Autor Tópico: [Hóquei em Patins - 1ª Divisão -21ª Jornada] 02 de Março  (Lida 469 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Rotsen10

  • Magnata
  • R
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2009
  • Localidade: Porto
  • Mensagens:
    23305
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1311


Lista de Análises e Previsões/Prognósticos

   Rotsen10   --   HC Brags vs HC Turquel       --   Braga    @   1,55    Bwin (4-9) :perdida:
   Rotsen10   --   OC Barcelos vs Candelária SC      --   Barcelos    @   2,65    Bwin (3-1) :ganha:
« Última modificação: 02 de Março de 2013, 22:46 por Rotsen10 »



Rotsen10

  • Magnata
  • R
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2009
  • Localidade: Porto
  • Mensagens:
    23305
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1311
em: 01 de Março de 2013, 18:04
HC Braga vs HC Turquel
Pavilhão das Goladas, Braga | Março 02, 2012 - 17h30

A formação do Hóquei Clube de Braga foi a que mais beneficiou com a queda do Gulpilhares e a respectiva saída dos melhores jogadores. É que os dois melhores avançados rumaram ao Minho para representar as cores minhotas.  Refiro-me a Eduardo Brás e Frederico Saraiva que já joga juntos desde de que se encontraram em Espinho há alguns anos e não mais se separaram.

Desde que os reforços chegaram que o Braga vem escalando lugares na classificação geral. Eles estrearam-se a 15 de Dezembro na vitória por (6-2) frente ao Sporting CP. Desde então que estão com um parcial de 7-1-1. É verdade que o empate é caseiro e frente ao frágil Espinho e que a derrota é frente ao Limianos que está condenado à descida mas pelo meio tem vitórias de tirar o chapéu nomeadamente frente a três equipas de topo, Valongo, Paço D'Arcos (que este ano roubou pontos no recinto dos grandes) e Física de Torres Vedras.

Se desde a vitória sobre o Sporting estão 7-1-1, desde a última jornada da 1ª volta frente ao Valongo (4-3) que só sabem vencer. São seis vitórias consecutivas. Fora venceram o Gulpilhares e o Tigres - objectivo fácil cumprido - mas em casa derrubaram equipas como o OC Barcelos (3-1), Paço D'Arcos (4-2) e Física (4-2).

O Braga está bem e recomendam-se e segundo me constou deve-se e muito a trabalho do jogador-treinador André Torres que a meio da época substituiu Vítor Silva que foi treinar o Candelária.

Guilherme Silva, apesar de já estar na casa dos quarenta, está em grande forma. Ele é um guarda-redes fenomenal e tendo Luís Filipe e Rodrigo Sousa como seu principais colaboradores defensivos então enche-se de confiança. É que depois de um inicio de época atribulado a equipa melhorou substancialmente a sua defesa. Começam a sofrer menos golos, a fazer um jogo tacticamente quase perfeito e depois aproveitam as duas armas têm na frente para fazer estragos. Mas Fred Saraiva e Eduardo Brás não jogam sozinhos. No inicio do ano chegou a Braga Ruben Pereira que é um óptimo jogador de área. Ainda há Kika, Chumbinho entre outros. O Braga finalmente tem excelentes opções e conseguiu estabilizar. A manutenção de repente ficou à porta e o objectivo pode começar a ser a Taça CERS, novamente.

O Turquel é uma equipa que faz da sua casa fortaleza. Fora isso são demasiado acessíveis. Este equipa joga junta há vários anos. Os jogadores que estão este ano no plantel são os que subiram com a equipa o ano passado e embora exista qualidade, por algum motivo levam 31 pontos e estão confortáveis na tabela, ainda lhes falta o estofo que é preciso para aguentar a pressão que é jogar fora.

Contra equipas semelhantes ou superiores, o Turquel nunca conseguiu ser feliz fora. Considero que o Braga neste momento é superior. Ora, fora de casa estão 3-1-5 com vitórias em Vale de Cambra, Gulpilhares (pouco credível) e Ponte de Lima - equipas que enfrentam dificuldades para conseguir a manutenção. Perderam logicamente no Dragão e em Oliveira da Azeméis mas também cairam em Barcelos, em Torres Vedras e em Valongo. Empataram em Almeirim.

É uma equipa muito consistente defensivamente porque joga junta há muitos anos e isso é fundamental mas que ofensivamente vive de alguma inspiração individual de jogadores. Por exemplo, quando Vasco Luis está de pontaria afinada é complicada qualquer guarda-redes parar o seu potente remate. São ainda uma equipa que aproveita bem as bolas paradas.

É um jogo entre 8º (Turquel) e 9º (Braga) separados por apenas 2 pontos. É também um jogo de carimbo não matematico mas quase certo da manutenção pelo que vencer é crucial. Mas jogar em Braga não é de todo fácil para qualquer equipa. O piso é muito manhoso porque não está em bom estado, o tamanho da pista é pequena (ao contrário de Turquel) e por isso quem não está habituado tem muitas vezes dificuldades em adaptar-se.

O Braga pode fazer valer muito bem o factor casa onde estão esta época 6-1-4 mas desde que Fred Saraiva e Eduardo Brás chegaram estão 5-1-0 empatando apenas frente ao Espinho num jogo que tiveram a ganhar praticamente até ao fim. Disse-me uma pessoa próxima que assistiu ao Braga - Barcelos que a equipa bracarense fez um jogo fantástico e que anda a jogar muito bem e vencer (3-9) a semana passada em Almeirim não é para qualquer equipa.

Prognóstico: Braga para vencer @ 1.55 Bwin (10 unidades)
« Última modificação: 01 de Março de 2013, 18:05 por Rotsen10 »



Rotsen10

  • Magnata
  • R
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2009
  • Localidade: Porto
  • Mensagens:
    23305
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1311
em: 01 de Março de 2013, 20:19
OC Barcelos vs Candelária SC
Pavilhão Municipal de Barcelos, Barcelos | Março 02, 2012 - 21h00

O Óquei de Barcelos passa por maus dias. A 2ª Volta começou há um mês e meio e em cinco jornadas realizadas não venceu nenhum dos seus jogos. O registo é de 0-5 em 5 partidas o que leva a equipa a somar actualmente 11 derrotas e a necessitar urgentemente de pontos para respirar um bocado a nível classificativo já que apenas 9 pontos o separam da linha de despromoção.

O Candelária, por sua vez, está com um percurso inverso e ascendente. Um inicio de época atribulado afastou-os de uma corrida pelos lugares cimeiros mas com o tempo e o avançar da temporada foram melhorando substancialmente alcançado a 6ª posiçao com 36 pontos que acaba por saber a pouco.

Mas tudo aconteceu porque dois bons jogadores sairam. Jorge Silva (FC Porto) e Nuno Araújo (Valongo) e a meio da época André Pinto deixou a equipa para rumar a Espinho. Gonçalo Suissas foi o único reforço mas a sua adaptação tem sido complicada e marcar golos, aquilo que sabe fazer, não tem ocorrido com tanta frequência. Tem 24 golos em 100 que a sua equipa já apontou. Por lá se mantiveram bons jogadores como Tiago Rafael, Martin Montivero ou o próprio guardião João Miguel.

Vitor Silva chegou ao comando para substituir Carlos Dantas e os resultados melhoraram ou... pelo menos menos vezes são surpreendidos na Ilha do Pico. As viagens ao Continente devem abalar os jogadores já que têm um parcial de 5-2-3 num total de 41 marcados e 37 sofridos. Escorregaram aceitavelmente frente à Oliveirense (7-5) mas podiam ter saído com a vitória, e tinham condições para tal, de Valongo (5-3) e Torres Vedras (4-3). Empates decepcionantes em Turquel e frente ao Sporting. Das cinco vitórias todas elas com candidatos à descida - excepção do Braga - mas sempre com grandes dificuldades.

A deslocação à cidade do hóquei português - Barcelos - será bem complicada. A equipa minhota tem imenso talento. Vários jogadores das fileiras andaram pelas selecções nacionais jovens e várias vezes foram campeões nacionais de escalões jovens mas José Querido (treinador) é um treinador à moda antiga e ainda não compreendeu que com as novas regras e com a evolução da modalidade é preciso procurar novas formas de jogar ainda para mais tendo em mãos uma equipa bastante jovem.

Na baliza, "Ginho" tem tirado a titularidade ao veterano Paulo Matos. Vem de uma boa partida em Oliveira de Azeméis onde perderam por (2-0). Para jogadores o talento passa fundamentalmente por André Centeno, Rafael Costa e Fellini que entrou a meio da época na equipa. Mas há outros. Henrique Magalhães é um excelente defesa, Luís Querido um jogador completo e Hugo Costa e Zé Pedro são óptimos jogadores de área.

A inexperiência tem sido a culpa do insucesso.

Em casa estão com um registo de 4-0-5 e mesmo assim mais golos marcados que sofridos. São uma equipa que defende bem e pode parar um ataque açoriano que tem dificuldades no Continente para depois tentar finalmente começar a fazer golos. Das cinco derrotas três foram esperadas frente ao Porto, Benfica e Oliveirense mas duas foram surpreendentes ao escorregarem frente ao Cambra e aos Tigres.

O Barcelos é uma equipa que precisa de vencer para se encher de confiança. Ganhar ao Candelária não é só bom a nível de pontos como animicamente dará muito a estes jovens.
Admito não saber em termos individuais qual é a melhor equipa. Sei que a experiência tem sempre algum peso nesta modalidade tal como o lugar classificativo e recentes resultados dai o favoritismo açoriano. No entanto desconfio que poderá ser feita surpresa (embora não ache que seja de todo uma surpresa) neste jogo e ver o não-favorito vencer.

São duas equipas que defendem muito bem. O Candelária tem maior aproveitamento ofensivo geralmente mas perante uma equipa que tem uma média de 3,60 golos sofridos em casa - nesta modalidade é relativamente bom - e tendo em conta que em 100 golos apenas 41 são fora de casa então espero algumas dificuldades ofensivas do Candelária.

Infelizmente é um desporto onde os árbitros podem tornar-se os protagonistas já que têm demasiado poder discricionário para decidir. As bolas paradas tornam-se por vezes decisivas ainda para mais em jogos que possam ter poucos golos como este e do lado minhoto Rafa Costa e Jorge Maceda costumam não perdoar. Do outro já vi perderem jogos por desperdiçarem lances assim.

Com árbitros do Porto acredito ainda que possa haver alguma tendência para punir mais regularmente o Candelária com faltas de equipa que é por si só uma equipa que comete algumas faltas dado o facto de procurar recuperar a bola constantemente. Assim acontecendo pode ser que o Barcelos desequilibre aproveitando as bolas paradas.

É uma aposta com algum risco, claro. Com valor também. Baixo a unidade de aposta porque sei do risco que corro mas esta época. fora os primeiros, não há jogos vencidos antes do apito inicial e este é um dos que espero tremendo equilíbrio. Pode cair para qualquer lado pelo que o valor está na equipa da casa tanto pelo factor caseiro como pela sua quota.

Prognóstico: Barcelos para vencer @ 2.65 Bwin (5 unidades)



Forum de Apostas

Re: [Hóquei em Patins - 1ª Divisão -21ª Jornada] 02 de Março
« Responder #2 em: 01 de Março de 2013, 20:19 »

Rotsen10

  • Magnata
  • R
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2009
  • Localidade: Porto
  • Mensagens:
    23305
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1311
em: 02 de Março de 2013, 22:45
HC Braga vs HC Turquel
Pavilhão das Goladas, Braga | Março 02, 2012 - 17h30

Prognóstico: Braga para vencer @ 1.55 Bwin (4-9) :perdida:

:shock:

OC Barcelos vs Candelária SC
Pavilhão Municipal de Barcelos, Barcelos | Março 02, 2012 - 21h00

Prognóstico: Barcelos para vencer @ 2.65 Bwin (3-1) :ganha:

Grande vitória.



Rotsen10

  • Magnata
  • R
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2009
  • Localidade: Porto
  • Mensagens:
    23305
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1311
em: 02 de Março de 2013, 22:46
Citar
Lista de Análises e Previsões/Prognósticos

   Rotsen10   --   HC Brags vs HC Turquel       --   Braga    @   1,55    Bwin (4-9) :perdida:
   Rotsen10   --   OC Barcelos vs Candelária SC      --   Barcelos    @   2,65    Bwin (3-1) :ganha:




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions