Autor Tópico: Tour de France - 4ª etapa - 7 de Julho de 2015  (Lida 404 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Joao_

  • Multimilionário
  • J
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2009
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6185
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1765
em: 06 de Julho de 2015, 22:03
mods
Antigo nick: devilboypt



Joao_

  • Multimilionário
  • J
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2009
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6185
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1765
em: 06 de Julho de 2015, 22:15
Tour de France, 5ª etapa
7 de Julho; 11h
Alejandro Valverde x Rui Costa

Até aqui, emoção não têm faltado neste Tour e há terceira etapa já vimos de tudo. A quarta promete ser mais uma de muita emoção e de muitos nervos dentro do pelotão. Amanhã teremos praticamente um Paris-Roubaix e muito dos favoritos voltam a ter muito com que se preocupar.

A Movistar vai ter aqui uma prova de fogo. Quintana já está a 1'50'' de Froome o que dado aquilo que já se passou nem é muito alarmante e podia ser bem pior, mas o pior ainda está para vir e já amanhã. Quintana é o ciclista que, teoricamente, pior se defende, dos quatro magníficos, neste terreno e a juntar a isso ainda terá uma equipa que não está, de todo, feita para esta etapa. Um dia mau e pode acabar aqui o Tour para o colombiano que para mim continua a ser o único que poderá dar luta a Froome (vamos ver, ainda assim, o que faz Nibali amanhã que pode também relançar as coisas). Valverde também não é, de todo, um especialista mas terá, de uma vez por todas, ser uma ajuda para Quintana amanhã e dar tudo o que têm.

Rui Costa, em condições normais, já iria ter uma etapa má amanhã. Depois de hoje, a etapa de amanhã é um autêntico pesadelo. O que ele diz no seu diário no Tour é sintomático:

Citar
O pior é que amanhã temos uma etapa importantíssima e super dura, a etapa do pavê. Uma autêntico Paris-Roubaix em pleno Tour. O trepidar do paralelo a juntar às mazelas... é melhor não pensar e simplesmente focar-me no objetivo.

Depois da incrível queda de hoje, o dia de amanhã já seria de puro sofrimento. Em pavê vai ser um autêntico massacre para o português e veremos até que ponto é que conseguirá acabar a etapa. Valverde, apesar de tudo, terá que sofrer e dar tudo para ajudar o seu líder e acabar à frente do Rui amanhã será algo acessível para a maioria dos ciclistas.

Valverde @ 1.50 dhoze
Antigo nick: devilboypt



Joao_

  • Multimilionário
  • J
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2009
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6185
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1765
em: 06 de Julho de 2015, 22:32
Etapa decisiva. Se Quintana perde amanhã tempo para Froome e fica entre 4 a 5 minutos, já vai ser muito complicado lá chegar. Se Nibali não recuperar muito tempo a Froome também vai ser dificil.
Antigo nick: devilboypt



Forum de Apostas

Re: Tour de France - 4ª etapa - 7 de Julho de 2015
« Responder #2 em: 06 de Julho de 2015, 22:32 »

napoli

  • Milionário
  • n
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    1126
    Pts Tipsr:
    345
em: 07 de Julho de 2015, 09:21
Quintana participou em algumas provas de pavê e até se safou bem. Só que lhe falta equipa para este tipo de terreno. Já Froome vai ter muitas dificuldades, falta-lhe a técnica e a sua forma de pedalar prejudica neste terreno. Mas por outro lado tem Thomas a rebocá-lo...

De todos, o que irá passar pior acredito que seja Contador, até porque a Tinkoff tentará ganhar com Sagan. Nibali vai seguir Lars Boom e tentar imitar a etapa do ano passado, acredito que consiga recuperar alguns segundos ;)

O meu favorito para hoje é o Sep, já está na altura do homem ganhar algo.

O Rui infelizmente, devido as dores, acabará por passar pior... esperemos que o Pozzato possa ajudar




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas e Prognósticos / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions / Melhores Cassinos Online Brasil / Mejores Casinos Online de América Latina