Autor Tópico: [Brasileirão - Série A - 28ª Rodada] Corinthians vs Santos 26.10 21:00  (Lida 38 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Ricardo Matos

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2012
  • Localidade: Coimbra
  • Mensagens:
    33569
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    756
AKA Spinosa
AG Brasil: http://www.apostaganhabr.com/



iaguet

  • Milionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Ago 2012
  • Localidade:
  • Mensagens:
    1056
  • Nacionalidade: br
  • Pts Tipsr:
    568
Brasileirão - Série A - 28ª Rodada
Corinthians vs Santos
26.10 21:00

O jogo:
Um dos clássicos mais antigos do Brasil abre a vigésima oitava rodada do campeonato brasileiro, Corinthians recebe o Santos em sua arena em um jogo que olhando a primeira vista e a tabela parecia de alta qualidade dado que ambas equipes estão em boa situação disputando uma vaga na Libertadores do ano que vem. Porém, ambos não carregam a confiança e expectativa que tiveram em outros momentos da temporada com seus torcedores, estes somente torcem para que a classificação para o torneio Continental seja alcançada da maneira mais rápida possível evitando grandes sofrimentos na etapa final do campeonato. Outro ponto interessante da partida é que marca o encontro entre dois dos quatro técnicos que não foram substituídos durante as vinte e sete rodadas de competição, muito por terem grande prestígio dado suas conquistas recentes, mas também por conseguirem até que um bom aproveitamento com um elenco até que limitado se comparado aos seus concorrentes mais próximos.Neste ano, as equipes nas se enfrentaram cinco vezes, sendo três vezes pelo campeonato paulista, uma pelo Brasileirão e outro na pré-temporada, nestes foram duas vitórias santistas, uma corintiana e dois empates, apesar da eliminação na semi-final, a sensação é que a equipe de Sampaoli conseguiu ser muito superior aos paulistanos e a dúvida é se manterá essa superioridade na Arena ou irá se retrair como nas últimas vezes fora de casa. Porém, na minha visão a maior certeza é de uma partida com poucos gols, das cinco que aconteceu somente uma teve mais de dois gols e dado as últimas partidas, como também necessidade de resultado vejo as duas equipes mais cautelosas neste sábado.

Corinthians:
O Timão deve ir a campo contra o Santos com: Cássio, Michel Macedo, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf e Júnior Urso (Sornoza); Pedrinho, Mateus Vital e Janderson (Clayson); Gustagol (Love).
Denominado como "futebol que ninguém quer ver" Carille tentou sair deste estigma nas últimas partidas ao buscar uma equipe mais ofensiva e fugindo de suas principais características que levaram aos três títulos conquistados nos três anos que serviu o Corinthians. O resultado não poderia ter sido pior, em sua "estreia" tática contra o Goiás no Serra Dourada, a equipe  com sete mudanças comparadas a escalação anterior e logo deu para perceber as diferenças em campo, com um time mais veloz e vertical, o Corinthians conseguiu o primeiro gol com um contra-ataque de cartilha, que já deveria ser muito bem ensaiado por Carille muito antes das mudanças para esta partida começar. Só que mesmo dominando a partida, viu a estrela do melhor jogador adversário brilhar ao acertar um chute no ângulo, com o placar igualado e sem a mesma fluidez no segundo tempo, viu os mandantes crescerem na partida e marcarem a virada, por fim saiu premiado por um gol em um pênalti duvidoso marcado, mas as dúvidas sobre o equilíbrio permaneceram. Voltando para o Itaquerão, a expectativa era de não entregar pontos para o baqueado Cruzeiro, com formação semelhante ao empate a equipe sofria de erros de passe e intensidade nos contra ataques, não sabendo aproveitar os possíveis erros adversários, depois do gol marcado novamente uma queda de produção, de novo sofrendo a virada viu um visitante melhor compactado e não conseguiu salvar o empate como havia feito no meio de semana.

Santos:
Um provável Santos para o clássico tem Everson; Pará, Gustavo Henrique, Luan Peres (Felipe Aguilar) e Jorge; Diego Pituca, Carlos Sánchez e Evandro (Alison ou Jean Mota); Tailson (Marinho), Eduardo Sasha e Soteldo.
Parecia que a paz tinha retornado a Vila Belmiro, o Santos acumulava seis jogos sem perder e apesar de não ter se aproximado do líder Flamengo (muito em virtude da eficiência dos cariocas), tinha conseguido uma boa sequência. No entanto, a última partida contra o Atlético-MG aparentemente evidenciou todos os problemas crônicos que a equipe sofre, mostrando que a evolução foi tímida neste período e que está longe de sua melhor fase há dois, três meses. Isto porque logo no primeiro minuto de partida houve falha de marcação que resultou em gol dos mandantes, as alterações táticas que buscavam o Santos em situação mais ofensiva falharam, deixando o Santos ainda mais desorganizado no gramado e com o meio campo congestionado pelos mineiros, o Santos tinha muitas dificuldades para criar e não tinha uma reposição rápida suficiente depois de perder a bola. Assim, o Santos viu a vantagem do adversário ser ampliada e mesmo retornando para uma formação mais "tradicional" pouco conseguiu produzir para mudar o resultado final. A dúvida que existe é como Sampaoli irá reagir a esta derrota, a torcida começa a criticar o constante rodízio das escalações, assim como a permanência de Everson como titular em preferência a Vanderlei, a não utilização de Lucas Verissímo na lateral garante uma equipe mais ofensiva, mas a utilização de Pará em seu lugar garante mais equilíbrio que o antigo capitão Victor Ferraz, assim não vejo o Santos martelando o Corinthians como aconteceu em alguns dos confrontos deste ano, porém vejo Sampaoli mais contido neste sábado e preferindo explorar os erros adversários.

Conclusão:
Já é de longa data a preferência de Carille por uma postura defensiva que dê resultados, do que uma postura ofensiva que não apresente desempenho. Não a toa, até a poucas rodadas a equipe era uma das melhores defesas do campeonato, com a tentativa de mudança do treinador perdeu o posto, assim como a quarta posição para o São Paulo. No entanto, não vejo porque continuar nesta empreitada correndo ainda mais riscos com a classificação para Libertadores, declaradamente objetivo da temporada desde início do returno. Do outro lado, o Santos não quer cair em outra "crise" depois de mostrar força novamente, apesar de ser considerado um técnico ofensivo, nos últimos dez jogos a equipe de Sampaoli teve média menor de dois gols por partida. Assim, com a tensão de um clássico e times necessitando da vitória, mas temendo ainda mais a derrota vejo um jogo com poucos gols como já está habitual para as duas equipes.

Minha pick é: Menos de 2,5 gols 1,51 @ Suprabets




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions