Autor Tópico: [Chinese Super League - 8ª jornada] 20 a 22 de Maio  (Lida 461 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

snakederrick

  • Multimilionário
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5148
    Pts Tipsr:
    1914
Shandong Luneng x Guangzhou Yiyao
20 de Maio
12h30

Oitava ronda do principal campeonato chinês, com o campeão em título, Luneng, a receber o recém-promovido, Guangzhou, vencedor do segundo escalão na temporada passada. O Luneng é apenas o actual 8º classificado, com 10 pontos (3 vitórias, 1 empate e 3 derrotas), mas é preciso notar que a equipa tem estado mais concentrada nas Champions League asiática, prova de que foi entretanto eliminada. Ainda assim, o principal problema tem estado nas deslocações, uma vez que o Luneng perdeu as 3 partidas realizadas fora do seu Shandong Stadium, que tem capacidade para mais de 43 mil pessoas. De facto, em casa, e após o percalço inicial (empate a 3 frente ao Chengdu Blades, actual 10º classificado), só há vitórias a registar: 1-0 ao Changchun YaTai (11º), 2-1 ao Shaanxi Chanba (6º) e 1-0 ao Jiangsu Sainty (13º).

Os actuais campeões, que têm dominado os anos mais recentes do futebol chinês (3 títulos, em 2006, 2008 e 2010), são treinados pelo croata Rajko Magić e contam nas suas fileiras com alguns jogadores bem interessantes, destacando-se Obina (28 anos), avançado que passou pelo Flamengo, Palmeiras e Atlético Mineiro, os defesas Renato Silva (27), ex-São Paulo, e Ricardo, ex-Guimarães, e os médios Roda Antar (30), internacional libanês com larga experiência de futebol europeu ao serviço do Colónia e Friburgo, e Julio César de León (31), internacional hondurenho com passagens por Génova, Reggina, Parma e Torino. A estes jogadores bem acima da média da Liga Chinesa, juntem-se os nomes de vários talentos locais, como os dos médios Deng Zhuoxiang (22) e Zhou Haibin (25), que já somam várias internacionalizações pelo seu país. Eliminada da Champions League asiática, o Luneng concentrar-se-á em absoluto na revalidação de um título que, na temporada passada, conquistou com alguma facilidade (13 pontos de avanço sobre o 2º classificado).

Subido nesta temporada, após descida na secretária na época transacta (a equipa terminou a Super Liga 2009 em 9º, a equipa foi punida com a despromoção devido a resultados arranjados, em 2007, ainda na 2ª divisão), o Guangzhou Yiyao lidera a Super Liga chinesa ao fim de 7 rodadas, com 5 vitórias e 2 empates (12-5 em golos). Os dois empates foram nas 3 primeiras rondas, de modo que o Guangzhou vem de 4 vitórias consecutivas para a liga, só que, embora tendo qualidade, a equipa tenha feito valer o facto de o seu calendário inicial não ser o mais complicado, sobretudo fora do seu terreno. Em casa, venceram o 12º classificado (Dalian Shide, 2-1), o 4º (Liaoning Hunyong, 2-1) e o 15º (Henan Construction, 3-1), tendo empatado com o Beijing Guoan (2º, 2-2). Fora, começaram por empatar no campo do 14º (Nanchang Hengyuan, 1-1) e vencido depois nos terrenos do 7º (Qingdao Jonoon, 2-0) e do 16º (Shenzhen Ruby, 1-0). Portanto, temos três testes que se podem considerar ter um maior grau de dificuldade para este Guangzhou, nas recepções ao 4º e 2º classificados e na deslocação ao campo do 7º.

Não obstante, a equipa está em boa forma e tem cimentado o bom momento que trouxe do segundo escalão, onde perdeu apenas 1 das 24 partidas disputadas. Tal como no seu adversário, os jogadores estrangeiros são o garante de alguma qualidade-extra nesta equipa, com os brasileiros Cleo (ex-Partizan) e Muriqui (ex-Atlético Mineiro), a, a par do internacional sul-coreano Cho Won-Hee, serem dignos de destaque. Todos estes jogadores foram contratados após a entrada do Evergrande Real Estate Group na direcção do clube, injectando bastante dinheiro. Além dos citados, o avançado Gao Lin (melhor marcador do segundo escalão em 2010) e os médios Xiang Sun (o primeiro chinês a jogar a Champions, pelo PSV, em 2007) e Zheng Zhi (antigo capitão da selecção, que acabara de ser dispensado pelo Celtic) chegaram também ao clube ness altura. O problema é que o avançado Cleo, que entrou em grande nesta Super Liga, com 5 golos noutros tantos jogos, tem estado ausente e tem sido sobre os ombros do compatriota Muriqui que o futebol ofensivo da equipa tem recaído. É certo que, para a Liga, o Guangzhou tem vencido apesar da ausência de Cleo, mas é preciso notar que, nos três jogos mais complicados da época, nas tais recepções ao 2º e ao 4º classificados e na visita ao 7º, o avançado brasileiro alinhou e até marcou 3 golos. De notar ainda que, há uma semana, o Guangzhou foi eliminado da Taça, fora de portas, pelo actual 6º classificado da Liga, Shaanxi Chanba, nos penalties.

Resumindo, o campeão em título recebe a equipa da moda na China, mas, com o Luneng a jogar em casa, com um plantel forte, sem o pensamento na Champions asiática e frente a um Guangzhou que não conta com a sua principal arma ofensiva (Cleo), a minha pick cai para o lado dos visitados. 

Pick: Shandong Luneng 2.30@Williamhill




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas e Prognósticos / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions / Melhores Cassinos Online Brasil / Mejores Casinos Online de América Latina