Autor Tópico: Criterium du Dauphiné [7 a 14 de junho de 2015]  (Lida 637 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

rapior

  • Multimilionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6590
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1727
em: 06 de Junho de 2015, 17:45

O Dauphiné é visto como uma mini versão do Tour, sendo para muitos o último grande teste tendo em vista o Tour, que começa dentro de quatro semanas. Da  edição deste ano destacam-se  um crono coletivo, que apresenta alguma dureza, e as etapas 5, 7 e 8 que terminam em contagens de montanha. Porém todas as outras etapas apresentam dificuldades ao longo do percurso, pelo que será uma das edições mais duras e difíceis de controlar por parte de uma equipa só.


Site Oficial

"O insucesso é apenas uma oportunidade para começar de novo com mais inteligência."



rapior

  • Multimilionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6590
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1727
em: 06 de Junho de 2015, 17:47
De 07/06/2015 a 14/06/2015
Criterium Dauphiné
Classificação Geral Final
Pick: Winner :arrow: Chris Froome (SKY)      Odd: 2.37 @ Bet365 (5 unidades)


A edição deste ano é bastante dura pelo que penso que a vitórias será discutida pelos principais nomes presentes nesta competição, nomeadamente Chris Froome, Vicenzo Nibali, Alejandro Valverde e Joaquin Rodriguez.

Chris Froome depois de uma época de 2014 marcada pelo infortúnio das quedas procura repetir a vitória no Tour. È um ciclista que dispensa apresentações, excelente contra-relogista e capaz de mudar ritmos a subir de forma incrível.  Começou muito bem esta época ao bater Alberto Contador na Volta à Andalucia, porém depois sofreu uma queda e teve alguns problemas físicos, que condicionaram as suas prestações. Na Volta à Catalunha apareceu sem ritmo não indo além da 71ª posição, sendo que na Volta à Romandie apesar de 3º ficou um pouco abaixo das expectativas, embora aí também tenha sofrido um pouco com o mau tempo. Agora chega a esta prova com a obrigação de vencer e dissipar quaiquer dúvidas sobre a sua forma, sendo que para tal conta com o apoio de ciclistas como Nicolas Roche, Wouter Poels e Peter Kenaugh que serão de grande importância para controlar a corrida.
Já venceu esta prova em 2013 e no ano passado, até sofrer uma queda, mostrou-se juntamente com Contador como os homens mais fortes na competição.

Os seus maiores adversários deverão ser Nibali, Valverde e Rodriguez. Relativamente a Nibali, penso que como vem sendo já imagem de marca da Astana, os seus ciclistas apenas explodem nas grandes provas. Na época passada não discutiu nenhuma vitória até ao Tour, mas depois arrasou a concorrência, e esta época já vimos Aru e Landa a chegarem ao Giro sem resultados, mas a acabarem ambos no pódio. Por isso creio que não vão mudar de estratégia e Nibali deverá andar na luta somente pelo Top5.

Valverde já venceu esta prova por duas ocasiões e está a fazer uma época sensacional, porém os seus objectivos para esta época mudaram, sendo que no Tour não será chefe de fila, pelo que apostou mais nas clássicas das Ardenas, onde esteve em excelente forma, e na Vuelta. Vai regressar somente agora à competição e não acredito que esteja com capacidades de acompanhar Froome nas várias etapas de montanha.

Por último aponto Joaquin Rodriguez como o possível mais sério adversário de Froome. Com ausência de um crono individual Purito tem talvez a última grande oportunidade da carreira de tentar vencer o Tour, pelo que programou a sua época tendo em conta esse objectivo. Esta época venceu a Volta à Catalunha e nas clássicas das Ardenas foi 4º na Fleche e 3º na Liége. É um exímio trepador sendo que ainda pode beneficiar das bonificações, pois é bastante rápido a finalizar em subidas. Não conta contudo com uma equipa muito forte, tendo apenas Giampaolo Caruso e Tiago Machado.

Depois da vitória no Giro por parte de Contador, e da ausência de vitórias de Froome nas últimas provas e do falhanço da Sky no Giro é fundamental marcar uma posição e creio que Froome vai consegui-lo com uma vitória nesta prova.
"O insucesso é apenas uma oportunidade para começar de novo com mais inteligência."



rapior

  • Multimilionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6590
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1727
em: 09 de Junho de 2015, 01:37
09/06/2015 às 12h15m
Criterium Dauphiné
3ª Etapa: Roanne – Montagny (TTT)
Pick: Top3 :arrow: Sky   Odd: 2.5  @ Bet365 (5 unidades)


Este ano o Tour volta a contar com um crono coletivo, pelo que têm sido várias as provas que decidiram também introduzir essa vertente. O Dauphiné não é excepção com um crono de aproximadamente 25 km, que apesar de não apresentar a dureza do que os ciclistas vão encontrar no Tour, é feito na sua grande maioria em ligeiríssima subida, o que contudo deverá criar alguns problemas.


Analisando o rooster das diversas equipas aqui presentes  aponto a BMC, Ettix, Astana, Movistar e Sky como as favoritas a lutar pelos lugares cimeiros.

A BMC é a atual campeã mundial desta disciplina, sendo que nesta prova apresenta quatro dos ciclistas que foram campeões, nomeadamente Tejay Van Garderen, Rohan Dennis, Manuel Quinziato e Daniel Oss. Os restantes elementos são o jovem Joe Rosskpof, que se defende muito bem no crono, o veterano Samuel Sanchez e Michael Scharr e Dylan Theuns, que deverão sentir mais dificuldades em acompanhar o ritmo que deverá ser imposto por Vangarderen e Dennis, puros especialistas.

A Etiix não se apresenta com o seu melhor roster, porém conta com Tony Martin, o melhor contra-relogista da atualidade,  Niki Terpstra e Pierry Serry que estiveram na equipa que conseguiu o bronze no último mundial e ainda Julian Alaphilippe que tem estado em grande forma. Os restantes elementos são Maxime Bouet, David de LA Cruz, que estiveram presentes no Giro e Stjin Vanderbergh e Martin Velits.

A Astana conta um grupo bastante homogéneo, liderado por Nibali e que conta com especialistas como Lars Boom, um especialista em cronos curtos, Andrey Grivko, por diversas vezes campeão ucraniano da disciplina, Dimitri Gruzdev, campeão asiático e 6º nos mundiais de 2012, Lieuwe Westra, campeão holandês por diversas vezes e  ainda Rein Taaramae, outro especialista. Assim dos oitos apenas Scarponi e Vanotti apresentam mais fragilidades.

A Movistar é sempre uma equipa a ter em conta sendo que aqui apresenta-se com dois puros especialistas, o espanhol Castroviejo e o britâncio Alex Dowsette, que neste fim de semana perdeu o recorde da hora para o seu compatriota Bradley Wiggins. A eles juntam-se Alejandro Valverde, José Herrada, Gorka Izaguirre, Benaut Intxausti, Rory Sutherland, ciclistas que se defendem bem restando apenas John Gadret que deverá ser um peso morto para a equipa.

Por último temos a Sky, que recentemente venceu o crono do Tour da Romandie. Desta vez não conta com Geraint Thomas porém apresenta um conjunto bastante equilibrado. Liderado por Froome, contam com homens como Ian Stannard, Luke Rowe e Ian Boswell que rolam muito bem e depois tem homens como Nicolas Roche, Wouter Poels, Peter Kenaugh e Philip Deignan. Em teoria não são tão fortes quanto os das equipas adversárias, porém tem treinado bastante em conjunto esta vertente e o facto de não ser um crono totalmente plano pode favorecê-los.

São cinco equipas para três lugares, porém penso que a Sky puderá ocupar um deles. São lideres da prova, querem limpar a má imagem deixada no Giro e são os últimos a partir, tendo já referências e podendo controlar melhor o ritmo. Acredito por isso que possam terminar esta etapa no pódio.
"O insucesso é apenas uma oportunidade para começar de novo com mais inteligência."



Forum de Apostas

Re: Criterium du Dauphiné [7 a 14 de junho de 2015]
« Responder #2 em: 09 de Junho de 2015, 01:37 »

rapior

  • Multimilionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6590
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1727
em: 09 de Junho de 2015, 22:18
09/06/2015 às 12h15m
Criterium Dauphiné
3ª Etapa: Roanne – Montagny (TTT)
Pick: Top3 :arrow: 6º - Sky   Odd: 2.5  @ Bet365 (5 unidades)

Luke Rowe teve um problema mecânico e Wout Poels está com problemas físicos :cabecada:.
"O insucesso é apenas uma oportunidade para começar de novo com mais inteligência."



rapior

  • Multimilionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6590
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1727
em: 14 de Junho de 2015, 19:18
De 07/06/2015 a 14/06/2015
Criterium Dauphiné
Classificação Geral Final
Pick: Winner :arrow: 1º-Chris Froome (SKY)      Odd: 2.37 @ Bet365 (5 unidades)

Froome a marcar uma posição antes do Tour.
Destaque ainda para o terceiro lugar à geral de Rui Costa a que se soma uma vitória em etapa. :venia:
"O insucesso é apenas uma oportunidade para começar de novo com mais inteligência."




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas e Prognósticos / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions / Melhores Cassinos Online Brasil / Mejores Casinos Online de América Latina