Autor Tópico: [UFC 159 - Jones x Sonnen] 27/04/2013  (Lida 2298 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

borzuk

  • Rico
  • b
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2009
  • Localidade: Goiania
  • Mensagens:
    602
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    87
em: 26 de Abril de 2013, 14:07


Jon Jones (Champion) vs. Chael Sonnen - Valendo Cinturão do UFC (light heavyweight)
Michael Bisping vs. Alan Belcher
Cheick Kongo vs. Roy Nelson
Phil Davis vs. Vinny Magalhaes
Pat Healy vs. Jim Miller

Card preliminar

Johnny Bedford vs. Erik Perez
Ovince St. Preux vs. Gian Villante
Sara McMann vs. Sheila Gaff
Rustam Khabilov vs. Yancy Medeiros
Cody McKenzie vs. Leonard Garcia
Joe Proctor vs. Al Iaquinta
Nick Catone vs. James Head
Kurt Holobaugh vs. Steven Siler

"Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar."



borzuk

  • Rico
  • b
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2009
  • Localidade: Goiania
  • Mensagens:
    602
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    87
em: 26 de Abril de 2013, 14:08
Vinny Magalhães x Phil  Davis

Duelo muito interessante entre o oitavo do ranking do UFC o americano Phil Davis e o brasileiro Vinny Magalhães, mais conhecido entre os brasileiros como Vinicius Pezão, ele ainda não está rankeado entre os 10 melhores do ranking, essa luta poderá dar a ele essa oportunidade.
Phil Davis: Tem o apelido de Mr.Wonderful,  norte americano de 28 anos, está em 8º no ranking do UFC injustamente na minha opinião, ele tem 10 vitorias, 1 No contest e 1 derrota para Rashad Evans, que está em 6º no mesmo ranking, com este cartel ele poderia figurar entre os top 5 com toda a certeza.
Phil Davis tem como arma principal o Westling afiado, é um lutador forte, tem bom controle no chão, boas finalizações, mas no quesito luta em pé ele fica devendo um pouco, em seu cartel possui 2 vitórias por KO/TKO (mas em eventos menores) 4 vitórias por decisão e 4 vitórias por finalização, sua única derrota foi por decisão.
Vinny Magalhães: Brasileiro radicado nos EUA, foi Campeão do mais conceituado torneio de luta agarrada do mundo ADCC, foi campeão na categoria acima de 99 kg em cima do também brasileiro e campeão mundial de Jiu Jitsu Fabricio Werdum, Pezão foi técnico de Jiu-Jitsu da Team Quest (Equipe de Dan Henderson) e também foi técnico de Jiu Jitsu de Chael Sonnen, ele ficou mais conhecido depois de ser finalista do “The Ultimate Fighter Nogueira x Mir”...
Após perder na final do torneio para Ryan Bader, Pezão teve mais uma chance no UFC e foi derrotado por Eliot Marshall na decisão e foi cortado do UFC, depois disso acumulou 7 vitorias e 1 derrota, a mais importante em cima de Mikhail Zayats que tinha sido campeão mundial de Sambo (a mesma modalidade da lenda Fedor Emalianenko), com o titulo do M1 Global e com a vitoria sobre Zayats ele conseguiu o ingresso para voltar ao UFC, sendo dog contra Igor Pokrajak, não tomou conhecimento e deu uma aula de chão vencendo com uma linda chave de braço, no combate do próximo sábado Phil Davis é sem dúvida favorito, mas não justifica o desiquilibrio das Odds, pra mim as odds teriam que estar 1.80 para Phil Davis, e 1.90 para Pezão, o Vinny é um monstro no chão, ganhou de Werdum na final do torneio do ADCC, esse mesmo Werdum que é top 10 dos pesados, tudo bem que agora é MMA, mas Phil Davis não oferece grande risco em pé e creio que esta luta vai se desenvolver no chão pois são dois grapplers e o gameplan de ambos geralmente é trocar um pouco e tentar resolver no chão, seja controlando o adversário no chão e pontuando no ground and Pound assim como deve tentar Davis, seja buscando buracos no jogo do adversário tentando a finalização como o Pezão deve tentar.
Em recente entrevista ao site MSN Pezão expressou algo muito parecido com o que acredito que acontecerá nesta luta:
Reporter:  Ele tem um bom nível no solo e já conseguiu quatro finalizações em sua carreira. Acredita que ele vai ter coragem de trocar com você no chão?
Vinny Magalhães:  Na verdade, eu discordo que ele tenha um jiu-jitsu bom, ele tem uma movimentação de solo boa, por causa da base dele que é do wrestling. Ele comete muitos erros no chão, quando se trata de jiu-jitsu, que eu acredito que sejam fáceis de capitalizar. Em relação a ele trocar comigo no chão, acredito que ele vá sim tentar, pois o cara tem um ego grande. Ele é bom no que faz, porém acredita que seja melhor do que ele é de verdade, o que eu acho que vai levar a ele querer se arriscar no chão comigo.
Reporter: Você vai enfrentar um cara técnico, porém muito ‘amarrão’ também. O que você tem planejado para não cair no jogo de quedas do Davis?
Vinny Magalhães: Se o plano dele for me derrubar e ficar me amarrando, a luta vai ser bem curta. Acredito que ele seja um excelente atleta, porém não acredito que essa seja a melhor estratégia pra ele conseguir fazer uma luta favorável para si.
Acredito muito no Pezão para esta luta, por isso vou aproveitar as excelentes Odds:

Vinny Magalhaes  @3.50 Bet365 Confiança: 10/10
 
"Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar."



antihero

  • Rico
  • a
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    608
    Pts Tipsr:
    100
em: 26 de Abril de 2013, 14:46
A que horas é?



Forum de Apostas

Re: [UFC 159 - Jones x Sonnen] 27/04/2013
« Responder #2 em: 26 de Abril de 2013, 14:46 »

borzuk

  • Rico
  • b
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2009
  • Localidade: Goiania
  • Mensagens:
    602
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    87
em: 26 de Abril de 2013, 16:46
O Card Preliminar acontece por volta das 19:30 de Brasilia (23:30 de Lisboa).
Aí conforme o desenrolar das lutas eles vão ajustando os intervalos, o Show total entre lutas, comentários  e matérias da Tv Americana dura em torno de 7:00 hs...
 
"Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar."



rafacorreia

  • Milionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2012
  • Localidade: Rio de Janeiro
  • Mensagens:
    1404
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    123
em: 27 de Abril de 2013, 00:21
UFC 159
Roy Nelson vs. Cheick Kongo - 27/04/2013 - 18:00 BRT

Roy Nelson: O "gordinho" Roy Nelson foi o campeão da 10ª edição do TUF, ao nocautear Brendan Schaub. Desde então realizou 7 combates no UFC, com 4 vitórias e 3 derrotas. Apesar do cartel irregular nos números, há de se destacar que Nelson apenas foi derrotado por lutadores do primeiro escalão da categoria (Junior Cigano, Frank Mir e Fabricio Werdum). Nelson vem de uma sequência de duas vitórias por nocaute, sobre Dave Herman e Matt Mitrione, ambas em 2012.

Roy Nelson é um especialista no grappling, sendo faixa preta formado pelo mestre Renzo Gracie. Nelson, inclusive, já venceu Frank Mir, um dos melhores lutadores de jiu jitsu do UFC, numa competição de submission. Apesar de toda a sua bagagem na luta agarrada, Nelson tem demonstrado no UFC o seu lado striker, com um grande poder na sua mão direita, nocauteando todos os adversários que venceu.


Cheick Kongo: Este francês é um veterano do UFC, lutando no evento desde 2006 e já soma 17 lutas pela organização, com 11 vitórias, 5 derrotas e 1 empate em seu histórico. Em 2012 lutou dus vezes, sendo nocauteado brutalmente por Mark Hunt e se recuperando com uma vitória, nada convincente diga-se de passagem, sobre Shawn Jordan no UFC 149, numa luta em que ele, Kongo, "amarrou" os 3 rounds no clinch.

Kongo é especialista em várias artes de trocação, como o caratê, kickboxing, savate (campeão europeu) e muay thai (campeão mundial). Apesar de toda essa experiência na trocação, Kongo tem revelado seu lado wrestler em suas últimas lutas, onde forçou a luta agarrada contra Matt Mitrione e Shawn Jordan e assim conseguiu sair vitorioso.


Conclusão: Aqui temos um claro favorito para a vitória e ele atende pelo nome de Roy Nelson. O jogo não casa nada bem para Cheick Kongo e favorece totalmente ao gordinho americano.

Nelson tem condições de levar a melhor sobre Kongo onde quer que a luta se desenrole. Na trocação, apesar de ser tecnicamente inferior e ter menos envergadura, Nelson possui uma resistência impressionante e um poder de nocaute em sua mão direita que é mais do que suficiente para pôr Kongo para dormir. O francês não tem mais o "queixo" tão bom como antigamente, acredito que até por isso ele tem utilizado-se muito do wrestling, tentando fazer lutas mais travadas, para não ficar exposto e levar um soco e desabar, mas contra Roy Nelson a luta agarrada é uma opção tão ruim, ou mais, do que ir para a trocação.

Caso o francês venha "ligado no modo wrestler" também não o vejo tendo sucesso, já que Nelson, apesar de não vir demonstrando em suas lutas no UFC, é um grappler de nível muito mais alto do que o francês e poderá finalizá-lo em pouco tempo.

Kongo leva grande vantagem na envergadura (alcance), penso que tentará tirar proveito dos chutes para manter Nelson fora do raio de ação o quanto puder, mas isso não é novidade para Roy Nelson, ele já está mais do que acostumado a lutar com lutadores com muito mais envergadura do que ele. Acredito que o americano, agressivo e resistente como é, irá conseguir encurtar a distância com o seu boxe e assim pôr suas mãos sobre Kongo para dar fim ao combate com um nocaute.


Previsão: Roy Nelson by KO/TKO @2.00 - Betfair
Confiança: 10/10



rafacorreia

  • Milionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2012
  • Localidade: Rio de Janeiro
  • Mensagens:
    1404
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    123
em: 27 de Abril de 2013, 01:48
UFC 159
Steven Siler vs. Kurt Holobaugh - 27/04/2013 - 18:00 BRT

Steven Siler: Siler foi revelado no TUF 14, onde sofreu um nocaute devastador de Diego Brandão, que acabou campeão daquela edição do reality show, logo na primeira luta. Apesar disso, ganhou uma chance no evento da final do programa e derrotou Josh Clopton, garantindo assim a chance de seguir lutando pelo UFC. Na sequência, venceu o perigoso Cole Miller por decisão unânime em luta bem disputada e finalizou Joey Gambino com uma guilhotina. Com a sequência de vitórias, Siler enfrentou Darren Elkins em novembro de 2012, porém sucumbiu frente ao wrestling superior e intesidade do adversário, perdendo na decisão unânime dos juízes.

Apesar de jovem, 26 anos, Siler possui um cartel que já conta com 31 lutas, com 21 vitórias e 10 derrotas. venceu a maioria de suas lutas por finalização (13). tem 1,80m de altura e 1,78m de envergadura.


Kurt Holobaugh: Holobaugh fará aqui a sua estréia no UFC, vindo do extinto StrikeForce. Após construir uma carreira invicta em eventos de pequeno porte, com 9 vitórias em 9 lutas, foi chamado para lutar no StrikeForce e logo de cara encarou o durissimo Pat Healy, onde acabou dominado por 3 rounds e perdeu na decisão unânime dos juízes.

Holobaugh é aquele tipo de lutador aguerrido, que não tem medo de partir para cima e soltar os chamados "mata-cobras". Apesar de ser faixa roxa de jiu jitsu, ele gosta e procura a trocação e aposta no boxe, que ainda carece de refino técnico, e até possui um bom poder de nocaute para um peso pena. Assim como o adversário, possui 1,80m de altura e 1,78m de envergadura.


Conclusão: Temos aqui uma luta de dois atletas que ainda buscam a afirmação no UFC, mas vejo Siler alguns passos à frente do adversário. É um lutador mais experiente e tecnicamente mais evoluído. Holobaugh mostrou contra Pat Healy muita dificuldade em lidar com o clinch e defender as quedas, sendo facilmente colocado para baixo e esse deverá ser o rumo desta luta. Claro, Siler não é tão bom grappler como Healy, porém já mostrou em outras luta, como contra Joey Gambino, um jogo bem decente de clinch e quedas e isso deverá ser o diferencial neste combate.

Siler terá de lidar com o ímpeto inicial de Holobaugh, evitar ser pego por algum mata-cobra do adversário quando ele vier com todo o gás no começo da luta e com calma fintar a trocação para conseguir clinchar e/ou derrubar o adversário para puní-lo no ground and pound e abrir caminho para uma finalização.

Siler tem um jogo mais justo e mais experiência dentro do cage para levar esta luta e deve mesmo sair vencedor e por isso a minha aposta vai para a vitória de Steven Siler.


Previsão: Steven Siler @1.72 - Bet365
Confiança: 10/10



MelchiorF

  • Rico
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2011
  • Localidade: Campo Grande
  • Mensagens:
    893
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    306
em: 27 de Abril de 2013, 04:44
Roy Nelson vs Cheick Kongo- 27/04/2013 18:00 BRT
Prognóstico: Roy Nelson 1.44 @ bet365  confiança 10/10


Luta dos pesos pesados em destaque no evento onde o carismático Roy “Big Country” Nelson enfrenta o francês Cheick Kongo.

Roy Nelson: Tem um cartel de 18 vitórias e 7 derrotas ele vem para o confronto confiante na sua trocação e contando com sua resistência e suas mãos pesadíssimas para vencer. Em suas duas ultimas lutas ele conseguiu nocautes impressionantes frente a Dave Herman e Matt Mitrione, Nelson surpreendeu os fãs de MMA ao conseguir vencer a 10ª edição do TUF nocauteando Brendan Schaub em 2009. Além de um cara com muita resistência e queixo muito duro o gordinho é faixa preta de Jiu Jitsu e tem um wrestling de primeira e não foge da trocação com ninguém.

Cheick Kongo: Tem um cartel de 17 vitórias, 2 empates e 7 derrotas ele é especialista na trocação luta em pé, tendo como sua principal formação o Muay Thai, porém ele não tem demonstrado no MMA ser um bom striking e sempre que enfrenta lutadores de mão pesada ele vem adotando uma postura de grappler que por sinal não é nada confiável. Na trocação apesar do seu bom histórico em eventos de artes marciais ele vem pecando muito no MMA, nesse fundamento ele não está convencendo e também acho que ele é um lutador que não aguenta pancada. Em suas duas últimas lutas ele sofreu um TKO para Mark Hunt e venceu Shawn Jordan na decisão.

Conclusão: Tirando algum golpe de sorte, não consigo enxergar Kongo vencendo essa luta, pois Roy Nelson é muito melhor que ele em todos os fundamentos e por isso ele tem total condição de levar a luta em qualquer estilo que Kongo resolva adotar para sua estratégia de luta. Acho uma boa aposta Nelson por KO ou TKO porem não sinto a devida confiança nessa aposta e assim vou na vitória simples por que a odd está razoável pelo que eu acho que vai acontecer e também acredito que Kongo não tem coração e não aguenta pancada e não é de se duvidar que ele leve algumas pancadas mais fortes e trema e assim force sua queda dando as costas e ficando exposto para ser finalizado pelo bom Roy Nelson antes de ser nocauteado ou sofrer um TKO.

"O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário".
Albert Einstein



Dunadan

  • Magnata
  • D
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2005
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    218230
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    359
em: 27 de Abril de 2013, 05:19
Sonnen, coitadinho, só sais do hexágono dentro de um caixão ou saco mortuário. :twisted:



Forum de Apostas

Re: [UFC 159 - Jones x Sonnen] 27/04/2013
« Responder #7 em: 27 de Abril de 2013, 05:19 »

rafacorreia

  • Milionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2012
  • Localidade: Rio de Janeiro
  • Mensagens:
    1404
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    123
em: 27 de Abril de 2013, 05:38
UFC 159
Rustam Khabilov vs. Yanci Medeiros - 27/04/2013 - 18:00 BRT


Rustam Khabilov: O russo Khabilov fará aqui a sua segunda luta no UFC. Após uma estréia devastadora, quando fez Vinc Pichel de boneco, atirando-o ao chão com violência diversas vezes até conseguir um nocaute através de um dos poderosos suplês seguido de uma sequência de socos, este lutador russo quer manter a imagem de uma das maiores promessas da categoria.

Khabilov é especialista no sambô, arte marcial criada na Rússia muito versátil, que possui influências do boxe, savate e luta olímpica, principalmente. Como é de se esperar de um atleta com este background, Khabilov é um lutador completo, que sabe se virar bem em qualquer situação.

Além da sua base no sambô, este russo também tem buscado treinos fortes na América para lapidar o seu jogo cada vez mais e melhor, já tendo passado pela famosa AKA (American Kickboxing Academy), a mesma de Cain Velasquez e Daniel Cormier, entre outros, e atualmente é atleta da academia Jackson’s MMA, do famoso head coach Greg Jackson.

Em seu cartel profissional possui 16 lutas, com 15 vitórias e apenas uma derrota. Porém, ainda não foi testado contra nenhum adversário famoso.


Yancy Medeiros: Este norte-americano é mais um atleta migrado do extinto StrikeForce para o UFC e fará aqui a sua estréia. Sua última luta foi em junho de 2010, ou seja, há quase 3 anos, quando nocauteou Gareth Joseph de forma sensacional. De lá para cá, tem sofrido com uma série de lesões. Medeiros começou no MMA como um meio-pesado (até 93kg) e fará nesta luta a sua estréia como peso-leve (até 70kg).

Medeiros é especialista na trocação, tendo como carro-chefe o boxe, possuindo um estilo que agrada aos fãs mais leigos, ele é do tipo que parte para cima com tudo e sem medo de trocar porrada, porém este estilo "brawler" (o que na tradução podemos chamar de "brigão") lhe deixa vulnerável e expõe de forma mais clara suas deficiências na parte técnica. Além da trocação na distância, Medeiros também se sai bem no clinch, de onde desfere joelhadas poderosas.

Em seu cartel profissional conta com 9 lutas e 9 vitórias, sendo portanto um lutador invicto. Há de se ressaltar que, assim como Khabilov, nunca enfrentou nenhum adversário relevante no cenário do MMA.


Conclusão: Temos aqui uma luta entre dois lutadores que estão em busca de afirmação no cenário do MMA. Ambos construíram carreiras vitoriosas em eventos menores e batendo em adversários mais fracos, agora no UFC, onde está a maior parte da nata do MMA, precisam provar o seu valor.

Dito isto, é preciso dizer também que Khabilov já mostrou muito mais predicados do que Yanci Medeiros. Tem uma base técnica bem mais desenvolvida e seu jogo de quedas é poderoso e violento. Khabilov é apontado como um dos principais prospects da categoria, vem da forte escola russa e deixou uma excelente impressão na sua estréia no UFC, não demonstrando sentir nenhuma pressão de estar no principal evento de MMA do mundo, enquanto Medeiros fará aqui a sua estréia no evento.

Some a isso o fato de Medeiros não disputar nenhum combate há praticamente 3 anos e estar fazendo a sua estréia no peso-leve, o que naturalmente afetará a sua condição atlética, pois por mais que se treine duro, como diz um velho ditado, treino é luta e luta é guerra. O ritmo dentro do cage quando é para valer é completamente diferente dos treinos e com tanto tempo sem lutar, e ainda com o plus de estar estreando em nova categoria de peso, podemos esperar dificuldades para o americano na parte atlética.

Khabilov precisa ter cuidado com a mão pesada do adversário, pois acredito que Medeiros tentará impor uma blitz inicial em busca do nocaute enquanto estiver com todo o gás, o russo frustrando esse ímpeto inicial do americano, a medida que a luta se desenvolver Khabilov tem tudo para capitalizar em cima da agressividade que deixa brechas e da falta de ritmo do adversário e impor o seu jogo de quedas.

Tudo aponta para uma vitória de Rustam Khabilov e ela deve mesmo vir e sem maiores surpresas, por isso a minha aposta cairá sobre o russo para vencer o combate. Khabilov foi realmente impressionante na sua estréia e aqui a expectativa é que repita a dose. Apesar da odd não ser alta, e não poderia mesmo ser, na minha opinião é uma aposta de muita segurança e tem seu valor.


Previsão: Rustam Khabilov @1.30 - Bet365
Confiança: 10/10
« Última modificação: 27 de Abril de 2013, 05:44 por rafacorreia »



germancap

  • Crava
  • g
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Abr 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    97
    Pts Tipsr:
    26
em: 27 de Abril de 2013, 15:28
Jonathan Jones (EUA) vs Chael Sonnen (EUA)

Destruindo por onde passa, Jon Jones segue incrível pela história da categoria, num recorde de quatro ex-campeões (Quinton Jackson, Lyoto Machida, Rashad Evans e Vitor Belfort), foram enfileiradas desde que Bones tirou o cinturão de Shogun.

A parte ofensiva de Jon é mais perigosas do que suas cotoveladas, contando muito com suas joelhadas voadoras, a mesma que tirou Shogun do ar, com apenas 5 segundos de luta.

Nenhum adversário conseguiu colocá-lo de costas para o chão, e contando tudo isso, as odds estão baixas para ele.

O campeão dos meios-pesados, com 1,94 metros de altura e mais de 100 quilos, dificulta a que precisa sair de baixo dele. E com a maior envergadura da história de 2,15m do UFCm que dá a Jones a vantagem de distância para o combate.

Apenas 3 oponentes chegaram ao fim da luta, enquanto 8 foram nocauteados e seis finalizados, perdendo somente uma vez por cotoveladas ilegais quando ele surrava Matt Hamill.

Já do lado de Sonnen, que não chega nem aos pés de seu oponente, tem o jogo de quedas, pois tem o controle posicional, já vemos o caso das estatísticas, de 15 lutas são quase 40 rounds entre UFC e WEC.

Chael foi finalizado contra o oponente po baixo, na guarda principalmente, digamos que finalizá-lo não é tão difícil, mas se ele estiver em cima, para tirá-lo somente mesmo quando soar o gongo.

O americano tem onze anos a mais que o campeão, 9 centímetros a menos de altura, perdentro outros 27 centímetros de envergadura.

Jones tem dificuldade para quem se movimenta muito dentro do octógono, e para o azar do desafiante, Sonnen não possui ferramentas ofensivas para tirar proveito de nenhuma das falhas.

Creio que antes do terceiro round, Jones conseguirá uma finalização contra Chael, capturando e colocando em situação de desvantagem, afastando de perto com suas longas pernas, e atacando com chutes e joelhadas.

Pick: Jon Jones by KO, TKO or Stoppage a 2,20 @ sportingbet



rafacorreia

  • Milionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2012
  • Localidade: Rio de Janeiro
  • Mensagens:
    1404
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    123
em: 27 de Abril de 2013, 16:16
UFC 159
Brian Caraway vs. Johnny Bedford - 27/04/2013 - 18:00 BRT

Brian Caraway: Caraway foi chamado às pressas para substituir Erik Perez neste combate e fará aqui a sua quarta luta no UFC. Nas outras três anteriores, acumulou um recorde de duas vitórias, contra Dustin Neace e Mitch Gagnon, e sucumbiu frente Takeya Mizugaki em seu último combate, em março deste ano, em decisão dividida e polêmica, já que muito deram a vitória para Caraway.

Este americano também é mais uma revelação do TUF 14, quando foi derrotado nas semi-finais pelo brasileiro Diego Brandão.

Caraway é especialista no grappling, aliando o wrestling e jiu jitsu com um ritmo intenso durante seus combates. Em seu cartel profissional possui 23 lutas, com 17 vitórias e 6 derrotas. A maioria das vitórias vieram por finalização, 15 vitórias, um percentual impressionante de 88%.


Johnny Bedford: Bedford fará aqui a sua terceira luta pelo UFC, vindo de duas vitórias seguidas por nocaute, sobre Louis Gaudinot e Marcus Vina, esta última um verdadeiro massacre. Assim como o seu adversário de logo mais, fez parte da 14ª edição do TUF, quando perdeu na semi-final para o campeão daquela edição, John Dodson, por nocaute.

Bedford é um lutador que se pode chamar de completo. Competente no wrestling, no jiu jitsu e na trocação, além de possuir poder de nocaute muito bom para um peso galo.

Em seu cartel profissional possui 28 lutas, com 19 vitórias e 9 derrotas. Venceu 7 vezes por nocaute e 8 vezes por finalização. Suas derrotas, a maioria vieram através de finalização, 8 delas, porém a maior parte dessas derrotas foram nos seus primeiros anos de carreira e de lá para cá ele evoluiu bastante no jiu jitsu e desde 2009 não é finalizado.


Conclusão: Essa é uma das lutas que mais prometem para logo mais. Frente À frente dois atletas agressivos e intensos, que devem protagonizar uma verdadeira guerra.

Ambos os lutadores possuem uma forte base no wrestling, porém Bedford leva clara vantagem na trocação e acredito que aí começa a definição desta luta. É provável que Caraway irá tentar impor um jogo de quedas e ficar por cima, martelando no ground and pound e tentando achar brecha para finalizar, é esta a essência do seu jogo. Só que Bedfor possui um wrestling suficientemente bom o bastante para manter esta luta de pé, onde ele se sente mais confortável.

Dono de socos poderosos e boas combinações, além de uma movimentação melhor, Bedford deverá buscar a luta em pé, minando o corpo de Caraway com seus body shots abrindo caminho para um nocaute técnico.

Há de se destacar, também, que Caraway não teve tempo para fazer um camp de preparação. Foi chamado há poucos dias para substituir Erik Perez e chegará aqui em uma condição que não é a ideal para enfrentar um adversário duro como Bedford.

Assim sendo, a minha aposta cairá sobre o Johnny Bedford para vencer o combate, pois acredito que tem realmente a vantagem no casamento de estilos e também sai em vantagem por estar melhor preprarado, já que vinha treinando para lutar neste evento e "apenas" tem que lidar com a troca do adversário e a mudança na estratégia.


Previsão: Johnny Bedford @1.70 - Sportingbet
Confiança: 10/10
« Última modificação: 27 de Abril de 2013, 17:07 por rafacorreia »



rafacorreia

  • Milionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2012
  • Localidade: Rio de Janeiro
  • Mensagens:
    1404
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    123
em: 27 de Abril de 2013, 16:45
UFC 159 - Jon Jones vs. Chael Sonnen
27/04/2013 - 18:00 BRT

Jon "Bones" Jones: Jon Jones vem assombrando o mundo e varrendo a categoria dos meio-pesados. Desde que tomou o cinturão de Mauricio Shogun, em 2011, Jones já realizou 4 defesas de cinturão em 1 ano e meio e enfileirou uma sequência impressionante como Rampage Jackson, Lyoto Machida, Rashad Evans e Vitor Belfort.

A dominância e contundência com que Jones venceu seus adversários impressiona, principalmente, pelo fato de serem todos tops da categoria, mas Jones não deu praticamente nenhuma hipótese e passou por cima. Esteve realmente em dificuldades apenas no primeiro round contra Vitor Belfort, em sua última luta, quando foi pego por um armlock da guarda pelo brasileiro e teve seu braço esticado, por muito pouco não quebrou, porém Jones mostru que, além de imenso talento, também tem coração de campeão e resistiu bravamente ao golpe encaixado e conseguiu se livrar. Após o susto, se recuperou e passou o carro sobre Vitor Belfort.

Jon Jones é especialista no wrestlig, possuindo uma incrivel porcentagem de 100% de eficiência nas tentativas e defesas de quedas. Aliado ao seu ótimo jogo de quedas, possui um ground and pound devastador, com cotoveladas brutais e boas finalizações na manga, que já pegaram faixas-pretas do jiu jitsu como Belfort e Machida.

Em seu cartel profissional possui 18 lutas com 17 vitórias e uma única derrota, esta que foi por desqualificação devido a uma cotovelada ilegal aplicada em Matt Hamill, em luta que Jones dominava completamente.


Chael Sonnen: O falastrão Sonnen chega a essa disputa de cinturão "caindo de para-quedas" aqui. Sonnen vem de contundente derrota para Anderson Silva em julho de 2012, porém com o seu estilo de trash talk e que sabe promover lutas, tanto falou na imprensa que recebeu a chance de disputar o cinturão da categoria meio-pesado sem fazer nenhuma luta sequer e vindo de derrota na categoria abaixo.

Sonnen é um veterano do MMA, com 15 anos de carreira e 39 lutas profissionais no cartel, com 27 vitórias e 12 derrotas.

Ele é especialista no wrestling, com um estilo muito ofensivo, ele parte para cima e "gruda" nos adversários, colocando-os para baixo e martelando no ground and pound até o fim dos rounds. Porém, lhe falta punch para realmente conseguir punir seus adversários de maneira mais contundente.

E é no chão, também, onde mora a maior dificuldade de Sonnen. Como o seu jogo se baseia exclusivamente em derrubar e bater por cima no ground and pound, a sua postura ereta e a falta de jiu jitsu o tornam vulnerável a ser finalizado, algo que ocorreu em 8 das suas 12 derrotas, a mais notória contra Anderson Silva, na primeira luta entre eles, quando conseguiu pôr o Aranha para baixo por 5 rounds, porém foi finalizado no último e decisivo round, quando tinha a luta nas mãos para vencer por decisão unânime.

Apesar de falar mais do que lutar, não se pode negar a qualidade de sonnen. Ele não é tão bom quanto acha que é, mas também não é ruim como muita gente acha que ele é. Já dominou e venceu adversários duros como Yushin Okami, Nate Marquardt e Paulo Filho, além de ter sido o único até hoje no UFC a levar Anderson Silva até águas profundas.


Conclusão: Aqui não temos muita discussão sobre quem vencerá a luta. Jon Jones é muito superior a Chael Sonnen e só mesmo uma tragédia das grandes pode tirar-lhe o cinturão, com todo respeito a Sonnen. Jones é um campeão dominante e incontestável hoje dentro da categoria dos meio-pesados onde tem construído uma trajetória espetacular.

O jogo de Sonnen é eficiente, porém limitado demais para realmente ser um perigo para Jon Jones, entretanto não podemos negar que Sonnen tem uma virtude importante, que é não ter medo de partir pra cima, seja de quem for, e não respeita ninguém.

Sonnen é forte e explosivo e não tenho dúvidas que partirá para cima de Jon Jones logo no começo da luta, tentando grudar no adversário e levá-lo para o chão. Jones só tem a perder nesta luta, portanto, não é de se admirar se ele tiver um inicio um pouco conservador, procurando pegar primeiro o timing de luta de Sonnen para aí começar a soltar o seu jogo.

Realmente não acredito que Sonnen consiga lograr êxito nas tentativas de quedas, Jones se defende muito bem, tem uma base muito sólida, porém não me espantará se ele conseguir enrolar o primeiro round, grudando em Jones no clinch. E é exatamente aí onde vai morar a minha aposta.

Acredito que esta luta não se resolve no primeiro round, como as casas estão prevendo. Apesar da clara e grande superioridade de Jon Jones, não esperem um Chael Sonnen acuado, pois ele não luta assim com ninguém e aqui ele só tem a ganhar, nada a perder. Acredito que esta luta tem toda condição de passar do primeiro round, com Chael Sonnen fazendo aquela blitz inicial que ele faz e Jon Jones buscando a luta com cautela, tentando manter Sonnen afastado com seus pisões e golpes retos e, caso seja clinchado, procurando se manter de pé e trabalhar as suas cotoveladas no clinch. O cenário para mais de um round nesta luta realmente me parece muito provável e por isso vou apostar que esta luta terá, pelo menos, dois rounds.


Previsão: Mais de 1.5 rounds @1.58 - Bet365
Confiança: 10/10
« Última modificação: 27 de Abril de 2013, 16:45 por rafacorreia »



rafacorreia

  • Milionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2012
  • Localidade: Rio de Janeiro
  • Mensagens:
    1404
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    123
em: 27 de Abril de 2013, 17:07
UFC 159
Michael Bisping vs. Alan Belcher - 27/04/2013 - 18:00 BRT

Michael Bisping: O inglês Michael Bisping é um veterano do UFC, onde luta desde 2006 e acumula um recorde de 13 vitórias e 5 derrotas. Vem de derrota por nocaute para Vitor Belfort, em janeiro deste ano.

Bisping é oriundo do kickboxing, sendo um striker de boa técnica e ótimo preparo atlético, porém lhe falta punch. Apesar de 14 de suas 23 vitórias terem vindo por nocaute, estas foram sobre atletas de nível bem abaixo. Bisping também vem melhorando o seu wrestling defensivo, inclusive conseguiu frustrar várias tentativas de quedas em sua luta contra Chael Sonnen.

Além disso, Bisping carrega a fama, justificada pelos resultados, de "amarelar" nas lutas importantes. Vence os medianos, mas quando bate de frente contra outro atleta de topo, acaba sendo derrotado e essa história se repetiu contra Dan Henderson, Wanderlei Silva, Chael Sonnen e Vitor Belfort.


Alan Belcher: O "Talento" como diz seu apelido, é outro veterano do evento com 14 lutas pelo UFC e um recorde de 9 vitórias e 5 derrotas. Belcher surpreendeu trocando chão com o brasileiro Rousimar Toquinho em maio de 2012, defendendo as tentativas de leglock do brasileiro, especialista nesse golpe, e depois aplicando um violento nocaute sobre o brasileiro. Após a grande vitória, o hype em cima de Belcher subiu consideravelmente, mas em sua última luta, contra o japonês Yushin Okami, foi completamente dominado pelo wrestling de OKami e perdeu em decisão unânime.

Belcher é um lutador de grande qualidade técnica. Na trocação ostenta a faixa preta de taekwondo e é versátil também no kickboxing, onde foi treinado pelo lendário Duke Roufus. No grappling é faixa preta de jiu jitsu (e provou ser dos bons contra Toquinho) e faixa marrom de judô.


Conclusão: Tecnicamente, Belcher é superior a Bisping. Tem um jogo mais versátil do que o adversário e mais poder de nocaute. Acredito que Belcher irá pressionar o inglês desde o inicio, buscando liquidar a fatura com um nocaute ou levar a luta pra baixo onde é superior, porém Bisping possui uma base muito boa do kickbonxig, defende-se bem, contra-ataca bem e se movimenta muito, essa "caçada" de Belcher não será tarefa fácil.

Bisping tem a seu favor o atleticismo, é capaz de manter o ritmo por 3 rounds, algo que Belcher não acompanha, a sua intensidade costuma diminuir com o desenrolar do combate.

Acredito que esta luta terá bons momentos de trocação, ambos são versados na luta em pé, possuem boas combinações, e se Belcher é melhor tecnicamente e mais versátil, por outro lado vejo Bisping levando vantagem na movimentação e no condicionamento atlético, o que vai equilibrar as coisas.

Assim sendo, por esperar uma luta animada, porém bem disputada e equiibrada, a minha aposta cairá sobre o número de rounds. É pouco provável que vejamos um nocaute ou uma finalização aqui e uma luta equilibrada indo para a decisão dos árbitros me parece o cenário mais previsivel.


Previsão: Mais de 2.5 rounds @1.57 - Bet365
Confiança: 10/10



Rodrigo Cesar

  • Administrador
  • Estado:
    Online
  • Registo: Ago 2008
  • Localidade: São Paulo - Brasil
  • Mensagens:
    39699
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    5371
em: 27 de Abril de 2013, 22:52
o monopólio está fazendo muito mal para o ufc....vender um evento desse como grande evento é uma tristeza.....vender lutas do sonnen como grandes lutas só pode ser piada de mal gosto....falando em piada..o ufc deveria lançar  logo um programa de comédia para este tipo e para de atrapalhar quem gosta de coisa séria...
The wisdom of the fool won't set you free

http://www.apostaganhabr.com/



rafacorreia

  • Milionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2012
  • Localidade: Rio de Janeiro
  • Mensagens:
    1404
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    123
em: 28 de Abril de 2013, 01:36
Bedford podia fazer um favor e se enterrar num buraco.

Que apresentação patética. Caraway mal fisicamente, lento, telegrafando os golpes e quedas e ainda sim tirou o Bedford para nada no grappling e conseguiu controlar a trocação.

Para completar, ainda cansou primeiro do que o rival que teve uma semana para "preparação".

« Última modificação: 28 de Abril de 2013, 01:36 por rafacorreia »




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions