Autor Tópico: Campeonato da Europa de Andebol – 19 a 31 de Janeiro  (Lida 7020 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Nuno Marinho

  • Milionário
  • N
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    1609
    Pts Tipsr:
    314
Campeonato da Europa de Andebol – Áustria 2010


História da competição

O Europeu de andebol, no formato actual, tem 8 edições. A prova realiza-se de dois em dois anos, alternando com o campeonato do mundo. A EHF tem alternado a organização da prova, de uma forma quase regular, entre países onde o andebol tem muita tradição com países onde o andebol ainda está em desenvolvimento, como é o caso da Áustria, responsável pela organização deste europeu.
Até ao momento o europeu de andebol conheceu 5 vencedores diferentes. Depois de uma fase inicial onde a Suécia, com uma geração de jogadores que marcou o andebol moderno, foi a grande dominadora seguiu-se uma fase onde surgiram um maior número de selecções capazes de lutar pelo título e onde se destaca a regularidade da Dinamarca e Espanha nos lugares do pódio.


Áustria 2010

O Europeu de 2010 disputa-se na Áustria, em cinco cidades, Graz (Grupo A), Linz (Grupo B), Innsbruck (Grupo C), Wr. Neustadt (Grupo D) e Viena (Fase Final).


Pavilhões

Messehalle Graz

Intersportarena Linz

Olympic Hall Innsbruck

Arena Nova Neustadt

Vienna Stadthalle

Participantes


Grupo A

Croácia

A Croácia é a actual vice-campeã europeia e mundial e é uma das favoritas para este europeu. Orientada pelo experiente Lino Cervar tem um grupo de grandes jogadores capazes de bater qualquer adversário. Balic, Cupic, Vori, Lackovic e Valcic são algumas das figuras de uma selecção com muitos jogadores do Zagreb e da liga alemã e espanhola, as melhores do mundo. O lateral Metlicic, uma das referências desta equipa nos últimos anos, fica de fora e é uma baixa importante pois nesta altura não há quem o substitua ao mesmo nível, particularmente na defesa.
Esta é uma selecção muito experiente e com jogadores que “crescem” nos grandes jogos, ao contrário dos jogos teoricamente mais fáceis onde por vezes facilitam.

Rússia

A selecção russa tem vindo a atravessar uma fase de renovação e nas últimas grandes competições esteve longe do que era habitual. Vem de um mundial onde foi apenas 16ª e neste europeu espera regressar à primeira metade da classificação, mais do que isso parece-me muito difícil.
A Rússia continua a ser uma grande escola de andebol e tem alguns jogadores de grande qualidade como Rastvortsev, Kamanin ou Koksharov mas julgo que não tem grandes opções no banco e num torneio com jogos quase todos os dias isso pode vir a ser decisivo. A maioria dos jogadores desta equipa é do Chekhovskie Medvedi e quase todos os seleccionados actuam na Rússia o que facilita o trabalho do treinador.

Noruega

A Noruega é uma selecção que tem muita qualidade e que nas últimas grandes competições esteve bem mas deixou a sensação que podia ter conseguido algo mais. Apresenta-se neste europeu com um colectivo muito compacto e forte fisicamente capaz de bater qualquer selecção. A maioria dos seus jogadores actua na liga alemã, onde se destacam Steiner Ege, um dos melhores guarda-redes do mundo, Borge Lund, um central de grande nível e o cérebro desta selecção, Mamelund, Myrhol, Loke e Kjelling.
O seu treinador já afirmou que a selecção está ansiosa pelo europeu e que pode chegar às meias finais e julgo que se estiver ao seu melhor nível esta equipa pode ser uma boa surpresa.

Ucrânia

A Ucrânia regressa a uma grande competição depois do 14º lugar no mundial na Alemanha em 2007. Os ucranianos pertencem a uma grande escola de andebol e já têm alguma experiencia nestas competições embora nunca tenham alcançado grandes resultados, com excepção do 7º lugar num mundial.
Na teoria esta é a equipa mais fraca deste grupo e será uma surpresa se não perder os três jogos. A maioria dos seus jogadores jogam no seu país, onde a qualidade do campeonato não é muita, mas tem alguns jogadores a actuar fora e são claramente as mais-valias deste conjunto. Budko, Nat, Petrenko e Shelmenko destacam-se nesta selecção mas creio que é pouco para chegarem à próxima fase.

Grupo B

Áustria

A Áustria estreia-se numa grande competição de andebol, ao organizador este europeu, já nunca se conseguiu qualificar. O nível do andebol masculino na Áustria está bastante abaixo do feminino e nesta altura é uma selecção de nível médio/baixo na Europa.
A selecção austríaca tem alguns jogadores a actuarem na liga alemã e esses estão claramente acima dos seus colegas mas parece-me pouco para uma competição deste nível. Ainda assim, ao jogar a casa certamente que a motivação será muita e terá o apoio do público e pode vir a revelar-se um adversário mais complicado que se espera.

Dinamarca

A Dinamarca é a actual detentora do título europeu e tem de ser considerada um dos favoritos à vitória final. A Dinamarca foi das poucas selecções que já revelaram a lista de jogadores a participar no europeu e apresenta-se com uma selecção renovada, com apenas oito dos dezasseis jogadores que estiveram no título de há dois anos. Destaca-se a ausência de Lasse Boesen que se retirou da selecção e Jesper Jensen que está lesionado mas caso recupere a tempo será inscrito na fase final. Esta selecção junta experiencia e juventude num conjunto de grande talento, que pratica um andebol espectacular, e quem tem Kasper Hvidt, Lars Christiansen, Hansen, Knudsen e Loen, entre outros só pode esperar chegar longe no europeu.

Islândia

A Islândia tem sido presença regular nas últimas grandes competições, onde se destaca a medalha de prata em Pequim. Esta selecção tem um grupo muito forte fisicamente, experiente, com muitos jogadores que estiveram em Pequim, e alguns jovens que surgiram em bom nível desde aí. Na Islândia há muita expectativa numa grande prova da sua selecção o que já levou o treinador a colocar a alguma calma nas expectativas da equipa. Mas a verdade é que esta selecção pode ser um adversário muito difícil para os grandes favoritos e num dia bom pode bater qualquer selecção.
A nível individual o destaque vai para o trio Sigursson, Stefansson e Gudjonsson, todos a actuar no Lowen, e para Palmarsson e Geirsson.

Sérvia

A Sérvia atravessou uma fase de renovação e chegou a falhar a qualificação para algumas grandes competições mas no mundial do ano passado reapareceu em bom nível. Apresenta-se neste europeu com um grupo que tem muitas soluções e tem sido apontada como um outsider que poderá surpreender as selecções teoricamente mais fortes. Caso não falhe nos momentos decisivos, e isso era algo habitual nas selecções da antiga Jugoslávia que sempre capazes do melhor e do pior, pode ser a grande surpresa deste europeu.
A lesão de Vujin é uma baixa importante mas Peric, Ilic, Lapcevic e Nikcevic são só alguns dos talentos que esta selecção ainda tem disponíveis e garantem qualidade para derrotar qualquer selecção.

Grupo C

Alemanha

A Alemanha é, como tem sido habitual, um dos grandes favoritos à conquista do europeu. A liga alemã é a melhor do mundo e isso reflecte-se no nível da selecção alemã. Tem um grupo de jogadores habituados a grandes jogos e a actuarem nas melhores equipas do mundo, com muita experiência e mantém a base da equipa que nas últimas grandes competições esteve sempre em lugares de destaque. Além disso é orientada por Heiner Brand, que conhece como ninguém o andebol alemão e comanda este grupo há já vários anos.
No grupo que vai jogar este europeu faltam Fritz, Pascal Hens e Sebastian Preiss e são sem dúvida jogadores difíceis de substituir mas ainda conta com Bitter, Klein, Haass, Glandorf e Schroeder entre outros, embora me pareça que não tem uma profundidade de plantel como a que tinha em competições anteriores, mas ainda assim certamente que a Alemanha será uma equipa a ter em conta neste europeu e dada a proximidade à Áustria espera-se que tenha muitos adeptos ao seu lado e será praticamente como jogar em casa.

Suécia

A selecção sueca apresenta-se renovada depois do abandono de uma geração única que marcou o andebol e apesar das dificuldades para substituir essa geração a Suécia tem vindo a crescer e no último mundial já esteve em bom plano, 7ª classificada, e neste europeu espera-se que se confirme como uma selecção de topo, é mesmo apontada como um dos mais perigosos outsiders.
A Suécia joga um andebol espectacular e tem um grupo de jogadores que mistura experiência e juventude e conta com muito talento, com destaque para Doder, Kim Andersson, Ahlm e Kallman.

Polónia

A Polónia tem-se vindo a afirmar como uma selecção de topo e depois de duas medalhas nos dois últimos mundiais procura um grande resultado num campeonato da Europa. A equipa mantém o núcleo que nos últimos anos permitiu alcançar grandes resultados e apresenta-se com um conjunto sólido e experiente que pode chegar longe na competição. A seu favor também tem a proximidade ao seu país que vai permitir que os seus jogos tenham muitos adeptos polacos que costumam apoiar a equipa em grande número, como se verificou no mundial da Alemanha.
A selecção polaca tem muitos dos jogadores a actuar na Alemanha e no Kielce, que tem realizado uma boa época a nível europeu, com destaque para Bielecki e os irmãos Lijewski.

Eslovénia

A Eslovénia tem marcado presença em quase todas as últimas grandes competições e não tem desiludido, tem ultrapassado quase sempre a 1ª fase, destacando-se o 2º lugar obtido no europeu de 2004 que organizou. A selecção eslovena vem de uma grande escola de andebol, os Balcãs, e tem um grupo de jogadores bastante jovem mas de qualidade.
Com Kavticnik, Lubej, Ales Pajovic e Vugrinec como grandes figuras tem como grande objectivo chegar à fase final mas está num grupo muito difícil e não será fácil alcançar esse objectivo mas é uma selecção que caso esteja ao seu melhor pode surpreender.

Grupo D

França

A França é a actual campeã mundial e olímpica e pode ser a primeira selecção a ganhar de forma consecutiva as três grandes competições de andebol. À partida esta selecção francesa é a grande favorita à conquista do troféu, não só pelos títulos conquistados nos dois últimos anos mas principalmente pelo grupo de jogadores que apresenta. Em França o andebol teve um crescimento impressionante nos últimos 15/20 anos, apoiado num trabalho de formação exemplar e os resultados estão à vista.
Uma selecção com Omeyer, Karabatic, Gille, Fernandez, Guigou, Dinart, Narcisse ou Abalo, entre outros, só pode pensar em vencer seja que competição for e é a selecção com mais soluções para enfrentar a competição.

Espanha

A Espanha vem de um mundial onde foi a grande desilusão e chega a este europeu com muita vontade de limpar a má imagem deixada no último ano. Os espanhóis têm várias presenças nas meias-finais das grandes competições mas nas alturas decisivas falharam quase sempre, com excepção de 2005 quando conquistaram o título mundial.
A Espanha está numa fase de renovação mas mantém um grupo de grande qualidade e que foi reforçado com a naturalização do guarda-redes Sterbik e juntamente com Hombrados permite à Espanha ter aquela que é provavelmente a melhor dupla de guarda-redes do europeu. A base da selecção é o Ciudad Real, equipa que tem dominado a liga dos campeões, o que já diz muito acerca do potencial desta selecção e quem tem Chema, Iker Romero, Entrerios, Garabaya, Tomas ou Juanin tem de ser uma equipa com aspirações, no mínimo, aos seis primeiros.

Hungria

A Hungria tem sido presença regular nas grandes competições e tem conseguido bons resultados ao colocar-se quase sempre entre os dez primeiros. A selecção húngara não vai contar com Nagy, grande figura do andebol húngaro nos últimos e ao que tudo indica vai passar a representar a selecção espanhola, e é uma baixa importante pois além de ser um dos melhores jogadores da Europa era a grande referência da selecção.
A Hungria, mesmo sem Nagy, continua a ser uma equipa com jogadores de qualidade com destaque para Fazekas, Ilyes, Krivokapic, Gulyas e Csaszar e com capacidade para realizar uma boa prova. Espera-se que estejam cerca de 2000 adeptos húngaros nos jogos da sua selecção o que pode vir a ser uma grande ajuda para a selecção húngara.

República Checa

A selecção checa regressa às grandes competições depois de ter falhado o apuramento para o mundial do último ano e tem como objectivo chegar à próxima fase. Esta selecção esteve no grupo de apuramento de Portugal e conseguiu ganhar à França em casa, naquela que foi talvez a maior surpresa da fase de apuramento.
O objectivo da República Checa é passar a 1ª fase e julgo que se estiver ao seu melhor nível pode conseguir, embora na teoria seja a equipa mais fraca do grupo. Esta selecção tem um grande jogador, Filip Jicha e a selecção checa depende muito do seu rendimento, mas ainda mas ainda tem Nocar, Juricek e Jan Filip, além de dois bons guarda-redes Galia e Stochl ambos a actuar na Bundesliga, formando um conjunto competitivo.

Calendário

1ª Fase

Fase Final

Meias-finais e atribuição do 5º/6º Lugar

Final e atribuição do 3º/4º lugar

Mais informação em:
Site oficial do europeu: http://www.ehf-euro.com/index.php?id=345
Site da EHF: http://www.eurohandball.com/




Lista de Análises e Previsões

Classificação Final  :arrow: nuno88 - Suécia x Eslovénia - Suécia @ 1.62 Bet365
Classificação Final  :arrow: nuno88 - Dinamarca x Espanha - Dinamarca @ 1.72 Sportingbet
Classificação Final  :arrow: nuno88 - Noruega x Rússia - Noruega @ 1.72 Sportingbet
19/01/2010 19h10  :arrow: nuno88 - Croácia x Noruega - Noruega (+2,5) @ 1.97 Pinnacle :ganha: (25-23)
20/01/2010 18h15  :arrow: vascobzky - Alemanha x Eslovénia - Alemanha (-1,5) @ 1.926 Pinnacle :perdida: (34-34)
22/01/2010 17h15  :arrow: nuno88 - França x Espanha - França DNB @ 1.79 Pinnacle :devolvida: (24-24)
22/01/2010 17h15  :arrow: Joao_ - França x Espanha - Espanha +0,5 @ 2.00 Pinnacle :ganha: (24-24)
24/01/2010 17h30  :arrow: nuno88 - Polónia x Espanha - Polónia (+1,5) @ 1.88 Pinnacle :ganha: (32-26)
26/01/2010 16h15  :arrow: vascobzky - França x Eslovénia - Menos 53,5 @ 2.00 Bwin :perdida: (37-28)
28/01/2010 16h00  :arrow: vascobzky - Noruega x Islândia - Tvedten Håvard  Over 5,5 Golos @ 1.75 Bwin :ganha: (7 Golos)
30/01/2010 10h30  :arrow: nuno88 - Espanha x Dinamarca - Espanha @ 2.00 Pinnacle :perdida: (27-34)
30/01/2010 15h30  :arrow: nuno88 - Croácia x Polónia - Polónia (+0,5) @ 1.95 Pinnacle :perdida: (24-21)
« Última modificação: 01 de Fevereiro de 2010, 23:10 por Carlos_Lucas »
ex- Nuno88



miguelyn

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2005
  • Localidade: Lamego
  • Mensagens:
    63559
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1560
em: 15 de Janeiro de 2010, 12:45
:venia:

Fixo :bom:
:roll:



Bruno Coutinho

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2005
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    226650
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    108
em: 15 de Janeiro de 2010, 13:40
 :venia: :venia: :venia: :venia: :venia:



Forum de Apostas

Re: Campeonato da Europa de Andebol – 19 a 31 de Janeiro
« Responder #2 em: 15 de Janeiro de 2010, 13:40 »

vascobzky

  • Multimilionário
  • v
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2006
  • Localidade: Vila do Conde
  • Mensagens:
    5499
    Pts Tipsr:
    209
em: 15 de Janeiro de 2010, 16:10
Grande apresentação :) Vamos lá a isto, estou de férias nestes dias, temos de atacar o Europeu em força, com muitas verdinhas espero eu :)



Nuno Marinho

  • Milionário
  • N
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    1609
    Pts Tipsr:
    314
em: 18 de Janeiro de 2010, 23:02

Aposta comparativa (Classificação final do europeu)
Suécia x Eslovénia

A Suécia atravessou uma fase de renovação e nesse período os resultados estiveram longe do esperado de uma selecção que tinha dominado o andebol. No último mundial os suecos reapareceram em bom plano, conquistando o 7º lugar e neste europeu espera afirmar-se como uma selecção em crescendo. Com um grupo de muito talento, apoiado na qualidade de Doder, Kim Andersson e Kallman e com alguns jovens que têm tudo para dentro em breve serem referências na modalidade acredito que podem chegar longe.

A Eslovénia tem estado presente na maioria das grandes competições e apresenta-se com um grupo onde estão as grandes figuras do andebol esloveno dos últimos anos e muitos jovens de qualidade. Com Kavticnik, Lubej, Ales Pajovic e Vugrinec como grandes figuras ambiciona chegar à próxima fase, o que não será fácil neste grupo, mas é uma selecção que ao seu melhor pode surpreender.

Estas selecções estão no mesmo grupo, juntamente com a Polónia e Alemanha formam aquele que em teoria será o grupo mais equilibrado, e o confronto entre elas pode ser decisivo e aí acredito que os suecos vão levar vantagem. A Suécia está a crescer, tem uma nova geração a aparecer que acredito vai lutar pelos troféus daqui a pouco tempo e acredito que neste europeu terá a confirmação do bom resultado obtido à um ano no mundial. Como disse a Eslovénia pode num dia bom surpreender qualquer equipa deste grupo mas a Suécia tem mais opções e acredito que se vai impor. Além disso nos jogos com Polónia e Alemanha julgo que a Suécia tem mais hipóteses de pontuar do que tem a Eslovénia.

Aposta:
Suécia @1.62 Bet365

Como acredito que a Suécia vai levar a melhor na 1ª jornada também vou em:
Suécia x Eslovénia Suécia (-2) @1.92 Pinnacle
ex- Nuno88



Nuno Marinho

  • Milionário
  • N
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    1609
    Pts Tipsr:
    314
em: 18 de Janeiro de 2010, 23:04

Aposta comparativa (Classificação final do europeu)
Dinamarca x Espanha

A Dinamarca é a actual campeã europeia e embora se apresente com um grupo renovado, apenas oito dos dezasseis jogadores que estiveram no título de há dois anos continuam na selecção, tem de ser considerada como uma das favoritas. Esta selecção junta experiência e juventude num conjunto de grande talento onde se destacam Kasper Hvidt, Lars Christiansen, Hansen, Knudsen e Loen. O central Jesper Jensen ainda recupera de uma lesão e só deve ser inscrito na fase final da competição.

A Espanha espera recuperar neste europeu da desilusão que foi o mundial do ano passado. A base desta selecção é o Ciudad Real, equipa que tem dominado o andebol europeu a nível de clubes, e os espanhóis têm um conjunto muito equilibrado que permite varias opções ao seleccionador. A naturalização do guarda-redes Sterbik, que se junta a Hombrados na baliza espanhola, permite à Espanha ter duas opções de grande qualidade na baliza e depois quem tem Chema, Iker Romero, Entrerios ou Tomas pode aspirar a chegar longe na competição.

A Dinamarca tem como adversários no grupo a Áustria, Islândia e Sérvia. O jogo com a Áustria não deve ser muito complicado para os dinamarqueses mas os outros jogos serão dois testes muito duros. Ainda assim um lugar na fase seguinte parece garantido. Aí encontra os três primeiros do grupo A, que teoricamente serão Croácia, Noruega e Rússia e mais uma vez creio que terá dois jogos muito difíceis, com croatas e noruegueses, enquanto os russos parecem-me mais acessíveis.

A Espanha defronta no grupo a França, Hungria e República Checa. À partida será 2ª classificada, atrás da França e penso que vai derrotar uma Hungria, que sem Nagy não sei o que poderá valer, e uma República Checa que depende muito de Jicha. O maior problema para os espanhóis creio que será a fase final onde vão cruzar com aquele que teoricamente é o grupo mais forte do europeu e provavelmente vão enfrentar Alemanha, Polónia e Suécia, todos selecções que penso terem capacidade para derrotar a Espanha.

Creio que a Dinamarca é um claro candidato às meias-finais e julgo que pior das hipóteses ficará na 3ª posição da fase final, indo disputar o 5º/6º lugar, onde poderá encontrar a Espanha pois julgo que na melhor das hipóteses os espanhóis serão 3º na fase final, já que não acredito que cheguem às meias-finais, mas julgo que o mais provável é ficarem na 4ª posição da fase final.

Aposta:

Dinamarca @1.72 Sportingbet
ex- Nuno88



Nuno Marinho

  • Milionário
  • N
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    1609
    Pts Tipsr:
    314
em: 18 de Janeiro de 2010, 23:05

Aposta comparativa (Classificação final do europeu)
Noruega x Rússia

A Noruega é uma selecção que está à procura de um grande resultado numa grande competição e tem deixado antever que pode não faltar muito para tal acontecer. Apresenta-se neste europeu com um colectivo muito compacto e forte fisicamente capaz de bater qualquer selecção. A nível individual o destaque vai para o experiente guarda-redes Steiner Ege e para o central Borge Lund que é o cérebro do jogo ofensivo norueguês. A estes juntam-se Mamelund, Myrhol, Loke e Kjelling que são jogadores capazes de desequilibrar.

A Rússia tem vindo a atravessar uma fase de renovação, mas mesmo assim apresenta-se no europeu só com um jogador abaixo dos 25 anos, e nas últimas grandes competições esteve longe do que era habitual. Vem de um mundial onde foi apenas 16ª e neste europeu espera regressar à primeira metade da classificação, mais do que isso parece-me muito difícil.
A Rússia tem alguns jogadores de grande qualidade como Rastvortsev, Kamanin ou Koksharov mas julgo que não tem grandes opções no banco e num torneio com jogos quase todos os dias isso pode vir a ser decisivo. A maioria dos jogadores desta equipa é do Chekhovskie Medvedi e quase todos os seleccionados actuam na Rússia o que facilita o trabalho do treinador.

Noruega e Rússia estão ambas no grupo A, juntamente com Croácia e Ucrânia, pelo que o jogo entre ambas pode ser decisivo. Teoricamente a Croácia é a mais forte do grupo e a Ucrânia a mais fraca pelo que em princípio o 2º lugar será decidido no jogo entre si e aí julgo que os noruegueses levam vantagem. A Noruega está muito motivada para realizar um bom europeu e tem mais qualidade que uma Rússia que não conseguiu renovar-se da melhor forma e surge neste europeu do que valia num passado recente.
Penso que a Noruega será uma equipa a ter em conta para os seis primeiros, enquanto julgo que a Rússia ficará à volta da 10ª posição.

Aposta:
Noruega @1.72 Sportingbet
ex- Nuno88



Nuno Marinho

  • Milionário
  • N
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    1609
    Pts Tipsr:
    314
em: 18 de Janeiro de 2010, 23:06

Croácia x Noruega
Terça, 19 de Janeiro, às 19:10

A Croácia é a actual vice-campeã europeia e mundial e mais uma vez está entre as favoritas à conquista do Europeu. A Croácia tem alguns dos melhores jogadores do mundo, todos a jogarem nas melhores equipas da Europa, e tem um treinador, Lino Cervar, que comanda há muitos anos este grupo de jogadores.
O lateral Metlicic ficou de fora das escolhas para este europeu e nesta altura há alguma incerteza como a selecção vai lidar com a sua ausência, ele que era um dos jogadores mais influentes na selecção. Ainda assim Balic, Cupic, Vori, Lackovic e Valcic são algumas das figuras de uma selecção que tem um grande potencial.

A Noruega chega a este europeu à procura de um grande resultado numa grande competição, algo que já podia ter conseguido mas tem-lhe faltado sempre alguma coisa que o tem impedido. É verdade que as lesões também têm afectado a selecção mas este ano tem os seus principais jogadores disponíveis e pode vir a ser uma boa surpresa.
Os noruegueses têm um grupo de jogadores muito experiente, quase todos jogam nas melhores equipas da Europa, é uma selecção muito forte fisicamente e a nível individual o destaque vai para o experiente guarda-redes Steiner Ege e para o central Borge Lund que é o cérebro do jogo ofensivo norueguês. A estes juntam-se Mamelund, Myrhol, Loke e Kjelling que são jogadores capazes de desequilibrar.

É natural o favoritismo da Croácia neste jogo, especialmente pelos resultados nos últimos anos, mas acredito que a Noruega vai criar muitas dificuldades aos croatas. Se a nível individual a Croácia parece ter mais soluções, a nível colectivo não me parece superior e há muitas dúvidas acerca da importância que a ausência de Metlicic poderá ter, particularmente na defesa. Os croatas também não costumam entrar muito bem nas grandes competições e, normalmente, só com a avançar da competição vão melhorando e tendo pela frente uma selecção que espera vir a realizar um grande europeu certamente irá entrar com tudo.
Julgo que será um jogo muito equilibrado e penso que o handicap está perfeitamente ao alcance da Noruega.

Aposta:
Noruega (+2,5) @1.97 Pinnacle
ex- Nuno88



Forum de Apostas

Re: Campeonato da Europa de Andebol – 19 a 31 de Janeiro
« Responder #7 em: 18 de Janeiro de 2010, 23:06 »

Tiago Alles

  • Devedor
  • T
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    187
    Pts Tipsr:
    3
em: 19 de Janeiro de 2010, 15:06
Fiz minha fezinha na servia  :nervoso: :nervoso: :nervoso: :doido:



Nuno Marinho

  • Milionário
  • N
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    1609
    Pts Tipsr:
    314
em: 19 de Janeiro de 2010, 21:23

Como acredito que a Suécia vai levar a melhor na 1ª jornada também vou em:
Suécia x Eslovénia Suécia (-2) @1.92 Pinnacle


 25-27 :perdida:

 a ganharem por 6 golos ao intervalo foram perder o jogo :doido:
ex- Nuno88



Nuno Marinho

  • Milionário
  • N
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    1609
    Pts Tipsr:
    314
em: 19 de Janeiro de 2010, 21:24

Croácia x Noruega
Terça, 19 de Janeiro, às 19:10

Aposta:
Noruega (+2,5) @1.97 Pinnacle


 25x23 :ganha:
ex- Nuno88



vascobzky

  • Multimilionário
  • v
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2006
  • Localidade: Vila do Conde
  • Mensagens:
    5499
    Pts Tipsr:
    209
em: 20 de Janeiro de 2010, 04:14

Alemanha x Eslovénia
Quarta, 20 de Janeiro, às 18:15

Para este jogo temos frente a frente uma equipa que tem marcado presença nos lugares cimeiros das tabelas classificativas das grandes provas, Alemanha, contra a Eslovénia que é uma equipa de meio da tabela Europeia, e que nos últimos anos obteve uma grande classificação apenas no euro relizado em sua casa em que chegou à final e perdeu ante o seu adversário de hoje.


Nos jogos de ontem a equiupa Alemã deixou-se bater por uma Polónia que se apresenta muito forte neste Europeu, enquanto que a Eslovénia fez
surpresa batende a fortissima Suécia, mesmo depois de ter ido para o intervalo a vencer por 5 bolas.

Para hoje prevejo uma vitória dos alemães, que necessitam de retificar urgentemente o resultado de ontem, sob pena de serem afastados já nesta primeira fase, o que seria quase inédito. A equipa tem como referências Kaufmann, Jansen , Krauss e Bitter, que faziam parte da geração que estava aparecer e que vieram substituir nomes como Kherman, Swarzer, Fritz, Stephan entre outros. Nesta seleção nota-se e muito a falta do lateral esquerdo Pascal Hens que por lesão não pode estar presente na prova.

A Eslovénia apresenta uma seleção com um misto de jogadores experientes actuarem em Espanha e Alemanha e outros mais jovens. Esta seleção perdeu recentemente o lateral esquerdo Rutenka, que era Bielorusso, naturalizou-se Esloveno, e agora está sem jogar pela equipa, para se poder naturalizar Espanhol. Pontifica neste equipa o Lateral/ponta Direito do Monptpelier, Vid Kavticnik .


Por a Alemanha ter melhores jogadores e necessitar da vitória neste jogo, dado que para si é uma final, penso que o handicap poderá ser batido e que os alemães saiam vencedores da partida.

 :arrow: Alemanha (-1,5) 1,926 @ pinnacle

Restantes apostas para a partida :

 :arrow: Under 58,5 1,833 @ pinnacle
 :arrow: Vid Kavticnik mais de 5,5 golos  1,75 @ bwin
 
« Última modificação: 20 de Janeiro de 2010, 04:16 por vascobzky »



Tiago Alles

  • Devedor
  • T
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    187
    Pts Tipsr:
    3
em: 20 de Janeiro de 2010, 05:15
Fiz minha fezinha na servia  :nervoso: :nervoso: :nervoso: :doido:

Empate 29 @ 29  :devolvida:



Nuno Marinho

  • Milionário
  • N
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    1609
    Pts Tipsr:
    314
em: 20 de Janeiro de 2010, 10:46
Hoje sem tempo para picks:

Alemanha x Eslovénia :arrow: AH Alemanha (-1) @1.87 Pinnacle
Suécia x Polónia :arrow: over 54,5 @2.07 Pinnacle
Espanha x Hungria :arrow: under 58,5 @1.92 Pinnacle
ex- Nuno88



Lois Lane

  • Sem Dívidas
  • L
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2007
  • Localidade: Leça da Palmeira
  • Mensagens:
    295
    Pts Tipsr:
    1
em: 20 de Janeiro de 2010, 21:30

Alemanha x Eslovénia
Quarta, 20 de Janeiro, às 18:15


:arrow: Alemanha (-1,5) 1,926 @ pinnacle :perdida:

Restantes apostas para a partida :

:arrow: Under 58,5 1,833 @ pinnacle :perdida:
 :arrow: Vid Kavticnik mais de 5,5 golos  1,75 @ bwin :ganha:
 

Que jogo de malucos  :doido: :doido: :doido:
Sónia Santos




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas e Prognósticos / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions / Melhores Cassinos Online Brasil / Mejores Casinos Online de América Latina