Autor Tópico: Registo de Picks/Tips - Vince_Carter  (Lida 982 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Vince_Carter

  • HighRoller
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    8287
    Pts Tipsr:
    128
em: 12 de Novembro de 2008, 22:16
Boas.  :mrgreen:

Este início de época de NBA está a correr-me razoavelmente bem, e como tal, arranjei coragem para abrir um registo meu, aqui no AG.  ;).

Em princípio só irei colocar picks de NBA.
« Última modificação: 23 de Novembro de 2008, 18:39 por Vince_Carter »



sportingman

  • Milionário
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Braga
  • Mensagens:
    1142
    Pts Tipsr:
    154
em: 12 de Novembro de 2008, 22:16
Posso começar?

 :venia: :venia: :venia: :venia: :venia: :venia:

 :lol: :lol: :lol:

Boa sorte companheiro!  :bom:



Vince_Carter

  • HighRoller
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    8287
    Pts Tipsr:
    128
em: 12 de Novembro de 2008, 22:18
Cleveland Cavaliers @ Boston Celtics

Confesso que não me agrada muito estar já a pickar um jogo de NBA, tendo em conta a fase da época em que estamos...mas estou o bichinho, e como tal vou deixar aqui alguns argumentos que me levam a pickar neste jogo.

 :arrow: Pré-época
Todos sabemos que análises de Pré-época caem, em muitas ocasiões, em saco roto: ora temos desconhecidos que marcam 40 e muitos pontos, temos os titulares indiscutíveis que pouco jogam, temos as novas contratações a tentarem enquadrar-se num novo estilo de jogo, equipas que tentam colmatar a perda de jogadores importantes, blah, blah, blah.

Se as primeiras condições se verificaram (como por exemplo o T. Allen, E. House e L. Powe a serem os melhores marcadores de pré-época dos Celtics), no caso destas duas equipas, não houve mexidas significativas a nível do Roster: tirando o M. Williams que salta directamente para o 5 inicial dos Cavs, bem podemos contar com os mesmos jogadores que disputaram as meias-finais da Conferência Este do ano passado.

Falando dos jogos de Pré-época:


 :arrow: 3-5 no total do registo de W/L;
 :arrow: 1-2 no registo de Road Games W/L;
 :arrow: 0-2 no registo de jogos contra os Celtics;
 :arrow: Points Team Average: 88.9 ppg;
 :arrow: Points Opponents Average: 91.1 ppg.



 :arrow: 6-2 no total do registo de W/L
 :arrow: 3-1 no registo de Home Games W/L
 :arrow: 2-0 no registo de jogos contra os Cavs;
 :arrow: Points Team Average: 95.0 ppg
 :arrow: Points Opponents Average: 91.9 ppg.

Todas estas Stats acabam por ter pouco sentido, dadas as experiências que foram sendo feitas ao longo dos jogos, ao pouco tempo de jogo dos principais jogadores (L. James e P. Pierce com 19,6 mpg, K. Garnett com 18.9 mpg, R. Allen com 18,7 mpg), à necessidade de não sobrecarregar certas peças depois do Training Camp, a um menor empenho ofensivo/defensivo, etc...

 :arrow: Confronto Directo
Atentemos aos confronto directos desta pré-época:


Clicar para ver boxscore


Clicar para ver boxscore

Num espaço de 5 dias:

 :arrow: Pontação diminui: Total de pontos: 190 para 176.

 :arrow: Maior empenho defensivo:
 - Ressaltos defensivos dos Celtics de 25 para 27;
 - FGM% dos Celtics de 54.5% para 43.9%;

 :arrow: Melhor controlo da posse de bola:
 - Menos roubos de bola (22 para 18) e menos Turnovers (42 para 32), que se traduz numa menor propensão para o contra-ataque.


São pequenas variações que podem significar algo; com uma aprimorar da condição física e uma melhor pré-disposição para defender (não esquecer que estas duas equipas são das que defendem melhor na liga - Celtics consentiram 90.26 ppg em média e os Cavaliers 96.73 ppg, no ano passado), creio que esta noite podemos assistir a um jogo com poucos pontos, onde a intensidade defensiva poderá aumentar com o desenrolar do jogo. Como é o primeiro jogo da época, não se coloca a situação de cansaço por b2b game ou por longas viagens de avião.


 :arrow: Ausências/Dúvidas
Quem interessa, vai jogar
- Delonte West is probable for Tuesday's game against Boston
- Darnell Jackson is out indefinitely

Em princípio está tudo disponível:
- Paul Pierce is probable for Tuesday's game against Cleveland
- Rajon Rondo is probable for Tuesday's game against Cleveland


 :arrow: Estatísticas (ano passado):
- Under is 8-3 in CLE last 11 vs. NBA Atlantic.
- Under is 13-6 in CLE last 19 overall.
- Under is 20-9 in Celtics last 29 vs. NBA Central.
- Under is 6-4 in Recent Meetings


 :arrow: Aposta:
Temos duas equipas que sabem defender. Temos duas equipas que melhoraram a sua performance defensiva ao longo da Pré-epoca. Temos duas equipas de Unders. Em início de época as percentagens de lançamento costumam ser fracas....será que cai ?

Um dado adicional: The Celtics will raise their 17th NBA championship banner before their season opener on Tuesday night against LeBron James and the Cleveland Cavaliers.

Estão a ver o K. Garnett e Cª. a ver este momento antes do jogo....estão a imaginar a motivação que eles vão sentir para fazerem o melhor possível neste jogo, nomeadamente a defender ? Tem cara de under isto, não ?

Menos de 179,5 a 1,91 € @ Bwin

85-90

Registo:

Apostas Unders: 1-0

+0,91 unidades



Forum de Apostas

Re: Registo de Picks - Vince_Carter
« Responder #2 em: 12 de Novembro de 2008, 22:18 »

Vince_Carter

  • HighRoller
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    8287
    Pts Tipsr:
    128
em: 12 de Novembro de 2008, 22:21
Indiana Pacers @ Detroit Pistons

Para quem não queria pickar nos primeiros dias da época, já me estou a esticar um pouco  :mrgreen:; contudo, confesso que a verdinha de ontem me motivou a pickar hoje também. Ora vejamos...

 :arrow: Pré-época


Falar dos Pistons, em cada início de época, nos últimos anos, tem-se tornado algo repetitivo: poucas são as mudanças do Roster (do que realmente interessa), as figuras são quase sempre as mesmas, o estilo de jogo vai-se mantendo (com relativo sucesso),..., enfim, pouco ou nada se modifica para os lados de Palace of Auburn Hills.

Bem...mas este ano temos um novo treinador a liderar os Pistons! Contudo, analisemos bem a situação: trata-se de Michael Curry, um ex-jogador da casa e assistant coach da época passada, sem nenhuma experiência como head coach: ora bem, isto para mim, traduz-me numa continuação do trabalho anteriormente desenvolvido: uma equipa experiente, coesa defensivamente, onde o trabalho de equipa se sobrepõem a destaques individuais; de relembrar que Michael Curry é conhecido pela sua forte mentalidade defensiva e espírito de liderança. Haveria melhor "casamento" que este ?
Ainda assim podemos contar com algumas novidades: Curry prometeu apostar mais nas jovens "promessas", ao ponto de colocar Amir Johnson no 5 titular, no lugar de McDyess, além de dar mais minutos a Rodney Stuckey; além disso, é objectivo de Curry colocar o Rasheed Wallace mais próximo do cesto. A título de curiosidade, aqui ficam os Hotspots do Sheed:


Hum....ele lança bem de fora da "zona pintada", mas também tem um bom registo "lá dentro". Afinal, vai deixar de lançar de 3 pontos ?

Mudanças significativas ? Não me parece...


Aqui o cenário é bem diferente: os Pacers andam em renovação há já alguns anos, nunca encontrando uma verdadeira identidade; este Verão deixaram sair o franchise player Jermaine O'neal em troca por TJ Ford e Nesterovic; apesar de achar uma má troca para os Pacers, percebo o objectivo de L. Bird: Jermaine arrastava-se em campo, entre lesões e más exibições, nunca demonstrando todo o potencial demonstrado há alguns anos, onde atingiu os 20p-10r. Além disso, o treinador dos Pacers, Jim O'Brien, é um adepto do run and gun, e nada melhor do que contar com um PG rápido (afinal de contas, J. Tinsley não entra nas contas).

Ainda assim, tenho algumas dificuldades em perceber como é que frontcourt dos Pacers vai aguentar este estilo de jogo: tirando Troy Murphy, como aqui se vão encaixar Nesterovic e Jeff Foster, ou o rookie Roy Hibbert ?


 :arrow: Jogos de Pré-época

Não dando muita importância ao que não deve ser dado:


 :arrow: 6-2 no total do registo de W/L;
 :arrow: 3-2 no registo de Home Games W/L;
 :arrow: Points Team Average: 87.1 ppg;
 :arrow: Points Opponents Average: 82.1 ppg.

Reparem na consistência defensiva! Por este andar, os Pistons vão renovar o estatuto de melhor defesa da liga, conquistado do ano passado (90.07 ppg em média).



 :arrow: 4-4 no total do registo de W/L;
 :arrow: 1-3 no registo de Road Games W/L;
 :arrow: Points Team Average: 98.5 ppg;
 :arrow: Points Opponents Average: 97.5 ppg.

Dificuldades nos jogos fora de casa, com muitos pontos marcados e sofridos; mas também repare-se no tipo de equipas com quem jogaram: tirando os Spurs (jogo onde Duncan não jogou, e Bowen esteve apenas 9 minutos em campo), todas as outras são mais propensas a atacar do que a defender.



 :arrow: Ausências/Dúvidas

- Kwame Brown is probable for Wednesday's game against Indiana, infelizmente, diga-se de passagem. Não é crível que jogue muito tempo.
- Walter Sharpe is expected to miss Wednesday's game against Indiana. Quem ?

- Mike Dunleavy expected to be out until opener Oct 29 vs Detroit Pistons
- Jamaal Tinsley is out indefinitely;
- Travis Diener is out indefinitely.


 :arrow: Estatísticas (ano passado)
- Under is 4-0 in Pacers last 4 vs. NBA Central.
- Under is 7-2 in Pacers last 9 overall.
- Under is 6-2 in Pistons last 8 overall.
- Under is 22-8 in Pistons last 30 vs. Eastern Conference.
- Under is 6-1 in the last 7 meetings in Detroit.


 :arrow: Aposta:
Estamos no início de época: as percentagens de lançamento podem não ser as melhores, o jogo é em Detroit, logo os Pistons vão controlar a velocidade do jogo; defendendo bem e atacando pela certa, contra uma equipa em construção, sem uma das suas principais figuras...tem cara de Under ?

Menos de 187 a 1,91 @ Bwin
enquanto não mudo para a Pinnacle  :|

94-100

Registo:

Apostas Unders: 1-1

-0,09 unidades



Vince_Carter

  • HighRoller
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    8287
    Pts Tipsr:
    128
em: 12 de Novembro de 2008, 22:24
Chicago Bulls @ Boston Celtics

Eis o 2º jogo de época, para cada uma destas equipas; ambas ganharam na sua estreia, ainda que com histórias de jogo diferentes: os Bulls foram aumentando paulatinamente a sua vantagem sobre os débeis Milwaukee Bucks até à vitória final, enquanto que Boston teve que suar para levar de vencida a equipa dos Cleveland Cavaliers; se no primeiro caso não se revelou grande surpresa (os Bucks assentam o seu jogo no brilhantismo de Michael Reed), no segundo já não é bem assim; tentando arranjar explicações para uma exibição menos conseguida (Kevin Garnett 5-15 FGA-M, R. Allen 2-9 FGA-M foram exemplos disso), Paul Pierce fez o seguinte comentário no final do jogo:

"We didn't really play well in the first half defensively, and we are a defensive team. After halftime, emotions got out of the way, and we started to play our brand of basketball."

Ou seja, com toda a cerimónia realizada antes jogo, com o hastear do 17th banner, os Celtics acabaram por entrar em campo algo desconcentrados, alheando-se de uma das suas principais virtudes: a defesa; se tivermos em conta as palavras do capitão e analisarmos os números, na 2ª parte, onde os Celtics se aplicaram para venceram o jogo, sofreram menos 15 pontos que na 1ª parte, inclusivé tendo apenas sofrido 13p no 3º período. Elucidativo não ?

Quanto aos Bulls, não creio que terão tanta facilidade na obtenção de pontos como contra os Bucks: não acredito que acabem com 6 jogadores na casa dos dois dígitos em pontos, ou que cheguem à dezena de ressaltos ofensivos. Além disto, como se dará uma equipa jovem (Rose, Deng, Gordon, Noah, Thomas, Sefalosha) numa ambiente como o de TD Banknorth Garden ? Da lista que enunciei, dá-se destaque a Derick Rose que vai enfrentar o 1º desafio fora de Chicago...aguardemos.

Para este jogo, ambas as "franquias" vêm de dois dias de descanso (ainda que Chicago tenha feito viagem), mas o que há a apontar é que em ambas as situações se trata de um primeiro jogo antes de um b2b game (com viagem), ou seja, mesmo sendo início de época, haverá algum controlo de fadiga (vêm aí jogos "grandes" para ambos os casos).

A nível de ausências, haverá apenas a registar a ausência do experiente L. Hughes nos Bulls, já que D. Rose e T. Thomas são dados como "probable for Friday's game against Boston"

Em suma: um maior empenho defensivo dos Celtics, uma maior dificuldade dos Bulls em alcançar pontos perante uma equipa claramente superior aos Bucks, aliados à juventude dos Bulls (principalmente do seu base), ser um jogo antes de um b2b game em ambos os casos, bem como a ausência de um jogador experiente pela equipa visitante, faz-me acreditar num:

:arrow: Menos de 190 pontos a 1,95 € @ bet365


80-96

Registo:

Apostas Unders: 2-1

+0,86 unidades



Vince_Carter

  • HighRoller
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    8287
    Pts Tipsr:
    128
em: 12 de Novembro de 2008, 22:32
Golden State Warriors @ Memphis Grizzlies

Mexer num jogo entre uma equipa "louca" e outra com baixas expectativas, não me parece o melhor "prato"...mas vamos lá!

Hoje, o FedExForum recebe duas equipas com iguais registos: 1 vitória e 2 derrotas, sendo que os triunfos foram conquistados em iguais condições, às que se verificam hoje: os Grizzlies ganharam o seu único jogo em casa (contra os Magic) e os Warriors fora (na última "jornada", em New Jersey).

Neste sentido, esta noite, podemos ter duas equipas altamente motivadas, para um jogo, onde as condições lhes são favoráveis. Prova deste sentimento são as declarações de Stephen Jackson após a vitória sobre os Nets ("It's good to get the first one out of the way. It feels good to have a new team, a young team and to get this out of the way.") ou de Rudy Gay, após a vitória sobre os Magic (“I feel like our whole team grew up. Darrell is growing every game. He is a great player who gives us what we need. Marc Gasol played great defense on Dwight. Hakim came in and gave us energy. Kyle came in and was thinking the game as the point guard is supposed to do. We are definitely growing as a team.”).

A este clima de exaltação, junta-se um melhoramento das performances das duas equipas. Neste início de época, e analisando os três jogos de ambas as equipas, denotamos algumas melhorias: por exemplo, os Warriors têm aumentado em todos os jogos o número de ressaltos: (50, 57, 63) ou então o aumento sucessivo das percentagens de lançamentos dos Grizzlies (38.3%, 39.5%, 42.7%).

No sentido em que estou a orientar a minha análise, os dados da enorme apetência dos Warriors para marcar pontos (média de 105.3) e também para os sofrer (105.7) são deveras importantes; além disto também é de registar o máximo de pontos de época dos Grizzlies, registado precisamente em casa (86, tal como no único jogo em Chicago).

Além destes dados estatísticos, gostaria, também, de aqui deixar as linhas de pontos da época passada: 224.5, 229.5 e 230; ora bem, esta noite a linha está bem mais baixa: 195.

Tudo bem que B. Davis saiu dos Warriors, mas o run and gun ainda está lá. Tudo bem que a equipa dos Grizzlies sofreu grandes transformações, mas a equipa é jovem, dinâmica onde a correria também é constante (no ano passado, com o mesmo treinador, 39% dos ataques ocorriam entre os 0 e os 10s). E neste jogo, estou a ver os jovens jogadores de Memphis a serem contagiados pela correria dos Warriors.

Haverá razões para uma linha tão baixa ? Reconheço que as linhas do ano passado podem ser exageradas para esta altura da época, mas chegam a ser 30 pontos de diferença...um absurdo na minha maneira de ver.

A nível de deslocações/cansaço, não se verifica um b2b game para nenhuma das situações; ainda assim há que dizer que é o 3º jogo on Road para os Warriors em 4 dias (Toronto-New Jersey-Memphis) e que os Grizzlies jogaram à 2 dias em Chicago.

À parte da já esperada ausência de Monta Ellis, ambas as "franquias" estão a 100% para enfrentar este jogo, que espero rápido, louco, agradável de se ver e com bastantes pontos.

:arrow: Mais de 196 pontos a 1,95€ @ Bet365

79-90

Registo:

Apostas Unders: 2-1
Apostas Overs: 0-1

-0,14 unidades



Vince_Carter

  • HighRoller
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    8287
    Pts Tipsr:
    128
em: 12 de Novembro de 2008, 22:35
Sacramento Kings @ Philadelphia 76ers

O meu registo, ao nível de ATS, não foi o melhor o ano passado; ainda assim acho que está aqui uma oportunidade de lucro. Ora vejamos.

Philadelphia, um dos fortes candidatos ao título do Este deste ano, entrou na época a desiludir; por não estarem habituados à posição de "favorito" ou por pouca "química" entre os seus jogadores, o que é certo é que uma equipa com o roster dos 76'ers têm que produzir muito mais; e, em 3 jogos, já leva duas derrotas (Raptors e Hawks) e apenas uma vitória (Knicks);

Contudo, concentremo-nos no último jogo. Em Atlanta, os 76'ers desiludiram por demais: a ganharam por 23 a meio do 2º quarto e por 9 no início do 4º quarto, adormeceram no quarto decisivo, marcando apenas 13 pontos, contra 29 dos Hawks: resultado ? 95-88 depois de terem conseguido uma vantagem de duas dezenas. É claro que, perante tamanho descalabro, o treinador dos Sixers tenha reagido mal: "This is a disappointing loss, no question about it, and not because we were up 23 in the first half. It's more about how we finished the game which was real disappointing.".

Hoje, os Sixers voltam a casa, e perante o seu público, quererão, e terão, que fazer muito melhor figura. E mesmo que se apanhem com uma vantagem muito grande, não irão adormecer....digo eu

Do outro lado, temos uma equipa que está a corresponder às expectativas: Sacramento leva 3 derrotas noutros tantos jogos, tendo perdido em 2 deles por valores quase humilhantes: 26 contra os Heat e 18 contra os Magic. Por estes números bem que nos podemos aperceber das fragilidades dos Kings.

Falando do último jogo, fico algo perplexo com um dado estatístico: ora temos 103 pontos dos Kings a que equivalem 52.7% de percentagem de lançamento, facto elogiado pelo treinador, Reggie Theus. Mas agora eu pergunto: mesmo a lançar tão bem, como é possível perder um jogo? E por tanta diferença? Pois...a resposta está na defesa, principalmente, no frontcourt: Brad Miller está suspendo por 5 jogos e os seus substitutos são o sophomore Spencer Hawes e o rookie Jason Thompson, ou seja, dois jogadores bastante inexperientes, que estão a permitir 46.7 ppj aos adversários in the paint, que se traduz no 3º pior registo da liga.

Ora, se pensarmos quem são os jogadores interiores dos Sixers, podemos prever uma vantagem brutalíssima da equipa da casa, nesta área da "quadra": Dalembert e Brand poderão muito bem cilindrar Spencer Hawes, Jason Thompson e mesmo Mikki Moore, que iniciou esta época com uma pior prestação defensiva, em relação à época anterior.

Outro factor que pode ajudar os Sixers esta noite é o facto de os Kings irem para o seu 4º jogo on road em 6 dias: Minessota, Miami, Orlando e Philadelphia, ou seja, fizeram o EUA de Norte a Sul 2 vezes, em pouco dias.

A nível de ausências, além do já citado B. Miller, os Kings ainda vão sentir falta de F. Garcia, um dos jogadores importantes da época passada; nos Sixers, o ausente é Jason Smith, jogador bem menos influente no roster.

Em suma: os Sixers querem apagar a imagem do último jogo; os Kings têm sofrido derrotas bem pesadas; os Kings estão sem jogadores importantes no jogo interior, posição onde os Sixers têm excelentes jogadores.

Conclusão ?

:arrow: Philadelphia 76'ers -12.0 a 1,95€ @ Bet365



91-125

Registo:

Apostas Unders: 2-1
Apostas Overs: 0-1
Apostas ATS: 1-0

+0,81 unidades



Vince_Carter

  • HighRoller
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    8287
    Pts Tipsr:
    128
em: 12 de Novembro de 2008, 22:37
Dallas Mavericks @ San Antonio Spurs

Se de futebol se tratasse, diria que este jogo é um dos "derbies" mais quentes da liga. Duas das mais fortes equipas da NBA, defrontam-se hoje no AT&T Center, Texas.

Com excelentes praticantes da modalidade, ambas as equipas não têm provado o seu favoritismo em campo: os Mavs iniciaram esta época com uma vitória "curta" sobre os débeis Wolves e na última noite perderam contra os Cavs; do outro lado, o cenário ainda é pior: os Spurs vão com 0-2, com derrota em casa com os Suns e em Portland.

Conhecendo-se bem, como é atestado pelas declarações do Rick Carlisle (treinador dos Mavs), "They're desperate for a win. There's no time for us to mope", acredito que esta noite tenhamos um jogo renhido, onde cada lance será encarado com bastante concentração.

Outras razões que me levam a acreditar num jogo pausado, prendem-se com algumas situações facilmente observáveis: os Spurs desde há muito se assumem como uma equipa defensiva, com bastantes cautelas ofensivas, onde a experiência/veterania da maior parte dos seus jogadores não permite grandes "correrias"; a este factor junta-se o facto de Manu Ginobili estar ausente deste jogo (e até Dezembro), ele que é o jogador mais endiabrado dos Spurs; o facto de Dirk Nowitzki ter lançado a 28% no último jogo, leva-me a crer que ele faça uma melhor leitura dos seus lançamentos, forçando menos ou pelo menos lançando menos; acredito igualmente num maior empenho defensivo dos Mavs, que devem estar "escaldados" com os 13-0 que sofreram logo no início do 4º período contra os Cavs, que os deixou fora do jogo.

Além disto, trata-se um b2b para os Mavs, e trata-se de um "pré-b2b" para os Spurs, que amanha se deslocam até Minessota.

A título de curiosidade, 3 em cada 4 jogos das últimas 3 épocas deram Under.

Creio que já se percebeu a minha ideia para este jogo.

:arrow: Menos de 187 pontos a 1,95 € Bet365

98-81

Registo:

Apostas Unders: 3-1
Apostas Overs: 0-1
Apostas ATS: 1-0

+1,76 unidades



Forum de Apostas

Re: Registo de Picks - Vince_Carter
« Responder #7 em: 12 de Novembro de 2008, 22:37 »

Vince_Carter

  • HighRoller
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    8287
    Pts Tipsr:
    128
em: 12 de Novembro de 2008, 22:39
Boston Celtics @ Oklahoma City Thunder

Como o espim já disse, a equipa de Boston não precisa de grandes apresentações: com um jogo assente no talento e experiência de 3 jogadores, conta sempre com mais algumas peças para ultrapassar os seus adversários.

Esta época vai com um registo de 3-1, com vitórias sobre Cleveland, Chicago e Houston (ontem à noite) e derrota inesperada em Indiana. Desta sequência destacam-se, sem dúvida, os últimos dois jogos: na derrota contra os Pacers, os Celtics estiveram muito aquém do que conseguem fazer, onde uma percentagem de 34.6% (27-78) de lançamentos de campo, 20% (4-20) de lançamentos de triplo, 60% (21-35) de lances livres ou 24 TO, deitaram por terra qualquer tentativa de ganhar o jogo. Contudo, ontem à noite redimiram-se com uma vitória segura sobre uma das mais poderosas equipas do Oeste: acabando o jogo em 103-99, passaram da pior percentagem de lançamentos da época para a melhor (51.9%), reduzindo o número de perdas de bola (16): "Definitely, it was a great win. We bounced back after our loss and executed down the stretch and got stops on defense."

Do outro lado temos os former Seattle SuperSonics que conseguiram, no último jogo, a sua primeira vitória oficial (88-85 contra os Wolves em casa), registando agora um 1-2 SU. Neste início, apesar da esperada dificuldade em vencer jogos, os Thunder têm demonstrado algumas melhorias relativamente à época passada, nomeadamente a nível defensivo: na temporada transacta, acabaram com um registo de 106.3 ppj no capítulo dos pontos permitidos aos adversários; esta época, nos três primeiros jogos, ainda nenhum adversário passou a barreira dos 100 pontos marcados, registando-se neste momento uma média de 90,7 pontos sofridos/jogo. Tudo bem que entre os adversários já defrontados temos os Wolves e o os Bucks, mas também temos os, já citados, Rockets, confronto onde os Thunder "apenas" sofreram 89 pontos, limitando as percentagens de lançamento a 36.4%.

Esta melhoria defensiva acarretou uma diminuição de pontos marcados, dado que a média deste ano (84 ppj) é inferior à da época passada (97.5 ppj): a título de exemplo, K. Durant passou de 20.3 ppj para 18.7 ppj. Significativo...

Como já se percebeu, os Celtics têm esta noite um b2b game, depois de um jogo intenso, onde as principais peças pouco descanso tiveram: K. Garnett jogou 36:28 minutos, R. Allen 35:06 e P. Pierce apenas descansou 03:32 minutos. Os Thunder vêm de duas noites de descanço, depois da última vitória em casa.

A nível estatístico, temos alguns dados curiosos: os Celtics têm o registo de 1-3 O/U, 0-3 O/U como favorito, enquanto que os Thunder têm 0-3 O/U, 0-1 como underdog e 0-2 O/U em jogos em casa.

De referir, que esta noite não se esperam ausência, por lesão, nos Celtics, enquanto que nos Thunder, Mouhamed Sene e Kyle Weaver aparecem como questionable e D.J. White não deve mesmo jogar.

Em suma, uns Celtics a praticaram o seu basquet (consistência defensiva, provada pela média de percentagem de lançamento dos seus adversários de 41.9% - 2º melhor registo da liga), num b2b game, contra uma equipa que melhorou a nível defensivo, parece-me um jogo com poucos pontos. Os dados O/U levam-me a ter mais confiança nesta pick.

:arrow: Menos de 182 pontos a 1,95€ @ Bet365

96-83

Registo:

Apostas Unders: 4-1
Apostas Overs: 0-1
Apostas ATS: 1-0

+2,71 unidades



Vince_Carter

  • HighRoller
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    8287
    Pts Tipsr:
    128
em: 12 de Novembro de 2008, 22:40
Charlotte Bobcats @ New York Knicks

1-2: este valor será ,provavelmente, a única semelhança entre entre estas duas equipas, ou seja, o actual registo SU.

Não querendo fazer aqui uma análise exaustiva de todas as dissemelhanças entre as duas "franquias", quero apenas aqui deixar um dado que irá de acordo à minha aposta: as linhas, deste início de época, de O/U dos Knicks foram de 209, 214.5 e 216, enquanto que a dos Bobcats foram 183, 188 e 180.5; ou seja, temos aqui uma análise completamente diferente, por parte dos bookies, daquilo que representam as duas equipas: por um lado temos uma equipa que, supostamente, consegue alta produção de pontos (a que se pode aliar uma menor consistência defensiva) e do outro, uma equipa com menor apetência ofensiva e maiores cuidados defensivos.

Ok, até aqui tudo bem: os Knicks contrataram um treinador "defensor" (ironia da nossa língua) do run and gun, que gosta que as suas equipas "gastem" pouco tempo no ataque. Mas analisemos o que tem sido este início de época dos Knicks: uma vitória contra os Heat, com um total de pontos de 235 pontos; no segundo e terceiro jogo, onde foram derrotados, New York marcou, respectivamente, 86 e 87 pontos respectivamente, com uma percentagem de lançamento de 34.6%. Nesses jogos, onde as linhas de pontuação eram altas, se houve equipa que justificasse o Over (deu Under nos dois) foram os seus adversários, e nunca os Knicks que sempre ficaram aquém da expectativa (esperar-se-ia algo à volta dos 100 pontos marcados).

Estará uma linha de 200 e poucos pontos adaptada a esta equipa dos Knicks ??

Do lado os Bobcats temos um "treinador-tipo" bastante diferente: Larry Brown, uma das "raposas velhas" desta liga, mais ligado ao basquetebol defensivo e apoiado, sem grandes correrias e loucuras. Neste sentido, Charlotte tem-se caracterizado pelas baixas pontuações (excepção do jogo contra Miami, onde chegou aos 100 pontos) e por arrasto, a jogos de Under: regista neste momento um 1-2 O/U, sendo que o Over foi num jogo contra os Pistons, onde perderam por 101-83, ou seja, foi Detroit a contribui para o Over, com uma alta pontuação.

A nível de calendário, os Knicks vêm de duas noites de descanso, depois do último jogo em casa; já os Bobcats tiveram apenas uma semana de descanso, após jogo em casa, igualmente.

A nível de ausências, Stephon Marbury não podia ser esquecido: ainda não jogou esta época, e foi colocado, há alguns dias, na lista de reservas absolutos por Mike D’Antoni, algo que criou uma mal estar ao presidente de operações, Donnie Walsh; Eddie Curry e Jared Jeffries também não jogam esta noite, pelos Knicks. Do lado dos Bobcats, Sean May está day-to-day, sendo assim a dúvida mais premente para este jogo.

Em conclusão: creio que a linha de pontos está extremamente elevada para aquilo que tem sido os últimos jogos das duas equipas, acreditando quem não serão atingidos os 205 pontos

:arrow: Menos de 205 pontos a 1,95€ @ Bet365

98-101

Registo:

Apostas Unders: 5-1
Apostas Overs: 0-1
Apostas ATS: 1-0

+3,66 unidades
« Última modificação: 12 de Novembro de 2008, 22:40 por Vince_Carter »



Vince_Carter

  • HighRoller
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    8287
    Pts Tipsr:
    128
em: 12 de Novembro de 2008, 22:42
Philadelphia 76'ers @ Orlando Magic

A frase inicial do Game Preview da NBA, sobre este jogo, é bastante elucidativa sobre o início de época dos Sixers e dos Magic: "Turning the ball over is a sure-fire way of guaranteeing failure in the NBA."; tem sido inacreditável o número de TO que ambas as equipas têm sofrido, bem como as grandes vantagens que têm desperdiçado; neste momento, os Sixers são a 5ª equipa que mais bolas perde, sem lançamento, por jogo (17.50), enquanto que os Magic são a 10ª (16.50), valores que contribuem, sem dúvida, para o actual registo SU de ambas as "franquias": 2-2.

Perante estes desempenhos, ambos os treinadores têm sido bastante críticos, como aliás se pode comprovar pelas declarações de S. Van Gundy (treinador dos Magic): "I guess we have to find somebody else to go to who will not turn the ball over" ou mesmo de Maurice Cheeks (treinador de Philadelphia): "In the first half we turned the ball over every chance we got." ou "We didn't make shots, we turned the ball over and they got a lot of layups."

A este cenário "caótico" aliam-se inícios menos positivos de época, por parte de alguns dos jogadores de cada equipa: temos Jameer Nelson e Hedo Turkoglu, dos Magic, que têm contribuído para este absurdo número de TO: o base, que vinha com o seu melhor ratio assistências/TO da época passada (2.72), este ano vai com 11 assistências e 7 perdas de bolas; o turco, além do elevado número de TO, também anda a lançar muito mal, cerca de 35.7% de lançamentos de campo; o treinador diz que: "His conditioning's not great. When he gets a little tired he doesn't want to do anything except jack up a jump shot.''

Nos 76'ers a principal desilusão tem sido A. Iguodala, que está a fazer, em média, metade dos pontos da época passada, ou mesmo A. Miller que têm lançado menos (o que se percebe, dada a inclusão de E. Brand na equipa).

Analisando os confrontos que já realizaram, encontramos 2 adversários em comum: Atlanta e Sacramento, e em ambos os casos o desfecho foi o mesmo (bem como os "números", que foram bem semelhantes). Contra Atlanta. ambos perderam, sendo os resultados de 88-95 e de 85-99, jogo onde as linhas estavam em 190 e 202.5 (deu Under em ambos); contra os Kings, ambos venceram, com resultados de 125-91 e 121-103, com linhas baixas de 199 e 198.5 (únicos Overs de ambas as duas equipas, na época)

Por estes dados, podemos dizer que se tratam de equipas bem semelhantes, onde até os pontos fortes são os mesmos: o frontcourt; D. Howard tem feito double-double em todos os jogos; contudo, ainda não encontrou oposição à sua altura; esta noite tem pela frente a poderosíssima dupla Brand-Dalembert, que com certeza vão dar água pela barba ao "Superman"; com o jogo interior tão congestionado, as equipas vão ser obrigadas a lançar de fora, onde a "pior" forma Iguodala ou Turkoglu poderão fazer descer a pontuação.

Não se esperando a ausência de nenhum jogador importante, apenas se regista o b2b dos Sixers (que ontem jogaram em Miami) e as duas noites de descanso dos Magic, depois da última vitória em casa, frente aos Bulls.

No registo O/U: o cenário é o seguinte: 1-3 para os Magic e para Sixers.

Fica ainda a nota que em jogos contra equipas com (relativo) bom frontcourt (se assim se pode dizer) ambas as equipas tiveram dificuldades em pontuar: os Sixers conta Toronto, marcaram 84 pontos, e em Atlanta, 88; já os Magic tiveram essa dificuldade frente aos Hawks, como já havia referido.

Perante estes dados, parece-me um jogo para poucos pontos, algo abaixo da linha apresentada pelos bookies.

:arrow: Menos de 192 pontos a 1,95 € Bet365

88-98

Registo:

Apostas Unders: 6-1
Apostas Overs: 0-1
Apostas ATS: 1-0

+4,61 unidades



Vince_Carter

  • HighRoller
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    8287
    Pts Tipsr:
    128
em: 12 de Novembro de 2008, 22:45
New Orleans Hornets @ Charlotte Bobcats

Vamos lá mudar o meu tipo de aposta.

Hoje, os former Charlotte Hornets (ainda se lembram ?) deslocam-se à sua antiga cidade, para defrontar os actuais Charlotte Bobcats.

Num excelente início de época, com três vitórias consecutivas (sobre Golden State, Phoenix e Cleveland), os Hornets foram surpreendidos, na "última jornada", em casa pelos Hawks: num jogo, onde apenas CP3 lutou contra a corrente (mais um double-double), todo o resto da equipa esteve abaixo das expectativas: os companheiros de Chris Paul lançaram a 39.2% (22-56), e na luta pela tabelas, foram simplesmente cilindrados por J. Smith e companhia, num total de 35 ressaltos contra 45 (de recordar que os Hornets foram a 8ª melhor equipa neste campo, na época passada, com 41,9 rpj); para Byron Scott, treinador da equipa do Louisiana, a equipa foi pouco agressiva, pouco competitiva: "They were more aggressive, more physical," "They took liberties against us and we took a step back because we accepted it.". Contudo há a referir que, tanto T. Chandler como Peja Stojakovic, não jogaram a 100%, eles que vinham de lesão; nesta noite, já se espera uma condição física bem superior.

Os Bobcats têm o registo SU inverso dos Hornets: 1-3. Derrota em Cleveland, vitória sobre os Heat, derrota com os Pistons, e por último, derrota em New York. Neste último jogo, Larry Brown, treinador de Charlotte, ficou algo incomodado, pois acreditava que poderia vencer a sua antiga equipa: "We missed a great opportunity to get a win on the road.": se por um lado a equipa esteve bem no capítulo ofensivo, com seis jogadores a atingir a dezena de pontos, lançando a 48.8%, o que é certo é que o número de TO valeu a derrota à equipa: 19 perdas de bola sem lançamento, que se transformaram em 25 pontos dos Knicks.

Outro factor preocupante para esta equipa é o número de minutos que o 5 inicial tem jogado: por exemplo, no último jogo, 4 dos principais jogadores jogaram mais que 40 minutos (G.Wallace, E.Okafor, R.Felton e J.Richardson), o 5º (J.Dudley) e 6º (D.Augustin) jogadores actuaram acima dos 20 minutos, sendo que os restantes não passaram dos 5 minutos em campo. Este dado leva-nos a perceber que o treinador pouco confia no seu banco, algo que em b2b games pode ser significativo (algo que não acontece hoje).

Junta-se ainda o fraco início de época do franchise player, J. Richardson, que, nos últimos dois jogos lançou 9-31, onde se incluem 0-7 da linha de 3 pontos; além disto, neste momento, os Bobcats são a 5ª equipa da NBA que melhor percentagem de lançamento permite aos seus adversários: 48.2%.

Ao nível de lesões, Sean Marks (Hornets) e Sean May (Bobcats) deverão ser ausentes. A nível de calendário ambas as equipas vêm de uma noite de descanso, com viagens: Hornets vêm de um jogo em casa e os Bobcats fizeram o seu jogo em New York.

A nível estatístico, referencio o seguinte dado: nas últimos 4 confrontos, New Orleans está 3-1 ATS frente aos Bobcats.

Em suma: New Orleans quer dar melhor imagem depois da última derrota em casa com os Hawks; como se tem visto, não têm tido problemas em vencer fora de casa (Golden State e Phoenix) e hoje terão duas peças importantes com melhor preparação física. Os Hawks não estão com um bom início de época, com a sua estrela abaixo das expectativas; além disso o banco não tem sido relevante para o desempenho da equipa, com sobrecarga de minutos para o 5 inicial.

Segundo isto:

:arrow: NO Hornets -8.0 a 1.95 @ Bet365

89-92

Registo:

Apostas Unders: 6-1
Apostas Overs: 0-1
Apostas ATS: 1-1

+3,61 unidades
« Última modificação: 12 de Novembro de 2008, 22:45 por Vince_Carter »



Vince_Carter

  • HighRoller
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    8287
    Pts Tipsr:
    128
em: 12 de Novembro de 2008, 22:47
New York Knicks @ Washington Wizards

Voltando aos O/U.

Há uns dias atrás, fui num Under num jogo dos Knicks. Contudo, hoje, acho que o cenário será diferente. Ora vejamos...

Numa análise antes do último jogo, contra os Bobcats, eu falava de um mau desempenho ofensivo, de péssimas percentagens de lançamento por parte dos Knicks: estas palavras eram comprováveis com dados estatísticos; contudo, e não querendo mudar a minha posição de um dia para o outro, apenas para poder ter argumentos que sustentem a minha pick, o que é certo é que neste mesmo último confronto, denotou-se uma melhoria da capacidade ofensiva, contra uma equipa que tinha bons argumentos defensivos: 49.4% de percentagem de lançamento de campo, onde se inclui 46.2% de lançamentos triplos...e até nos lançamentos livres tivemos uma noite "quase" perfeita: 92.9% (13-14).

Neste desempenho, Nate Robinson foi a grande estrela, ele que vindo do banco, em 12 minutos, registou 24 pontos. "When Nate gets going like that, he can lift the entire building with his energy,", comentou J. Crawford no final do jogo. Z.Randolph também teve um desempenho exemplar, com 25 pontos e 13 ressaltos.

Portanto, se esta apetência ofensiva se mantiver, os Knicks terão dias mais risonhos, ainda que no capítulo defensivo, os problemas se mantenham: são a 5ª equipa que mais pontos permite aos adversários, 105.75 ppj.

Do outro lado, a ausência de G. Arenas tem-se sentido: os Wizards estão com 0-3 SU, a que se junta uma inaptidão para manter vantagens conquistadas, dado que em todos os 3 jogos disputados, chegaram à frente ao intervalo, e acabaram por perder: por exemplo, no último jogo, conseguiram perder o jogo para os Bucks (em overtime), depois de estarem a ganhar por 6 ao intervalo, e por 12 no início do 4º período; no final do jogo, onde Washington cometeu o maior número de TO da época, Eddie Jordan (treinador dos Wizards) quase que explodiu: "I'm trying to be loyal to NBA vets and the continuity theme, (but) I'm growing very impatient with it,"; tal irritação já tinha sido sentida depois da derrota com os Pistons, onde a ira recaiu sobre Andray Blatche: "You give guys a chance and the opportunity is there for them. If you give great effort, you get the benefit of the doubt. If there’s not enough effort there and not enough sincere play, you are not going to play,".

Ainda que a nível ofensivo os Wizards vão "cumprindo" (85 pontos contra os Nets foi o pior registo, ao pé dos 109 em Detroit e 104 em Milwaukee), - de destacar a evolução de Nick Young, que duplica, neste momento, a pontuação do ano passado - a nível defensivo, sofrem dos mesmo problemas que os Knicks: permitiram aos Pistons 53.2% de lançamentos de campo e 49.5% aos Bucks, que jogaram sem o franchise player Michael Redd).

Com uma noite de descanso depois do último jogo, para as duas equipas, regista-se a ausência de algumas figuras. G. Arenas e Haywood, falharão este jogo, a que se junta a dúvida E. Thomas: no caso de falhar o jogo, não devemos ficar espantados se E. Jordan colocar o rookie JaVale McGee no lugar do visado A. Blatche. Pelo lado dos Knicks não é certa a presença de E. Curry; já J. Jefrries verá o jogo "da bancada"; Marbury estará fora de certeza: já agora, a nível de curiosidade, segundo o Daily News, Marbury não renovou os bilhetes de época (cerca de $1M) do Madison Square Garden, algo que indica que ele deve estar de saída.

A nível do registo O/U, só o de Washington contribui para ter mais confiança nesta pick (2-1), dado que os Knicks vão com 1-3 neste capítulo. Contudo, há a registar que os últimos três confrontos destas duas equipas deram Over.

Em resumo: duas equipas "run-and-gun", com pouca tendência para defender, a que se junta um ânimo dos Knicks perante a última derrota, e uma vontade dos Wizards em vencer o seu primeiro jogo da época perante os seus adeptos:

  :arrow: Mais de 210 pontos a 1,95€ @ Bet365

114-108

Registo:

Apostas Unders: 6-1
Apostas Overs: 1-1
Apostas ATS: 1-1

+4,56 unidades



Vince_Carter

  • HighRoller
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    8287
    Pts Tipsr:
    128
em: 12 de Novembro de 2008, 22:48
Houston Rockets @ LA Clippers

Jogo de raiva. São as primeiras palavras que me vêm a cabeça quando olho para este jogo. "Bora" lá analisar...

Houston, com um 5 inicial de encher o olho, iniciou esta época com 3 vitórias por margens (em média) de 11 pontos: ganhou por 11 aos Grizzlies, por 10 em Dallas e por 12 aos Thunder. O que é certo é que depois desta entrada de rompante, os Rockets sofreram 2 derrotas "pesadas"; digo pesadas pelo significado que tiveram: em casa foram superiorizados pelos campeões Celtics, naquele que foi o 1º grande embate da época; a 2ª derrota foi ontem, em Portland, onde perderam o jogo a 0.8 segundos do fim do jogo, com um fantástico triplo de B. Roy. Nestes cenários, tivemos um jogador que esteve verdadeiramente mal, assumindo que "Probably one of my worst games of all time'': estas foram as palavras de Y. Ming, depois do jogo contra os Celtics, onde marcou 8 pontos (4-14) e fez apenas 7 ressaltos. O que é certo é que dois dias depois (ontem), Yao voltou a desiludir, marcando 13 pontos e conquistado 6 ressaltos, em conjunto com R. Artest que se ficou pelos 9 pontos e 3 ressaltos.

Conhecendo os jogadores dos Rockets, acredito que queiram, por tudo, apagar a má imagem dos últimos jogos: têm jogadores experientes, raçudos, talentosos, que vão partir para cima dos Clippers com tudo, prontos a darem a volta aos acontecimentos. Que fique aqui registado as palavras de R. Alston: "We have to move on. "We have a schedule to be played.". Ou seja: o que se passou já lá vai, vamos pensar em ganhar o próximo jogo.

Os Clippers começaram esta época de derrota em derrota: 0-5 é o actual registo da equipa, com diferenças, em média, de quase 21 pontos. Explicações para este registo? Até agora os Clippers só apanharam top teams: 2 vezes os Lakers, 2 vezes os Jazz e os Nuggets, facto comentado por T. Thomas: “It doesn’t get any easier.”; além disto, só no último jogo é que Mike Dunleavy teve oportunidade de começar o jogo com o 5 inicial, idealizado durante a pré-temporada: Davis, Cuttino Mobley, Al Thornton, Chris Kaman e Marcus Camby; ele acredita que "Once we get our guys conditioned and begin to tough it out, then we will win games,”; é certo que acabaram por ter uma derrota pesada (novamente), mas a 7:48 do fim, os Clippers venciam 81-80, altura em que B. Davis teve que ir para o banco, por ter atingido a 5ª falta: "When Baron got his fifth foul, it seemed like we were real stagnant after that,"; o que é certo é que com este acontecimento, os Lakers marcaram 22 pontos sem resposta, ganhando folgadamente o jogo.

Mais bem preparados fisicamente (principalmente Davis e Camby), acredito que os Clippers dêem, hoje, uma boa réplica aos Rockets, mantendo-se na disputa do jogo, até ao último minuto.

Como já havia escrito, Houston vem para um b2b game, preparando-se depois para jogar novamente em LA, contra os Lakers, para ir a Phoenix e por último a San Antonio, antes de voltar a "casa", para jogar com os Hornets. Os Clippers vêm de uma noite de descanso depois do jogo com os vizinhos Lakers.

A nível de ausências, Shane Battier e Steve Francis devem ser os ausentes dos Rockets (ainda não jogaram este ano), enquanto que do lado dos Clippers está tudo operacional.

Neste cenário: de fúria dos Rockets, prontos a darem a volta aos acontecimentos, para entraram em alta num ciclo de jogos difíceis; e de total disponibilidade dos roster dos Clippers, acredito num jogo, com um número de pontos superior às linhas estabelecidas pelos bookies.

:arrow: Mais de 181.5 pontos a 1,95 € @ Bet365

92-83

Registo:

Apostas Unders: 6-1
Apostas Overs: 1-2
Apostas ATS: 1-1

+3,56 unidades



Vince_Carter

  • HighRoller
  • V
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2007
  • Localidade: Viseu
  • Mensagens:
    8287
    Pts Tipsr:
    128
em: 12 de Novembro de 2008, 22:50
Toronto Raptors @ Atlanta Hawks

O ric já avançou com esta aposta, mas como só indicou como tip, senti-me "forçado" a explicar o porquê desta aposta.

Estamos na presença de duas equipas com excelente início de época, sendo que no caso dos Hawks é uma das quatro equipas que ainda não perdeu qualquer jogo, a par de Lakers, Jazz e Pistons.

E se pensarmos nas circunstâncias de cada equipa, então ainda podemos ficar mais admirados com este começo.

Os Raptors têm apenas 13 jogadores no seu roster, sendo quatro deles, ou rookies ou sophomores; é certo que alguns dos jogadores têm sido forçado a jogar em média, 40 minutos, mas é de louvar que uma equipa tão "curta" esteja a fazer este início de época: 3-1 SU. Os Raptors já levam vitórias em Philadelphia, em Milwaukee e frente aos Warriors e apenas no último jogo foram derrotados pelos Pistons, que mesmo sem Billups, jogaram muito bem.

A nível de desempenhos individuais, tem-se destacado C. Bosh com 26p e 10.8r em média por jogo; por outro lado J. O'neal ainda não entrou bem no "espírito": "I knew it was going to be a process but I didn't know I was going to be four games in and still looking for my rhythm,"; contudo, vê-se que está empenhado em melhorar a sua performance: "You want to do well, you want to dominate at your position, it just really hasn't worked out for me yet."; além destas palavras, li que o jogador tem revisto os jogos da equipa, de maneira a perceber melhor os "mecanismos". Dá para perceber o empenho...

A nível estatístico, têm marcado, em média, 93.0 pontos por jogo e sofrido à volta dos 85.5 pontos.

O caso dos Hawks é ainda mais surpreendente: fazendo parte do grupo de equipas que ainda não perderam esta época, é a única que na época passada acabou com record negativo (37-45). Se nos playoffs já tinham demonstrado algum do seu valor (ao obrigar os Celtics a 7º jogo), neste início de época estão a "abrir o livro". "That just shows the maturity of the program. The players have another year under their belts. ... I just think it's the growth process of us playing another year and knowing how to win on the road.": estas são as palavras de J. Smith que tem sido o mentor, acompanhado do líder J. Johnson (quem tem lido as notícias, percebe o porquê do negrito); para quem não tem acompanhado, eu explico: houve um "scout" que , anonimamente, comentou que J. Johnson jamais poderia ser um verdadeiro líder; ora bem, se um jogador com os números de JJ, respeitado por todos os seus colegas e treinadores, não é líder, então quem será ? Ora vejam as reacções de M. Williams a esta polémica: When you say something like that you would hope it would be anonymous. I mean, how can you take that seriously? That dude must not have watched any of our games the past few years. Anybody who has seen us knows that Joe is an absolute beast. Go ahead and fall asleep on Joe and he’ll give you 30 (points) before you know it.”. Hilariante...

Passando à frente, os Hawks ainda só encontraram top teams: venceram em Orlando, derrotaram os Sixers, e foram a New Orleans espantar meio mundo: sob a batuta do líder, limitaram os Hornets (uma das equipas com mais pontos por jogo em toda a liga) a ridículos 79 pontos, dominando igualmente na luta pelas tabelas (ainda que T. Chandler não tenha jogado).

A nível estatístico, os Hawks vão com 95.0 pontos de média, e 88.0 pontos sofridos.

No que toca a calendário temos duas equipas com uma noite de descanso, com viagem. A nível de ausências, não se espera que nenhum jogador "importante" falhe este jogo.

Analisando agora a linha de pontos: 182. Atlanta até agora tem um registo O/U de 0-3, mas com linhas de jogo de 202.5, 190 e 192.5, ou seja, linhas bem mais altas que as de hoje; por outro lado, temos Toronto com 0-2 O/U, como underdog/road games, para linhas de 187.5 e 190.

Não estarão as linhas de hoje influenciadas pelos os últimos resultados ? Ou seja, não terão os bookies baixado em muito as linhas, de maneira a equilibrar o mercado ? Eu creio que sim.

Como tal:

:arrow: Mais de 182 pontos a 1,97€ @ Pinnacle


92-110

Registo:

Apostas Unders: 6-1
Apostas Overs: 2-2
Apostas ATS: 1-1

+4,53 unidades




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas e Prognósticos / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions / Melhores Cassinos Online Brasil / Mejores Casinos Online de América Latina