstâncias não vejo a possibilidade de mais um massacre como foi na primeira semana, não a toa Penn State é a sexta no AP Pool e a diferença com ISU é gigantesca. Acredito que o jogo pode ser definido pela falta de eficiência dos Cyclones, a equipe já perdeu cinco dos seis jogos decididos por sete pontos ou menos, imagino uma grande pressão do jogo defensivo de Akron no início da partida, caso ocorra turnovers a distância no placar deixará a equipe ainda mais nervosa e despreparada para uma reviravolta, a distância de um touchdown mais um field gol me deixa totalmente a vontade para apostar nos Zips mesmo que ocorra uma oscilação durante a partida.



Forum de Apostas

Re: [NCAAF - 2017/2018 Season]
« Responder #17 em: 16 de Setembro de 2017, 01:43 »

iaguet

  • Sem Dívidas
  • i
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2012
  • Localidade:
  • Mensagens:
    390
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    227
em: 16 de Setembro de 2017, 04:56
NCAAF - 2017/2018 Season
Ohio State Buckeyes vs Army Black Knights
16/09 - 17:30 (BRT)
Aposta: Army Black Knights +30.5 (HA) 1,85 @ Rivalo

O jogo:
Primeiro jogo da história de dois dos mais tradicionais programas de futebol americano da NCAA, o que é extremamente curioso dado que ambas equipes jogam desde 1890 o esporte mais praticado nos Estados Unidos. Propriamente sobre 2017 vemos duas equipes em situações muito adversas, do lado dos mandantes a larga derrota na última semana  frente a Oklahoma Sooners marcou ainda mais a questão se a equipe dos Buckeyes é superestimada, do lado dos visitantes a história "está sendo feita" pela primeira vez desde 1980 a equipe começa uma temporada com duas vitórias, talvez vencer Ohio State em casa seja um sonho impossível mas fazer um jogo "difícil" com diferença menor que quatro touchdowns para mim é totalmente possível.

Ohio State Buckeyes:
Certamente a imagem que mais marcou o futebol americano universitário na semana passada foi a de Baker Mayfield, quarterback de Oklahoma Sooners enterrando a bandeira da universidade no meio do campo do Ohio Stadium. Uma derrota não esperada mas também não tão surpreendente, duas equipes de boa tradição e ótimos jogadores  porém uma distância de quinze pontos para quem era considerada número dois do AP pool é quase que inadmissível. Por isso o surgimento de tantos dúvidas sobre a habilidade de todo o roster, principalmente sobre o quarterback J.T. Barrett, na derrota completou apenas 19 dos 35 passes que tentou para 183 jardas, nenhum touchdown e uma interceptação que praticamente decretou a derrota no último quarto, com Dwayne Haskins como backup é esperado que Barrett jogue com a vida este jogo, porém não vejo tanta facilidade para um ataque que é apenas o 57 de toda a NCAA em jardas aéreas por jogo, tendo uma média de apenas 237.5 por partida mesmo enfrentando Indiana na primeira semana. No jogo terrestre aparentemente as chamadas de jogada de Meyer prejudicaram a equipe assim como a contusão de Mike Weber, os dois principais running backs da equipe tiveram apenas dezesseis carregadas para 106 jardas, enquanto que Barrett teve mais oportunidades no jogo corrido que os dois porém com média de apenas 3.7 jardas por tentativa. O jogo defensivo também demonstrou graves erros, principalmente com a secundária ainda inexperiente, totalizando uma média de 403 jardas áreas por jogo a equipe é a última colocada em toda a FBS, porém no jogo corrido a equipe tem ótimos números, em toda temporada apenas 60.5 jardas e no último jogo claramente este não foi o problema ao ceder apenas 2.8 jardas por tentativa.

Army Black Knights:
Em uma temporada inesperada o time do exército americano vem se provando muito mais talentoso do que esperado, sempre marcado pela garra e dedicação durante o jogo a equipe conta com um estilo envolvente que tem conseguido furar defesas adversárias traduzindo em vitórias. A declaração de Jeff Monken ("Como disse ao meu time, talvez eles sejam a equipe mais talentosa que Army já enfrentou na história), treinador da equipe, mostra o total respeito da equipe e consciência da diferença técnica entre as equipes, porém de maneira alguma vejo na declaração e possivelmente no jogo uma equipe que não buscará a vitória ou desistirá caso tenha um resultado adverso no início da partida. O ataque do Black Knights é incomum no futebol americano, baseando-se no triple option a equipe basicamente só utiliza o jogo corrido, desta maneira estão classificados como o segundo melhor ataque terrestre da NCAA com média de 417.5 corridas por partida repetindo o mesmo sucesso do ano passado onde a equipe terminou 8-5 na temporada vencendo Navy no Bowl que participou. Em seu último jogo conseguiu uma reviravolta fantástica no último quarto, com touchdown na quarta descida e um fake punt maravilhoso,  quarterback Ahmad Bradshaw mostrou mais uma vez que sabe correr com a bola ao quase conseguir 150 jardas depois da primeira partida onde chegou ao 177, já Darnell Woolfork demonstrou a força de Army em descidas curtas, contabilizando os dois touchdowns da equipe. Com a opção de ataque baseando-se muito no jogo corrido a defesa ganha pouco tempo de jogo, porém demonstrou um bom trabalho enquanto esteve em campo, forçando turnovers e tendo Waylon McClinton como principal jogador (com dez tackles na temporada) conseguiu frear boa parte do ataque aéreo que sofreu com apenas 216 jardas cedidas em média por jogo, o que com certeza dificultará a vida de Barrett que continua extremamente inconstante na temporada.

Conclusão:
Não consigo imaginar uma vitória de Army de nenhuma maneira, mas apesar da fome de vitória que os Buckeyes irão apresentar nesse jogo também acho extremamente difícil um massacre conforme apontam as linhas, acredito até que está vontade extra pode até atrapalhar a equipe na questão de nervosismo e decisão de jogadas. Apesar do principal foco do ataque dos visitantes ser o jogo terrestre e Ohio State ter excelente números contra esta forma o modo em que Army joga é totalmente e incomparável as outras equipes, então acredito que as estatísticas valem muito menos que normalmente para esta combinação, tanto a triple-option como cut blocking é algo que mesmo que esperado por Meyer em treinos não serão conseguido de maneira proveitosa e realista, desse modo vejo grandes chances de Army não terminar com pontuação abaixo de dois dígitos, alinhado com o consumo de tempo que o jogo corrido acumula sobra pouco tempo para o ataque dos Buckeyes dentro de campo, o que é um grande problema dado a ineficiência demonstrada na última partida como também a falta de pontaria de Barrett contra uma secundária que não é um "peixe morto", um dado interessante que demonstra a dificuldade com o tempo é que Ohio State teve 155 jogadas neste ano enquanto que os adversários de Army apenas 114, caso não consigam uma vantagem no início da partida a pressão aumentará ainda mais, dificultando ainda mais um vantagem tão larga como 30 pontos.



iaguet

  • Sem Dívidas
  • i
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2012
  • Localidade:
  • Mensagens:
    390
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    227
em: 16 de Setembro de 2017, 14:54
NCAAF - 2017/2018 Season
Miami (OH) RedHawks vs Cincinnati Bearcats
16/09 - 21:00 (BRT)
Aposta: Miami (OH) RedHawks - 5,5 (HA) 1,85 @ Rivalo

O Jogo:
Victory Bell chega ao seu 122º jogo,  a rivalidade mais antiga dos Estados Unidos em uma partida entre universidades de conferências diferentes. Neste ano, Miami recebe Cincinatti para tentar reverter a derrota sofrida no ano passado como visitante e continuar na luta por uma temporada positiva depois de sua primeira vitória na semana passada. Já os Bearcats, depois de enfrentar um Power-5 tem a difícil missão de colocar os pés no chão novamente e enfrentar seu rival, mesmo que a derrota fosse esperada, é difícil conciliar e ficar inabalado, porém para ter alguma chance de Bowl, título da conferência Cincinnati precisa vencer seu rival nesta semana.

Miami RedHawks:
A derrota na primeira semana foi um pouco decepcionante, RedHawks tem um time melhor que Marshall e poderia ter saído com a vitória caso o último drive da partida fosse bem sucedido, porém os erros custaram caro e a equipe começou a temporada com derrota. Frente a um adversário infinitamente inferior, Miami atropelou Austin Peay por uma vantagem de 21 pontos que poderiam ter sido muito mais caso o jogo já não estive "ganho" no terceiro quarto. Muito se esperava devido a temporada passada quando a equipe depois de um começo horrível com seis derrotas, acumulou uma sequência incrível com quatro vitórias e apenbacksas duas derrotas, grande parte disso devido a mudança de quarterback. Com Gus Ragland na temporada passada, a equipe saltou de uma média de 17 pontos por jogo para 29.8, nesta temporada o junior quarterback conseguiu 443 jardas, 5 touchdowns e uma interceptação, porém o último jogo talvez pela vantagem existente foi muito aquém da sua capacidade, lançou para apenas 147 jardas e esteve abaixo de 50% de passes completos o que me faz acreditar que ele virá muito mais concentrado e preparado para enfrentar seu rival. A base da equipe ofensiva é praticamente a mesma, o que dá muito vantagem em termos de alinhamento e entrosamento entre linha ofensiva, quarterback, wide receivers e running back, para vencer hoje será necessário que Alonzo Smith tenha um jogo melhor que ano passado onde obteve 23 jardas em dez tentativas, com uma média de 4.3 por carregada nesta ano vejo boa possibilidade de melhorar e ajudar a equipe na vitória. A defesa com certeza é o ponto forte da equipe e com certeza é uma das melhores de sua conferência, linebackers Junior McMullen e De’Andre Montgomery são os dois principais jogadores, porém Brad Koenig é um monstro quando se fala em tackles e Heath Harding em conjunto com Deondre Daniels são os melhores cornerbacks da conferência com isto levanta-se a dúvida do por que a derrota sofrendo 31 pontos frente a Marshall e a resposta é special team, na partida o time de especialistas talvez por inexperiência cedeu dois touchdowns para Thundering Herd somando com um touchdown defensivo do adversário sobra apenas dez pontos para a defesa dos RedHawks.

Cincinnati Bearcats:
A derrota frente aos Wolverines era mais do que esperada, tanto é que a linha para o jogo apontava uma vantagem de trinta pontos aos mandantes, (principalmente pelo ótimo jogo contra Florida que Michigan teve) , porém até o terceiro quarto ainda existia esperança e os erros do último período mostraram algumas graves deficiências da equipe. Luke Fickel em seu primeiro ano como head coach dos Bearcats começou com uma surpresa a o dar a titularidade a Hayden Moore, porém este até o momento não justificou em nada sua escolha, no primeiro jogo contra a fraca Austin Peay conseguiu apenas 151 jardas em 28 tentativas, já contra Michigan sua aparição foi péssima, acumulou duas interceptações retornadas para touchdown com apenas 37.5% de passes completos não obteve muita ajuda de sua linha ofensiva, foi sacado quatro vezes e colocado em pressão em pelo menos mais quatro, porém não justifica as escolhas erradas feitas durante a partida e apesar da defesa de Miami não pode ser comparada a de Michigan continua de extrema qualidade e Moore terá que jogar o que ainda não jogou durante a temporada para continuar como titular em sua posição.  Senior Mike Boone running back da equipe é um dos poucos que retornaram da temporada passada e apesar de ter acumulado quase que um quarto de toda sua produção no primeiro jogo frente a temporada 2016 teve muito menos brilho frente aos Wolverines, porém continua como uma boa arma devido ao inconstante quarterback que possui, uma agradável surpresa é Gerrid Doaks, dividindo a posição com Boone porém de extrema importância por também receber passes e ser mais uma opção quando Devin Gray e Kahlil Lewis estiveram em dias ruins. Assim como o ataque, a defesa também possui um coordenador novo que dentro do possível vem fazendo um bom trabalho frente a uma equipe que tem grandes problemas a anos, contando com poucos retornos e algumas contusões a equipe conseguiu "boas"  marcas dentro do possível, acredito que o jogo contra Michigan não seja uma boa comparação mas na primeira partida permitiu apenas 89 jardas em passes, porém 224 em 60 tentativa no jogo corrido, o mesmo se repetiu na última semana 193 jardas corridas em 37 tentativas porém a defesa aérea não mostrou ser de enorme potência permitindo 221 jardas com 3 touchdowns e na minha visão mais preocupante três recepções para mais de trinta jardas, o que levanta boas dúvidas sobre sua eficiência.

Conclusão:
Na minha visão a linha continua desajeitada devido ao bom jogo que Cincinnati teve frente a Michigan, porém não acredito que eles consigam repetir o mesmo feito e certamente terão uma partida mais parecida com a primeira, onde venceram por apenas doze pontos uma fraca equipe que Miami conseguiu vencer por 21. Comparar essas partidas é errôneo porém estabelece uma boa proxy, Cincinatti tem um ataque que levanta muitas dúvidas e enfrenta uma defesa que número bem acima da média, como a média de apenas 268.5 jardas cedidas por jogo, além de como disse acima ter "sofrido" apenas dez pontos em ambos os jogos até agora. Quando os RedHawks tiverem a bola vejo uma vantagem ainda maior dado que a equipe tem um jogo equilibrado podendo utilizar da fraca defesa terrestre que Bearcats vem demonstrando até então como testar mais uma vez se o jogo aéreo está diferente da última temporada, sendo uma chance de ouro para Gus Ragland demonstrar seu valor. O único porém que poderia se levantar é o time de especialistas de Miami que fraquejou diversas vezes nestes dois jogos, no entanto Andrew Gantz não tem conseguido repetir a temporada de 2015 e falhou em extra-point como também em field goals curtos e é difícil esperar que os retornadores de Cincinnati consigam bons números também, em um jogo com uma linha média-curta isto pode fazer a total diferença para que Miami consiga a diferença necessária.



El Apostador

  • Multimilionário
  • E
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2011
  • Localidade: Sintra
  • Mensagens:
    6785
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1005



iaguet

  • Sem Dívidas
  • i
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2012
  • Localidade:
  • Mensagens:
    390
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    227
em: 29 de Setembro de 2017, 21:42
NCAAF - 2017/2018 Season
30/09 - 00:30 (BRT)
Washington State x USC
Aposta: Washington State 2,7 @ Rivalo

O jogo:
Uma rivalidade de conferência que há muito tempo não suscitava dúvidas de favoritismo e agora teremos um ótimo jogo para ver quem continua invicto na Pac-12. De um lado, USC ainda não perdeu e faz seu segundo jogo como visitante, buscando manter a hegemonia de nove dos últimos dez confrontos enquanto que Washington State tenta demonstrar a força que o levou ao título da antiga Pac-10 em 2002. Um confronto entre duas equipes invictas e bem rankeadas na AP pool é um ótimo jogo a se esperar e eu particularmente, acho que a equipe do Cougars irá continuar subindo cada vez mais de produção e a décima sexta colocação ainda é pouco, acreditando nessa vitória sobre USC que pode reavaliar as opiniões de muitos na temporada.

Washington State Cougars:
Pela primeira vez em dezesseis anos, os Cougars começam uma temporada vencendo os quatro primeiros jogos, algo que com certeza era tido como possível no início da temporada mas frente aos fracassos das últimas ainda se via muita contradição.Mesmo que se argumente que Washington somente enfrentou um "grande" adversário Boise State e que ofereceu resistência a sua vitória, não é de se negar que a equipe tem ótima qualidade, um jogo muitíssimo equilibrado entre ataque e defesa quem vai conseguindo dominar  a partida toda quando em seus momentos altos. Mike Leach mais uma vez vem fazendo um ótimo trabalho na equipe ofensiva, a equipe tem uma média de 43.8 pontos por partida e não parece que irá cair em breve, dado que nas últimas três marcou pelo menos 45. Boa parte dessa produção vem através dos passes do sênior Luke Falk, que completou na temporada até o momento 1378 jardas e quatorze touchdowns, mas o que impressiona mesmo é a precisão que a equipe vem demonstrando pelo ar, são 76% de passes completos com apenas três interceptações que fazem imaginar que as quatro vitórias não são somente devido ao calendário fraco. Apesar do número aparentemente excessivo de pontos, a defesa melhorou expressivamente comparado as últimas temporadas, com uma média de 18.5 pontos por jogos e rankeada em trigésimo na S&P+  percebe-se que o jogo começa a pender para seu time quando se consegue pontuar e segurar o próximo drive e exatamente isso que o Cougars vem fazendo, Hercules Mata’afa vem mostrando uma força descomunal e liderando em sacks consegue colocar o quarterback adversário em pressão a partida toda, conseguindo segurar o jogo corrido a secundária da equipe tem plena capacidade de forçar alguns turnovers como vêm fazendo até o momento, com um touchdown defensivo e apoiado pela torcida vejo pouca possibilidade de reação de USC.

USC Trojans:
A equipe da Califórnia tem a segunda maior sequência  de vitórias da NCAA, com treze no total desde o ano passado chega a números próximos do que foram alcançados em seus tempos áureos quando ainda tinha Pete Carroll em seu comando. Sam Dornald com certeza é um dos melhores quarterbacks universitários e tem grandes chances de ser draftado no primeiro round se conseguir passar a temporada sem nenhuma lesão grave, porém apesar de sua qualidade já não conta com os mesmo ótimos receivers que teve ano passado como JuJu Smith-Schuster e Darreus Rogers, apesar de algumas reposições serem boas não chegavam aos níveis destes dois que partiram, as lesões de Deontay Burnett e Steven Mitchell deixam as coisas ainda mais difíceis para Dornald, já que estes são os dois alvos preferidos até o momento pelo quarterback. Já o jogo corrido também pode ser um grande problema, apesar de ter 743 jardas conquistadas nos quatro jogos que aconteceram, mais de 70% destas foram alcançadas no primeiro jogo restando pouco contra equipes que não possuíam defesa terrestre muito forte. Apesar do histórico de conseguir bons resultados contra equipes que tem como foco o ataque aéreo, a equipe de USC ainda não enfrentou na temporada nenhum ataque tão forte como dos  Cougars, não é certo como a equipe irá reagir já que apesar de ótimo jogo contra Texas permitiu 303 jardas aéreas contra Califórnia na semana passada, a única coisa certa é que dificilmente a defesa conseguirá manter os mesmos três pontos cedidos como foi no último confronto entre as equipes.

Conclusão:
Apesar do argumento que o calendário enfrentado por Washington State ser mais fraco que o enfrentado por USC ser válido acredito que algumas considerações são importantes e por isso acho que a odd está desbalanceada. USC não apresentou bons resultados no início da partida em nenhum de seus jogos, garantiu a vitória sempre no segundo tempo muitas vezes no último quarto como foi contra a fraca Cal. Do outro lado, a única dificuldade demonstrada foi contra Boise State, faculdade que apesar de não estar vinculada a nenhuma grande conferência tem um ótimo time. Com os possíveis desfalques no lineup fica ainda mais difícil para USC, enquanto que os Cougars contará com a força da torcida em casa em um jogo decisivo na temporada.




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas e Prognósticos / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions / Melhores Cassinos Online Brasil / Mejores Casinos Online de América Latina