Autor Tópico: [Ciclismo] Vuelta - 29/08/2009 a 20/09/2009- Apresentação, Apostas Longa Duração  (Lida 3217 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

diogo_duarte

  • Multimilionário
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4055
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    659

A Vuelta é a mais nova das três grandes voltas e a menos mediática. A primeira edição disputou-se em 1935 tendo como vencedor o belga Gustaaf Deloor. O recorde de vitórias é detido pelo suíço Tony Rominger e pelo espanhol Roberto Heras, ambos com três vitórias.  Até 1995 disputava-se na Primavera tendo a partir daí passado a disputar-se em Setembro, o que leva a que muitos ciclistas participem nela apenas com o objectivo de prepararem os Campeonatos do Mundo.

No ano passado a prova foi dominada pela Astana que venceu por intermédio de Alberto Contador e viu ainda Levi Leipheimer terminar na segunda posição. Contador com essa vitória conseguiu o feito de em apenas dois anos vencer as três grandes voltas. Carlos Sastre após a vitória no Tour conseguiu o último lugar do pódio.
 



  [youtube=425,350]Q5hiIptOakk[/youtube]



Edição 2009

Percurso


Clicar para versão maior

A Vuelta tem vindo a perder notoriedade sendo que para tentar inverter essa situação a organização decidiu inovar, iniciando-se pela segunda vez na sua história fora do território espanhol.

Assim a 64ª edição da corrida espanhola, agendada para o período de 29 de Agosto a 20 de Setembro, iniciar-se-á no circuito de motociclismo de Assen na Holanda com um curto contra-relógio de 4,8 km. Seguem-se mais três etapas, a última das quais terminando em Liége, com a parte final a assemelhar-se ao percurso da clássica Liège-Baston-Liége. Ao quinto dia surge a primeira jornada de descanso.

No regresso a Espanha teremos mais duas etapas que podem ser destinadas a chegadas ao sprint e ao sétimo dia de competição teremos o primeiro contra-relógio da prova que se disputará em Valência (30 km), o seu percurso é totalmente plano e assim os trepadores deverão sair prejudicados. Esta etapa é a entrada de uma refeição velocipédica de alto nível que tem logo no dia seguinte o prato principal, uma etapa de 205 quilómetros com quatro contagens de montanha de terceira categoria, três de segunda e uma especial, esta coincidente com a meta, no Alto de Aitana um subida com inclinação média de 5.7%. A sobremesa serve-se na jornada posterior, com duas contagens de terceira, quatro de segunda e uma de primeira, em Xorret de Cati a somente 3 km da meta.
Seguem-se duas etapas propícias para fugas e o segundo dia de descanso.

Ultrapassado o dia de descanso teremos uma fase decisiva da prova com três dias de alta montanha, no primeiro dia chegada ao Alto de Velefique, uma subida com mais de 13 quilómetros e uma inclinação média de 7.5%. No dia seguinte chegada à Serra Nevada com praticamente os últimos 30 quilómetros em subida. E para terminar esta sequência teremos o Alto de la Pandera na décima quarta etapa com rampas de 13% ao longo dos mais de oito quilómetros de subida, com uma inclinação média de 8%.

Depois de tanta montanha teremos três etapas que tanto podem ser destinadas a sprinters como a fugas dependendo da disponibilidade do pelotão em fazer as devidas perseguições.
Nas 18ª e 19ª etapas a montanha fará mais uma aparição mas numa medida mais pequena do que em momentos anteriores da prova.

Na véspera do final desta Vuelta teremos o segundo contra-relógio que será disputado em Toledo (27,8 km). O seu perfil é um pouco sinuoso e tem uma pequena subida.

Para terminar teremos a chegada a Madrid que não deverá ser mais do que uma tradicional etapa de consagração para os vencedores e mais uma oportunidade para os sprinters brilharem.

Mais informações sobre cada etapa


Equipas


A Ag2r apresenta-se nesta competição com uma eauipa bastante interessante. Valjavec vai lutar por um lugar no Top 10 e Nocentini e Hinault serão apostas para tentarem uma vitória em etapas.
Ciclistas: Jose-Luis Arrieta, Alexander Efimkin, Sébastien Hinault, Julien Loubet, John Gadret, Rinaldo Nocentini, Christophe Riblon, Ludovic Turpin, Tadjec Valjavec.

Os espanhóis da Andalucia são uma das equipas espanholas do circuito continental que marcam presença nesta edição da Vuelta, deverão apostar em fugas e deverão ter em Xavier Tondo (antigo vencedor da Volta a Portugal) o seu homem mais forte para a geral.
Ciclistas:Xavier Tondo, Antonio Piedra, Javier Ramirez, Jesus Rosendo, Manuel Calvente, Francisco Jose Martinez, Manuel Ortega, José António Lopez, José Ruiz.

Como costume a Astana volta a apresentar uma formação com bastante capacidade que deverá ter em Zubeldia e Vinokourov os seus homens mais fortes que deverão ser auxiliados pelos experientes Horner e Rubiera na montanha. Um lugar no pódio é possível para a formação orientada por Bruyneel.
Ciclistas:Alexander Vinokourov, Assan Bazayev, Maxim Iglinskiy, Jesús Hernández, Chris Horner, Daniel Navarro, José Luis Rubiera, Michael Schär, Haimar Zubeldia.

Os franceses da Bouygues foram a grande surpresa do Tour ao alcançar duas vitórias em etapa, mas para esta Vuelta não apresentam uma equipa tão forte. Ainda asism têm em Fedrigo um homem perigoso em certas etapas.

A  Caisse d’Epargne deverá apostar tudo em Valverde para a vitória final, como sempre trazem uma equipa muito forte nos terrenos montanhosos sendo de destacar também a presença de Joaquin Rodriguez.
Ciclistas:Alejandro Valverde, Xavier Zandio, Imanol Erviti, David López, Daniel Moreno, Francisco Pérez, Joaquím Rodriguez , José Vicente García Acosta, Vasili Kiryienka.

A  Cervelo não apresenta nesta prova as suas maiores estrelas, mas ainda assim deveremos poder contar Gomez Marchante para um lugar no top10 e Simon Gerrans para uma vitória em etapas.
Ciclistas:Simon Gerrans, Ignatas Konovalovas, Roger Hammond, Xavier Florencio, Iñigo Cuesta, José Angel Gomez Marchante, Philip Deignan, Gabriel Rasch, Dominique Rollin.

A  Cofidis tem em Moncoutié o seu homem mais forte para esta prova, trazem também o seu sprinter Leonardo Duque e El-Fares que teve algum destaque no Tirreno Adriatico.

A  Contentpolis é outra equipa do escalão continental que deverá ser bastante activa em fugas, conta também com os sprinters Pacheco e Benitez.
Ciclistas:Julian Sanchez Pimenta, Adrian Palomares, Manuel Vasquez, Aitor Perez, Óscar Garcia-Casarrubios, Javier Benitez, Mikel Gaztanaga, Francisco Pacheco, Sérgio Dominguez.

Os bascos da Euskatel contam com o campeão olímpico Samuel Sanchez para a vitória. Esta equipa é constituída principalmente por homens da montanha e assim podemos contar com eles para os dias mais duros.
Ciclistas:Samuel Sanchez, Igor Anton, Egoi Martinez, Amets Txurruka, Ruben Perez, Alan Perez, Inaki Isasi, Aitor Hernandez, Markel Irizar

A Française des Jeux apresenta uma equipa bastante capaz com destaque para Le Mével, Casar e Di Gregorio. Sebastien Chavanel deverá tentar intrometer-se na luta pelos sprints.

A Garmin traz para esta prova o seu sprinter Farrar que tem estado em grande forma ultimamente. Para a geral individual Vandevelde e Daniel Martin poderão ser homens a ter em conta.
Ciclista: Tyler Farrar, Tom Danielson, Dan Martin, Ryder Hesjedal, Christian Meier, Svein Tuft, David Millar, Julian Dean, Martijn Maaskant.

Os italianos da  Lampre esperam que Cunego se encontre em melhor momento de forma do que no Giro e que Ballan mostre o porquê de usar a camisola de campeão do Mundo.
Ciclistas:Alessandro Ballan, Damiano Cunego, Emanuele Bindi, Enrico Gasparotto, Marco Marzano, Massimiliano Mori, Paolo Tiralongo, Francesco Tomei, Vitaliy Buts.

A  Liquigas apresenta uma equipa fortíssima com homens como Basso e Kreuziger que certamente irão andar na frente. O sprinter Daniele Bennati deverá querer fazer esquecer a temporada menos boa que está a ter.
Ciclistas:Ivan Basso, Daniele Bennati, Roman Kreuziger, MAnuele Quinziato, Maciej Bodnar, Kjell Carlström, Fabio Sabatini, Sylwester Szmyd, Oliver Zaugg.

A  Quick-Step apresenta-se nesta Vuelta com o objectivo de repetir as cinco vitórias da época passada. Para tal conta com Tom Boonen, um sprinter de inegável categoria mas que tem tido problemas ao longo da época, Allan Davis, Stijn Devolder e Carlos Barredo.
Ciclistas:Tom Boonen, Stijn Devolder, Wouter Weylandt, Kevin De Weert, Maarten Wijnants, Matteo Tosatto, Marco Velo, Allan  Davis, Carlos Barredo.

Os holandeses da Rabobank deverão depositar grandes esperanças em Gesink para a geral individual e em Oscar Freire para os sprints. Contam ainda com Garate, Weening e Lars Boom que poderão lutar por vitórias em etapas de média montanha.
Ciclistas:Robert Gesink, Koos Moerenhout, Bram Tankink, Pieter Weening, Tom Leezer, Lars Boom, Oscar Freire, Juan Manuel Garate, Paul Martens.

A Lotto está ter um ano bastante fraco e nesta Vuelta Cadel Evans terá uma boa oportunidade de limpar a má imagem deixada no Tour e Gilbert deverá tentar repetir uma vitória em etapa tal como alcançou no Giro.
Ciclistas:Cadel Evans, Christophe Brandt, Francis De Greef, Charles Wegelius, Matthew Lloyd, Philippe Gilbert, Olivier Kaisen, Jurgen Roelandts, Mickael Delage.

A Columbia não apresenta uma equipa tão forte como nas outras duas grandes voltas, mas podemos contar com Greipel para os sprints, Kirchen para a geral, Grabsch para os contra-relógios e Albasini para as etapas de transição.
Ciclistas:Michael Albasini, André Greipel, Bert Grabsch, Adam Hansen, Greg Henderson, Kim Kirchen, Frantisek Rabon, Vicente Reynes, Marcel Sieberg.

Os alemães da Milram voltam a contar com Gerdemann para a geral individual e com Ciolek para as chegadas ao sprint. Uma vitória em etapa ou uma presença no top10 deverão ser os objectivos da equipa.
Ciclistas:Gerald Ciolek, Linus Gerdemann, Christian Knees, Dominik Roels, Thomas Rohregger, Matthias Russ, Martin Velits, Paul Voss, Björn Schröder

A Saxo-Bank conta com os irmão Schleck e com o jovem Fuglsang, tudo homens que podem lutar pela geral. Trazem ainda homens como Cancellara, Breschel ou Arvesen que podem ser sinónimo de vitórias.

A Vacansoleil deverá ser mais uma equipa que devido a não ter um conjunto com grandes nomes deverá apenas apostar em fugas.

Os espanhóis da Xacobeo deverão ser a equipa espanhola que não é do ProTour em maior destaque, esse protagonismo deverá ser devido a Mosquera que fez quinto e quarto nos últimos dois anos.
Ciclistas:Ezequiel Mosquera, David Garcia, Gustavo Cesar Veloso, Gustvo Dominguez, Serafin Martinez, Gonzalo Rabunal, David Herrero, Alberto Fernandez, Eduard Vorganov.

A equipa da Fuji tem um conjunto bastante razoável com destaque para Cobo  que deverá ser o seu homem mais forte.
Ciclistas:Juan Jose Cobo, Fredrik Kessiakoff, Eros Capecchi, David La Fuente, Robert Kiserlovski, Benat Intxausti, Arkaitz Duran, Jesus Del Nero, Davide Vigano.


Classificação Geral

Ao contrário da maior parte das competições velocipédicas, na Vuelta a camisola da liderança não é amarela, mas sim dourada. A cor é diferente mas o seu significado é o mesmo e esta será a camisola mais ambicionada durante toda a competição.

Candidatos

Alejandro Valverde
Será desta que o espanhol da Caisse d’Epargne conseguirá o sucesso numa grande volta? Valverde é um ciclista de inegável categoria, mas em provas de três semanas costuma ter sempre pelo menos um dia que o prejudica imenso na luta pela geral. O espanhol está ter uma época bastante interessante com vitórias no Dauphiné Liberé e na Volta a Burgos nesta última fase da época.
Esta será a única grande volta que Valverde disputa esta temporada e assim deverá estar extrememante focado neste objectivo e a sua equipa apresenta um conjunto bastante forte na montanha como é hábito.
Ivan Basso
Este italiano que regressou este ano à competição após ter estado suspenso devido a um caso de doping é apontado como um dos grandes favoritos à vitória final segundo algumas casas de apostas. Basso corre pela equipa Liquigas e esta temporada venceu o Giro de Trentino e foi quinto classificado no Giro d’Italia. O checo Kreuziger e o polaco Szmyd deverão ser os seus maiores auxílios na montanha.
Samuel Sanchez
O campeão olímpico é a aposta da Euskatel para vencer esta prova. Sanchez é um ciclista forte na montanha e que se defende bem no contra-relógio, além disso nas descidas é dos melhores do pelotão e por vezes essa sua características vale-lhe vitórias ou tempo ganho a alguns rivais.
A sua equipa tem como grande arma os homens da montanhe assim acompanhamento não deve faltar a Sanchez que tal como Valverde ainda não disputou nenhuma grande volta esta temporada.
Andy Schleck
É talvez o melhor trepador presente em todo o pelotão da prova, além disso tem uma grande capacidade de explosão que o torna um atacante muito perigoso nesses terrenos. Andy está a ter uma grande temporada, venceu a Liege-Bastogne-Liege, foi campeão do seu país e ficou em segundo no Tour confirmando todo o potencial que lhe é apontado.
As suas melhorias no contra-relógio são evidentes e fazem dele um favorito em qualquer prova por etapas, mas veremos se os campeonatos do Mundo não terão influência na prestação de Schleck que irá disputar dois grandes voltas na mesma temporada pela primeira vez na sua ainda curta carreira.
Cadel Evans
O australiano da Lotto teve um Tour para esquecer depois de se ter exibido em grande nível no Dauphiné Liberé e ter aumentado ainda mais as expectativas em seu redor. Evans é fortíssimo no contra-relógio e na montanha apesar de não atacar muitas vezes costuma conseguir seguir com os melhores.
Esta será uma das oportunidades de Evans fazer algo de positivo esta temporada, mas tal como Andy Schleck o australiano está nesta Vuelta “com um olho” nos campeonatos do Mundo e isso pode influenciar a sua prestação.
Ezequiel Mosquera
Mosquera ganha o estatuto de eventual candidato depois de duas belíssimas prestações nos últimos anos em que foi respectivamente quinto e quarto. É um ciclista que tem como terreno preferencial a montanha, embora nos contra-relógios não seja muito forte.
Apesar de alinhar numa formação com menos reputação que os seus adversários este espanhol pode ser beneficiado pelo percurso extremamente montanhoso desta edição da Vuelta.
Robert Gesink
Jovem holandês da Rabobank que é apontado como um futuro vencedor de uma grande prova por etapas. Gesink tem um grande potencial na montanha e está a evoluir no contra-relógio e se estiver em boa forma pode ser um nome a ter em conta nesta Vuelta. Esta época já alcançou alguns resultados interessantes como o sétimo posto na Volta ao País Basco e o quarto no Dauphiné Liberé.
Alexandre Vinokourov
Acabado de regressar de uma suspensão devido a doping, Vinokourov surge nesta Vuelta como uma incógnita, uma vez que é difícil avaliar a sua condição física.
Sabemos sim as suas características, é um ciclista que adora atacar e que anda bem tanto na montanha como no contra-relógio. Integra a Astana que apesar de não apresentar uma equipa tão forte como em outras provas traz Zubeldia e Horner homens de inegável valia.
Classificação por Pontos

A camisola azul é normalmente disputada pelos sprinters, embora o vencedor da camisola dourada também possa sair vencedor desta camisola porque terá de ficar bem colocado nas várias etapas de montanha, além disso alguns sprinters poderão abandonar a competição para preparar o campeonato do Mundo que se aproxima.
A competição consiste em acumular pontos que são obtidos através da classificação final em cada uma das etapas e nos sprints intermédios. Em 2008 o vencedor desta classificação foi o belga Greg van Avermaet da Lotto que não marcará presença nesta edição da prova.

Candidatos

Tyler Farrar
Este norte-americano da Garmin foi um dos poucos sprinters que conseguiu bater o “rei” Mark Cavendish ao longo da temporada. Farrar está a ter uma boa temporada, venceu uma etapa no Tirreno Adriatico numa fase inicial da época e mais recentemente tem estado em grande forma ao vencer a Clássica de Hamburgo e ao vencer três etapas do Eneco Tour(prova na qual abdicou de disputar o contra-relógio final para se focar nesta Vuelta).
Oscar Freire
Uma queda na Volta à Califórnia obrigou-o a uma paragem de 2 meses. A lesão pode ter influenciado toda a época, visto que Freire apenas conseguiu uma vitória na Volta à Romandia. Participou também na Volta à Suíça e no Tour mas apenas lutou pela vitória em algumas etapas. Apesar da má temporada este espanhol é sem dúvida um dos melhores do pelotão no sprint e correndo no seu país pode ser que tenha mais apoio da sua equipa, que por vezes o deixa ao abandono e pode ser um candidato a vencer esta classificação.

Daniele Bennati
Corredor perseguido por lesões nos últimos tempos. Na época passada venceu a classificação por pontos no Giro, depois de intensos duelos com Mark Cavendish. Esta época esteve doente falhando o Giro e regressando somente à competição na recente Volta à Suiça. Depois participou no Tour, mas a sua prestação foi uma desilusão. Pode ter nesta prova a derradeira oportunidade de limpar a má imagem deixada ao longo de 2009 e veremos se consegue repetir a vitória que alcançou nesta classificação no ano de 2007.

André Greipel
Quem pensa que Mark Cavendish é o único sprinter de valor que defende as cores da Columbia está enganado. Greipel é um sprinter bastante potente e que já registou 15 vitórias esta temporada.  A sua equipa não apresenta um “comboio” tão forte como o que costuma acompanhar Cavendish mas mesmo assim este alemão pode conseguir uma prestação interessante.

Tom Boonen
Este é um nome que dispensa apresentações. Tom Boonen é um sprinter notável quando se encontra em forma, coisa que tem sido díficil alcançar esta temporada devido aos problemas que têm havido em seu redor. Ainda assim alcançou algumas vitórias na fase inicial da temporada com destaque para o Paris-Roubaix. O belga teve um Tour para esquecer mas nesta Vuelta pode conseguir fazer algo e dar sequência à vitória em etapa que alcançou muito recentemente no Eneco Tour.

Classificação da Montanha

A camisola laranja é atribuída ao vencedor da classificação da montanha. É bastante difícil prever quais os ciclistas que estarão na luta por esta classificação, pois normalmente é disputada por ciclistas que devido à má posição que ocupam na classificação geral têm liberdade para atacar e participar em fugas onde somam preciosos pontos. No ano passado foi ganha por David Moncoutie.

Para este ano alguns dos ciclistas que penso que poderão estar na luta por esta classificação são Juan Manuel Garate (RAB), Egoi Martinez (EUS), Davide Moncoutie (COF) e David La Fuente (FUJ).



Classificação do Combinado

A camisola branca define o líder do combinado e foi introduzida em 2003 para substituir a classificação da regularidade. A classificação final é obtida pela soma das classificações nas outras três camisolas. Por exemplo no ano passado saiu vencedor Alberto Contador com seis pontos resultantes da  soma do 1º lugar na geral com o 2º na classificação por pontos e com o 3º na classificação da montanha.

O vencedor final é por isso normalmente um dos que disputa a vitória na prova pelo que os candidatos são os mesmos da camisola dourada.


Autoria  :arrow:  diogo_duarte & rapior


Picks

diogo_duarte - H2H Geral Individual - Valjavec vs Kirchen :arrow: Valjavec @ 1.787 pinnacle
diogo_duarte - H2H Classificação Pontos - Tondo vs Fuglsang :arrow: Tondo @ 1.787 pinnacle
diogo_duarte - H2H Classificação Equipas - Ag2r vs Cofidis :arrow: Ag2r @ 2.08 pinnacle

rapior - H2H Geral Individual - Fuglsang vs Horner :arrow: Fuglsang @ 1.926 pinnacle
rapior - H2H Classificação Equipas - Euskatel vs Astana :arrow: Euskatel @ 1.602 pinnacle
« Última modificação: 29 de Agosto de 2009, 19:43 por lmprego »



diogo_duarte

  • Multimilionário
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4055
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    659
em: 26 de Agosto de 2009, 23:06
bem isto está quase acabado, só falta sair a confirmação de algumas equipas que devem sair amanhã..já podem começar a ler  :twisted:

e para terminar resta agradecer ao parceiro rapior, o trabalho torna-se sempre mais fácil e agradável se temos alguém com quem discutir ideias  :bom:
:venia: :venia: :venia:



lmprego

  • HighRoller
  • l
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    11776
    Pts Tipsr:
    373
em: 26 de Agosto de 2009, 23:27
Diogo e Rapior as minhas  :venia: :venia:...está brutal muitos Parabéns...ficamos à espera das picks e tips verdes  :mrgreen: :bom:



Forum de Apostas

Re: [Ciclismo] Vuelta - 29/08/2009 a 20/09/2009
« Responder #2 em: 26 de Agosto de 2009, 23:27 »

diogo_duarte

  • Multimilionário
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4055
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    659
em: 27 de Agosto de 2009, 02:10
Final da Competição

H2H Tadej Valjavec vs Kim Kirchen :arrow: Tadej Valjavec @ 1.787 pinnacle
Valjavec é um ciclista bastante regular na montanha e que consegue sempre lugares interessantes nas grandes provas por etapas, em 2008 foi nono no Tour e décimo terceiro no Giro. Este ano apenas participou na prova italiana e foi nono, outro resultado de destaque do homem da ag2r foi o sétimo lugar obtido na volta à Suíça.

Kirchen é um atleta mais talhado para provas de uma dia mas nas duas últimas edições do Tour conseguiu terminar no top10. Este ano a época do luxemburguês foi prejudicada por lesões e não está a ser grande coisa, a sua participação no Tour foi uma desilusão, os seus melhores momentos foram a conquista do título de campeão de contra-relógio do seu país e o nono posto na volta à Suíça.

As odds têm oscilado(Valjavec já foi o dog) mas na minha opinião o favoritismo de Valjavec é compreensível e este já afirmou que espera um lugar no top10 e que o top5 pode ser uma possibilidade. Kirchen pode levar vantagem no contra-relógio mas Valjavec é muito mais regular na montanha e isso pode ser decisivo na minha opinião.
« Última modificação: 27 de Agosto de 2009, 02:12 por diogo_duarte »



Élio

  • Multimilionário
  • ?
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Pinhal Novo
  • Mensagens:
    5849
    Pts Tipsr:
    267
em: 27 de Agosto de 2009, 10:58
Bem que apresentação :venia: :venia: :venia:
Cada vez se vê mais tipsters à procura dos respectivos pontos do que dos lucros :tapado: :tapado:



Bruno Coutinho

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2005
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    227135
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    108
em: 27 de Agosto de 2009, 10:58
diogo_duarte   :venia: :venia: :venia: :venia: :venia:



diogo_duarte

  • Multimilionário
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4055
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    659
em: 27 de Agosto de 2009, 11:00
diogo_duarte   :venia: :venia: :venia: :venia: :venia:
não fui só eu  ;)



Bruno Coutinho

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2005
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    227135
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    108



Forum de Apostas

Re: [Ciclismo] Vuelta - 29/08/2009 a 20/09/2009
« Responder #7 em: 27 de Agosto de 2009, 11:22 »

diogo_duarte

  • Multimilionário
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4055
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    659
em: 27 de Agosto de 2009, 11:52
Classificação por Pontos

H2H Xavier Tondo vs Jakob Fuglsang :arrow: Xavier Tondo @ 1.787 pinnacle
Xavier Tondo é um espanhol de 31 anos que anda bem na montanha e também se defende bem no contra-relógio. Este atleta já correu em Portugal e venceu mesmo a volta a Portugal em 2007, este ano ingressou na equipa da Andalucia e alcançou o top10 em várias provas espanholas como a volta a Castilla y Leon, volta à Catalunha e mais recentemente na volta a Burgos onde ficou mesmo na segunda posição. Tondo será a grande aposta da sua equipa para a geral individual.

Jakob Fuglsang é um jovem dinamarquês de 24 anos que este ano alcançou o sexto lugar na volta à Catalunha e também no Dauphiné Liberé(prova em que exibiu grande capacidade na montanha) e venceu ainda a volta ao seu país. Fuglsang deverá correr um pouco na sombra dos irmãos Schleck mas deverá ter alguma liberdade nesta sua estreia em grandes voltas.

A classificação por pontos disputa-se através da conquista de pontos através do melhor posicionamente em cada chegada, na minha opinião a experiência de Tondo irá ajudá-lo a fazer uma Vuelta melhor do que Fuglsang que poderá concentrar-se mais em lutar por uma etapa e assim penso que o espanhol levará a melhor neste duelo.



rapior

  • Multimilionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6590
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1727
em: 27 de Agosto de 2009, 14:46
Classificação Geral Final


Termina a 20/09/2009
H2H: Jakob Fuglsang (SAX) vs Chris Horner (AST)
Pick: Jakob Fuglsang (SAX)      Odd: 1.926 @ Pinnacle


Jakob Fuglsang começou no BTT e no ano passado conseguiu ganhar a volta à Dinamarca ao serviço de uma pequena equipa batendo a poderosa equipa da CSC. Fruto dessa prestação foi imediatamente convidado para ingressar na CSC-Saxo Bank.
É um dos ciclistas mais promissores da actualidade e vai efectuar a sua primeira grande volta. Esta época já consegui resultados de relevo como o 6º lugar na Volta à Catalunha e no Dauphine Libere e venceu a Volta à Eslovénia e recentemente revalidou o titulo na Volta à Dinamarca. Era a aposta da equipa para a classificação geral e apesar da entrada dos irmãos Schleck o director continua a afirmar que Fuglsang terá o apoio de toda a equipa.

Horner é já um experiente ciclista norte americano que passou grande parte da sua carreira a correr no circuito americano. Normalmente trabalha para os seus líderes todavia com a ausência dos principais nomes da equipa terá alguma liberdade para fazer a sua própria corrida. Do meu ponto de vista adapta-se melhor a provas de uma semana do que às grandes voltas, nas quais o seu melhor resultado é um vigésimo lugar na Vuelta de 2006. Participou no Giro tendo abandonado devido a queda.

Penso que Jakob Fuglsang defende-se melhor na alta montanha do que Horner e apesar da presença dos irmãos Schleck terá liberdade pelo que tendo em conta a dureza do percurso considero-o favorito neste duelo.
"O insucesso é apenas uma oportunidade para começar de novo com mais inteligência."



diogo_duarte

  • Multimilionário
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4055
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    659
em: 27 de Agosto de 2009, 15:51
Classificação por Equipas

H2H Ag2r vs Cofidis :arrow: Ag2r @ 2.08 pinnacle
A ag2r terá em Valjavec um líder bastante fiável e que deverá alcançar um lugar no top10, depois tem ainda homens bastante razoáveis como Alexandre Efimkin, Nocentini, Arrieta ou Gadret que podem obter bons lugares em algumas etapas mais duras e irão auxiliar muito bem o seu líder com toda a certeza.

A Cofidis é uma equipa que vive muito do experiente David Moncoutié, é um ciclista que também pode alcançar um lugar no top10 mas para isso terá de estar em grande forma, além disso pode também centrar-se apenas na luta pela camisola da montanha que conquistou em 2008. No resto da equipa destaque para Moinard ou o jovem Taaramae que está a ter uma época interessante e irá fazer a sua estreia numa prova de três semanas.

Ambas as equipas poderão também apostar em fugas e no caso de alguma chegar podem ganhar vantagem nesta classificação, mas penso que a presença de Valjavec na ag2r e a companhia que deverá ter na montanha poderão fazer pender este duelo para a ag2r.



rapior

  • Multimilionário
  • r
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade:
  • Mensagens:
    6590
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1727
em: 27 de Agosto de 2009, 15:53
Classificação Final Equipas

Termina a 20/09/2009
H2H: Astana vs Euskatel
Pick: Euskatel      Odd: 1.602@ Pinnacle


Penso que a classificação por equipas será definida sobretudo nas etapas de alta montanha. Para essse tipo de etapas creio que a Euskatel apresenta um lote de ciclistas mais fortes do que a Astana. A Euskatel aposta tudo nesta Vuelta e traz entre outros Samuel Sanchez, Igor Anton e Egoi Martinez. Por sua vez a Astana para este tipo de terreno apenas pode contar com Zubeldia, Horner e um regressado Vinokourov, que afirmou não estar em condições de lutar por uma vitória na geral.

Esta classificação é também condicionada pela participação em fugas porém nesse aspecto também creio que a Euskatel leva vantagem pois por norma é uma equipa bastante activa pelo que concluo que a Euskatel é clara favorita neste duelo.
"O insucesso é apenas uma oportunidade para começar de novo com mais inteligência."



diogo_duarte

  • Multimilionário
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4055
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    659
em: 28 de Agosto de 2009, 13:55
pergunta aos mods :arrow: abre-se um tópico para cada etapa ou ficam as picks todas aqui?  :roll:



diogo_duarte

  • Multimilionário
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4055
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    659
em: 28 de Agosto de 2009, 14:31
pergunta aos mods :arrow: abre-se um tópico para cada etapa ou ficam as picks todas aqui?  :roll:
bem as odds já estão a baixar por isso vou deixar as picks aqui



diogo_duarte

  • Multimilionário
  • d
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4055
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    659
em: 28 de Agosto de 2009, 14:32
29/08/2009 - Etapa 1

A Vuelta terá ínicio em terras holandesas com um pequeno prólogo de 4.8 quilómetros. Não será um dia para se fazer diferenças entre os principais candidatos à vitória final.

H2H Tyler Farrar vs Alejandro Valverde :arrow: Tyler Farrar @ 1.83 bet365
Tyler Farrar é um sprinter americano da Garmin que tem estado em grande forma nas últimas semanas com vitórias na Clássica de Hamburgo e em etapas do Eneco Tour. Farrar não é um especialista dos contra-relógios mas nos prólogos consegue alcançar bons resultados e já venceu mesmo um esta temporada.

Alejandro Valverde é um dos candidatos à vitória nesta Vuelta. Tem mais capacidade nos contra-relógios "a sério" do que Farrar e nos prólogos também consegue ficar entre os melhores.

Este será um duelo muito equilibrado, mas penso que um dos objectivos de Farrar passará por vestir a camisola nesta primeira semana de competição devido aos finais de etapa serem propícios a sprinters por isso a minha aposta será no americano.

H2H Samuel Sanchez vs Lars Boom :arrow: Lars Boom @ 1.741 pinnacle
Samuel Sanchez é o homem da Euskatel para a geral individual. O campeão olímpico entra nesta Vuelta com esperanças de lutar pela vitória. É um ciclista forte na montanha e que se defende bem nos contra-relógios.

Lars Boom é um jovem holandês com grandes capacidades no contra-relógio e foi mesmo o campeão do seu país nesta especialidade no ano passado.

Apesar do percurso ser curto penso que a maior qualidade do holandês a andar "contra o cronómetro" irá fazer a diferença e assim penso que a aposta em Boom será a escolha correcta.

H2H Bert Grabsch vs Tom Danielson :arrow: Tom Danielson @ 2.750 pinnacle
Bert Grabsch é o actual campeão do mundo contra-relógio. Já é um veterano mas continua a ser um grande rolador e isso faz a diferença no contra-relógio. Este ano voltou a conquistar o título de campeão do seu país nesta especialidade(terceira vez consecutiva) e venceu o segundo contra-relógio do Dauphiné Liberé.

Danielson é um ciclista completo capaz de se defender bem tanto na montanha como no contra-relógio. Este americano já conseguiu alcançar bons resultados nesta prova espanhola como o sétimo lugar de 2005 e o sexto em 2006 e este parece ter novamente hipóteses de alcançar um resultado honroso se tivermos em conta a sua participação na volta a Burgos que decorreu no ínicio do mês e em que Danielson venceu o contra-relógio dessa prova e terminou em terceiro.

A maior capacidade de Grabsch é evidente, mas isso seria muito mais notório num percurso longo como o do segundo contra-relógio desta Vuelta e em que Grabsch pode ser um dos candidatos à vitória, mas para este prólogo as odds estão a parecer-me muito desequilibradas e assim vou arriscar em Danielson.
« Última modificação: 28 de Agosto de 2009, 14:33 por diogo_duarte »




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas e Prognósticos / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions / Melhores Cassinos Online Brasil / Mejores Casinos Online de América Latina