Votação

Irá o governo de Sócrates cair?

Sim
3 (9.7%)
Não
28 (90.3%)

Votos totais: 30

Votação encerrada: 21 de Fevereiro de 2011, 21:20

Autor Tópico: Irá o PSD votar a favor da Moção de Censura do BE contra o Governo Português?  (Lida 4647 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

miguelyn

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2005
  • Localidade: Lamego
  • Mensagens:
    64819
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1662
Sim. É verdade.

Mas também é verdade que cavou a sepultura do próprio BE. O eleitorado PS tradicional que tem fugido para o BE vai voltar ao PS, porque "o gajo é radical e não bate bem da bola. Um dia diz e outro desdiz". O que não vota Partido Sócrates, como eu, por exemplo, e que durante o seu mandato tem votado maioritariamente BE, vai ou fugir para o PCP ou abster-se/branco/nulo.

Este episódio, está-me a fazer lembrar e muito o PRD :roll:
"A running world is a peaceful world."
"A sporting world is an enjoyable world."

Eliud Kipchoge in  Laureus'19



fcar

  • Iniciado
  • f
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2011
  • Localidade: Porto
  • Mensagens:
    9
    Pts Tipsr:
    0
Esta aposta ainda está disponível na unibet?



Fred

  • Multimilionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Abr 2010
  • Localidade: Porto
  • Mensagens:
    7943
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    38



Forum de Apostas


Dunadan

  • Magnata
  • D
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2005
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    218230
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    359
Pois andas a fugir andas...  :twisted:

Voltando ao Luís Delgado, Daniel Oliveira e outros tantos que andam pelas televisões a bradar aos céus tamanha irresponsabilidade do BE, parece que estão a meter a cabeça na areia, pois de tanto bater no peito de indignação, esquecem-se dos factos:

Facto n.º 1: A Direita Parlamentar (PSD+CDS) não é capaz, por si só, de chumbar o próximo OE;

Continuas a acreditar piamente que em Outubro de 2011, se as coisas se mantiverem como estão, sendo coisas tipo, Inflação, Desemprego, Impostos, Juros da Dívida Soberana, PIB neutro ou ligeiramente positivo, etc, que o BE e o PC vão acudir ao PS?

O PC não fará mais do que abster-se, já o BE para fazê-lo, seria dar uma cambalhota de todo o tamanho! :lolada:

Ou esperas que o Sócrates faça um acordo com o Alberto João Jardim e os 4 deputados madeirenses do PSD abstenham-se também? :twisted:

É que mesmo assim, só arranjando pelo menos dois deputados do BE é que aprovas o OE... Isto claro, se o centro-direita só tiver 98 dos 102 deputados que elegeu... :assobio:



Facto n.º 2: A definição de posições a tomar pela Direita face à moção de censura a apresentar pelo BE no dia 10 de Março irá condicionar (e de que maneira!) a estratégia política de todo o espectro político, em particular do PS.

Essa tanga de "deixar o governo ir-se afundando no pantâno lentamente" é desculpa de mau pagador, ainda há dias Passos Coelho afirmava estar disposto a governar com FMI e agora já se fala em 2013? ou seja, deixar a presente legislatura chegar ao fim?!?!?

Dificilmente esta legislatura chega ao fim, o problema é que há medidas que é preciso tomar e isso vai implicar mexer em muitos tachos do centrão, daí que haja uma aparente indecisão do PSD em atacar agora esta oportunidade, uma vez que existem várias circunstâncias que é preciso ter em conta. Vamos começar por este:

O PS tem um congresso agendado para Abril, salvo erro. O PSD tinha como ideia esperar para ver como corre a execução orçamental do primeiro trimestre, uma vez que existe uma grande pressão da venda de dívida soberana que está a condicionar as contas do Estado e não se esperam grandes resultados nos cortes orçamentais. Aliás, não seria surpreendente que a despesa continue a crescer, basta recordar exemplos como estes:


"Andam a gozar com o pagode


O Ministro dos Negócios Estrangeiros nomeou, no passado dia 24 de Janeiro, um conselheiro 'técnico' para a embaixada de Portugal em Marrocos. Segundo a revista Sábado, o feliz contemplado vai ganhar cerca de 11 mil euros por mês, entre ordenado, subsídio de habitação e acumulação com o vencimento de origem...

Para além de ser altamente condenável que, num momento de contenção, o Governo ande a nomear a sua rapaziada para cargos de utilidade mais do que discutível sob o ângulo do interesse nacional (em Rabat já está em funções um conselheiro económico, além de haver uma delegação da AICEP), é verdadeiramente insultuosa, para os 11% de desempregados e as centenas de milhares de trabalhadores que levaram com os cortes salariais, esta forma de torrar anualmente mais de 150 mil euros do dinheiro dos contribuintes.
"

Mas como alguém já referiu hoje na blogosfera, no último ano o PSD andou praticamente a coçar os tomates e agora foram apanhados de surpresa pelo Louçã, que uma vez fracassada a jogada do Manuel Alegre presidente, quer agora esquecer essa manobra e tomar a iniciativa política, liderando a Oposição ao PS. Resta ver os custos que tal iniciativa terá a nível interno, já que têm sido notícias algumas demissões de figuras do BE.

Portanto, o PSD está aparentemente caladinho e sem apresentar propostas, coisa que só deverá fazer, vamos ver como, se houver eleições. Da maneira como isto está, dificilmente irão apresentar algo de concreto. Pelo andar da carruagem, a ideia será esperar que Sócrates continue a liderar o PS. Quando o governo cair, a turbulência interna do PS irá prejudicar a votação no partido ou a menos que alguém com alguma credibilidade, tipo António Costa tome o poder, talvez o BE seja penalizado por esta moção de censura.

Mas ignoremos o futuro congresso do PS, que até nem é o mais importante.

Nem a execução orçamental.


O mais importante e foi com isso que o Louçã também jogou e que muita gente ignora, mas que alguém na blogosfera chamou à atenção nos últimos dias, é que vamos ter, salvo erro a 10 de Março, uma importante cimeira da UE, para definir o que fazer com a situação complicada de Portugal e outros países do Euro que estão em pior estado que o nosso em certos indicadores económicos como a exposição de dívida soberana ou o desemprego. Essa data acaba por ser muito importante, pois Sócrates se evitar o FMI, poderá se conseguir um bom acordo, ter bases para sobreviver politicamente por mais uns tempos.


Depois sim, é que vem a execução orçamental. Mesmo que esta seja má, Sócrates se tiver quem lhe empreste o dinheiro, pode com esse "balão de oxigénio" ou "lifeline" sobreviver até ao Orçamento, uma vez que até agora, a menos que haja uma surpresa amanhã, o PSD continua na retranca à espera do que isto vai dar. Mas aí também pode ser tarde, pois dificilmente com as actuais medidas o país irá ter uma retoma económica... ;)


Deixem-se de tretas, a verdade é que Louçã jogou uma cartada de mestre (e um mecanismo legalmente previsto e perfeitamente democrático e transparente, por muito que isso custe a alguns), e toda a gente está a dançar ao ritmo por si imposto. Qualquer que seja o resultado da moção de censura, Louçã já ganhou: se cair o governo, para além de muito provavelmente terminar com a carreira política de Sócrates (um ódio de estimação), forçará a Direita a assumir o governo do país em plena crise e a co-responsabilizar-se com ela quando menos queriam; se for rejeitada a moção, será Passos Coelho a ter que enfrentar a oposição interna, sendo possível que o PS, tendo em vista o próximo OE, faça uma aproximação à Esquerda.


É uma jogada de alto risco esta jiga que o Louçã pôs a tocar.


O Louçã ainda arrisca-se a ter uma vitória de Pirro. O que ganha agora não lhe servirá de nada, especialmente se o BE tiver o mesmo destino que o PRD... ;)

Se o governo cair agora, o BE arrisca-se imenso a ser atacado pelo PCP por exemplo, de ter estado conluiado com o PS. O centro-direita terá de explorar isto nas eleições para esvaziar o BE... Caindo o governo, como bem dizes, cai também Sócrates, que dificilmente continuará à frente do PS, especialmente se levar uma abada das grandes nas eleições, deixando o PS em cacos. O PCP neste cenário, é quem tem mais a ganhar, pois pode sair reforçado nas eleições. O problema é que ninguém na Esquerda quer um um governo de Centro-Direita. O BE corre o risco de ver os seus resultados eleitorais darem um tombo tal, podendo tornar-se no novo partido do táxi...


Mas para o PSD votar a favor desta moção de censura, era preciso um golpe de génio, não do Pedro Passos Coelho, mas do Ângelo Correia, que é quem está por trás... Esse golpe de génio seria avançar agora com um sim à moção de censura, aproveitando a oportunidade aberta pelo BE, jogar com o facto de que em 3 ou 4 semanas, provavelmente Portugal vai ser salvo pela Alemanha, pois com juros acima dos 7,5%, não nos safamos e nos entretantos ganhar notoriedade na agenda mediática para apresentar-se como solução aos problemas actuais do país. Mas provavelmente não vamos ver nada disto e Sócrates vai continuar por mais uns bons meses, pelo menos até Outubro.

E ele pode se sobreviver à moção de censura e se for salvo pela Alemanha, tirar um coelho da cartola e após o congresso, fazer uma remodelação governamental de fundo, uma vez que com o dinheiro alemão, dificilmente os ministeriáveis socialistas verão o actual PM como um cadáver político.

Neste cenário, então não veremos nenhum OE 2012 chumbado, a menos que as contas do Estado continuem a derrapar de forma gravosa. Mas isto é futurologia a mais para a minha cabecinha. Convêm lembrar, que depois desta palhaçada do BE, que esta moção de censura não é para ser votada, só daqui a 6 meses poderiam apresentar outra, mas isso é claro que não vai acontecer. Já agora, deixo aqui este texto interessante:



"«Os pressurosos que exigem a definição imediata da direcção do PSD sobre o sentido de voto do partido face a uma moção de censura que o Bloco de Esquerda prometeu apresentar em 10 de Março de 2011, e cujos motivos ainda não apresentou nem foram discutidos, deveriam reflectir sobre a limitação que o n.º 3 do art.º 194.º da Constituição da República Portuguesa (CRP) impõe:

«Se a moção de censura não for aprovada, os seus signatários não podem apresentar outra durante a mesma sessão legislativa.»

Se a moção de censura do Bloco de Esquerda não passar, este partido não poderá apresentar outra nesta sessão, isto é, até meados de Setembro de 2011. E não se pode tomar como adquirido que o Bloco e o PC viabilizem, depois do insucesso desta, uma moção do PSD ou do CDS.
É que, para sermos francos, ao PC e ao Bloco de Esquerda não interessa a queda do Governo, nem a dissolução da Assembleia da República, para se instalar um Governo de direita com maioria absoluta, que é, segundo as sondagens, o resultado mais provável. Ao PC e ao Bloco de Esquerda convém a instabilidade governativa e social. E em novo escrutínio haverá tendência de crescimento de voto útil à esquerda para evitar a penúria eleitoral dos socialistas que, aliás, ainda não chegaram nas sondagens aos 20,8% de Almeida Santos, em 1985 (quando pedia 42% nos cartazes...).  Então, se não é seguro a aprovação pela esquerda (PC e Bloco) de uma moção de censura do PSD ou do CDS, o PSD não pode decidir imediatamente um voto contrário à moção do Bloco, uma posição que implica, em coerência, a inviabilização pelo PSD também de uma moção de censura do PC...

E não se pode pedir ao Presidente da República Cavaco Silva que, no estilo insensato de Jorge Sampaio, resolva ele, mais tarde, o que os partidos de direita não querem agora fazer: a queda do Governo e a dissolução do Parlamento...

O bom senso recomenda também o PSD não se aliene o apoio do CDS. Esse apoio pode ser necessário. Se as sondagens derem um resultado percentual tangente de maioria absoluta de direita (à volta dos 45%), importa ponderar uma aliança, para não desperdiçar os votos do CDS que não valem separados, senão em Lisboa, Porto, Aveiro e Braga... Isto é, nesse caso, pode não chegar uma aliança pós-eleitoral, pois, concorrendo separados, o número de deputados dos dois partidos pode ficar aquém da maioria parlamentar, ainda que a percentagem conjunta de votos seja superior aos 42%.

Um mês é muito tempo, na actual conjuntura de turbulência financeira e de asfixia da tesouraria do Governo. A marcha da taxa de juro da dívida do Estado é muito errática e pode acontecer que Sócrates grite «Socorro!» mais cedo do que se espera. E, se assim for, a queda do Governo não deve tardar, depois do anúncio pelo Governo Sócrates de novo pacote de austeridade como contrapartida do apoio financeiro da União Europeia. Não podemos aceitar uma espécie de feitiço mefistofélico que nos condena à petrificação, enquanto o socratismo afunda o País.»




Como bem disseste, se o PSD não aproveita agora esta oportunidade, Pedro Passos Coelho poderá ter a vida em apuros, mas é preciso não esquecer que até Março ou Abril não vão mais do que 2 meses e dificilmente o PSD se irá desagregar por deixar passar esta oportunidade, como o Louçã presume.

O problema do PPC é que precisa de saber como foi a execução orçamental do primeiro trimestre e se a Alemanha empresta o dinheiro que o país precisa para deixar de ir "todos os dias" estender a mão aos mercados, com juros acima dos 7% ou 7,5%. Ele terá de sublinhar isso amanhã, que o PSD não pode ir a eleições sem saber em que pé estão as contas do Estado.

Mas tanto PS ou PSD dificilmente mudarão o actual estado de coisas e os boys do PSD que querem jobs e tachos, poderão ter dificuldades em arranjá-los, se as contrapartidas exigidas pela Alemanha forem demasiado penosas. De qualquer das maneiras, este será apenas mais um episódio de muitos que vamos ter este ano na política nacional.


Pena é que o tempo passe e que o peso do Estado no país continue a asfixiar os poucos heróis que ainda são capazes de contribuir para as contas do estado. É que quantos mais pilares soçobrarem mais difícil será para este Edifício não se desmoronar...



mar de pedra

  • Multimilionário
  • m
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jul 2009
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5908
    Pts Tipsr:
    85
mar de pedra, caso aconteça o que prevês no último ponto (aproximação do PS à esquerda) não achas que se tal acontecer é a provável morte ao crescimento que o Bloco tem tido, isto é, ganha algum poder agora mas que irá perder a dobrar numas próximas eleições?
isso poderá acontecer (ou não) mas o problema é complexo e está dependente de muitas variáveis. É um risco que Louçã quis correr. É quase irresistível fazer comparações com o que aconteceu ao PRD, mas não acredito nisso... o BE já não é o "partido do táxi" e nunca foi (ao contrário do PRD) um partido dependente de uma personalidade muito forte: o General Ramalho Eanes.

Não é certamente isso que Louçã pretende (ganhar notoriedade agora para perdê-la em futuras eleições), mas antes algo que curiosamente o PRD já foi: Louçã quer ser o fiel da balança, quer que o BE seja uma força política minoritária mas decisiva no exercício do poder executivo. Para já, está a consegui-lo, ao marcar a agenda política nacional...

Citar
Na minha opinião esta moção é tentar exactamente o contrário, afastar a imagem dessa junção dada na candidatura de Alegre
vamos por partes: esta moção serve para esse afastamento, mas não só para isso.

É preciso dizer que a candidatura de Alegre foi um falhanço redondo, mas o "mérito" desse falhanço vai inteirinho para Sócrates. O BE aplicou-se e empenhou-se no apoio a Alegre, ao contrário do PS que "fez de conta" que apoiava. Digamos que neste aspecto particular, a moção de censura é uma espécie de contra-ataque: se Sócrates não teve vergonha nenhuma em facilitar a reeleição do Sr. Silva, em nome da estabilidade (e da sua própria "sobrevivência" política), agora é a vez de Louçã agitar as águas e fazer o jogo da Direita, como que dizendo: está aqui a vossa oportunidade, aproveitem-na AGORA ou poderão ter um dissabor mais tarde.

E com isto conseguiu irritar profundamente os dois principais candidatos a futuro PM: Sócrates, obviamente, por ficar com aquela sensação desagradável ( :lol: ) de estar dependente de outros para se aguentar no poder; Passos Coelho porque muito provavelmente será forçado a alterar o plano traçado para provocar eleições antecipadas.

Louçã até poderá sair queimado de tudo isto, mas ele já está a ganhar AGORA e corre sérios riscos de vir a ganhar mais tarde... esta moção de censura vai ter consequências (por enquanto ainda imprevisíveis) muito para além do protagonismo do BE. Isso é perfeitamente visível, basta ver a atitude cautelosa de Paulo Portas (que ainda há poucas semanas pedia a Sócrates para se demitir enquanto é tempo  :lol:) em anunciar a abstenção do CDS, deixando nas mãos do PSD a decisão...
Maior espectáculo que o mar é o céu. Maior espectáculo que o céu é a alma. – Victor Hugo



Dunadan

  • Magnata
  • D
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2005
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    218230
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    359



emef11

  • Magnata
  • e
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jul 2007
  • Localidade: Alhos Vedros - Moita
  • Mensagens:
    17688
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    246



Fred

  • Multimilionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Abr 2010
  • Localidade: Porto
  • Mensagens:
    7943
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    38
passos coelho disse que PSD se vai abster.

agora é aguardar que unibet pague, provavelmente só fará no dia da votaçao, 10 ou 11 de março



Forum de Apostas


JCSilva

  • Bilionário
  • J
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    3509
    Pts Tipsr:
    101
passos coelho disse que PSD se vai abster.

agora é aguardar que unibet pague, provavelmente só fará no dia da votaçao, 10 ou 11 de março

eu tenho a dizer que paga hoje .....



Fred

  • Multimilionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Abr 2010
  • Localidade: Porto
  • Mensagens:
    7943
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    38



JCSilva

  • Bilionário
  • J
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    3509
    Pts Tipsr:
    101
passos coelho disse que PSD se vai abster.

agora é aguardar que unibet pague, provavelmente só fará no dia da votaçao, 10 ou 11 de março

eu tenho a dizer que paga hoje .....

ja mudou ... agora diz que o resultado é a 11 de Março



Fred

  • Multimilionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Abr 2010
  • Localidade: Porto
  • Mensagens:
    7943
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    38
já foi pago :bom:



fabregas

  • Milionário
  • f
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    1147
    Pts Tipsr:
    4
Aqui também! :mrgreen:
...não percas o teu tempo em banalidades quando podes estar a acertar no bingo.



JCSilva

  • Bilionário
  • J
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    3509
    Pts Tipsr:
    101
pago desde de manha :)



Fred

  • Multimilionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Abr 2010
  • Localidade: Porto
  • Mensagens:
    7943
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    38
eu já me esquecia, fui lá por causa de outras odds, e depois que lembrei fazer log in :lolada:




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions