Autor Tópico: Ciclismo - Tour Down Under  (Lida 2219 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Rui Q.

  • Bilionário
  • R
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2010
  • Localidade: Algarve
  • Mensagens:
    3030
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    632
em: 15 de Janeiro de 2011, 18:51
TOUR DOWN UNDER 2011
18 a 23 de Janeiro



ETAPAS
(carregar nas imagens para ampliar)

1ª Etapa (18/01): Mawsin Lakes (0h30) - Angaston (4h), 138 km

A chegada a Angaston já é habitual no Tour Down Under e é propícia a um final ao sprint. Aqui ganhou assim Mark Renshaw em 2008 e Allan Davis em 2009.

2ª Etapa (19/01): Tailem Bend (0h30) - Mannum (4h11), 146 km

Esta é outra chegada propícia para os spritners brilharem num espectacular sprint, aquilo que mais se espera deste Tour Down Under, onde está grande parte dos homens mais rápidos do mundo.

3ª Etapa (20/01): Unley (0h30) - Stirling (4h04), 129 km

A chegada a Stirling é especial para os portugueses e em particular para Manuel Cardoso. Mais difícil que as anteriores, o seu final tem alguma inclinação, suficiente para tirar alguns sprinters da luta e colocar outros homens. Allan Davis venceu aqui em 2009 e Manuel Cardoso em 2010. Para 2011, espera-se que, mais uma vez, homens que combinam velocidade, potência e facilidade com as inclinações levem a melhor sobre os sprinters puros.

4ª Etapa (21/01): Norwood (0h30) - Strathalbyn (3H58) 124 km

O último final em Strathalbyn foi em 2008, na altura com André Greipel a sair vencedor. Será mais um final com um sprint massivo.


5ª Etapa (22/01): McLaren Vale (0h30) - Willunga (3h49), 131 km

A etapa de Willunga é a mais conhecida do Tour Down Under e em 2010 ficou mais dura ao acrescentar uma passagem pelo Willunga Hill. Tal como em 2010, este ano serão duas as passagens na subida de 3 km e 7,6% de inclinação, o que aumentará a possibilidade de especialistas nestes terrenos deixarem para trás os sprinters. No ano passado a salvação dos spritners aconteceu nos últimos quilómetros, já depois da descida, quando o pelotão se conseguiu aproximar dos fugitivos e minimizar as diferenças.

6ª Etapa (23/01): Circuito de Adelaide (2h45-4h45), 90 km

Caso até aqui as diferenças temporais não sejam significativas, o Circuito de Adelaide será palco da última batalha pela classificação geral, com os sprinters a lutarem pelas bonificações.


RESUMO COMPETITIVO
O principal destaque deste Tour Down Under vai para o duelo entre Mark Cavendish e André Greipel que finalmente acontece. Depois de uma época em que Cavendish foi o melhor sprinter nas principais provas do calendário mundial (5 etapas no Tour e 3 na Vuelta) e Greipel foi quem mais venceu (21 contra 11 triunfos), finalmente estão em equipas diferentes e participarão na mesma prova.
Esta é uma prova para sprinters, onde é preciso estar nos primeiros lugares todos os dias, para coleccionar segundos de bonificações, e não perder segundos em cortes em nenhuma etapa, sendo as de Stirling e Willunga as mais favoráveis para isso acontecer. Explorando isso, alguns ciclistas não tão rápidos poderão aproveitar essas duas etapas para ganhar segundos e discutir a vitória da prova, como fizeram Luis León Sánchez e Cadel Evans no ano passado.

Além de Greipel, vencedor da prova em 2008 e 2010 (desistente por lesão em 2009), estarão presentes mais quatro ex-vencedores da prova: Allan Davis (2009), Simon Gerrans (2006), Michael Rogers (2002) e Stuart O'Grady (1999 e 2001). Devido às alterações que a prova sofreu em 2008 (quando se tornou Pro Tour) principalmente a nível competitivo, entre estes, apenas Greipel e Davis são considerados grandes candidatos à vitória final. Rogers será um dos outsiders que poderão tentar surpreender nas etapas mais duras.

Na lista de favoritos, Greipel e Davis terão a companhia de Cavendish e Tyler Farrar na lista de principais favoritos. Numa segunda linha surgem Matt Goss, JJ Rojas e Ciolek também poderão ter uma palavra a dizer na luta pela classificação geral e Chicchi, Henderson, Brown e Juan José Haedo são homens a ter em conta para o sprint. Manuel Cardoso também o poderá ser, se for a aposta da Radioshack para esta prova, mas, para esse posto, terá a concorrência de Robbie Hunter e o australiano Robbie McEwen. Cadel Evans, Michael Rogers, Luke Roberts e Richie Porte são quatro australianos que poderão tentar surpreender os spritners nas etapas de maior dificuldade.

O facto de ser a primeira prova a sério do ano dificulta as previsões, pois não se sabe o estado de forma dos ciclistas.


EQUIPAS & PARTICIPANTES
OMEGA PHARMA-LOTTO (BEL): André Greipel, Jurgen Van de Walle, Adam Hansen, Olivier Kaisen, Vicente Reynes, Jurgen Roelandts, Marcel Seiberg
André Greipel será o líder da Omega Pharma, tentando repetir as vitórias conquistadas em 2008 e 2010. Conta com uma super equipa para o ajudar, da qual se destaca Adam Hansen, Vicente Reynes, Marcel Sieberg e Jurgen Roelandts. Os três primeiros já eram seu colegas na equipa anterior e Roelandts é um jovem muito rápido.


TEAM RADIOSHACK (USA): Lance Armstrong, Robbie McEwen, Manuel Cardoso, Ben Hermans, Markel Irizar, Robbie Hunder, Gregory Rast
A estratégia da RadioShack é uma incógnita, pois poderão apostar em Manuel Cardoso, vencedor de uma etapa em 2010, no local mas já veterano Robbie McEwen ou em Robbie Hunter, também ele um sprinter muito bom. Quanto a Lance Armstrong, será a sua última corrida fora dos EUA.


HTC-HIGHROAD (USA): Mark Cavendish, Bernhard Eisel, Matt Goss, Bert Grabsch, Danny Pate, Mark Renshaw, Hayden Roulston
Mark Cavendish é um dos grandes favoritos à vitória, contando com o forte apoio, de Bernhard Eisel, Grabsh, Pate, Renshaw e Goss, tudo ciclistas que se adaptam muito bem ao tipo de trabalho que Cavendish precisará. No caso de Goss, terá mesmo algumas possibilidades de êxito se algo de mal acontecer ao líder.

 
GARMIN-CERVELO (USA): Tyler Farrar, Jack Bobridge, Julian Dean, Brett Lancaster, Cameron Meyer, Matthew Wilson, Travis Meyer
Tyler Farrar é um dos melhores sprinters do mundo e candidatos à vitória nesta prova. Bibridge, Dean, Lancaster e Meyer fazem com que, em termos de equipa, não deixe nada a desejar em relação a Greipel e Cavendish.

 
RABOBANK (NED): Graeme Brown, Tom Leezer, Michael Matthews, Laurens Ten Dam, Jos Van Emden, Coen Vermeltfoort, Pieter Weening
Brown será a aposta da equipa para a classificação geral, tendo como ponto fraco a sua capacidade para ultrapassar o Willunga com os primeiros. Tom Leezer também poderá fazer bons sprinters e será interessante acompanhar Matthews, o actual campeão mundial sub-23.


TEAM SKY (GBR): Michael Rogers, Geraint Thomas, Simon Gerrans, Greg Henderson, Chris Sutton, Ben Swift, Mathew Hayman
Como já foi dito, Rogers é um dos outsiders, podendo Gerrans também realizar uma prova interessande e sendo Henderson, Sutton e Swift três bons sprinters para as etapas mais planas.


ASTANA (KAZ): Allan Davis, Simon Clarke, Maxim Gourov, Andriy Grivko, Valentin Iglinskiy, Tanel Kangert, Yevgeniy Nepomnyachshiy
Allan Davis, vencedor em 2009, terá que ser tido em conta como um favorito, porém não conta com uma equipa tão boa como outras para o ajudar e terá que ir em comboios alheios.


TEAM LEOPARD - TREK (LUX): Stuar O'Grady, Martin Pedersen, Stefan Denifl, Davide Vigano, Martin Kristen Mortensen, William Clarke, Bruno Pires
O'Grady será o líder da equipa mas esta não é uma das provas chave para a nova Leopard-Trek e não srá de esperar um grande desempenho.


QUICK STEP (BEL): Francesco Chicchi, Marco Bandiera, Gerald Ciolek, Addy Engels, Davide Malacarne, Francesco Reda, Julian Vermote
Chicchi será um homem a ter em conta para as etapas planas, mas terá muitas dificuldades para as mais duras, onde Ciolek  será a aposta da Quick Step. Por isso mesmo, para a geral, deverá ser o alemão o trunfo com o qual jogar.


KATUSHA (RUS): Denis Galimzyanov, Juan Horrach, Sergei Ivanov, Aliaksandr, Nikolay Trusov, Stijn Vandenbergh, Eduard Vorganov
O jovem Galimzyanov é o mais indicado para disputar esta prova dentro da Katusha mas também não será de esperar que lute pela vitória, quer em etapas, quer na geral.


Ag2r (FRA): Julien Loubet, Dimitri Champion, Mathieu Perget, Kristof Goddaert, Steve Houanard, Blel Kadri, Yuriy Krivtsov
Por ser Pro Tour, tem que estar esta prova, mas deverá passar ao lado da corrida.


LAMPRE-ISD (ITA): Alfredo Balloni, Aitor Perez Arrieta, Matteo Bono, Vitaliy Buts, Manuele Mori, Alessandro Spezialetti, Daniel Righi
Outra que só estará presente por ser Pro Tour e da qual não se deve esperar nada.


LIQUIGAS-CANNONDALE (ITA): Davide Cimolai, Kristjan Koren, Alan Marangoni, Fabio Sabatini, Simone Ponzi, Elia Viviani, Cameron Wurf
Elia Viviani será o sprinter da equipa e nesta prova talvez se possa começar a ver a sua evolução emr elação ao ano passado. Sabatini será o seu principal apoio.


BMC RACING TEAM (USA):  Alessandro Ballan, Alexander Kristoff, John Murphy, Simon Zahner, Timothy Roe, Martin Kohler, Amael Moinard
O ex-campeão mundial Alessandro Ballan está longe de ser um sprinter, mais ainda assim é quem melhor se adapta na BMC às características desta prova.


SAXO BANK SUNGARD (DEN): Richie Porte, Juan José Haedo, Baden Cooke, Nicki Sorensen, David Tanner, Sebastien Haedo, Brian Vandborg
A Saxo Bank estará presente com algumas opções para jogar. Richie Porte poderá surpreender nas etapas mais duras, ou poderão optar por jogar com Cooke e os irmãos Haedo para os sprints e tentar defende-los nas restantes etapas.


EUSKALTEL-EUSKADI (ESP): Iñaki Isasi, Gorka Izagirre, Miguel Minguez, Ion Izagirre, Ruben Pérez, Daniel Sesma, Ivan Velasco
Nada a esperar, a não ser entrar em algumas fugas.


MOVISTAR TEAM (ESP): José Joaquin Rojas, José Ivan Gutierrez, David López, Ángel Madrazo, Luis Pasamontes, José Vicente Garcia, Francisco Ventoso
José Joaquin Rojas será a aposta da Movistar para o Tour Down Under, onde foi terceiro em 2008 e 2009. Francisco Ventoso também será uma opção para os spritns, agora que regressa a uma equipa de topo, mas para a geral, Rojas perfila-se como a escolha mais acertada dentro da equipa espanhola

 
VACANSOLEIL DCM (NED): Romain Feillu, Rob Ruijgh, Thomas De Gendt, Sergey Lagutin, Alberto Ongarato, Mirko Selvaggi, Joost Van Leijen
Romain Feillu, além de rápido, adapta-se relativamente bem às etapas mais acidentadas desta prova, e poderá conseguir uma boa classificação geral. Ongarato será o seu apoio nos sprints.


UNI SA - AUSTRALIA (AUS): Luke Roberts, Wesley Sulzberger, Jonathan Cantwell, Luke Durbridge, Michael Hepburn, Mitchell Docker, Bernhard Sulzberger
A selecção australiana contará com Luke Roberts, quinta na geral do ano passado, como líder, representando esta prova, para todos estes ciclistas, uma oportunidade de demonstrarem o seu valor no seu país.





Lista de Análises e Previsões/Prognósticos

18/01 - 00:30 :arrow: Rapior - Frente a frente: 1ª etapa: Allan Davis vs Robbie McEwen - Allan Davis @ 2.2 Unibet :perdida: (15º vs 3º)

18/01 - 00:30 :arrow: Rapior - Frente a frente: 1ª etapa: Francesco Chicchi vs Roman Feillu - Francesco Chicchi @ 1.50 Unibet :perdida: (95º vs 6º)

18/01 - 00:30 :arrow: Rapior - Frente a frente: 1ª etapa: Denis Galimzyanov vs Aleksandr Kristoff - Denis Galimzyanov @ 2.10 Bet365 :ganha: (16º vs 86º)

18/01 - 00:30 :arrow: Rapior - Frente a frente: 1ª etapa: Elia Viviani vs Jose Joaquin Rojas - Jose Joaquin Rojas @ 1.85 Sportingbet :perdida: (5º vs 9º)

18/01 - 00:30 :arrow: Rapior - Frente a frente: 1ª etapa: Mathew Goss vs Andre Greipel - Jose Mathew Goss @ 2.55 Sportingbet :ganha: (1º vs 2º)

18/01 - 00:30 :arrow: Prince30 - Frente a frente: 1ª etapa: Elia Viviani vs Davide Vigano - Elia Viviani @ 1.63 Unibet :ganha: (5º vs 50º)

19/01 - 00:30 :arrow: Prince30 - Frente a frente: 2ª etapa: Elia Viviani vs Jose Joaquin Rojas - Elia Viviani @ 1.75 Sportingbet :ganha: (27º vs 118º)

19/01 - 00:30 :arrow: Prince30 - Frente a frente: 2ª etapa: Baden Cooke vs Romain Feillu - Romain Feillu @ 1.714 Sportingbet :ganha: (116º vs 4º)

19/01 - 00:30 :arrow: Rapior - Vencedor: 2ª etapa: - Andre Greipel @ 3.35 Unibet :perdida: (76º)

20/01 - 00:30 :arrow: Prince30 - Frente a frente: 3ª etapa: Davide Vigano vs Allan Davis - Allan Davis @ 1.85 Sportingbet :ganha: (15º vs 8º)

21/01 - 00:30 :arrow: Prince30 - Frente a frente: 4ª etapa: Simon Gerrans vs Eduard Vorganov - Simon Gerrans @ 1.85 Sportingbet :ganha: (46º vs 74º)

21/01 - 00:30 :arrow: Prince30 - Frente a frente: 4ª etapa: Francisco Ventoso vs Luke Roberts - Francisco Ventoso @ 1.63 Pinnacle :ganha: (18º vs 27º)

22/01 - 00:30 :arrow: Prince30 - Frente a frente: 5ª etapa: Luke Roberts vs Alessandro Ballan -  Luke Roberts @ 1.62 Unibet :ganha: (5º vs 8º)

23/01 - 00:30 :arrow: Prince30 - Frente a frente: 6ª etapa: Jose Joaquin Rojas v Allan Davis -  Jose Joaquin Rojas @ 1.727 sportingbet :perdida: (12º vs 6º)
« Última modificação: 05 de Fevereiro de 2011, 23:58 por miguelyn »



Marco.Costa

  • Magnata
  • M
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Abr 2009
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    21270
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    221
em: 15 de Janeiro de 2011, 18:53
Fantástica Apresentação  :parabens: :parabens: :parabens:



Carlos_Lucas

  • Administrador
  • C
  • Estado:
    Online
  • Registo: Out 2006
  • Localidade: Faralhão
  • Mensagens:
    58585
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1395
em: 16 de Janeiro de 2011, 13:37
Excelente Prince  :venia: :venia: :venia: :venia:



Forum de Apostas

Re: Ciclismo - Tour Down Under
« Responder #2 em: 16 de Janeiro de 2011, 13:37 »

BrunoAlex

  • Magnata
  • B
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Abr 2007
  • Localidade: Coimbra
  • Mensagens:
    50551
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    2500
em: 16 de Janeiro de 2011, 13:40
 :parabens: :parabens: :parabens: :parabens:
QUERES CONHECER O PROJECTO MAIS REVOLUCIONADOR ALGUMA VEZ CONHECIDO NO MUNDO DAS APOSTAS?

:cool: www.betarena.com :cool:



diogo_duarte

  • Multimilionário
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4055
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    659
em: 16 de Janeiro de 2011, 13:42
 :venia:



Bruno Coutinho

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2005
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    227116
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    108
em: 16 de Janeiro de 2011, 17:15
Mais uma apresentação à Prince30! :venia: :venia: :venia: :venia: :venia:



rapior

  • Multimilionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6590
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1727
em: 17 de Janeiro de 2011, 20:47
18/01/2011 a partir das 00h30m
1ª Etapa: Mawson Lakes - Angaston
H2H: Allan Davis (AST) vs Robbie McEwen (RSH) :arrow: Allan Davis (AST) a 2.2 @ Unibet


O australiano Allan Davis já venceu esta competição em 2009 sendo novamente o líder da Astana para esta corridas. Não consegue bater-se de igual para igual com os sprinters puros da actualidade porém em chegadas como a de hoje em ligeira subida atenua essas diferenças, tendo por exemplo sido terceiro nos últimos mundiais. Em 2009 venceu nesta mesma chegada e em 2008 foi quarto. No passado domingo na Councer Clássica foi 10º.

McEwen é já um veterano com 38 anos, estando já nos últimos anos de carreira. Estava para correr por uma equipa australiana, a Pegasus, que não chegou a passar do papel, tendo sido recrutado depois juntamente com Robert Hunter pela Radishack. Começou bastante bem com um terceiro lugar na clássica disputada no domingo, onde penso fez valer a sua experiência ao posicionar-se bem  conseguindo evitar a queda que ocorreu. Hoje a chegada é em ligeira subida, o que o prejudica, sendo que nesta chegada em 2009 foi 9º e em 2008 42º. A Radioshack tem ainda mais dois sprinters presentes, o português Manuel Cardoso e o sul africano Robert Hunter pelo que falta saber como a equipa vai-se organizar.

Penso que esta odd está influenciada pelo desempenho de ambos na clássica mas essa foi condicionada por uma queda pelo que penso que Davis pode agora vencer este duelo.
"O insucesso é apenas uma oportunidade para começar de novo com mais inteligência."



rapior

  • Multimilionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6590
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1727
em: 17 de Janeiro de 2011, 21:04
18/01/2011 a partir das 00h30m
1ª Etapa: Mawson Lakes - Angaston
H2H: Francesco Chicchi (QST) vs Roman Feillu (VDC) :arrow: Francesco Chicchi (QST) a 1.50 @ Unibet


O italiano Francesco Chicchi depois de vários anos ao serviço da Liquigás, quase sempre a trabalhar para outros sprinters decidiu dar um novo rumo à carreira mudando para a Quickstep, onde espera ter mais liberdade. Costuma iniciar bem a época sendo que na época passada conseguiu vitórias nas duas primeiras provas por etapas em que participou. Apesar da presença de Gerard Ciolek deve ser a principal aposta da equipa. No passado domingo foi 12º na Councer Classic.

Roman Feillu será o líder da Vacansoleil que apresenta aqui uma equipa de segunda linha, pelo que muito provavelmente vai ter de se desenrascar sozinho. Nas últimas época tem começado a época sempre mais tarde, sendo que esta devido à presença da sua equipa no ProTour teve que antecipar o inicio de época. Scostuma obter os melhores resultados já para lá do meio da época pelo que penso que esteja em pior forma fisica do que Chicchi, que neste inicio de época deve querer marcar posição dentro da equipa.
"O insucesso é apenas uma oportunidade para começar de novo com mais inteligência."



Forum de Apostas

Re: Ciclismo - Tour Down Under
« Responder #7 em: 17 de Janeiro de 2011, 21:04 »

rapior

  • Multimilionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6590
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1727
em: 17 de Janeiro de 2011, 21:37
18/01/2011 a partir das 00h30m
1ª Etapa: Mawson Lakes - Angaston
H2H: Denis Galimzyanov (KAT) vs Aleksandr Kristoff (BMC) :arrow: Denis Galimzyanov (KAT) a 2.10 @ Bet365


O russo Denis Galimzyanov tem vindo a evoluir ao longo das últimas épocas sendo que na segunda metade da última época deu excelentes indicações ao conseguir a primeira vitória na Volta a Burgos e depois conseguiu terminar por cinco vezes no Top 10 em etapas da Vuelta. Esses resultaram levaram a equipa a apostar nele para esta época, sendo o principal sprinter da equipa. Na Councer Clássica foi 13º.

O dinamarquês Kristoff ingressou na época passada na BMC, tendo obtido alguns resultados interessantes nomeadamente na Volta à Califórnia e na Vattenfall. Revelou contudo alguma falta de regularidade. No passado domingo foi 32º. De referir que a BMC apresenta-se bastante fraca sendo de realçar somente a presença de Ballan, pelo que deverá ter problemas em se posicionar para o sprint.

Penso que as odds deviam estar equilibradas, pelo que aposto no dog.
"O insucesso é apenas uma oportunidade para começar de novo com mais inteligência."



rapior

  • Multimilionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6590
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1727
em: 17 de Janeiro de 2011, 21:56
18/01/2011 a partir das 00h30m
1ª Etapa: Mawson Lakes - Angaston
H2H: Elia Viviani (LIQ) vs Jose Joaquin Rojas (MOV) :arrow: Jose Joaquin Rojas (MOV) a 1.85 @ Sportingbet


Confesso que não conheço muito acerca do jovem italiano Elia Vivani que esta época é a principal aposta da Liquigás para os sprinters. O ano passado obteve alguns resultados interessantes nomeadamente na Volta à Turquia e no Eneco Tour. É bastante jovem e tem pouca experiência em provas de ProTour. No passado sábado foi 4º

O espanhol Jose Joaquin Rojas tem vindo a evoluir de forma consistente tendo já conseguido terminar no pódio desta competição por duas vezes, em 2008 e 2009. é um dos sprinters que melhor passa as dificuldades de relevo o que o favorece nesta chegada em ligeira subida. De referir que nesta chegada em 2008 foi segundo e em 2009 foi terceiro. Apesar de transitar da época passada na mesma estrutura corre sob um novo patrocinador, a Movistar, que deverá querer brilhar neste ínicio de época. Conta ainda com a preciosa ajuda de Ventoso.

Apesar de não conhecer muito sobre Viviani crio que o favoritismo deve ser do espanhol.
"O insucesso é apenas uma oportunidade para começar de novo com mais inteligência."



diogo_duarte

  • Multimilionário
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4055
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    659
em: 17 de Janeiro de 2011, 22:08
concordo com o Rojas, já tinha posto no meu registo e tudo.
tem muito mais experiência em sprints massivos como se esperam nesta prova e mesmo sem grandes ajudas vai sempre conseguindo lugares razoáveis...



rapior

  • Multimilionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6590
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1727
em: 17 de Janeiro de 2011, 22:20
18/01/2011 a partir das 00h30m
1ª Etapa: Mawson Lakes - Angaston
H2H: Mathew Goss (THR) vs Andre Greipel (OLO) :arrow: Mathew Goss (THR) a 2.55 @ Sportingbet


Mathew Goss está integrado para mim na equipa mais forte presente nesta competição, a Team High-Road que conta com roladores como Dany Pate, Bert Grabsch e Hayden Roulston e velocistas como Cavendish, Renshaw, Goss e Eisel. A presença de Cavendish é aguardada com grande expectativa todavia parece que se apresenta ainda um pouco pesado sendo que esta chegada em ligeira subida também não é o ideal para as suas caracteristicas. Po sua vez Goss está num soberbo momento de forma tendo sido segundo nos campeonatos nacionais australianos e venceu a clássica disputada no passado domingo. O seu director desportivo referiu ser a aposta da equipa para a geral, pelo que para tal hoje terá que ter liberdade na equipa, e inclusive ser a principal aposta da mesma.

Andre Greipel abandonou a Team High Road, ingressando na Omega, onde pretende poder lutar de igual para igual com Cavendish. Costuma estar bastante forte nesta prova que já venceu por duas vezes, todavia nesta chegada nunca conseguiu bons resultados, provavelmente por ser em ligeira subida. Além disso será o homem mais marcado do pelotão. Penso por isso que apesar da presença de Cavendish, Goss poderá ser a aposta da equipa para esta etapa, esperando Cavendish por uma das próximas etapas planas, onde Goss terá mais dificuldades em conseguir bonificações.
"O insucesso é apenas uma oportunidade para começar de novo com mais inteligência."



Rui Q.

  • Bilionário
  • R
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2010
  • Localidade: Algarve
  • Mensagens:
    3030
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    632
em: 17 de Janeiro de 2011, 22:25
18/01 (0h30): Tour Down Under, 1ª Etapa – Elia Viviani vs Davide Vigano – Elia Viviani a 1.63 @ unibet

Esta será a segunda corrida do ano para ambos os ciclistas, não havendo muito para analisar os estados de forma. Na Cancer Council Classic, prova que antecede o Tour Down Under e se disputou no domingo. Viviani foi quarto e Vigano sexto.

O que me faz apostar em Viviani para vencer este duelo, é que apenas tem 21 anos, tem muita margem de progressão e acabou 2010 a crescer de rendimento, pelo que se poderá esperar que a sua evolução continua a dar-se a bom ritmo. Quanto o Vigano, não o vejo como um homem muito rápido, e o seu rendimento em 2010 deixou algo a desejar.

Além disso, no domingo o Viviani pareceu ser dos mais afectados pela queda que aconteceu na última curva pois, apesar de ter perdido alguns metros, ainda conseguiu recupera-los e ultrapassar um dos homens que não foi afectado pelo corte, o Sutton, e quase ultrapassava também o McEwen, que foi terceiro, terminando mais rápido que qualquer outro. Fico com a ideia de que, sem a queda, teria terminado ainda mais à frente e espero que hoje possa fazer um bom sprint.



Rui Q.

  • Bilionário
  • R
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2010
  • Localidade: Algarve
  • Mensagens:
    3030
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    632
em: 18 de Janeiro de 2011, 12:50
18/01 (0h30): Tour Down Under, 1ª Etapa – Elia Viviani vs Davide Vigano – Elia Viviani a 1.63 @ unibet
5º vs 50º  :ganha:



Rui Q.

  • Bilionário
  • R
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2010
  • Localidade: Algarve
  • Mensagens:
    3030
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    632
em: 18 de Janeiro de 2011, 17:37
19/01 (0h30): Tour Down Under, 2ª etapa – Elia Viviani vs José Joaquin Rojas – Elia Viviani a 1,75 @ Sportingbet

Tal como eu disse na pick para a primeira etapa, o Viviani pareceu-me em muito boa condição física na Cancer Council Classic e esta madrugada voltou a dar-me a mesma ideia. Teve o Fabio Sabatini e ajuda-lo na colocação para o sprint e nos metros finais esteve muito bem, ao mesmo ritmo que os primeiros, terminando em quinto lugar.
Já o José Joaquin Rojas, embora também esteja bem, com um oitavo lugar no domingo e nono esta noite, não me pareceu tão forte. Não é apenas uma questão de terminar em melhor ou pior lugar, mas também gosto de analisar a forma como acontece o sprint e o Rojas, mesmo com o Franjo Ventoso a lança-lo bem, não conseguiu ganhar posições na parte final nem pareceu tão rápido como o Viviani.
Embora os sprints dependam de muitos factores que facilmente correm mal, vejo o Viviani em boa posição para vencer este h2h.




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas e Prognósticos / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions / Melhores Cassinos Online Brasil / Mejores Casinos Online de América Latina