Autor Tópico: [CAN 2015] Guiné Equatorial - 17 Janeiro a 8 Fevereiro  (Lida 921 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Tiago Rodrigues

  • Magnata
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2009
  • Localidade:
  • Mensagens:
    21484
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    343
CAN 2015



A CAN 2015 está envolta em polémica. Para começar Marrocos que inicialmente ia acolher a competição recusou fazê-lo devido ao surto de Ébola que arrasou o Continente Africano. Como tal o país ficou automaticamente afastado da competição e não se poderá também inscrever nas próximas 2 edições. Tal acontecimento permitiu à Guiné Equatorial, que ironicamente é o epicentro da crise de Ébola, organizar a prova e estar assim presente na fase de grupos, algo que não iria acontecer se não fosse o país organizador. A Guiné Equatorial tinha já 2 estádios preparados para a competição depois de terem sido usados em 2012 quando coorganizou a prova com o Gabão, Malabo na capital e Bata. No entanto foi necessário realizar obras urgentes em 2, Ebebiiyim e Mongono para ser assim possível acolher todos os jogos da prova. A Nigéria, selecção detentora do último título, ficou de fora desta edição depois de ter concluído a fase de grupos da qualificação em 3º lugar atrás da África do Sul e do Congo. É assim uma grande baixa para esta edição assim como Marrocos. Também Angola ficou de fora este ano ficando também em 3º lugar na fase de qualificação.







Lista de Análises e Previsões/Prognósticos



Tiago Rodrigues

  • Magnata
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2009
  • Localidade:
  • Mensagens:
    21484
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    343
em: 15 de Janeiro de 2015, 18:08
Grupo A


O Grupo A tem o Burquina Faso, Congo, Guiné Equatorial e Gabão. O Congo é a única equipa a ter vencido alguma vez a competição mas foi já em 1972. Neste momento é uma seleção sem grandes nomes e com certeza que terá como objectivo tentar de alguma maneira ocupar a 2ª posição do Grupo para tentar chegar aos quartos-de-final. O Francês Claude Le Roy é a peça chave para tentar atingir tal objectivo, ele que conta já com 7 participações na prova. O Burkina Faso, vice-campeão em título, chega a esta edição da prova com o objectivo de voltar a tentar atingir a fase seguinte e para tal conta com o melhor jogador da CAN em 2013. Jonathan Pitroipa alinha no Al-Jazira depois de ter deixado o Rennes de França. É um avançado que faz bastantes golos e certamente a ter em conta nesta edição. O Gabão é um dos candidatos à vitória este ano. Com uma qualificação muito sólida em 1º lugar a frente do Burkina Faso, Angola e Lesoto, a equipa de Jorge Costa conta com o avançado do Borussia Dortmund, Pierre Emerick Aubameyang para tentar fazer frente às seleções adversárias mas tem mais jogadores de nível acima da média como é o caso de André Poko do Bordéus, Lloyd Palun do Nice e Levy Madinda do Celta de Vigo. O único jogador que joga em Portugal é o jovem Randal Oto’o do Sporting de Braga. Por fim temos a seleção organizadora, a Guiné Equatorial que dificilmente conseguirá um dos 2 primeiros lugares mas a chamada à competição depois do afastamento de Marrocos, pode até dar algum alento aos companheiros de Javier Balboa, o único jogador a atuar em Portugal mais precisamente no Estoril Praia.

Grupo B


O Grupo B conta com uma das seleções mais ”Portugueses” nesta CAN. Cabo Verde, equipa liderada por Rui Águas tem precisamente 6 jogadores que actuam em Portugal. Mais precisamente são os guarda redes Kevin Sousa (Nacional), Ivan Cruz (Gil Vicente), o defesa Gegé (Marítimo), os médios Babanco (Estoril) e Sérgio Semedo (Olhanense) e o avançado Héldon (Sporting). A qualificação foi tranquilo com o 1º lugar a frente do Zâmbia, Moçambique e Níger. Esta é a segunda participação na CAN depois de ter feito a estreia na edição de 2013. A Tunísia é certamente a favorita neste Grupo B. A qualificação foi feita sem nenhuma derrota e apenas 2 empates o que transmite o valor da seleção de George Leekens. É sem dúvida uma das candidatas à vitória final depois de ter vencido pela última vez a prova em 2004. A Republica Democrática do Congo está na prova depois de ter sido repescada por ter tido o melhor 3º lugar na fase de qualificação e tem aqui uma tarefa muito complicada. Será extremamente difícil ficar a frente da Tunísia e de Cabo Verde mas nada é impossível. Por último temos o Zâmbia que também não tem nomes muito sonantes e se qualificou atrás de Cabo Verde mas que pode ser sempre um alvo difícil para as restantes equipas. É uma seleção em remodelação depois de ter conquistado a prova em 2012 mas desse grupo poucos jogadores restam e agora com novas caras resta tentar fazer uma boa fase de grupos.

Grupo C


O Grupo C é considerado o grupo da morte com 4 equipas que podem vencer a edição deste ano. Gana, Argélia, África Do Sul e Senegal são as 4 seleções que irão lutar por 2 lugares para a próxima fase e o que é certo é que 2 candidatos vão ficar pelo caminho já na fase de grupos. O Gana tem Avram Grant com treinador e conta com vários jogadores de nível muito elevado. Jonathan Mensa, o nosso conhecido Christian Atsu, Asamoah Gyan e Jordan e André Ayeu. Tem sido uma equipa que raramente falha competições importantes e tem por exemplo Michael Essien de fora da convocatória por opção técnica. O Senegal não esteve presente em 2013 e volta agora a participar depois de se ter qualificado em 2º lugar atrás da Tunísia. Demba Ba ficou fora da convocatória mas a seleção do Senegal conta com Papiss Cissé, Sadio Mane, Diafra Sakho, Mame Birame Diouf e Mohamed Diamé, tudo jogadores em equipas Inglesas e que trazem muita qualidade ao futebol da equipa. Temos ainda de ter em atenção o avançado Henri Saivet do Bordéus. A África do Sul tem para já a seu favor o facto de ter eliminado a Nigéria, vencedora da última edição da CAN, na última jornada da fase de qualificação. Não tem grandes nomes mas conta com uma equipa muito unida que irá certamente causar muitos problemas aos adversários na fase de grupos. Por fim temos a Argélia, forte candidata à vitória final na prova. A qualificação com 5 vitórias e apenas 1 derrota mostra o valor da equipa e com jogadores de grande nome como a seleção Argelina tem, não podemos deixar de parte o facto de serem mesmo dos maiores candidatos. Féghouli do Valencia, Bentaleb do Tottenham, Brahimi do Porto e Slimani do Sporting são os jogadores mais importantes e capazes de imprimir um futebol de muita qualidade nos jogos da sua seleção. Não nos esqueçamos que a Argélia no Mundial apenas foi eliminada após prolongamento pela futura campeã Alemanha.

Grupo D


O Grupo D tem os Camarões a tentar limpar um pouco a imagem do último Mundial. Foi uma participação muito fraca com péssimos resultados e a era pós Samuel Eto’o está a ser complicada. Agora surgem nomes como Frank Bagnack que está no Barcelona B, Nicolas N’Koulou e Brice Nlaté do Marselha, Stéphane Mbia do Sevilha e Vincent Aboubakar do FC Porto. Também a Académica tem um jogador neste plantel. É o avançado Edgar Salli que está emprestado pelo Mónaco. A Costa de Marfim também se viu privada de Didier Drogba. Yaya Touré, melhor jogador africano nos últimos três anos terá agora a companhia de Serge Aurier (PSG), Wilfred Bony (Swansea) e Seydou Doumbia (CSKA Moscovo) para tentar ultrapassar o grupo D e chegar à próxima fase da prova. Não nos podemos esquecer também de Gervinho, Lacina Traoré, Cheick Tioté e Kolo Touré. O Mali conta com Seydou Keita, Abdoulaye Diaby, Tongo Doumbia e Bakary Sako para tentar entrar na luta pelos 2 primeiros lugares mas certamente que a tarefa não será fácil. A Guiné Conacri é das maiores surpresas nesta edição depois de se ter qualificado a frente do Uganda e Togo. Agora na fase de grupos resta esperar pelo que esta modesta seleção pode fazer tendo como sua base Seydouba Soumah e Ibrahima Traoré. De Portugal viaja Boubacar Fofana do Nacional da Madeira que se junta assim a uma seleção de um dos países mais afetados pelo vírus do Ébola.
« Última modificação: 15 de Janeiro de 2015, 18:41 por Tiago Rodrigues »



RicSilva

  • HighRoller
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2014
  • Localidade:
  • Mensagens:
    8984
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1024
em: 15 de Janeiro de 2015, 20:35
O Ghana com o Avram Grant ao leme só pode dar lixo lol



Forum de Apostas

Re: [CAN 2015] Guiné Equatorial - 17 Janeiro a 8 Fevereiro
« Responder #2 em: 15 de Janeiro de 2015, 20:35 »


 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions