Autor Tópico: Finalmente alguem tem tomates para falar da amarelinha. Haja coragem  (Lida 1237 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

RicardoM

  • HighRoller
  • R
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2009
  • Localidade:
  • Mensagens:
    14837
  • Nacionalidade: is
  • Pts Tipsr:
    777
Citações retiradas do livro «Jogo Sujo», de Fernando Mendes e Luís Aguilar (ed. Livros De Hoje, Grupo Leya)

«Em determinado período da minha carreira cheguei a um clube que tinha uma grande equipa, um belíssimo treinador e um presidente carismático. Para além destas qualidades, existiram outros ingredientes que facilitaram o nosso percurso vitorioso. Devo dizer que antes de ir para este clube nunca tinha tido qualquer experiência com doping (pelo menos conscientemente)»

«Os incentivos para correr eram sempre apresentados pelo massagista. Passado pouco tempo de estar no clube, ele aproximou-se de mim, e de outros novos jogadores (...) Disse-me claramente que aquilo que ia dar-me era doping, embora nunca tivesse falado de eventuais efeitos secundários. (...) Com o passar do tempo assumi os riscos e tomei doping de todas as vezes que me foi dado. (...) Nunca vi um único colega insurgir-se perante essa situação»

«No meu tempo, o doping era tomado de duas formas: através de injecção ou por recurso a comprimido. Podia ser antes do jogo, no intervalo, ou com a partida a decorrer, no caso daqueles que saíam do banco (...) A injecção tinha efeito imediato, enquanto os comprimidos precisavam de ser tomados cerca de uma hora antes do jogo»

«Em alguns clubes onde joguei tomei Pervitin, Centramina, Ozotine, cafeína, entre muitas outras coisas das quais nunca soube o nome»

«Cada jogador tomava uma dose personalizada, mediante o seu peso, condição física ou última vez que tinha ingerido a substância (...) Porém, nos jogos importantes era sempre certo (...) Quando se sabia que não iria haver controlo antidoping, nunca falhava»

«Lembro-me de um jogo das competições europeias contra uma equipa que tinha três campeões do mundo no seu plantel. Um deles era um poderoso avançado no jogo aéreo. (...) Apanhei-o várias vezes no meu terreno de acção. Ele era um armário, com um tremendo poder de impulsão. Mas nesse dia eu saltei que nem um louco e ganhei-lhe quase todas as bolas de cabeça (...) O meu segredo: uma pequena vacina, do tamanho de meia unha, chamada Pervitin»

«Em certos treinos víamos um ou dois juniores que apareciam para treinar connosco. Esses juniores não estavam ali porque eram muito bons ou porque tinham de ganhar experiência. Estavam ali para servirem de cobaias a novas dosagens. Um elemento do corpo clínico dava cápsulas ou injecções com composições ilegais a miúdos dos juniores (...) Diziam-lhes que eram vitaminas e que a urina era para controlo interno»

«Se um jogo fosse ao domingo, o nosso médico sabia na sexta ou no sábado quais as partidas que iriam estar sob a tutela do controlo antidoping. Mal tinha acesso à informação, avisava todo o plantel e o dia de jogo acabava por ser directamente influenciado por essa dica»

«Em determinada temporada (...) sou convocado para um encontro particular da Selecção Nacional. (...) Faço uma primeira parte fantástica, mas ao intervalo começo a sentir-me cansado e tenho medo de não aguentar o ritmo (...) O jogo realiza-se num estádio português (...) Estão lá um médico e um massagista de um clube onde jogo (...) No intervalo, peço a esse médico para me dar uma das suas injecções de doping. Saio do balneário da Selecção, sem que ninguém se aperceba, e entro numa salinha ao lado. É aí que me dão a injecção pedida por mim. Volto a frisar que ninguém da Selecção se apercebeu»


www.maisfutebol.iol.pt
The Enrabator



Dunadan

  • Magnata
  • D
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2005
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    218230
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    359
Citações retiradas do livro «Jogo Sujo», de Fernando Mendes e Luís Aguilar (ed. Livros De Hoje, Grupo Leya)

«Em determinado período da minha carreira cheguei a um clube que tinha uma grande equipa, um belíssimo treinador e um presidente carismático. Para além destas qualidades, existiram outros ingredientes que facilitaram o nosso percurso vitorioso. Devo dizer que antes de ir para este clube nunca tinha tido qualquer experiência com doping (pelo menos conscientemente)»

(...)

«Lembro-me de um jogo das competições europeias contra uma equipa que tinha três campeões do mundo no seu plantel. Um deles era um poderoso avançado no jogo aéreo. (...) Apanhei-o várias vezes no meu terreno de acção. Ele era um armário, com um tremendo poder de impulsão. Mas nesse dia eu saltei que nem um louco e ganhei-lhe quase todas as bolas de cabeça (...) O meu segredo: uma pequena vacina, do tamanho de meia unha, chamada Pervitin»

(...)

«Em determinada temporada (...) sou convocado para um encontro particular da Selecção Nacional. (...) Faço uma primeira parte fantástica, mas ao intervalo começo a sentir-me cansado e tenho medo de não aguentar o ritmo (...) O jogo realiza-se num estádio português (...) Estão lá um médico e um massagista de um clube onde jogo (...) No intervalo, peço a esse médico para me dar uma das suas injecções de doping. Saio do balneário da Selecção, sem que ninguém se aperceba, e entro numa salinha ao lado. É aí que me dão a injecção pedida por mim. Volto a frisar que ninguém da Selecção se apercebeu»


Nome: Fernando Manuel Antunes Mendes

Data de nascimento: 5/11/1966

Posição: lateral-esquerdo

Carreira profissional: Sporting (de 1985 a 1989), Benfica (de 1989 a 1991), Boavista (1991/92), Benfica (1992/93), E. Amadora (1993/94), Boavista (1994/95), Belenenses (1995/96), F.C. Porto (1996 a 1999), Belenenses (1999/2000), V. Setúbal (2000 a 2002)

14 jogos pela Selecção principal

Principais títulos: quatro vezes campeão nacional, três vezes vencedor da Taça de Portugal.


É só cruzar os jogos feitos pela equipa das Quinas para determinar quais os clubes em que tal coisa que relata terá acontecido. Uma coisa é certa, no Sporting, parece que não foi.



miltonferreira

  • HighRoller
  • m
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade: ílhavo / Águeda
  • Mensagens:
    11606
    Pts Tipsr:
    189
Mais uma bomba para o Futebol Português :tapado:
Macho que é macho não bebe leite, come a vaca!



Forum de Apostas

Re: Finalmente alguem tem tomates para falar da amarelinha. Haja coragem
« Responder #2 em: 27 de Junho de 2009, 20:44 »

tugafcp

  • Multimilionário
  • t
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Abr 2007
  • Localidade:
  • Mensagens:
    7444
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    147
Na entrevista que deu À TVI no jornal da tarde, disse que as pessoas podiam ser levados em erro por falar no laboratorio no Porto, e pensar que estava a falar do FCP, mas aconteceu totalmente o oposto, que no FCP, foi o clube onde foi melhor tratado...



Dunadan

  • Magnata
  • D
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2005
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    218230
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    359
"Este "montijense de gema", como o próprio se intitula apesar de ter nascido em Setúbal, foi internacional português em iniciados, juvenis, júniores, esperanças, olímpicos e AA's e foi o único jogador a representar os cinco clubes que já se sagraram campeões de Portugal."



mara

  • Magnata
  • m
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jun 2006
  • Localidade: Vila Praia de Âncora / Covilhã
  • Mensagens:
    46536
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1633
Mais um a querer ganhar a vida, acho bem.
Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros.



Fred

  • Visitante
Fernando mendes, antigo internacional portugues, e que passou pelos 3 grandes nacionais, formado no sporting, passando depois pelo benfica numa transferencia polemica, e depois por Boavista, Est. Amadora, Porto,  Belenenses V. Setúbal, sendo provavelmente o unico jogador que actuou nos 5 clubes ja campeoes nacionais :venia: Lançou livro polemico que revela alguns podres do futebol do seu tempo(passado recente) mas sem dizer nomes, mas deixando pistas faceis.


Citar
Confira algumas das partes mais "quentes" da nova obra de Fernando Mendes:

"Em determinado período da minha carreira cheguei a um clube que tinha uma grande equipa, um belíssimo treinador e um presidente carismático. Para além destas qualidades, existiram outros ingredientes que facilitaram o nosso percurso vitorioso. Devo dizer que antes de ir para este clube nunca tinha tido qualquer experiência com doping (pelo menos conscientemente)"

"No meu tempo, o doping era tomado de duas formas: através de injecção ou por recurso a comprimido. Podia ser antes do jogo, no intervalo, ou com a partida a decorrer, no caso daqueles que saíam do banco (...) A injecção tinha efeito imediato, enquanto os comprimidos precisavam de ser tomados cerca de uma hora antes do jogo"

"Os incentivos para correr eram sempre apresentados pelo massagista. Passado pouco tempo de estar no clube, ele aproximou-se de mim, e de outros novos jogadores (...) Disse-me claramente que aquilo que ia dar-me era doping, embora nunca tivesse falado de eventuais efeitos secundários. (...) Com o passar do tempo assumi os riscos e tomei doping de todas as vezes que me foi dado. (...) Nunca vi um único colega insurgir-se perante essa situação"

"Em alguns clubes onde joguei tomei Pervitin, Centramina, Ozotine, cafeína, entre muitas outras coisas das quais nunca soube o nome"

"Se um jogo fosse ao domingo, o nosso médico sabia na sexta ou no sábado quais as partidas que iriam estar sob a tutela do controlo antidoping. Mal tinha acesso à informação, avisava todo o plantel e o dia de jogo acabava por ser directamente influenciado por essa dica"

"Em determinada temporada (...) sou convocado para um encontro particular da Selecção Nacional. (...) Faço uma primeira parte fantástica, mas ao intervalo começo a sentir-me cansado e tenho medo de não aguentar o ritmo (...) O jogo realiza-se num estádio português (...) Estão lá um médico e um massagista de um clube onde jogo (...) No intervalo, peço a esse médico para me dar uma das suas injecções de doping. Saio do balneário da Selecção, sem que ninguém se aperceba, e entro numa salinha ao lado. É aí que me dão a injecção pedida por mim. Volto a frisar que ninguém da Selecção se apercebeu"

 "Cada jogador tomava uma dose personalizada, mediante o seu peso, condição física ou última vez que tinha ingerido a substância (...) Porém, nos jogos importantes era sempre certo (...) Quando se sabia que não iria haver controlo antidoping, nunca falhava"

"Lembro-me de um jogo das competições europeias contra uma equipa que tinha três campeões do mundo no seu plantel. Um deles era um poderoso avançado no jogo aéreo. (...) Apanhei-o várias vezes no meu terreno de acção. Ele era um armário, com um tremendo poder de impulsão. Mas nesse dia eu saltei que nem um louco e ganhei-lhe quase todas as bolas de cabeça (...) O meu segredo: uma pequena vacina, do tamanho de meia unha, chamada Pervitin"

"Em certos treinos víamos um ou dois juniores que apareciam para treinar connosco. Esses juniores não estavam ali porque eram muito bons ou porque tinham de ganhar experiência. Estavam ali para servirem de cobaias a novas dosagens. Um elemento do corpo clínico dava cápsulas ou injecções com composições ilegais a miúdos dos juniores (...) Diziam-lhes que eram vitaminas e que a urina era para controlo interno"



 :shock: :shock: :shock:


Citar
Fernando Mendes revela
Sexo “divertia” estágios
"Num dos estágios do Benfica em Lisboa, os três russos [Yuran, Kulkov e Mostovoi] tinham um esquema bem montado. Durante a noite, ia parar à porta do hotel uma carrinha carregada de prostitutas com o objectivo de tornar o estágio mais divertido", esta é mais uma das polémicas abordadas pelo ex-jogador Fernando Mendes no livro ‘Jogo Sujo’, que fala também de doping no futebol português e das ameaças de que foi alvo por parte de Sousa Cintra.



O actual treinador do Olímpico do Montijo assume no livro que também ao serviço da selecção nacional não era difícil conseguir "uma boa noite de sexo".

"Era fácil subir com uma mulher para o quarto. Podia ser uma empregada do hotel, uma hóspede ou uma amiga. De todas as vezes que fui à Selecção, nunca ninguém foi apanhado", confidenciou, num livro polémico e onde o autor quer "mostrar que nem tudo é bonito no futebol português".

:lolada:

Citar
Sobre arbitragem

“Antes do apito inicial [num jogo entre o Sporting e o Ajax na Taça UEFA], um elemento da direcção desceu ao nosso balneário e lançou uma frase curiosa: Atirem-se para o chão dentro da área, porque o árbitro vai marcar penálti.” (...) Não vi ninguém do Sporting incentivar o árbitro e custa-me acreditar que um juiz internacional pudesse entrar nesse tipo de situações. Mas a verdade é que acabámos por ser muito beneficiados naquele jogo, através de decisões erradas.”

“Com a camisola dos três grandes, e mesmo com a do Boavista, disputei muitos jogos nos quais senti que estava a ser beneficiado.”

 :roll:

Citar
Passou pelo Sporting, Benfica e FC Porto. Em algum deles, assistiu a práticas de doping? "Não. Não vi nada disso nos “grandes”. Curiosamente, quando fiz este livro, as pessoas pensavam que o alvo disto era o FC Porto e tive o cuidado de explicar que não. Passei a minha carreira toda a ouvir que no FC Porto se fazia isto e aquilo, mas tive o prazer de jogar num clube com pessoas fantásticas. Nunca se falou disso e não ponho em causa a seriedade das pessoas" Palavras de F.Mendes ao Publico


meter ja isto antes que a malta diga que é assim que porto ganha campeonatos, que sao as "bombas" que dao a superioridade, que no porto correm mais que noutros lados  :twisted: , ele quando foi á selecçao ja usava doping segundo testemunho,e pelo porto e apos nunca foi á selecçao, clube ja é revelado, porque foi facil com as pistas que deixa.



Fred

  • Visitante
"O testemunho deixa pistas claras. A única vez que Mendes jogou contra uma equipa com três campeões do Mundo foi contra o Inter de Milão em 1991 (que integrava Brehme, Mathaeus e Klinsmann, campeões do Mundo pela Alemanha em 1990). O clube em causa era o Boavista, que eliminou a poderosa formação italiana da Taça UEFA."


bombastico o livro :shock:


boavista de manel jose e que endiabrou a europa do futebol era dopado
« Última modificação: 29 de Junho de 2009, 15:06 por Fred »



Forum de Apostas

Re: Finalmente alguem tem tomates para falar da amarelinha. Haja coragem
« Responder #7 em: 29 de Junho de 2009, 15:04 »

Guilherme

  • Multimilionário
  • G
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2006
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    5615
    Pts Tipsr:
    190
E o ano em que foram campeões? :assobio:

Ou só ouviste falar da cafeína antes dos jogos? ;)

since 2005



Almighty

  • HighRoller
  • A
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2008
  • Localidade:
  • Mensagens:
    9544
    Pts Tipsr:
    413
 :lolada: :lolada: Ainda bem que alguem se digna a falar disto , és grande Fernando  :venia: :venia: :venia:



Guilherme

  • Multimilionário
  • G
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2006
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    5615
    Pts Tipsr:
    190
em: 29 de Junho de 2009, 15:12
E faz este livro onde não mostra arrependimento e não se percebem bem as indirectas!  :roll:

since 2005



BrunoAlex

  • Magnata
  • B
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Abr 2007
  • Localidade: Coimbra
  • Mensagens:
    50551
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    2500
em: 29 de Junho de 2009, 15:31
Realmente é bonito revelar tudo isto, mas mais bonito seria ainda ter revelado quando andava lá no meio, vir falar depois de todos estes anos e muito mais fácil :roll:

De qualquer modo, é sempre de louvar quem tenta contribuir mais um pouco para a limpeza do futebol :bom:
« Última modificação: 29 de Junho de 2009, 15:31 por BrunoAlex »
QUERES CONHECER O PROJECTO MAIS REVOLUCIONADOR ALGUMA VEZ CONHECIDO NO MUNDO DAS APOSTAS?

:cool: www.betarena.com :cool:



tugafcp

  • Multimilionário
  • t
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Abr 2007
  • Localidade:
  • Mensagens:
    7444
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    147
em: 29 de Junho de 2009, 15:57
Será que com o Jaime Pacheco também tavam dopados?

Os jogadores eram um bocado agressivos, mas também poderia ser das instruções do técnico...



XavierCosta

  • HighRoller
  • X
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2006
  • Localidade: Tomar
  • Mensagens:
    10401
    Pts Tipsr:
    152
em: 29 de Junho de 2009, 15:58
Mas isto espanta alguém?? :shock: :shock: :doido: :doido:
I am the master of my faith...I am the captain of my soul



OLX

  • Visitante
em: 29 de Junho de 2009, 16:17
Mas isto espanta alguém?? :shock: :shock: :doido: :doido:

A mim espanta-me!  O que ele relata é um abuso! :shock:



Tags:

 


Rede Apostaganha: Apostas e Prognósticos / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions