Autor Tópico: Escândalo de apostas ensombra futebol austríaco  (Lida 263 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Bruno Coutinho

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2005
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    227258
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    108
em: 20 de Novembro de 2013, 15:31
Um jogador preso, outro com comportamento suspeito e a crescente suspeita de que há resultados combinados

Um jogador preso, muitas acusações e uma enorme onda de suspeição. O futebol austríaco vive dias difíceis, não só pela manifesta falta de qualidade, mas também pelo escândalo de apostas que rebentou nos últimos dias.

O tribunal regional de Salzburgo já determinou a prisão preventiva do ex-internacional austríaco Sanel Kuljic, de 36 anos, depois das acusações de extorsão feitas pelo defesa-central Dominique Taboga, que atua no Groedig, modesto clube do principal campeonato local. Foram ainda detidas mais duas pessoas, consideradas cúmplices no esquema.

Taboga , 31 anos, revelou ter sido abordado por Kuljic para manipular resultados e depois de se ter recusado a fazê-lo acabou por ser chantageado, tendo pago 87 mil euros para se ver livre de quem o perseguia. A primeira acusação foi suavizada entretanto e o jogador diz ter dispendido cerca de 30 mil euros.

Sanel Kuljic jogou com João Manuel Pinto e Carlitos no Sion em 2006/07 e viria a ser colega de Paíto e Fasto Lourenço (atualmente no Tondela) no Neuchatel Xamax, em 2010/11. Foi internacional austríaco 20 vezes, entre 2005 e 2007.

Mas a trama pode ir bem mais longe, dado que a investigação descobriu que o própria Taboga tentou convencer quatro colegas de equipa a entrar no esquema de fixação de resultados na época passada. O diretor de futebol do Groedig, Christian Haas, confirmou esse dado: «Sabemos agora que Dominigue Taboga falou sobre isso a quatro colegas e é por isso rescindimos. Todos os jogadores confirmaram que não manipularam qualquer jogo e temos razões para estarmos orgulhosos disso. A equipa está chocada. Taboga era um dos nossos principais atletas. Não é uma situação fácil para nós».

As contradições

Os procuradores dizem que Kuljic tem negado todas as acusações de manipulação de resultados, acrescentando que Taboga devia-lhe dinheiro do tempo em que foram colegas de equipa no Kapfenberg, em 2012. O avançado foi preso na semana passada num parque de estacionamento em Salzburgo quando aguardava por Taboga, que teria de lhe pagar três mil euros. Avisada pelo colega, a polícia acorreu ao local e prendeu o jogador em flagrante delito.

A liga austríaca já veio condenar a tentativa de fixação de resultados e abriu um processo de averiguações. «Temos de combater isto com todas as nossas forças», vincou o presidente Hans Rinner, não sabendo ainda onde esta história irá terminar.



Kuljic pode estar preso, mas Taboga surge agora como um dos implicados nesta trama. O jornal «Salzburger Nachrichten» escreveu que o defesa terá procurado manipular o jogo da sua equipa com o Red Bull Salzburgo através de uma grande penalidade. Caso isso sucedesse permitiria que uma das pessoas presas, Sulim D, ganhasse milhares de euros, o que ajudaria a pagar as suas dívidas. Alegadamente, Taboga tentou cometer falta dentro da área, mas não conseguiu. Uma versão já desmentida pelo próprio.

As contradições crescem a cada dia que passa e neste momento ninguém consegue dizer com certeza se o defesa é herói ou vilão. Certo é que as suspeitas sobre manipulação de resultados no principal campeonato austríaco são cada vez mais reais, depois de em dezembro do ano passado o jornal «Kurier» ter noticiado que jogadores do First Vienna tinham manipulado pelo menos três jogos da segunda divisão. Em abril deste ano, dezenas de milhares de euros foram apostados na Ásia para que o Groedig perdesse o seu jogo com o Kapfenberg, quando eram líderes do campeonato e o capitão era Taboga.

A Bundesliga austríaca tem sido considerada pelos especialistas como uma das mais susceptíveis à manipulação de resultados. A própria Europol já lançou o alerta, mas a reação dos dirigentes tem sido sempre a de negar qualquer tipo de suspeitas e mesmo em relação a este caso têm criticado mais a ação da justiça do que a dos jogadores ou dos clubes.




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions