Autor Tópico: Primeiras experiências no trading...  (Lida 2281 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Ricardo_Ribeiro

  • Iniciado
  • R
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    7
    Pts Tipsr:
    0
em: 26 de Fevereiro de 2010, 18:19
Ola a todos, estou a criar este tópico para, desde já apresentar-me, :), e para "relatar" um pouco como está a decorrer a minha primeira abordagem ao trading. A minha vida ja inclui apostas online há 4 anos e o trading foi um assunto que estava regularmente a estudar, mas sem nunca ter experimentado, até que, como muitos de voçês, vi uma "pequena" reportagem na TVI de um Sr. chamado Paulo Rebelo e isso foi o "empurrão" que faltava. Depois de uma pequena pesquisa cheguei a este site, o que ja deveria ter encontrado há muito tempo devido á diversidade de "material" (Artigos, Picks, Forum, Odds,...) relacionado com apostas, desde já os meus parabéns :bom:

Contra tudo o que já li e vi sobre trading, decidi iniciar-me no trading em live de Futebol, usando o trial do BetAngel. Estava preparado para perder algum dinheiro, mas considero que estou a pagar para adquirir conhecimento e eu apenas queria um primeiro contacto com o BetAngel. Apesar de ir com "mente aberta" tinha como "estratégia" definida usar o "Back" ao favorito e fazer "Lay" depois do primeiro golo. O jogo que escolhi foi o Manchester United - Hull City que terminou 4-0. Apenas dei duas ordens, uma de "Back" ao Man Unt no inicio do jogo, e outra de "Lay" depois do primeiro golo. Fiquei naturalmente feliz por ter ganho dinheiro, embora fosse alguns cêntimos porque usava as stakes 2 euros. Depois disto fiz outros jogos durante os 7 dias do trial, com resultados positivos.

O problema é que fico um pouco "desiludido" porque não consigo perceber quando se é um "punter" ou se é um "trader", ou seja, quando eu faço um "Back" a uma equipa, esperando que seja "melhor" que a outra para a sua odd baixar, isto é análise de "punter" e a "trade" só resulta se esta análise estiver correcta.

Com o fim do trial da Betfair, decidi usar agora o GeekToy pois não me sinto preparado para adquirir o BetAngel enquanto não tiver resultados que me permitam rentabilizar esse "investimento", mas o GeekToy também é um excelente programa e tem uma "interface" muito simples e o tenho usado nos ultimos dias.

Em suma, apesar de ter tido sempre lucro no fim dos jogos, fico um pouco desapontado porque não sei se foi graças ao minha atitude enquanto "punter" ou "trader" e que me está a limitar em escolher as melhores estratégias para mim.

Deixo aqui os resultados do jogo de ontem, Sporting-Everton



Neste jogo, basicamente estava convencido que o Sporting ia marcar primeiro, por isso abri posição com um "Back" ao Sporting, e um "Lay" no Everton , quando o Sporting marcou fechei a minha posição nestas duas ordens. Abri depois uma posição pois a odd do Sporting ainda estava a 1.29, fiz "Back" e fui fazer "Lay" a 1.03 no segundo golo. Consegui um lucro de 3.72 o que para mim foi uma boa rentabilidade...



Desde já dou os parabéns pelo site e pelo forum, e continuarei a ser um visitante assíduo...

Ricardo Ribeiro  :bom:
« Última modificação: 26 de Fevereiro de 2010, 18:24 por Ricardo_Ribeiro »



mar de pedra

  • Multimilionário
  • m
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jul 2009
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5908
    Pts Tipsr:
    85
em: 26 de Fevereiro de 2010, 18:26
excelente entrada!   :venia:


bem-vindo ao fórum!   :bom:
Maior espectáculo que o mar é o céu. Maior espectáculo que o céu é a alma. – Victor Hugo



mar de pedra

  • Multimilionário
  • m
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jul 2009
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5908
    Pts Tipsr:
    85
em: 26 de Fevereiro de 2010, 18:27
Maior espectáculo que o mar é o céu. Maior espectáculo que o céu é a alma. – Victor Hugo



Forum de Apostas

Re: Primeiras experiências no trading...
« Responder #2 em: 26 de Fevereiro de 2010, 18:27 »

ViCt0r

  • Devedor
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    121
    Pts Tipsr:
    0
em: 26 de Fevereiro de 2010, 20:47
Boa sorte Ricardo, bons lucros!  :bom:
--------------------------------------------------------

Victor Cabral.



nuno23

  • Interessado
  • n
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    25
    Pts Tipsr:
    0
em: 26 de Fevereiro de 2010, 23:54
eu acho que se aprende e com reds :bom:

bons trades



aezk

  • Visitante
em: 27 de Fevereiro de 2010, 12:35
eu acho que se aprende e com reds :bom:

bons trades

Não haja qualquer dúvida que a experiência é adquirida à custa de muitos factores, teremos que ter muitos jogos nas 'pernas' como se costuma dizer, mas se tivermos uma sequência muito positiva já nem estamos propriamente concentrados nesses mesmos factores fundamentais e preponderantes no trading, ou seja, só com algumas sequências negativas é que nos começamos a alertar da complexidade que este 'mundo' envolve.

Apesar de não fazer trading em soccer, ou melhor, o que faço é quase nulo, considero que é um mercado complicado para se fazer trading e adquirir um EV positivo a longo prazo, só quem tiver de facto uma banca astronómica e que tenha estudado durante anos neste mercado é que pode alcançar esse feito, como é o caso do SirPauloR.

No entanto, em todo o trading a disciplina e concentração são fundamentais, porque se de facto tivermos advantage no mercado em que estamos a actuar, se em todas as situações em que este vier contra nós tivermos o discernimento e frieza necessários para fechar posições e tomar decisões rápidas, a longo prazo teremos saldo positivo. O problema é que esta táctica quase robótica é muito difícil de adquirir, principalmente no início quando ainda estamos verdes e achamos que o mercado vai inverter a tendência e vir a nosso favor finalmente. Isto pode até acontecer e ganharem bom dinheiro, o problema é que não vai acontecer muitas vezes, o que a longo prazo nos vai dar prejuízo.

E aí é que entra a tal experiência com os reds, pois os greens são fáceis de esquecer, mas grandes reds deixam um buraco forte no nosso consciente, então se arruinarem uma larga percentagem da nossa banca dificilmente serão esquecidos. E com isto, somos quase que obrigados a fazer uma avaliação da nossa actividade até que possamos perceber porque é que perdemos tal quantia num jogo que até devia ter corrido bem, e, jamais culpem a sorte/azar pelo sucedido.

Ao contrário do punting, no trading o lado emocional tem que ser todo ele posto de parte, pois só fará com que nos percamos mais dia menos dia, daí a grande dificuldade de punters migrarem para o trading, pois estão habituados a 'sofrer' com o jogo, o problema é que no trading para obterem os mesmos resultados que no punting num jogo normal têm que ter uma banca muito maior para dar o mesmo dinheiro, logo se a exposição no mercado for pequena a stake tem que ser altíssima, logo se não fecharem a posição o desfecho pode ser obviamente trágico.

Posso afirmar, que na minha honesta opinião o tempo é um dos factores fundamentais no trading, pois podemos num mês ganhar milhares, mas se não tivermos os requisitos mínimos e todo esse dinheiro tiver sido ganho à custa de muito risco, ele acabará por se evaporar. Agora quem entrar já com consciência que isto não é dinheiro fácil, que é preciso muito esforço, dedicação, trabalho e ambição também poderá ser mais um dos que consegue um saldo positivo todos os meses, e é com este tipo de atitude que o consegue, então se aliar a tudo isto uma larga experiência no que toca aos mercados em que actua, melhor ainda!

Por exemplo, no meu caso que trabalho quase todos os dias com mercados de tennis, fico surpreendido pois não há dia que não aprenda algo novo, felizmente apercebi-me disso há já bastante tempo. Mesmo sendo um mercado dependente dos acontecimentos dentro do court movimenta-se de uma forma bastante diferente de jogo para jogo. Pois apesar de existirem padrões, quem usa plain strategies não as consegue aplicar em massa.

E a prova disso é que nunca existem jogos iguais nem mercados a actuar exactamente da mesma forma, pois para mim há 2 anos, quando comecei neste mundo do trading, os mercados eram todos iguais e o que fazia oscilar as odds era sim o decorrer do jogo, o que apesar de não ser de todo mentira, era uma análise muito leiga da minha parte, pois hoje provavelmente encontro melhores hipóteses de sucesso em jogos super imprevisíveis do que nos que possuem um 'forte' favorito, enquanto que horas depois já encontro oportunidades completamente diferentes no inverso.

E como é que se 'vê' tudo isto? Com a tal experiência a fazer muitos, muitos e muitos jogos, não existe outra forma, pode haver muita teoria mas só conseguirão criar 'imagens' do mercado para cada jogo quando já tiverem feito milhares. E mesmo assim, como disse anteriormente continuo a aprender todos os dias e se calhar daqui a uns anos vou dizer a mim mesmo que nesta altura não passava dum amador, mas isto é assim mesmo, no trading cada dia nos enriquece mesmo que não seja na carteira.

Concluindo, o conselho que dou a quem se está a iniciar, seja em que mercado for é que comecem a tentar entendê-lo, ver milhares de situações, testá-las para perceber como tudo funciona, pois verão que passado uns meses já começam a perceber o porquê de certas situações agora incógnitas acontecerem.

E claro, nunca parar de lapidar a disciplina que é um dos factores mais importantes neste mundo.

Um abraço
aezk
« Última modificação: 27 de Fevereiro de 2010, 17:35 por aezk »



ViCt0r

  • Devedor
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    121
    Pts Tipsr:
    0
em: 27 de Fevereiro de 2010, 14:49
eu acho que se aprende e com reds :bom:

bons trades

Não haja qualquer dúvida que a experiência é adquirida à custa de muitos factores, teremos que ter muitos jogos nas 'pernas' como se costuma dizer, mas se tivermos uma sequência muito positiva já nem estamos propriamente concentrados nesses mesmos factores fundamentais e preponderantes no trading, ou seja, só com algumas sequências negativas é que nos começamos a alertar da complexidade que este 'mundo' envolve.

Apesar de não fazer trading em soccer, ou melhor, o que faço é quase nulo, considero que é um mercado complicado para se fazer trading e adquirir um EV positivo a longo prazo, só quem tiver de facto uma banca astronómica e que tenha estudado durante anos neste mercado é que pode alcançar esse feito, como é o caso do SirPauloR.

No entanto, em todo o trading a disciplina e concentração são fundamentais, porque se de facto tivermos advantage no mercado em que estamos a actuar, se em todas as situações em que este vier contra nós tivermos o discernimento e frieza necessários para fechar posições e tomar decisões rápidas, a longo prazo teremos saldo positivo. O problema é que esta táctica quase robótica é muito difícil de adquirir, principalmente no início quando ainda estamos verdes e achamos que o mercado vai inverter a tendência e vir a nosso favor finalmente. Isto pode até acontecer e ganharem bom dinheiro, o problema é que não vai acontecer muitas vezes, o que a longo prazo nos vai dar prejuízo.

E aí é que entra a tal experiência com os reds, pois os greens são fáceis de esquecer, mas grandes reds deixam um buraco forte no nosso consciente, então se arruinarem uma larga percentagem da nossa banca dificilmente serão esquecidos. E com isto, somos quase que obrigados a fazer uma avaliação da nossa actividade até que possamos perceber porque é que perdemos tal quantia num jogo que até devia ter corrido bem, e, jamais culpem a sorte/azar pelo sucedido.

Ao contrário do punting, no trading o lado emocional tem que ser todo ele posto de parte, pois só fará com que nos percamos mais dia menos dia, daí a grande dificuldade de punters migrarem para o trading, pois estão habituados a 'sofrer' com o jogo, o problema é que no trading para obterem os mesmos resultados que no punting num jogo normal têm que ter uma banca muito maior para dar o mesmo dinheiro, logo se a exposição no mercado for pequena a stake tem que ser altíssima, logo se não fecharem a posição o desfecho pode ser obviamente trágico.

Posso afirmar, que na minha honesta opinião o tempo é um dos factores fundamentais no trading, pois podemos num mês ganhar milhares, mas se não tivermos os requisitos mínimos e todo esse dinheiro tiver sido ganho à custa de muito risco, ele acabará por ser evaporar. Agora quem entrar já com consciência que isto não é dinheiro fácil, que é preciso muito esforço, dedicação, trabalho e ambição também poderá ser mais um dos que consegue um saldo positivo todos os meses, e é com este tipo de atitude que o consegue, então se aliar a tudo isto uma larga experiência no que toca aos mercados em que actua.

Por exemplo, no meu caso que trabalho quase todos os dias com mercados de tennis, fico surpreendido pois não há dia que não aprenda algo novo, felizmente apercebi-me disso há já bastante tempo. Mesmo sendo um mercado dependente dos acontecimentos dentro do court movimenta-se de uma forma bastante diferente de jogo para jogo. Pois apesar de existirem padrões, quem usa plain strategies não as consegue aplicar em massa.

E a prova disso é que nunca existem jogos iguais nem mercados a actuar exactamente da mesma forma, pois para mim há 2 anos, quando comecei neste mundo do trading, os mercados eram todos iguais e o que fazia oscilar as odds era sim o decorrer do jogo, o que apesar de não ser de todo mentira, era uma análise muito leiga da minha parte, pois hoje provavelmente encontro melhores hipóteses de sucesso em jogos super imprevisíveis do que nos que possuem um 'forte' favorito, enquanto que horas depois já encontro oportunidades completamente diferentes no inverso.

E como é que se 'vê' tudo isto? Com a tal experiência a fazer muitos, muitos e muitos jogos, não existe outra forma, pode haver muita teoria mas só conseguirão criar 'imagens' do mercado para cada jogo quando já tiverem feito milhares. E mesmo assim, como disse anteriormente continuo a aprender todos os dias e se calhar daqui a uns anos vou dizer a mim mesmo que nesta altura não passava dum amador, mas isto é assim mesmo, no trading cada dia nos enriquece mesmo que não seja na carteira.

Concluindo, o conselho que dou a quem se está a iniciar, seja em que mercado for é que comecem a tentar entendê-lo, ver milhares de situações, testá-las para perceber como tudo funciona, pois verão que passado uns meses já começam a perceber o porquê de certas situações agora incógnitas acontecerem.

E claro, nunca parar de lapidar a disciplina que é um dos factores mais importantes neste mundo.

Um abraço
aezk
:venia: :venia: :venia:

Parabéns, mostrou-se um conhecedor nato do trading e muito humilde, características que o levarão ainda mais longe!

abraço,
--------------------------------------------------------

Victor Cabral.



nuno23

  • Interessado
  • n
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    25
    Pts Tipsr:
    0
em: 27 de Fevereiro de 2010, 17:22
eu acho que se aprende e com reds :bom:

bons trades

Não haja qualquer dúvida que a experiência é adquirida à custa de muitos factores, teremos que ter muitos jogos nas 'pernas' como se costuma dizer, mas se tivermos uma sequência muito positiva já nem estamos propriamente concentrados nesses mesmos factores fundamentais e preponderantes no trading, ou seja, só com algumas sequências negativas é que nos começamos a alertar da complexidade que este 'mundo' envolve.

