Autor Tópico: [Liga NOS - 7ª Jornada] Benfica vs FC. Porto 07.10 17:30  (Lida 204 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Ricardo Matos

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2012
  • Localidade: Coimbra
  • Mensagens:
    33375
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    756

Lista de Análises e Previsões/Prognósticos
« Última modificação: 03 de Outubro de 2018, 17:32 por Ricardo Matos »
AKA Spinosa
AG Brasil: http://www.apostaganhabr.com/



Duarte Pinto

  • Milionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2017
  • Localidade: Viana do Castelo
  • Mensagens:
    1143
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    239
  • Banido!
em: 06 de Outubro de 2018, 03:16
7ª Jornada da LIGA NOS
Benfica vs FC Porto
Estádio da Luz 07/10 17:30
Benfica vs FC Porto: FC Porto (0) handicap asiático @2.16 na ESC Online: Stake 10 unidades

Este é daqueles jogos que todos falam, todos dão a sua opinião, ou não fosse por ventura o maior clássico do futebol português. É certo que existe o duelo Benfica Sporting, mas neste caso falamos até de uma rivalidade norte sul, o que apimenta ainda mais o clássico.
Benfica e FC Porto estão separados apenas por 1 ponto, com vantagem para os dragões. Ambas equipas chegam a este jogo sem se apresentarem no seu melhor momento de forma, mas com tendências diferentes. O FC Porto vem em crescendo, enquanto o Benfica atravessa uma fase de menor fulgor, tendo em conta o futebol que já apresentou esta temporada. Um jogo que poderá valer bem mais que 3 pontos, na luta pelo título.

Benfica - problemas para Rui Vitória resolver

É indissociável falar deste clássico sem o nome de Rui Vitória, um treinador que para muitos adeptos nunca foi consensual, e que agora tem perdido popularidade, sobretudo depois da dupla "injeção" que o universo benfiquista levou, na temporada passada. A primeira decepção foi a escrita do nome do Benfica como o pior desempenho de um clube português na Liga dos Campeões. Ao todo as águias somaram 0 pontos. Se muitos adeptos não "perdoam" esse registo a Rui Vitória, outros relativizaram, uma vez que o campeonato era o principal objetivo. Mas, até esses viram, uns meses depois o Benfica ser ultrapassado na reta da meta, e logo pelo rival FC Porto. A forma pouco audaz como o Benfica jogou nesse jogo não foi caso único, mas nessa noite as consequências foram, no mínimo, marcantes.

Assim, fica muito difícil não falar muito do técnico das águias, ainda por cima quando tem um registo nada animador, em confrontos com o FC Porto:

- Como técnico do Benfica jogou 6 jogos, somando 0 vitórias, 3 empates e 3 derrotas. Destes jogos realizou 3 no Estádio da Luz, onde venceu 0, empatou 1 e perdeu 2. O saldo é muito negativo.
- Se analisarmos o total de jogos, na carreira de Rui Vitória defrontou o FC Porto em 19 jogos, perdeu 12 e empatou 7.


Ou seja, apesar dos treinadores nem serem os principais protagonistas, Rui Vitória tem todas estas particularidades agregadas ao seu percurso que para quem valorize muito a estatística não serão factos muito animadores, para os adeptos do Benfica.

Mas há um problema central, e esse dentro das 4 linhas, que poderá ser decisivo neste clássico. O Benfica não tem Jardel, o líder da defesa encarnada, e ainda o seu substituto natural, Conti que foi expulso no último jogo. Assim, mais uma dor de cabeça para Rui Vitória resolver. Lema é, atualmente o 4º central na hierarquia do Benfica, mas a verdade é que não jogou ainda qualquer jogo oficial. Na verdade, a dupla Jardel/ Rúben Dias manteve-se sempre ao longo de grande parte dos jogos, pelo que Conti ainda teve alguns minutos, mas Lema não. Ou seja, rotinas com Rúben Dias dificilmente existirão, e no controlo à profundidade, a uma equipa como o FC Porto, esta dupla de centrais deverá ter muitos problemas nesse sentido. Há ainda a possibilidade de Samaris ser o central improvisado, e que até já chegou a dar boa conta do recado, em anos anteriores. Mas até mesmo o grego não tem sido opção para Rui Vitória. Por fim há a possibilidade de Ferro poder estrear-se, mas poderia ser um grande risco deitar um jovem "às feras", com todas as implicações que isso poderia ter no futuro próximo do jogador.

O momento fulgurante, com que o Benfica iniciou a época, já o tinha dito que estava muito relacionado com a preparação mais adiantada que teve, por começara época mais cedo. Essa diferença de ritmo era por de mais evidente, em grande parte dos jogos, mas seria preciso perceber, contra adversários mais cotados se realmente seria um Benfica tão forte. Veio o jogo com o Sporting, e apesar da diferença de ritmo ser significativa, as águias não foram além de um empate a uma bola. Depois, no teste com o Bayern de Munique viu-se um Benfica quase resignado, tal a diferença qualitativa entre as duas equipas. Por fim, em Chaves, uma deslocação sempre complicada, o Benfica voltou a ceder, agora num empate a duas bolas. Mesmo no jogo com o AEK, a permeabilidade defensiva foi gritante, apesar de ter a atenuante de jogar toda essa parte em inferioridade numérica.

Em síntese, um Benfica que já na sua máxima força não tem uma defesa muito segura, na minha leitura, uma vez que Grimaldo tem dificuldades no plano defensivo, e mesmo a dupla de centrais, apesar de muito forte no jogo aéreo, tem dificuldades quando encontram mobilidade e ataques mais criativos. Não será fácil o Benfica acabar este jogo com a sua baliza inviolável.

FC Porto - a ganhar enquanto arruma a casa

Ainda não é o FC Porto intenso e dinâmico da época passada, é certo. Mas, a verdade é que a saída de Marcano, deveria ser colmatada por Mbemba, mas o ex Newcastle lesionou-se com gravidade, e o FC Porto sentiu muito a falta de um parceiro de qualidade para emparelhar com Felipe. Também a ausência de Danilo, por si só, retira muita capacidade cerebral ao FC Porto, no plano defensivo, uma vez que nem Herrera nem Sérgio Oliveira têm a cultura tática do internacional português, nem tão pouco a capacidade de encostar nos centrais quando é preciso.

Nesse período, o FC Porto esteve naturalmente mais permeável defensivamente, e mesmo na frente, o caso Marega tirava muito de uma importante arma que foi mortífera na época passada: o ataque à profundidade. A juntar a tudo isto a lesão de Tiquinho Soares retirou também capacidade na finalização. Tudo somado, o FC Porto andou descaracterizado, mais instável, mas tudo isso foi sendo superado com a reentrada de Danilo e também de Militão. Com estes dois jogadores, o FC Porto voltou a ser uma equipa muito mais fiável defensivamente, e não é por acaso que os dragões não sofreram qualquer golo nos últimos três jogos.

Em suma, é um FC Porto que, mesmo num período de maior "desnorte" foi vencendo, à excepção do jogo com o Vitória de Guimarães. Isso foi importante para agora estar a "arrumar a casa" com outra tranquilidade, e Sérgio Conceição é hoje um treinador com o plantel quase na máxima força, onde apenas Aboubakar é baixa por lesão. Estas várias soluções permitem-lhe jogar em 4-3-3, como o fez no jogo com o Galatasaray, com Corona, Brahimi e Marega, ou então optar pelo 4-4-2, com Marega e Tiquinho Soares, e mesmo no meio campo pode formar o seu trio de combate, formado por Danilo, Herrera e Sérgio Oliveira. É só escolher, Sérgio Conceição...

Onzes prováveis:
 
Benfica: Vlachodimos; André Almeida, Rúben Dias, Lema, Grimaldo, Fejsa, Pizzi e Gedson, Sálvio, Cervi e Seferovic
FC Porto: Casillas, Maxi Pereira, Felipe, Militão, Alex Teles, Danilo Pereira, Sérgio Oliveira e Herrera, Brahimi, Marega e Tiquinho Soares

O meu prognóstico:

Bom sem me alongar muito nas explicações, vejo todo o valor no lado do FC Porto. Primeiro, pelas razões que enumerei em cima, vejo muitos mais problemas para Rui Vitória, no seu onze base do que no FC Porto. Em segundo pela forma como Rui Vitória nos tem habituado a jogar nestes grandes jogos. E em terceiro lugar, pelas odds que as casas de apostas estão a oferecer.

Ora, a linha que eu gostava de escolher era o FC Porto (+0.25), mas como sabemos em casas legalizadas em Portugal, apostar em handicaps é muito complicado, senão vejamos.
O handicap FC Porto (+0.25) encontra-se a 1.64 na Bet.pt e a 1.58 na Nossa Aposta, e "lá fora" na Pinnacle encontra-se a 1.83, isto é o mesmo que dizer que não tem qualquer valor apostar nesse handicap.

Já o FC Porto handicap (0) que cota a 2.23 na Pinnacle está a 2.16 na ESC Online, mas mesmo estando bastante mais baixo será a minha aposta para este jogo. Reconheço que há aqui uma boa possibilidade de devolver a aposta, mas acho que dificilmente será perdida, e acho mesmo que a haver um vencedor, a probabilidade de serem os dragões é bastante mais alta.

Deixo ainda outra aposta que gosto bastante, mas que mais uma vez não existe nas casas de apostas reguladas em Portugal: FC Porto Over 1 golos @1.98 Pinnacle



helderqueimado

  • Crava
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Set 2012
  • Localidade: Beja
  • Mensagens:
    71
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    92
em: 06 de Outubro de 2018, 23:40
Jogo: Benfica vs Porto
Competição: Primeira Liga Portugal
Data: 07 Outubro 2018 (17:30)
Estádio: Estádio da Luz (Lisboa)

O Clássico está de volta!

E tudo o que rodeia este confronto é tão valorizado, empolado. Muitos eventos, ocorrências ou até notícias são provocadas para virem a publico nesta altura (talvez por ter maior valor comercial). Este preâmbulo para me referir, objectivamente, aquela que A Bola designou como a primeira grande entrevista de Luisão após o final da sua longa e admirável carreira (o meu profundo respeito pelo homem e pelo desportista!). Sobretudo a referência ao falecimento de Eusébio da Silva Ferreira que ocorreu alguns dias antes dO Clássico de 2014.
Em jeito de homenagem à maior figura de sempre do Benfica, onze jogadores entraram em campo com um nome nas costas, o do King, Eusébio. Onze Eusébios a pisar o relvado como outrora. Onze Eusébios "empurrados" pelas bancadas cheias. Afirma Luisão que nesse dia, poderiam ter entrado em campo apenas 5 jogadores e mesmo assim teriam vencido o jogo. Eu vou mais além, pois nesse dia, entrou em campo apenas um jogador benfiquista. Esse mesmo, Eusébio da Silva Ferreira. E com dois golos assinados pelas suas chuteiras negras, o Benfica voltou a vencer o Porto e o Rei voltou a ser eterno.

Podemos passar horas a analisar exaustivamente um jogo, a estatística, o peso dos números, a história, o H2H, mas não há nada mais poderoso do que as substâncias produzidas pelo cérebro. Facto indesmentível, a morte de Eusébio, o reconhecimento e admiração que muitos dos jogadores do Benfica que alinharam naquela partida lhe tinham, o nome que ostentaram na camisola, em última análise, foram os factores que determinaram a vitória do Benfica nesse jogo. O Porto até poderia ter sido o Barcelona, porque naquele dia a vitória seria sempre benfiquista.
E por aqui já se vê o quão especial é um Clássico.

Rui Vitória protagonizou uma antevisão anormal em si, insurgindo-se contra as críticas que o colocam como treinador benfiquista mais mal sucedido em clássicos e derbies. Elevou a voz, endureceu o tom e puxou dos galões para mostrar em dedos o número de títulos, envolvendo em sua defesa, Jorge Jesus, Quique Flores, Camacho e Fernando Santos (não sei se chegou a Béla Guttmann). Um "safanão" no discurso "morno" de Rui Vitória, como que a mostrar os dentes. Vamos ver se resulta.
Para termos uma vitória do Benfica, na Luz, sobre o Porto, é preciso recuar à época 2012/13 (3x1, em jogo a contar para a Taça de Portugal).
Benfica que chega a este jogo sem derrotas no campeonato, mas o facto de somar dois empates deixa-os um ponto atrás do adversário. Os empates foram cedidos frente a outro rival directo, o Sporting e frente ao Chaves, num jogo que deixou marcas para este - indisponibilidade de Conti.
Como anfitrião o Benfica venceu os encontros com o Guimarães e o Desportivo das Aves e, empatou com o Sporting. Destes três jogos somente a partida com o Guimarães viu o resultado dilatar-se para lá dos dois golos e meio, os restantes ficaram pelos dois golos.
German Conti é ausência certa neste jogo por ter sido expulso em Chaves. João Félix regressa à convocatória e espera-se que coloque em campo a mística que colocou com o Sporting (e que rendeu um golo). Este miúdo vai longe e para quem como eu, cresceu a admirar Il Maestro Rui Costa, nota-se nele traços similares nas movimentações, nos toques, a própria corrida. Rui Vitória convocou vinte e um jogadores, mas deverá alinhar com Vlachodimos, Grimaldo, Rúben Dias, Lema e André Almeida, no meio-campo Fejsa, Cervi, Salvio e Pizzi são garantidos, restando a dúvida sobre Gabriel ou Gedson Fernandes. Na frente de ataque não tenho qualquer dúvida de que a aposta se mantém em Seferovic.

O Porto já perdeu esta época e logo em casa, na recepção ao Guimarães. A jogar como visitante soma tantas vitórias quantas visitas, duas. O Porto, quanto a mim, ainda não convenceu. Entrou de rompante com o Chaves, mas depois sofreu para vencer Os Belenenses. Perdeu em casa com o Guimarães, goleou o Moreirense e depois em Setúbal, foi o relvado que quase lhes roubava a vitória. Na recepção ao Tondela, a vitória foi curta e a vitória da Champions League parece ter, para já, dissipado algumas nuvens negras. Veremos.
Não vejo esta equipa do Porto acima da do Benfica, aliás, neste momento até está um pouco abaixo, mas tem valores individuais que podem fazer muita diferença e desde logo destaco o monstro que está na baliza, Iker Casillas.
Vincent Aboubakar está no hospital, o que retira maior poder de ataque ao Dragão. Marega sozinho não consegue dar ao jogo o que Aboubakar consegue ou, o que os dois juntos dão. Marega combinado com Tiquinho não resulta como resulta Marega e Aboubakar. Se, Sérgio Conceição optar por Tiquinho em vez de Marega então aí o Porto ainda perderá mais. Estará André Pereira preparado para um jogo destes? E no meio-campo Sérgio Conceição? Quem levas, Sérgio Oliveira ou Danilo? Estas são, para mim, as duas dúvidas que se colocam sobre o onze do Porto, nas restantes posições não vejo nenhuma alteração.

Pick:
Under 2,25 | 10 unidades | @1,81 (Bet.pt)



Forum de Apostas

Re: [Liga NOS - 7ª Jornada] Benfica vs FC. Porto 07.10 17:30
« Responder #2 em: 06 de Outubro de 2018, 23:40 »

sniperthebest

  • Magnata
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    19130
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5203
em: 07 de Outubro de 2018, 11:25
07 de outubro de 2018, 17h30
Futebol
Liga NOS
Benfica vs FC Porto
Pick: Resultado final:Benfica Esc Online 2.49


   Rui Vitória foi muito assertivo e contundente na conferência de imprensa e funciona como excelente tónico para este desafio, até porque o Benfica globalmente vem de uma boa exibição para a Champions e quebrou a mala pata que tinha na prova rainha europeia e agora é a vez de Rui Vitória quebrar o enguiço que tem com o Futebol Clube do Porto.
   Assim, o Benfica é expectável que possa entrar forte até porque o Porto não tem tido entradas muito “glamorosas” nos últimos tempos e procurar colocar respeito no seu adversário que pode ser menos efusivo ofensivamente pois não conta com Aboubakar e o peso e a capacidade de lutar pelas bolas divididas vai fazer falta a Marega e a Soares, que rendem mais como segundos avançados.
   Adicionalmente com Jonas na frente de ataque, como é expectável, o Benfica ganha não só maior killing instinct como também o ataque encarnado ganha outro tipo de fluidez ofensiva pois Jonas é só não muito competente no aproveitamento de espaços vazios e na leitura das situações ofensivas e isso pode beneficiar o estilo de jogo de Sálvio e Rafa, que são jogadores muito rápidos e que regularmente aparecem em zonas de finalização.
   Depois há que ter em conta que o FC Porto nos derradeiros anos tem ido sempre à Luz de forma cautelosa e que deve apresentar o seu bloco bem baixo mas este ano o Benfica tem uma meia-distância como há muito não tinha, com Pizzi, em excelente momento de forma e Gedson Fernandes, sem esquecer as armas pouco secretas no banco, como são os casos de Gabriel e Alfa Semedo.
   Jardel, Krovinovic e Ebuehi estão lesionados e Conti está castigado do lado encarnado e do lado azul e branco Aboubakar e Mbemba estão lesionados.
   O Benfica antes de bater o AEK por 3-2, tinha empatado a 2 no campo do Chaves, já o Porto venceu em casa o Galatasary por 1-0 e antes tinha batido pelo mesmo score o Tondela em casa.
O que têm em comum Lionel Messi, Eddy Merckx, Michael Jordan e Sniperthebest? 3 TITLES IN A ROW!
VENCEDOR...LIGA SPORTINGBET + BET365 + FANTASTICWIN Futebol Dez. 2012




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions