Autor Tópico: [CAN 2013] Grupo A  (Lida 3576 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

miguelyn

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2005
  • Localidade: Lamego
  • Mensagens:
    64552
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1644
em: 12 de Janeiro de 2013, 23:02










CAN 2013

Grupo A



Introdução

(...)

Calendário:


Classificação Grupo A
(Actualizado com o decorrer da prova)



África do Sul



Apelidos
Bafana Bafana

FIFA ranking
84º

Associação
South African Football Association

População:
51,770,560 (2011)

Moeda:
Rand Sul-Africano

Seleção
A Africa do Sul apurou-se diretamente como pais organizador. Ocupa o 84º lugar no ranking FIFA. Não ganham esta competição desde 1996, por isso a expectativa é bastante elevada. Os Bafana Bafana em 2012 não tiveram um grande ano. 4 empates, 2 deles para a fase de qualificação do Mundial. Nos últimos 6 jogos, 2 empates e 4 derrotas, mancham o registo desta seleção. Gordon Igesund é o selecionador. Treinou apenas equipas sul africanas, tendo se sagrado algumas vezes campeão. Não se notou grandes alterações no futebol da equipa após a sua chegada. A seleção é constituída maioritariamente por jogadores que irão jogar em casa. 


Gordon Igesund

Em 2013, realizaram 2 jogos, tendo perdido por 0-1, em Cape Town, frente a uma Noruega bastante desfalcada, sem grande parte dos seus jogadores que actuam no estrangeiro. Neste jogo, a Africa do Sul teve inúmeras oportunidades de golo, e falhou imenso na finalização. No último jogo de preparação, os Bafana Bafana receberam a Argélia, mantendo-se o nulo até ao final. A equipa esteve sempre por cima do jogo, mas sempre sem criar claras oportunidades de golo. O que é certo é que a Algéria raramente incomodou Khune, e mesmo com os anfitriões a demonstrarem um bom nível de futebol e algumas jogadas interessantes, o jogo foi na generalidade aborrecido.

Equipa

Guarda Redes
Itumeleng Khune (Kaizer Chiefs), Senzo Meyiwa (Orlando Pirates), Wayne Sandilands (Mamelodi Sundowns)
Defesas
Siboniso Gaxa e Tshepo Masilela (Chiefs), Thabo Matlaba e Siyabonga Sangweni (Pirates), Bongani Khumalo (PAOK/GRE, capt), Anele Ngcongca (Genk/BEL), Thabo Nthethe (Bloemfontein Celtic)
Médios
Reneilwe Letsholonyane and Siphiwe Tshabalala (Chiefs), Lerato Chabangu (Moroka Swallows), Kagisho Dikgacoi (Crystal Palace/ENG), Dean Furman (Oldham/ENG), Max Mahlangu (Helsingborg/SWE), Oupa Manyisa (Pirates), Thuso Phala (Platinum Stars), Thulani Serero (Ajax Amsterdam/NED)
Avançados
Lehlohonolo Majoro e Bernard Parker (Chiefs), Katlego Mphela (Sundowns), Tokelo Rantie (Malmo FF/SWE), Lerato Chabangu (Moroka Swallows)

Relativamente á equipa, e começando pela baliza, Itumeleng Khune do Kaizer Chiefs vai ser o titular indiscutível. É o melhor guarda redes Sul-Africano da actualidade, e por isso merece o lugar. Soma 49 internacionalizações.

Na defesa, Tshepo Masilela deverá ser o lateral esquerdo titular. Jogou no Maccabi Haifa durante 5 anos, e meia época no Getafe. É o atual titular do Kaiser Chiefs. Tem 45 internacionalizações, É um lateral bastante ofensivo, com alguma capacidade técnica.
O lado direito é de Anele Ngcongca. Lateral titular do Genk á vários anos, este jovem de 25 anos esteve para ingressar na liga turca, pelo Fenerbache, neste defeso. É um jogador que defende bem e incorpora o ataque com muita frequência. Dos melhores desta equipa. Tem 21 internacionalizações.
No centro, Bongani Khumalo e Siyabonga Sangweni fazem a dupla. Khumalo é uma excelente central. Pertence ao Tottenham, mas está emprestado ao PAOK, onde é titular indescutivel. É o capitão desta seleção e uma das esperanças da torcida Sul-africana. Um central imponente e forte no jogo aéreo. Tem 33 internacionalizações e 1 golo. Sangweni joga no Pirates. É o titular do Pirates e esteve nomeado para melhor jogador Sul-africano do ano, na época passada. Tem 24 internacionalizações e 2 golos.

Á frente da defesa, Letsholonyane e Dikgacoi são os médios mais recuados. Letsholonyane é titular no Chiefs. Tem sido afectado por algumas lesões, mas tem vindo a recuperar. Tem 31 internacionalizações e 1 golo.
Dikgacoi é o medio mais defensivo desta equipa. Titular do Crystal Palace, é um jogador de grande capacidade física e bom toque de bola. É a âncora desta seleção. Tem 48 internacionalizações e 2 golos.
Mais solto no meio campo está Tshabalala. É talvez o jogador desta seleção mais famoso e é um dos melhores jogadores desta equipa. É titular indiscutível no Chiefs. É um jogador rapidíssimo e dono de uma grande capacidade técnica. Já rejeitou várias propostas de clubes europeus. Tem 71 internacionalizações e 10 golos.

A frente de ataque deverá ser constituída por Phala ,Parker. Mphela. Phala deverá ficar no lado direito, e aqui é onde reside uma das grandes duvidas desta seleção. Phala joga no 3º classificado da Liga Sul-Africana. É titular e leva 3 golos este ano. Realizou apenas 2 jogos pela seleção, mas parece ser o escolhido por Igesund  para ocupar aquele lado.
Parker joga na esquerda e está em grande forma pelo Chiefs. Leva já 9 golos em 15 jogos e está num bom momento de forma. É um extremo móvel e habilidoso. Tem 48 int. e 12 golos.
A unidade mais ofensiva é Mphela. O “Assassino” como é conhecido pelos adeptos sul-africanos pela sua qualidade de finalização, tem um recorde invejável pela seleção. 23 golos em 49 jogos. Esta época não lhe está a correr de feição. Tem apenas 287 minutos esta época e 2 golos. O jogador não estava em grande forma, mas Ingesund deu-lhe um voto de confiança e parece mesmo que irá ser o titular do ataque. É um jogador com uma velocidade incrível, boa mobilidade e é um finalizador nato. Resta saber se irá estar na sua máxima forma no primeiro jogo.

Á espreita por um lugar na equipa, está o médio-esquerdo Serero. Serero é um jovem de enorme qualidade, que joga no Ajax de Amestardão. Tem 3 golos em 4 jogos. É uma das maiores promessas sul-africanas, senão a maior mesmo. É rápido, habilidoso e finaliza bem. Tem apenas 22 anos. Isso e o facto de ter Tshabalala como concorrente directo podem lhe custar o lugar. Mas é um jogador para seguir com atenção e será certamente dos suplentes mais utilizados.

Em termos tácticos, a Africa do Sul apresenta um 4-3-3, com bastante mobilidade na frente de ataque. 2 centrais fortes fisicamente, 2 laterais que sobem bem e Dikgacoi, o médio mais defensivo da equipa, e que fecha muito bem. Um médio mais trabalhador, que é Letsholonyane e um mais ofensivo, que é Tshabalala.  Os extremos são muito rápidos, mas não são muito fortes no cruzamento. Preferem entrar com a bola controlada na área. A equipa tem facilidade em criar lances de perigo, mas contra defesas muito organizadas, a equipa costuma esbarrar muito no ultimo passe. A equipa, na maioria, está rotinada, já com alguns jogos nas pernas.


Angola


Informações


Capital: Luanda

Língua oficial: Português

Governo: República – Presidente – José Eduardo dos Santos

População: 20.900.000

Moeda: Kwanza

Ranking Fifa: 78º



A seleção Angolana tenta este ano fazer melhor que no ano passado. Nesta que é já a 5ª participação consecutiva, depois de em 2010 os Palancas terem chegado aos quartos-de-final onde foram eliminados pelo Gana, no ano passado a seleção de Angola não foi além dum 3º lugar no grupo B o que deixou de Lito Vidigal na altura fora da competição. Este ano com Gustavo Ferrín aos comandos, Angola tenta voltar novamente aos jogos a eliminar tendo para isso que ultrapassar Marrocos, Cabo Verde e a África do Sul.

A qualificação para a CAN não foi fácil para Angola pois foi decidida apenas pela vantagem de golos fora. Em 2 embates frente ao Zimbabué, Angola perdeu por 1-3 fora e venceu depois por 2-0 a jogar em casa. No último jogo de preparação antes desta competição, Angola defrontou o Botswana que venceu por 2-0 com golos de Afonso e Manucho. Manucho é mesmo a estrela desta seleção ele que agora representa o Valladolid depois de ter passado por equipas como o Manchester United e Hull City.


Lista de Convocados:

Guarda-redes: Lamas (Petro Atlético), Landu (Recreativo Libolo) e Neblu (Primeiro Agosto).

Defesas: Amaro (Primeiro Agosto), Bastos (Primeiro Agosto), Dani Massunguna (Primeiro Agosto), Fabricio (InterClube), Lunguinha (Kabuscorp), Marco Airosa (AEL Limassol), Mingo Bille (InterClube), Pirolito (InterClube) e Zuela (Apoel Nicósia).

Médios: Ary (Primeiro Agosto), Dede, (AEL Limassol), Gilberto (AEL Limassol), Ito (Progresso Sambizanga), Mabina (Petro Atlético), Manucho Dinis (Primeiro Agosto), Manuel (AS Aviacao), Miguel (Petro Atlético) e Paty (InterClube).

Avançados: Djalma (Kasimpassa), Geraldo (Parana), Guilherme Afonso (FC Vaduz), Mauncho (Real Valladolid), Mateus (Nacional), Yano (Progresso Sambizanga).


Muito dificilmente Angola poderá aspirar mais do que tem feito nas últimas edições. Já será complicado passar o grupo pois a África do Sul e Marrocos assumem-se como favoritos a qualificar-se. Assim, Angola terá de fazer uma surpresa para conseguir passar à próxima fase. Cabo Verde não tem hipóteses na minha opinião ficando assim a luta a 3 com a vantagem para as 2 seleções que melhor estão preparadas para esta CAN. África do Sul e Marrocos.


Cabo Verde


Informações

Capital:
Lingua oficial:
Governo:
População:
Moeda:

O País

(...)

A selecção

Cabo Verde conseguiu a sua primeira qualificação para a fase de grupos de uma competição internacional. Encontram-se em 63º lugar no ranking FIFA, e quando os grupos foram formados, era a seleção melhor cotada do seu grupo, em 51º. Lúcio Antunes é o selecionador. Um desconhecido para muito gente, o ”special one criolo” como é conhecido pela imprensa, impulsionou o futebol Cabo-verdiano, e pôs a equipa a jogar bom futebol. Apesar de não ter treinado nenhum clube e de se ter estreado logo como selecionador, este treinador de 46 anos é visto como um ponto de viragem na Seleção de Cabo Verde. Traçando o ano de 2012 e a sua qualificação para a CAN 2013. O ano começou com o apuramento para a CAN, onde Cabo Verde se deslocou a Madagáscar e ganhou por 4-0. Seguiram-se duas derrotas na fase de qualificação para o Mundial, ambas por 2-1, frente a Serra Leoa e Tunísia. Novamente uma vitória diante de Madagáscar, por 3-1, e fica assim selado o apuramento para a próxima fase. O jogo que se segue foi uma enorme vitória. Cabo Verde recebe o gigante Camarões, e no Estádio da Várzea consegue um histórico 2-0. Em todo o jogo foram superiores, e impuseram o seu jogo. Tiveram inúmeras oportunidades de golo, e os Camarões apenas tiveram 2 lances flagrantes. No jogo a seguir, e sob enorme clima de intimidação, deslocaram-se aos Camarões, e iniciaram o jogo com um golo de livre de Heldon, do Marítimo. Acabaram por perder 2-1, mas o objetivo foi alcançado. Tiveram um amigável contra o Gana em Portugal, onde perderam por 1-0. O ultimo teste para a CAN foi contra a Nigéria, onde a equipa empatou a 0. A primeira parte foi dominada por Cabo Verde, e Heldon, diante de uma Nigéria sem poupanças, teve o golo no pé por 2 vezes. A segunda parte já foi mais equilibrada, mas o nulo continuou até ao final. Mas na generalidade, o jogo foi aborrecido, sem grandes oportunidades, com duas equipas que não pareciam lembrar-se que estavam a treinar para a CAN.
Guarda Redes: Fock (Batuque), Rilly (Mindelense), Vozinha (Progresso Sambizanga)
Defesas: Carlitos (AEL Limassol), Fernando Varela (FC Vaslui), Gege (Maritimo), Guy Ramos (RKC Waalwijk), Josimar (FC Dordrecht), Nando (Chateauroux), Nivaldo (Academica Coimbra), Pecks (Gil Vicente)
Medios: Babanco (Olhanense), David Silva (Olhanense), Marco Soares (Omonia Nicosia), Platini (Santa Clara), Roni (Fola Esch), Stenio (Feirense), Toni Varela (Sparta Rotterdam)
Avançados: Djaniny (Olhanense), Heldon (Maritimo), Julio Tavares (Dijon), Rambé (Belenenses), Ryan Mendes (OSC Lille)
De fora desta convocatória, ficaram, Ricardo, central do Paços de Ferreira que recusou ir á CAN, Zé Luis, do Braga, por motivos pessoais e Dady, ex-Olhanense e Belenenses.
Fock é o guarda-redes titular dos Tubarões Azuis. Joga no Batuque F.C, das Ilhas S.Vicente. Já passou pela 3 divisão espanhol. Tem 10 int.
 Gêgê, do Maritimo B, é o defesa direito. Leva já 16 jogos esta época, quase todos a central. Esta a ser adaptado a esta posição não se sabe se é para ser titular ou alternativa a Carlitos. Na esquerda, Nivaldo, da Académica, um jogador rápido e que ataca bem. No centro, Fernando Varela, jogador do Vaslui da Roménia, e que apesar de ter 25 anos, é um jogador bastante experiente. Ao seu lado está o veterano Nando, que joga actualmente em França. O central de 34 anos é a voz de comando da equipa. Tem passagens pela Suiça, Republica Checa e Tunisia. É o capitão.
Babanco, Toni Varela e Marco Soares formam o trio do meio campo. Babanco transferiu-se para o Olhanense este ano. É um médio de raiz, mas tem jogado a lateral esquerdo no Olhanense. Na seleção ainda mantem o seu lugar no meio campo. Tem 11 jogos esta época. 24 int e 2 golos. Toni Varela joga no Sparta Roterdão, da 2ª divisão holandesa. Tem 13 int e 1 golo. Marco Soares do Omonia, é o médio mais defensivo. Foi formado no Sporting e é o titular do Omonia do Chipre.
A frente de ataque é a que contem as estrelas da equipa. Do lado direito, Héldon, do Maritimo. Heldon é um jogador rápido, com bom toque de bola. Tem 10 jogos pelo Maritimo esta época. Tem 16 int e 5 golos. Djaniny é certamente o jogador mais conhecido do publico português. O jovem de 21 anos foi contratado pelo Benfica após uma grande época em Leiria. É um jogador rapidíssimo e com um grande drible, mas é lento a decidir os lances. Na frente de ataque, irá jogar certamente Ryan Mendes do Lille, e o melhor jogador desta seleção na minha opinião. Começou a jogar muito novo a titular pelo Le Havre, merecendo uma transferência de 3 milhoes de euros para o Lille. É muito bom dentro da área e a finalizar. Esta época tem 9 jogos e 2 golos. Pela seleção tem 11 jogos e 4 golos.
Os Crioulos costuma jogar num 4-3-3. Apostam bastante no contra ataque e nos lances de bola parada, onde a equipa é fortíssima. Defensivamente, são uma equipa sólida, com alguma experiencia.
O meio campo é o ponto mais frágil desta seleção. Não é um meio campo muito rotinado, e tem dificuldades de circulação da bola.
Já a frente de ataque é a esperança de sucesso. 3 jogadores muito rápidos que apenas pecam alguma falta de creatividade.
O trajeto dos Tubarões Azuis nesta CAN, é na minha opinião, uma verdadeira incógnita. Têm um bom selecionador, e uma equipa que até é capaz de ser das melhores desta CAN. Não sei como irá ser o seu percurso, tudo depende do primeiro jogo frente á África do Sul. No seu grupo, penso que terão de disputar o 2º lugar com Marrocos, e tudo vai depender desse jogo.

Marrocos


Informações

Capital:
Lingua oficial:
Governo:
População:
Moeda:

O país:

(...)

A selecção

Marrocos é um dos eternos candidatos á conquista da CAN. Não ganha a competição desde 1976, em em todas as CAN costuma desiludir. Encontram-se no 76º lugar do ranking FIFA. São treinados por Rachid Taoussi, um treinador que apenas treinou em Marrocos, e que tem no seu currículo internacional apenas uma conquista da African Youth Championship de 1997 com a equipa sub-20 de Marrocos. Foi nomeado selecionador após a derrota de Marrocos em Moçambique, por 2-0. Nesse jogo o selecionador era Eric Gerets, que foi demitido após essa jogo, dando lugar a Rachid Taoussi. O primeiro jogo de Taoussi foi exactamente a 2ª mão do apuramento para a CAN. Marrocos recebeu Moçambique e goleou por 4-0, carimbando a passagem á fase final. No primeiro amigável de preparação para a CAN, Marrocos recebeu o Togo e perdeu por 0-1, com um golo de Adebayor. No jogo a seguir, Marrocos bateu o Niger, por 3-0, com um golo logo aos 2 minutos. No 3º jogo de preparação, Marrocos deslocou-se à Zambia e empatou 0-0 contra uma seleção que vinha de 3 derrotas seguidas, num jogo em que a Zambia dispôs de mais oportunidades de golo, tendo sido superior ao seu adversário. No ultimo jogo de preparação, e já na Àfrica do Sul, a equipa defrontou o Namibia, tendo ganho por 2-1. Na convocatória para este jogo, Taoussi deixou Taarabt  do QPR da Inglaterra de fora, Chamakh do Arsenal e quase metade da equipa que participou na CAN do ano passado, incluído ainda Kharja. O selecionador convocou 5 jogadores que sem nenhuma internacionalização, Os jogadores mas internacionais são o guarda-redes Nadir Lamyaghri, com 50 int. e Benatia com 25. O resto têm todos menos de 20 internacionalizações. O melhor marcador desta seleção é Youssef El-Arabi do Granada com apenas 3 golos.  Em compensação, a Taoussi recebeu a notícia que a estrela da equipa, Younes Belhanda considerado o melhor jogador árabe, estaria apto para o primeiro jogo. Este plantel é por isso um plantel inexperiente com um treinador também inexperiente. A equipa não tem deslumbrado nos jogos de preparação, mas vamos ver como se safa nesta CAN.

Guarda Redes :Nadir Lamyaghri (Wydad Casablanca),  Anas Zniti (MAS Fez) e Khalid Askri (Raja Casablanca)
Defesas: Mehdi Benatia (Udinese), Ahmed Kantari (Stade Brest), Zakaria Bergdich (RC Lens), Issam El Adoua (Vitória de Guimarães), Abdelhamid El Kaoutari (Montpellier), Abdelatif Noussir (Maghreb Fes) e Abderrahim Chakir (FAR Rabat)
Médios: Adil Hermach (Al Hilal), Karim El Ahmadi (Aston Villa), Younès Belhanda (Montpellier), Abdelaziz Barrada (Getafe), Kamel Chafni (Stade Brest), Chahir Belghazouani (AC Ajaccio) e Youssef Kaddioui (FAR Rabat)
Avançados: Youssef El-Arabi (Granada), Mounir El Hamdaoui (Fiorentina), Nordir Amrabat (Galatasaray), Oussama Ossaidi (Liverpool) e Abderrazak Hamdallah (Olympique Safi)

Em termos táticos, Taoussi utiliza um 4-2-3-1. O meio-campo é o ponto mais forte da equipa e é onde jogam as vedetas. Trocam muito bem a bola a meio campo, mas ofensivamente e em termos de finalização são muito limitados. A defesa não ajuda nada, e se enfrentam uma frente de ataque móvel, irão suar muito.
Nadir Lamyaghri é o guarda-redes titular. O jogador do Wydad Casablanca é o jogador mais internacional da equipa. Na minha opinião é o titular mais devido á sua experiencia e voz de comando. É terrivel nas saídas e pior ainda a recuar delas.
Mehdi Benatia e Issam El Adoua são os centrais titulares. Benatia, da Udinese, é um central alto e possante. É o melhor elemento desta defesa, mas contra si tem o facto de ter sido pouco utilizado. El Adoua, do Vitória de Guimarães é o seu parceiro. Igualmente alto e forte no jogo aéreo, forma com Benatia uma dupla sólida.
Na esquerda, Zakarya Bergdich é o titular. Excelente a atacar, terrivel a defender. Assim se define o titular do Lens. Está a realizar os seus primeiros jogos pela seleção, por isso El Kaoutari, do Montpellier poderá ocupar também esta posição. Abderrahim Achchakir será o titular do lado direito. Central de raiz, algo lento, mas com um bom pé direito. Muito bom nos cruzamentos.
Karim El Ahmadi e  Adil Hermach são os médios mais posicionais da equipa. O primeiro é titular no Aston Villa. Internacional holandês pelas camadas jovens, é um excelente médio defensivo e essencial no jogo da equipa. Hermach joga no Al Hilal. É um médio mais defensivo que El Ahmadi, e que dá cobertura ás subidas dos laterais.
O trio ofensivo do meio campo é onde reside o poder de Marrocos. Younes Belhanda é o médio mais ofensivo da equipa. A estrela do Montpellier é o ‘playmaker’ da equipa. Dele nasce todo o futebol ofensivo de Marrocos. Não está em grande forma física, e caso não consigo estar apto, pode ser uma enorme ‘facada’ nas aspirações de Marrocos. Barrada, do Getafe, é o extremo direito. É titular e já leva 3 golos na Liga Espanhola. É um jogador rápido e com um bom drible. Assaidi do Liverpool é o provável extremo esquerdo. É um jogador promissor, mas a sua fraca utilização no Liverpool poderá condicionar a sua titularidade. Nordin Amrabat do Galatasaray poderá ocupar o seu lugar, visto ter muita mais utilização que Assaidi.
O lugar na frente de ataque ainda é uma incógnita. El Arabi do Granada e El Hamdaoui da Fiorentina. El Hamdaoui é um goleador. Marcou 50 golos em 81 jogos pelo AZ. Contra ele tem o facto de ter jogado pelas reservas do Ajax toda a época de 2011/2012 devido a desavenças com o treinador. Joga actualmente em Italia, sendo suplente na Fiorentina. El Arabi, apesar de não ser um matador, é um jogador de enorme qualidade técnica. Antigo capitão da seleção sub-21 marroquina de futsal, parece partir á frente na luta pelo lugar.



Lista de Análises e Previsões/Prognósticos


1ª Jornada
19/01 - 16h - betcannon -- África Do Sul vs Cabo Verde -- Menos de 1.5 golos a 2.65 na Bwin :ganha: (0-0)
19/01 - 19h - betcannon -- Angola vs Marrocos -- Angola marca primeiro a 2.40 na Bwin :perdida: (0-0)

2ª Jornada
23/01 - 15h - betcannon -- África do Sul - Angola -- Angola DNB a 2.35 Bwin :perdida: (2-0)











Apresentações elaboradas por:
betcannon (África do Sul, Marrocos e Cabo Verde)
Tiago Rodrigues (Angola)
« Última modificação: 27 de Janeiro de 2013, 15:45 por Tiago Rodrigues »
"A running world is a peaceful world."
"A sporting world is an enjoyable world."

Eliud Kipchoge in  Laureus'19



betcannon

  • Rico
  • b
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2011
  • Localidade: Matosinhos (Actualmente Antuérpia)
  • Mensagens:
    840
    Pts Tipsr:
    142
em: 18 de Janeiro de 2013, 18:21
Grupo complicado de fazer previsões. Podemos ter como como certa a passagem da África do Sul. São uma das melhores na competição e a melhor deste grupo. Jogam em casa, têm um publico magnífico e têm excelentes jogadores. Contra si têm o facto de marcarem poucos golos (sob o comando de Ingesund têm apenas 7 golos em 8 jogos. Históricamente, a equipa anfitriã não é eliminada na fase de grupos desde 1994 e não me acredito que seja este ano que isso aconteça. Penso que 1.90@Bwin para vencer o grupo é uma excelente odd.
Cabo Verde, apesar de ter uma equipa interessante, é mesmo o outsider deste grupo. Falta-lhe experiencia e certamente que num jogo onde estarão quase 60 mil sul africanos a puxar pela equipa as pernas vão tremer.
Marrocos e Angola irão disputar o 2º lugar certamente. Penso que Marrocos tem ligeira vantagem. São os eternos candidatos ao titulo e apresentam um estilo de futebol tipicamente sul-americano. Este ano estão ligeiramente desfalcados e eu penso que a sua passagem vai depender da forma física de Belhanda, por isso não quero arriscar um prognóstico. Angola vai ser um adversário duro. Tem vindo a ganhar experiencia e o plantel está muito mais maduro. São sólidos na defesa e o ataque é a sua arma. Mateus, Djalma e Manucho são a maior esperança dos Palancas Negras.
Visto isto, a minha previsâo é a África do Sul em primeiro. Na luta pelo 2º lugar penso que Angola vai ganhar a Marrocos.
YO! GATORADE ME, BITCH!



betcannon

  • Rico
  • b
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2011
  • Localidade: Matosinhos (Actualmente Antuérpia)
  • Mensagens:
    840
    Pts Tipsr:
    142
em: 18 de Janeiro de 2013, 21:02
ÁFRICA DO SUL - CABO VERDE
Sábado 19 Janeiro 2013 - 16h00

E este jogo dá inicio á festa do futebol Africano. Frente-a-frente, o anfitrião África do Sul contra o estreante Cabo Verde, num Soccer City já esgotado com mais de 90 mil pessoas, em Joanesburgo.
Este é um jogo de dificil analise. Em condiçoes normais, África do Sul cilindraria Cabo Verde. Mas não estamos em condiçoes normais. Africa do Sul passa por uma escassez de golos gravissima. 7 golos em 8 jogos é pessimo e demonstra o grande problema da equipa, a falta de um criador de jogo. Todo o jogo da África do Sul é pensado pelos alas, sendo que Furman e Dikgakoi são dois médios muito limitados em termos técnicos. Já o problema de Cabo Verde é outro. A equipa não tem nenhum sector muito bom, mas tambem não tem nenhum mau. São uma equipa que joga o seu proprio futebol, muito baseado nos contraataques rápidos, onde esperam apanhar a defesa Sul-Africana, defesa essa que não prima pela qualidade. Masilela, que ocupa o lado esquerdo já viveu melhores dias e os dois centrais não são propriamente rápidos. Rapidez é uma coisa que abunda no ataque de Cabo Verde. Heldon e Ryan Mendes são rápidos e poderão dar algumas dores de cabeça , principalmente a Sangweni. Djaniny é outra opção para o ataque.
A defesa de Cabo Verde não conta com grandes nomes, mas os centrais, Varela e Nando são muito experientes. Terão que estar atentos pois o jogo da Africa do Sul é muito jogado pelas alas e os cruzamentos são muito frequentes. As duas equipas vão jogar em sistemas bastante semelhantes.

O que eu penso que vai acontecer neste jogo é o seguinte: uma África do Sul motivadissima, com o apoio do publico, mas que vai esbarrar numa ambiciosa seleção de Cabo Verde, que irá tentar impor o seu jogo lento, surpreendendo o adversário no contra-ataque.

Como eu disse, este jogo é uma verdadeira incognita, mas eu creio que irá ser um jogo com pouquissimas oportunidades. Vai ser um jogo muito jogado no ultimo terço do ataque sul-africano, mas creio que vão esbarrar imensas vezes na defesa dos Tubarões Azuis. Mesmo assim, vejo a Africa do Sul a ganhar pela margem minima, ou mesmo havendo surpresa, não creio que hajam muitos golos.

África do Sul: Khune; Matlaba, Khumalo, Sangweni, Ngongca; Serero, Furman, Dikgacoi, Phala; Parker, Mphela

Cabo Verde: Fock; Varela, Gege, Nando, Nivaldo; Babanco, Soares, Platini, Toni Varela; Ryan Mendes, Heldon

Prognóstico: Menos de 1,5 a 2.65@Bwin (6/10)
Prognóstico: Menos de 2.5 a 1.55@Bwin (10/10)

YO! GATORADE ME, BITCH!



Forum de Apostas

Re: [CAN 2013] Grupo A
« Responder #2 em: 18 de Janeiro de 2013, 21:02 »

miguelyn

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2005
  • Localidade: Lamego
  • Mensagens:
    64552
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1644
em: 18 de Janeiro de 2013, 21:19
Apresentações da África do Sul, Marrocos e Cabo Verde, adicionadas :bom:
"A running world is a peaceful world."
"A sporting world is an enjoyable world."

Eliud Kipchoge in  Laureus'19



betcannon

  • Rico
  • b
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2011
  • Localidade: Matosinhos (Actualmente Antuérpia)
  • Mensagens:
    840
    Pts Tipsr:
    142
em: 19 de Janeiro de 2013, 02:00
ANGOLA-MARROCOS
Sábado 19 Janeiro 2013 - 19h00

Este jogo fecha a primeira jornada do grupo A. Apesar de ser o primeiro jogo de ambas as seleções, é um jogo bastante decisivo. Na minha opinião estão em confronto as duas equipas que vão disputar o 2º lugar. Será um jogo interessantíssimo, com muito futebol jogado por ambas as partes. Angola vem de um momento de forma incrivel. 4 vitórias, 6 golos marcados e nenhum sofrido em 4 jogos é de louvar. Com uma equipa muito bem montada, as hipoteses de Angola para este jogo são elevadas. Manucho, Mateus e Djalma são uma seta apontada á baliza de Marrocos, que tirando Benatia, tem uma defesa algo inconsistente. Já a defesa Angolana tambem não inspira muita confiança. Não são jogadores de topo, jogam quase todos em Angola e poderão ter algumas dificuldades contra a linha mais ofensiva de Marrocos. Os dois médios defensivos de Marrocos pouco participam no jogo ofensivo da equipa preocupando-se mais em defender, sendo que Marrocos ataca normalmente com 4 jogadores e mais um dos laterais. A subida dos laterais costuma causar muitos calafrios
à equipa marroquina, situaçao essa que irá ser certamente explorada por Djalma e Mateus, donos de uma enorme velocidade. Neste momento, ainda não se sabe se Belhanda irá jogar, caso jogue o caso muda um pouco a favor de Marrocos.

Este é mais um jogo em que eu não arrisco vencedores. Em vez disso vou num mercado em que Angola tem estado fortissimo. Costumam marcar sempre cedo, pois entram sempre muito forte no jogo e acredito que irá voltar a acontecer neste jogo. Com Manucho e Djalma não creio que seja dificil a aposta entrar.



Marrocos: Lamyaghri; Achchakir, Benatia, El Adoua, Bergdich; El Ahmadi, Hermach; Barrada, Belhanda, Assaidi; El-Arabi

Angola: desconhecido

Prognóstico: Angola marca primeiro a 2.40 @Bwin (7/10)
« Última modificação: 19 de Janeiro de 2013, 02:09 por betcannon »
YO! GATORADE ME, BITCH!



Marco.Costa

  • Magnata
  • M
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Abr 2009
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    21270
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    221
em: 19 de Janeiro de 2013, 10:54
betcannon :parabens: :bom:



miguelyn

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2005
  • Localidade: Lamego
  • Mensagens:
    64552
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1644
em: 19 de Janeiro de 2013, 11:13
Apresentação de Angola adicionada :bom:
"A running world is a peaceful world."
"A sporting world is an enjoyable world."

Eliud Kipchoge in  Laureus'19



Marco.Costa

  • Magnata
  • M
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Abr 2009
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    21270
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    221
em: 19 de Janeiro de 2013, 11:45
Resumo do Grupo A


Lista de Análises e Previsões/Prognósticos

1ª Jornada
19/01 - 16h - betcannon -- África Do Sul vs Cabo Verde -- Menos de 1.5 golos a 2.65 na Bwin :ganha: (0-0)
19/01 - 19h - betcannon -- Angola vs Marrocos -- Angola marca primeiro a 2.40 na Bwin :perdida: (0-0)

2ª Jornada
« Última modificação: 20 de Janeiro de 2013, 19:58 por Marco.Costa »



Forum de Apostas

Re: [CAN 2013] Grupo A
« Responder #7 em: 19 de Janeiro de 2013, 11:45 »

miguelyn

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2005
  • Localidade: Lamego
  • Mensagens:
    64552
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1644
em: 19 de Janeiro de 2013, 14:47
Resumo do Grupo A


Lista de Análises e Previsões/Prognósticos

1ª Jornada
19/01 - 16h betcannon -- África Do Sul vs Cabo Verde -- Menos de 1.5 golos a 2.65 na Bwin
19/01 - 19h betcannon -- Angola vs Marrocos -- Angola marca primeiro a 2.40 na Bwin
Não metes isto no 1º post?
"A running world is a peaceful world."
"A sporting world is an enjoyable world."

Eliud Kipchoge in  Laureus'19



Marco.Costa

  • Magnata
  • M
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Abr 2009
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    21270
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    221
em: 19 de Janeiro de 2013, 15:02
Fiz isso porque acho que depois o 1º post fica muito grande, até porque assim separado tens acesso mais rápido a ver as picks.

Mas se achares que está mal, apaga (está assim em todos os grupos)



miguelyn

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2005
  • Localidade: Lamego
  • Mensagens:
    64552
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1644
em: 19 de Janeiro de 2013, 15:05
Fiz isso porque acho que depois o 1º post fica muito grande, até porque assim separado tens acesso mais rápido a ver as picks.

Mas se achares que está mal, apaga (está assim em todos os grupos)

Não. deixa estar. Já agora vamos fazer a experiência a ver como corre.

Fica este e acrescenta-se no post inicial a ver ;)
"A running world is a peaceful world."
"A sporting world is an enjoyable world."

Eliud Kipchoge in  Laureus'19



betcannon

  • Rico
  • b
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2011
  • Localidade: Matosinhos (Actualmente Antuérpia)
  • Mensagens:
    840
    Pts Tipsr:
    142
em: 19 de Janeiro de 2013, 18:15
ÁFRICA DO SUL - CABO VERDE
Sábado 19 Janeiro 2013 - 16h00

Prognóstico: Menos de 1,5 a 2.65@Bwin (6/10)
Prognóstico: Menos de 2.5 a 1.55@Bwin (10/10)



 :ganha:
 :ganha:

jogo a correr como tinha previsto. Cabo Verde a conseguir criar algum perigo nos contra ataque e uma África do Sul que não consegue jogar sem ser pelas alas. Muito bem Cabo Verde, que merecia talvez outro resultado
YO! GATORADE ME, BITCH!



yukete

  • Rico
  • y
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2012
  • Localidade:
  • Mensagens:
    857
    Pts Tipsr:
    8
em: 19 de Janeiro de 2013, 18:53
A confiança para o outro mantém-se depois dos 11?



betcannon

  • Rico
  • b
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2011
  • Localidade: Matosinhos (Actualmente Antuérpia)
  • Mensagens:
    840
    Pts Tipsr:
    142
em: 19 de Janeiro de 2013, 22:42
ANGOLA-MARROCOS
Sábado 19 Janeiro 2013 - 19h00

Prognóstico: Angola marca primeiro a 2.40 @Bwin (7/10)


 :perdida:

Fiquei bastante desiludido com a estreia de Angola. Entraram com uma postura defensiva que não era nada tipico. Na primeira parte Marrocos acampou no meio campo Angolano.
YO! GATORADE ME, BITCH!



Trojan Ska

  • Crava
  • T
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2011
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    75
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    3
em: 23 de Janeiro de 2013, 12:26
África do Sul - Angola 15h00

A África do Sul (RSA) não foi talhada para o Futebol, está visto. Faz-me lembrar um pouco a Índia. São os dois países do antigo império britânico com mais potencialidades económicas mas que privilegiam todos os outros desportos que não o Futebol.

Obviamente que isto não acrescenta nada para o jogo de hoje, mas o certo é que a RSA apenas aparenta jogar boa bola quando o desafio é a feijões. Em jogos oficiais marcar um golo é tarefa hérculea e é por aí que vou. E como Angola nestas competições também já é o que se sabe, apesar do potencial que aparenta, o mais provável é dar empate, sem golos.

Mas à cautela, vou num empate com devolução em caso de vitória de Angola.

RSA - Angola  :arrow: X (2) (A aposta será devolvida se o jogo terminar com a vitória da equipa visitante dentro do tempo regulamentar) @ 2.35 Bwin

RSA - Angola  :arrow: X2 @1.78 Bwin



Abusus Non Tollit Usum




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions