Autor Tópico: À caça do espermatozóide purple  (Lida 226 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

miguelyn

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2005
  • Localidade: Lamego
  • Mensagens:
    64058
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1596
em: 30 de Maio de 2016, 19:08
Citação de: Visão
Caça à herança: mais de 900 pessoas reclamam ser irmãos ou filhos de Prince


O responsável por encontrar mais herdeiros do cantor de Purple Rain diz à VISÃO que "vai ser um processo extremamente longo e pode não envolver apenas os Estados Unidos, mas também vários países estrangeiros onde Prince atuou"


O telefone de Harvey Morse não para de tocar, ao ritmo com que chegam novas mensagens à sua caixa de email. O diretor da empresa Serviços Genealógicos Morse é o responsável por encontrar possíveis herdeiros de Prince e a cada dia que passa cresce o número de candidatos a receber parte da fortuna, estimada em 270 milhões de euros.

"Temos mais de 900 pessoas a dizer que acreditam ser familiares de Prince", revela Harvey Morse à VISÃO. "Alguns são considerados inválidos logo à partida, outros captam o nosso interesse e uns poucos parecem ter uma hipótese de credibilidade", esclarece o norte-americano.

Encontrado morto em sua casa no passado dia 21 de Abril, Prince deixou seis irmãos vivos, cinco dos quais meios-irmãos (três de um casamento anterior do pai e dois de um casamento posterior da mãe). Se não aparecesse mais ninguém a reclamar a herança por laços de sangue, ela seria repartida pelos seis em parte iguais, segundo as leis do estado do Minnesota, onde residia o cantor. Os pais do artista de Purple Rain já tinham falecido e o único filho conhecido que teve, Boy Gregory Nelson, não sobreviveu à primeira semana de vida, em 1996. Dois outros meios-irmãos também já morreram, mas a filha e neta de um deles querem ter direito a parte da herança. Já os dois casamentos de Prince não criam dúvidas, pois acabaram em divórcio.

As mais de 900 pessoas que já entraram em contacto com Harvey Morse estão a dizer-se meios-irmãos ou filhos de Prince. Um dos mais recentes a sair do anonimato, Carlin Q. Williams, que cumpre uma pena de prisão de sete anos e meio por posse ilegal de arma, garante que é fruto de uma relação de uma noite da sua mãe com o músico. Há também quem alegue que morava perto do cantor e por isso deve ser familiar dele e outros que enviam fotos ao lado de Prince para tirarem a mesma conclusão. O trabalho de Harvey Morse é separar o trigo do joio.

"De momento estamos a reunir informação, pesquisando os que têm um grau de potencial e descartando os que são obviamente falsos. Vai ser um processo extremamente longo e pode não envolver apenas os Estados Unidos, mas também vários países estrangeiros onde Prince atuou", explica o investigador, sem conseguir adiantar se há algum português entre os mais de 900 pretendentes da herança milionária: "Ainda não pudemos analisar todas as respostas que recebemos. Têm sido tantas".

Por causa da "corrida ao ouro", o juiz encarregado de deliberar sobre o caso determinou que os testes de ADN que ordenou passem a ser custeados pelos interessados e não pelo tribunal. Quem quiser ser familiar de Prince terá de pagar do próprio bolso para o provar.
:roll:



mara

  • Magnata
  • m
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade: Vila Praia de Âncora / Covilhã
  • Mensagens:
    46536
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1633
em: 30 de Maio de 2016, 19:14
 :shock: :shock: :shock:
Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros.




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas e Prognósticos / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions / Melhores Cassinos Online Brasil / Mejores Casinos Online de América Latina