Apesar de não fazer trading em soccer, ou melhor, o que faço é quase nulo, considero que é um mercado complicado para se fazer trading e adquirir um EV positivo a longo prazo, só quem tiver de facto uma banca astronómica e que tenha estudado durante anos neste mercado é que pode alcançar esse feito, como é o caso do SirPauloR.

No entanto, em todo o trading a disciplina e concentração são fundamentais, porque se de facto tivermos advantage no mercado em que estamos a actuar, se em todas as situações em que este vier contra nós tivermos o discernimento e frieza necessários para fechar posições e tomar decisões rápidas, a longo prazo teremos saldo positivo. O problema é que esta táctica quase robótica é muito difícil de adquirir, principalmente no início quando ainda estamos verdes e achamos que o mercado vai inverter a tendência e vir a nosso favor finalmente. Isto pode até acontecer e ganharem bom dinheiro, o problema é que não vai acontecer muitas vezes, o que a longo prazo nos vai dar prejuízo.

E aí é que entra a tal experiência com os reds, pois os greens são fáceis de esquecer, mas grandes reds deixam um buraco forte no nosso consciente, então se arruinarem uma larga percentagem da nossa banca dificilmente serão esquecidos. E com isto, somos quase que obrigados a fazer uma avaliação da nossa actividade até que possamos perceber porque é que perdemos tal quantia num jogo que até devia ter corrido bem, e, jamais culpem a sorte/azar pelo sucedido.

Ao contrário do punting, no trading o lado emocional tem que ser todo ele posto de parte, pois só fará com que nos percamos mais dia menos dia, daí a grande dificuldade de punters migrarem para o trading, pois estão habituados a 'sofrer' com o jogo, o problema é que no trading para obterem os mesmos resultados que no punting num jogo normal têm que ter uma banca muito maior para dar o mesmo dinheiro, logo se a exposição no mercado for pequena a stake tem que ser altíssima, logo se não fecharem a posição o desfecho pode ser obviamente trágico.

Posso afirmar, que na minha honesta opinião o tempo é um dos factores fundamentais no trading, pois podemos num mês ganhar milhares, mas se não tivermos os requisitos mínimos e todo esse dinheiro tiver sido ganho à custa de muito risco, ele acabará por ser evaporar. Agora quem entrar já com consciência que isto não é dinheiro fácil, que é preciso muito esforço, dedicação, trabalho e ambição também poderá ser mais um dos que consegue um saldo positivo todos os meses, e é com este tipo de atitude que o consegue, então se aliar a tudo isto uma larga experiência no que toca aos mercados em que actua.

Por exemplo, no meu caso que trabalho quase todos os dias com mercados de tennis, fico surpreendido pois não há dia que não aprenda algo novo, felizmente apercebi-me disso há já bastante tempo. Mesmo sendo um mercado dependente dos acontecimentos dentro do court movimenta-se de uma forma bastante diferente de jogo para jogo. Pois apesar de existirem padrões, quem usa plain strategies não as consegue aplicar em massa.

E a prova disso é que nunca existem jogos iguais nem mercados a actuar exactamente da mesma forma, pois para mim há 2 anos, quando comecei neste mundo do trading, os mercados eram todos iguais e o que fazia oscilar as odds era sim o decorrer do jogo, o que apesar de não ser de todo mentira, era uma análise muito leiga da minha parte, pois hoje provavelmente encontro melhores hipóteses de sucesso em jogos super imprevisíveis do que nos que possuem um 'forte' favorito, enquanto que horas depois já encontro oportunidades completamente diferentes no inverso.

E como é que se 'vê' tudo isto? Com a tal experiência a fazer muitos, muitos e muitos jogos, não existe outra forma, pode haver muita teoria mas só conseguirão criar 'imagens' do mercado para cada jogo quando já tiverem feito milhares. E mesmo assim, como disse anteriormente continuo a aprender todos os dias e se calhar daqui a uns anos vou dizer a mim mesmo que nesta altura não passava dum amador, mas isto é assim mesmo, no trading cada dia nos enriquece mesmo que não seja na carteira.

Concluindo, o conselho que dou a quem se está a iniciar, seja em que mercado for é que comecem a tentar entendê-lo, ver milhares de situações, testá-las para perceber como tudo funciona, pois verão que passado uns meses já começam a perceber o porquê de certas situações agora incógnitas acontecerem.

E claro, nunca parar de lapidar a disciplina que é um dos factores mais importantes neste mundo.

Um abraço
aezk

lindo  :parabens:

bons trades



Forum de Apostas

Re: Primeiras experiências no trading...
« Responder #7 em: 27 de Fevereiro de 2010, 17:22 »

ViCt0r

  • Devedor
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    121
    Pts Tipsr:
    0
em: 28 de Fevereiro de 2010, 05:07
Estas dicas sao fantásticas mesmo, acabei de ler e me identifiquei mais ainda com a parte em que fala da dificuldade de um punter virar trader, por apostar com emoção... isso é a mais pura verdade! :parabens:

abraço
--------------------------------------------------------

Victor Cabral.



Ricardo_Ribeiro

  • Iniciado
  • R
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    7
    Pts Tipsr:
    0
em: 28 de Fevereiro de 2010, 11:42
excelente entrada!   :venia:


bem-vindo ao fórum!   :bom:

Boa sorte Ricardo, bons lucros!  :bom:

eu acho que se aprende e com reds :bom:

bons trades

Obrigado :bom:

eu acho que se aprende e com reds :bom:

bons trades

Não haja qualquer dúvida que a experiência é adquirida à custa de muitos factores, teremos que ter muitos jogos nas 'pernas' como se costuma dizer, mas se tivermos uma sequência muito positiva já nem estamos propriamente concentrados nesses mesmos factores fundamentais e preponderantes no trading, ou seja, só com algumas sequências negativas é que nos começamos a alertar da complexidade que este 'mundo' envolve.

Apesar de não fazer trading em soccer, ou melhor, o que faço é quase nulo, considero que é um mercado complicado para se fazer trading e adquirir um EV positivo a longo prazo, só quem tiver de facto uma banca astronómica e que tenha estudado durante anos neste mercado é que pode alcançar esse feito, como é o caso do SirPauloR.

No entanto, em todo o trading a disciplina e concentração são fundamentais, porque se de facto tivermos advantage no mercado em que estamos a actuar, se em todas as situações em que este vier contra nós tivermos o discernimento e frieza necessários para fechar posições e tomar decisões rápidas, a longo prazo teremos saldo positivo. O problema é que esta táctica quase robótica é muito difícil de adquirir, principalmente no início quando ainda estamos verdes e achamos que o mercado vai inverter a tendência e vir a nosso favor finalmente. Isto pode até acontecer e ganharem bom dinheiro, o problema é que não vai acontecer muitas vezes, o que a longo prazo nos vai dar prejuízo.

E aí é que entra a tal experiência com os reds, pois os greens são fáceis de esquecer, mas grandes reds deixam um buraco forte no nosso consciente, então se arruinarem uma larga percentagem da nossa banca dificilmente serão esquecidos. E com isto, somos quase que obrigados a fazer uma avaliação da nossa actividade até que possamos perceber porque é que perdemos tal quantia num jogo que até devia ter corrido bem, e, jamais culpem a sorte/azar pelo sucedido.

Ao contrário do punting, no trading o lado emocional tem que ser todo ele posto de parte, pois só fará com que nos percamos mais dia menos dia, daí a grande dificuldade de punters migrarem para o trading, pois estão habituados a 'sofrer' com o jogo, o problema é que no trading para obterem os mesmos resultados que no punting num jogo normal têm que ter uma banca muito maior para dar o mesmo dinheiro, logo se a exposição no mercado for pequena a stake tem que ser altíssima, logo se não fecharem a posição o desfecho pode ser obviamente trágico.

Posso afirmar, que na minha honesta opinião o tempo é um dos factores fundamentais no trading, pois podemos num mês ganhar milhares, mas se não tivermos os requisitos mínimos e todo esse dinheiro tiver sido ganho à custa de muito risco, ele acabará por se evaporar. Agora quem entrar já com consciência que isto não é dinheiro fácil, que é preciso muito esforço, dedicação, trabalho e ambição também poderá ser mais um dos que consegue um saldo positivo todos os meses, e é com este tipo de atitude que o consegue, então se aliar a tudo isto uma larga experiência no que toca aos mercados em que actua, melhor ainda!

Por exemplo, no meu caso que trabalho quase todos os dias com mercados de tennis, fico surpreendido pois não há dia que não aprenda algo novo, felizmente apercebi-me disso há já bastante tempo. Mesmo sendo um mercado dependente dos acontecimentos dentro do court movimenta-se de uma forma bastante diferente de jogo para jogo. Pois apesar de existirem padrões, quem usa plain strategies não as consegue aplicar em massa.

E a prova disso é que nunca existem jogos iguais nem mercados a actuar exactamente da mesma forma, pois para mim há 2 anos, quando comecei neste mundo do trading, os mercados eram todos iguais e o que fazia oscilar as odds era sim o decorrer do jogo, o que apesar de não ser de todo mentira, era uma análise muito leiga da minha parte, pois hoje provavelmente encontro melhores hipóteses de sucesso em jogos super imprevisíveis do que nos que possuem um 'forte' favorito, enquanto que horas depois já encontro oportunidades completamente diferentes no inverso.

E como é que se 'vê' tudo isto? Com a tal experiência a fazer muitos, muitos e muitos jogos, não existe outra forma, pode haver muita teoria mas só conseguirão criar 'imagens' do mercado para cada jogo quando já tiverem feito milhares. E mesmo assim, como disse anteriormente continuo a aprender todos os dias e se calhar daqui a uns anos vou dizer a mim mesmo que nesta altura não passava dum amador, mas isto é assim mesmo, no trading cada dia nos enriquece mesmo que não seja na carteira.

Concluindo, o conselho que dou a quem se está a iniciar, seja em que mercado for é que comecem a tentar entendê-lo, ver milhares de situações, testá-las para perceber como tudo funciona, pois verão que passado uns meses já começam a perceber o porquê de certas situações agora incógnitas acontecerem.

E claro, nunca parar de lapidar a disciplina que é um dos factores mais importantes neste mundo.

Um abraço
aezk

Muito bom este texto, realmente motiva mas também alerta para os "perigos" a ter em conta nesta "profissão\actividade"
Sem duvida que o li com atenção e "prometo" que irei preparar não só a parte "monetária", mas também a parte psicologica, só quero dizer que não tenho pressa para tirar valores significativos do trading, para já quero fazer os maiores jogos possiveis, nem que seja um pouco frustrante ganhar apenas uns cêntimos...

Obrigado a todos... :)

Ricardo Ribeiro



aezk

  • Visitante
em: 28 de Fevereiro de 2010, 11:48
Estas dicas sao fantásticas mesmo, acabei de ler e me identifiquei mais ainda com a parte em que fala da dificuldade de um punter virar trader, por apostar com emoção... isso é a mais pura verdade! :parabens:

abraço

É uma realidade e muito complicada de contornar, no meu acaso antes de entrar no trading, também fazia algumas apostas mas mais por divertimento pois as paradas eram sempre muito singulares e nem pensava ganhar dinheiro com isto, muito menos estudava jogos, era mesmo à 'gambler' mas sem grandes loucuras, ofc.

Cheguei a ganhar inclusivé alguns trocados com o pouco que entrei, mas cedo percebi que era algo muito inconstante, que o que poderia ganhar hoje perderia facilmente nos dias ou semanas seguintes, e foi o que aconteceu! Desde aí assumi que não conseguiria um bom 'ordenado' à custa do punting, então optei por pagar a quem tivesse de facto um ROI que me pudesse garantir pelo menos um lucro mensal, e foi o que resolvi fazer. Contactei uns handicappers que conhecia que de facto tinham EV+ nos desportos dos campeonatos americanos (NBA, NHL, NFL, MLB) e então comecei a ter algum lucro, mas longe das minhas expectativas.

Até que finalmente me deparei com a Betfair e comecei a perceber o esquema de comprar e vender, desde logo vi muito potencial, pois se eu conseguisse uma boa análise para o jogo e este fosse em instantes a meu favor, eu conseguiria ganhar algum dinheiro mesmo que o desfecho não fosse o que eu esperava. Do soccer ao tennis foi um salto, e desde então nunca mais de lá saí, já desenvolvi inúmeras estratégias, umas um autêntico fracasso, outras com o seu potencial mas pouco desenvolvidas, e as que utilizo hoje em dia e que de momento me têm dado no último ano e meio lucro mensal que me dão a possibilidade de viver destes rendimentos e continuar a pagar o meu curso superior sem grandes problemas financeiros ou dores de cabeça.

Abraço
aezk



Dunadan

  • Magnata
  • D
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2005
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    218230
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    359
em: 28 de Fevereiro de 2010, 18:36
Desde aí assumi que não conseguiria um bom 'ordenado' à custa do punting, então optei por pagar a quem tivesse de facto um ROI que me pudesse garantir pelo menos um lucro mensal, e foi o que resolvi fazer. Contactei uns handicappers que conhecia que de facto tinham EV+ nos desportos dos campeonatos americanos (NBA, NHL, NFL, MLB) e então comecei a ter algum lucro, mas longe das minhas expectativas.


Queres dizer os nomes dos moços? É que há muito poucos que valham a pena, esse mercado dos touts está cheio de palha. ;)



aezk

  • Visitante
em: 28 de Fevereiro de 2010, 19:58
Desde aí assumi que não conseguiria um bom 'ordenado' à custa do punting, então optei por pagar a quem tivesse de facto um ROI que me pudesse garantir pelo menos um lucro mensal, e foi o que resolvi fazer. Contactei uns handicappers que conhecia que de facto tinham EV+ nos desportos dos campeonatos americanos (NBA, NHL, NFL, MLB) e então comecei a ter algum lucro, mas longe das minhas expectativas.


Queres dizer os nomes dos moços? É que há muito poucos que valham a pena, esse mercado dos touts está cheio de palha. ;)

Perdi o contacto, já lá vão quase 2 anos desde que optei por isso, hoje só tenho pessoal a quem pago por tips de tennis mas é mais para ver se sabem de algo que eu não tenha informação ou se têm opinião contrária à minha em relação a um determinado jogo.

Abraço
aezk



T1g4s

  • Iniciado
  • T
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    23
    Pts Tipsr:
    0
em: 21 de Março de 2010, 17:04
aezk tens toda a razão em relação ao mercado do ténis.
eu por acaso agora no atp tenho feito uns greenbooks engraçados, porque reparei que o mercado pode virar a qualquer momento.
aquilo que tenho feito (como um autentico amador) é reparar no inicio quem serve, que geralmente não existe muitas quebras de serviço(plo menos nos jogos que vi) e no final logo do primeiro set fechar logo a minha aposta. tenho feito cêntimos, mas tenho lucro que é o que me importa.
o meu grande problema é mesmo esse que referiram, ou seja, os redbooks que não os queria "engolir". depois em vez de perder 20centimos, ou 1€ ou 2€, perdia 5€ ou 6€.




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions