Autor Tópico: [US Open 2018] 30-08-2018  (Lida 222 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Tiago.Magalhães

  • Multimilionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2014
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5586
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    2650
em: 29 de Agosto de 2018, 14:42
 :ganha: :ganha:



Tiago.Magalhães

  • Multimilionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2014
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5586
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    2650
em: 29 de Agosto de 2018, 14:53
30 de Agosto às 16h00
Tênis
US Open
Robin Haase - David Goffin
Aposta: David Goffin a vencer @1.27 ESC Online

Num dos encontros deste início de segunda ronda no fantástico US Open temos uma partida entre dois "vizinhos" no holandês Robin Haase e o belga David Goffin.

Robin Haase de 31 anos é o actual número 49 do ranking.
O holandês chega a este encontro depois de na primeira ronda ter tido um jogo extremamente complicado frente a Matthew McDonald que esteve mesmo a frente por 2 sets a 0, mas onde o holandês aproveitou da inexperiência ao mais alto nível do americano para virar a partida a seu favor conseguindo uma vitória suada por 3-2.
Aos 31 anos e em final de época, uma partida destas toma muito do corpo de um tenista e este é para mim um dos maiores factores nesta aposta.

David Goffin de 27 anos é o actual número 10 do ranking.
O belga vem de realizar mais uma temporada super interessante onde se consagrou como um tenista top 10 de forma regular e mostrou ser um dos melhores executantes em quase todas as superfícies.
O belga chega motivado com as suas prestações em Cincinnati onde apenas nas meias finais foi obrigado a desistir devido a umas dores que, segundo consegui ver na primeira ronda, não o afectam neste momento.

Vou com.o melhor tenista, em melhor forma e sem o handicap de cansaco.



Iciman

  • Moderadores
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2014
  • Localidade: Lisboa
  • Mensagens:
    12224
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    600
em: 29 de Agosto de 2018, 15:03
Jack Sock - Nikoloz Basilashvili
Dia 30/08/2018 - 00H
US Open

Partida que opõe um homem da casa, Jack Sock ao georgiano Basilashvili.

Jack Sock, de 25 anos e actual nº 18 do ranking, já foi Top 10 (8º), é um "bombardeiro" (1.91m) e tem no piso hard o seu favorito. Está a jogar perante o seu público e está motivado para ir o mais longe possível na competição.

O georgiano Basilashvili de 26 anos e actual nº 37 do ranking, também tem neste piso (hard)  a sua superfície favorita.

Amanhã de madrugada, espero um jogo até equilibrado, mas tenho de dar o favoritismo ao norte-americano, joga em casa, perante o seu público e apesar de tudo é melhor jogador que o seu adversário.

Não registo de jogos anteriores entre estes dois jogadores.

Jack Sock ML a 1.47€ na Esc online
Calma,  "liga mui longa"...



Forum de Apostas

Re: [US Open 2018] 30-08-2018
« Responder #2 em: 29 de Agosto de 2018, 15:03 »

Tiago.Magalhães

  • Multimilionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2014
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5586
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    2650
em: 29 de Agosto de 2018, 15:06
30 de Agosto às 16h00
Tênis
US Open
Mikhail Kukushin - Hyeon Chung
Aposta: Hyeon Chung a vencer @1.30 ESC Online

Duelo geracional nesta segunda ronda do US Open com o veterano Kukushin a defrontar o jovem talentoso Chung num encontro onde creio que a juventude e maior capacidade física serão os factores determinantes para a vitória.

Mikhail Kukushin de 30 anos é o actual número 84 do ranking.
A verdade é que o cazaque surpreendeu-me bem na partida frente a Rubin onde se mostrou extremamente sólido durante quase todo o encontro apenas tendo um lapso no terceiro set.
Creio que apesar de tudo Kukushin não é jogador para estás altas rodas, ou pelo menos para avançar tão longe nesta altura da carreira e apesar da sua qualidade técnica, fisicamente não se consegue impor.

Hyeon Chung de 22 anos é o actual número 23 do ranking.
O sul coreano está provavelmente a realizar a melhor temporada da sua ainda curta carreira este ano, e jogando nesta superfície eleva o seu jogo ainda mais  visto ser a que melhor se encaixa no seu estilo.
Chung vem de excelentes prestações em torneios ATP de piso duro recentes e  beneficia ainda de não ter jogado uma partida completa na primeira ronda frente a Berankis.

Vou com.o.jovem asiático frente ao experiente asiático e creio que nesta altura da temporada, Chung devera vencer com tranquilidade.



Tiago.Magalhães

  • Multimilionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2014
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5586
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    2650
em: 29 de Agosto de 2018, 15:17
30 de Agosto às 16h00
Tênis
US Open
Lucas Pouille - Marcos Baghdatis
Aposta: Lucas Pouille a vencer @1.51 ESC Online

Em mais um encontro da segunda ronda tempos uma partida bastante interessante entre o francês Lucas Pouille e o cipriota Marcos Baghdatis, dois tenistas que gostam bastante desta superfície em particular.

Lucas Pouille de 24 anos é o actual número 17 do ranking ATP.
O francês tenta aqui apanhar o "momentum" com a vitória na primeira ronda, numa partida que foi mais difícil do que se esperava mas de onde Pouille assumiu que saiu motivado para as rondas seguintes.
Apesar da época ligeiramente atípica, em piso duro foi onde obteve o seu melhor resultado este ano e sendo assim creio que temos aqui um bom presságio pelo menos para estás primeiras rondas.

Marcos Baghdatis de 33 anos é o actual número 93 do ranking.
O experiente tenista vai-se mantendo no top 100 apesar dos seus resultados um pouco irregulares onde entra nos quadros principais mas acaba eliminado em primeiras rondas normalmente.
A verdade é que a jogar em piso duro Baghdatis está mais a vontade e beneficiou da desistência de Youzhny na primeira ronda.

Vou com a vitória do francês numa partida que poderá ser mais equilibrada do que as casas de apostas querem fazer parecer com esta odd.



Tiago.Magalhães

  • Multimilionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2014
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5586
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    2650
em: 29 de Agosto de 2018, 15:25
30 de Agosto às 16h00
Tênis
US Open
João Sousa - Pablo Carreno Busta
Aposta: Pablo Carreno Busta a vencer @1.28 ESC Online

Num duelo ibérico na segunda ronda do US Open o nosso português João Sousa defronta o seu conhecido Pablo Carreno Busta por um lugar na ronda seguinte deste prestigiado torneio.

João Sousa de 29 anos é o actual número 68 do ranking ATP.
O português vem de uma época bastante atípica com muitos altos e baixos sendo que a inesquecível vitória no Estoril Open marca completamente a sua temporada. Em piso duro porém, a história não beneficia o português nem o seu estilo de jogo, visto que o poderio físico que tem de impor desgasta muito o seu jogo por vezes.
Na primeira ronda venceu Grannollers de forma tranquila por 3-0.

Pablo Carreno Busta de 27 anos é o actual número 12 do ranking.
O espanhol está a entrar no prime da sua carreira e esta temporada tem vindo a realizar resultados muitos sólidos mas sem grandes títulos de destaque até ao momento.
A jogar em piso duro Carreno Busta encontrasse muito a vontade e tem aqui uma excelente oportunidade de avançar para a ronda seguinte.

Apesar de torcer pelo português, temos que ser realistas em relação a qualidade actual dos dois tenistas e sendo assim creio que Busta vá vencer este encontro



joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5778
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1974
em: 30 de Agosto de 2018, 02:44
João Sousa vs Pablo Carreno-Busta
30/08/2018
19.00
US Open

João Sousa, tenista português de 29 anos, número 67 do ranking ATP. É um jogador que já nos deu muitas alegrias e que estará na nossa história, sinceramente, já o disse muitas vezes que não o acho bom e acredito que esta nova actualização de ranking que terá o vimaranense dentro do top70 será mais justo face à sua qualidade. É um tenista mais virado para a terra batida, tem boa qualidade para os rallies, gosta de estar no fundo do court a trocar bolas e é defensivo. Este ano tem como melhor registo a vitória no Estoril Open mas não tem sido um ano muito positivo (registo de 22-21) e daí a sua queda no ranking.

Pablo Carreno-Busta, tenista espanhol de 27 anos, número 12 do ranking ATP. Jogador muito de fundo do court, excelente a níveis mental, gosta de jogar mais de forma defensiva, é bastante atlético e cobre bem o court. Tem uma boa resistência e tem estado sempre em fase crescente, jogou o ATP Finals no ano passado e apesar de não ter sido incrível para já este ano, tem mais que qualidade para o ser, principalmente pelo facto de que se adotou a outras superfícies, ele que era um mestre da terra batida. Este ano, Busta venceu apenas o torneio exibicional de Kooyong, sendo que o seu melhor registo terá sido as meias finais no Masters de Miami.

Este é uma partida entre 2 amigos, parceiros muitas vezes de pares. É bom ver Sousa a regressar as vitórias mas tem aqui um oponente que o teve derrotar, PCB tem um estilo até semelhante ao portugues mas tudo que o tuga faz, o espanhol faz melhor e mesmo a níveis mentais, Pablo é bem melhor. 3-0 é uma aposta arriscada mas uma vitória no máximo de 4 sets é mais que provável para o 12º cabeça de série.

Pick: Pablo Carreno-Busta -1.5 sets a 1.43 na betclic



joelsant0s

  • Multimilionário
  • j
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mai 2013
  • Localidade:
  • Mensagens:
    5778
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1974
em: 30 de Agosto de 2018, 02:57
Alex De Minaur vs Francis Tiafoe
30/08/2018
21.00
US Open

Alex De Minaur, tenista australiano de 19 anos, número 43 do ranking ATP. Jogador talentoso, em óptima forma (está na sua melhor classificação de sempre) e que tenho a certeza que estará durante muitos anos na “ribalta” .Tem óptimas qualidades e é super bem treinado (pelo ex-top1 Lleyton Hewitt). Minaur é um jogador inteligente, consistente e que gosta de crescer nas partidas. É um jogador mais defensivo, gosta de estar no fundo do court e é bastante rápido. Mostra também muita consistência mental, não é o típico australiano que “auto implode” nas partidas e gosto muito disso nele. Este ano venceu o challenger de Nottingham e acredito que é dos melhores “jovens” que andam aí, principalmente porque tem foco e sabe o que melhorar no seu jogo, algo super importante.

Francis Tiafoe, tenista norte-americano de 20 anos, número 42 do ranking ATP. Jogador bastante jovem, com muito potencial. É bastante ofensivo, gosta de ditar o controlo do jogo, tendo um bom serviço e uma ótima forehand. É um dos jogadores da nova geração. Não lhe vejo, muito sinceramente, talento para ser top1 mas acho que é um jogador bastante decente, quiçá para figurar no top10. Depois de um ano de 2017 onde fez uma imensidão de jogos nos challengers norte-americanos , tem jogado só ATP’s este ano, onde tem mostrado bom nível.  Este ano tem como melhor registo a vitória no ATP de Delray Beach e fez ainda final no Estoril Open onde perdeu para o nosso João Sousa.

Sei que apostar em De Minaur tem sido um pesadelo para mim mas vejo aqui mais um jogo com boas hipóteses para ele. Deve ser uma partida dividida, Tiafoe tem um estilo muito mais agressivo e acredito que Alex fique mais na expectativa mas acho que do fundo do court, o australiano é superior e acredito que tenha oportunidades para vencer.

Pick: Alex de Minaur a 2.10 na betclic



Forum de Apostas

Re: [US Open 2018] 30-08-2018
« Responder #7 em: 30 de Agosto de 2018, 02:57 »

sniperthebest

  • Magnata
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    18893
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5076
em: 30 de Agosto de 2018, 09:09
30 de agosto de 2018, 16h
Ténis
ATP US Open
 Fábio Fognini vs John Millman
Pick: Handicap de sets: John Millman +1.5 sets Esc Online 1.84


   O transalpino Fábio Fognini com o decorrer da sua carreira tornou-se mais competente nos pisos rápidos apesar de ser acima de tudo um tenista de terra batida. Atualmente é o número 14 do mundo, apenas a um lugar do seu melhor de sempre.
   O italiano de 31 anos depois de ter vencido em Bastad, batendo na final R.Gasquet na negra,  mas em Gstaad perdeu nos oitavos de final com J.Zopp em 3 sets. De volta aos pisos rápidos, Fognini voltou a vencer desta feita batendo na final o credenciado Del Potro, permitindo ao argentino apenas 6 jogos. Já na Rogers Cup não esteve tão imponente, perdendo na ronda 2 com o promissor teenager Shapovalov em 2 sets. Já no US open bateu Mmoh em 4 sets.
   O italiano é acima de tudo um jogador do fundo do court, mas gosta de ser agressivo na troca de bolas desde a baseline. Com um saque consistente embora não muito potente, colhe dividendos pela sua boa mobilidade e pela sua capacidade de mudar de estilo de jogo rapidamente.



   O australiano John Millman de 29 anos é o número 55 do mundo, apenas 6 lugares abaixo do seu melhor de sempre e é um tenista muito rodado em termos de challengers e torneios ATP de pequena dimensão.
   Millman depois de ter chegado aos quartos de final em Eastbourne e de ter perdido na ronda 2 em Wimbledon com Milos Raonic, esteve modesto no regresso à temporada de terra batida, perdendo nos oitavos de final de Bastad com Delbonis por duplo 4/6. Já em Hamburgo voltou a ceder nos oitavos de final somando apenas 4 jogos diante de D.Thiem. Seguiram-se desaires na ronda inaugural em Cincinnati e Winston Salem, antes de voltar aos triunfos já no US open, ao bater  J.Brooksby em 3 sets.
   “The mailman” para além ser muito forte no binómio saque/vólei, também é um jogador muito rápido e tecnicamente evoluído, se não fossem as lesões já podia estar num patamar bem acima na sua carreira.


Conclusão: Apesar de o italiano ser o favorito acredito que o aussie poderá conquistar pelo menos 2 parciais, não só porque está a servir particularmente bem e a colocar muitas primeiras bolas mas também porque Fognini foi tudo menos consistente diante de Mmoh.
   Apesar de ter despachado Mmoh em 4 sets e mesmo o americano sendo muito limitado tecnicamente, Fognini teve claros problemas com esse oponente, não sendo consistente no serviço e falhando várias pontos fáceis, contra Millman que tem outro tipo de argumentos do fundo do court, pode passar um mau bocado.
O que têm em comum Lionel Messi, Eddy Merckx, Michael Jordan e Sniperthebest? 3 TITLES IN A ROW!
VENCEDOR...LIGA SPORTINGBET + BET365 + FANTASTICWIN Futebol Dez. 2012



sniperthebest

  • Magnata
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    18893
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5076
em: 30 de Agosto de 2018, 09:36
30 de agosto de 2018, 16h
Ténis
ATP US Open
Mikhail Kukushkin vs Hyeon Chung
Pick: Handicap de sets: Hyeon Chung -1.5 sets Esc Online 1.52


   O cazaque M.Kukushkin é conhecido pela sua irregularidade e inconsistência e nunca fui um jogador de grandes torneios, grandes feitos. Ainda assim com 31 anos ainda se mantém no top-100, sendo o número 84 do mundo.
   Depois de uma presença muito modesta na terra batida, em que o melhor que conseguiu foi uma presença nos quartos de final de Lyon, Kukushkin melhorou na relva, especialmente em Eastbourne em que apenas perdeu nas meias-finais diante de M.Zverev em 2 sets equilibrados e em Wimbledon onde na ronda inaugural bateu Pospisil em 4 sets, mas depois perdeu em sets diretos com Nadal. Na terra batida de Kitzbuhel atingiu os oitavos de final e no US open bateu Rubin em 4 sets, de forma algo surpreendente.
   Kukushkin é o que se chama um baseliner agressivo e apesar de ter um saque razoável, é um jogador que muitas vezes vai abaixo pela pressão e que é terrivelmente inconstante – capaz do melhor e do pior no court.


   O sul coreano de 22 anos tem conhecido uma ascensão meteórica no ATP tour, sendo número 23 do mundo e já tendo atingido, este ano, uma presença nas meias-finais do Australian open.
   O jogador asiático, que para além do brilharete no major australiano somou quartos de final nos Masters 1000 de Miami e Indian Wells, teve uma temporada de terra batida abreviada por questões físicas, mas ainda assim somou uma presença nas meias-finais de Munique. Não disputando qualquer encontro em relva e de regresso aos pisos sintéticos, teve como melhores resultados uma presença nos oitavos de final em Washington e nos quartos de final em Winston Salem. Já no US open eliminou  Berankis, após o seu oponente ter desistido no 4 parcial.
   O asiático é a nova coqueluche do ténis mundial, com grande versatilidade e jogo de pés, mescla como poucos potência de jogo com variedade de golpes e parece nunca fraquejar em termos mentais – simplesmente um jogador soberbo.


Conclusão: Não parece que o cazaque tenha alguma chance neste encontro, segunda ronda no US open já é muito bom para o cazaque que nunca foi muito forte em majors, ainda para mais defrontando Chung que parece guardar o melhor de si para os grandes certames.
                   Isto sem esquecer que Chung é muito mais consistente no primeiro e segundos saques que o seu rival e acima de tudo tem uma mobilidade e jogo de fundo do court, incomparativelmente melhor que o cazaque e quando o sul coreano começar a obrigar Mikhail Kukushkin a correr, terá o encontro na mão. Encontro que se perspetiva totalmente desequilibrado.
O que têm em comum Lionel Messi, Eddy Merckx, Michael Jordan e Sniperthebest? 3 TITLES IN A ROW!
VENCEDOR...LIGA SPORTINGBET + BET365 + FANTASTICWIN Futebol Dez. 2012



sniperthebest

  • Magnata
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    18893
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5076
em: 30 de Agosto de 2018, 10:10
30 de agosto de 2018, 17h
Ténis
ATP US Open
Matthew Ebden - Philipp Kohlschreiber
Pick: Handicap de sets: Matthew Ebden +1.5 sets Esc Online 1.80


   O australiano que prometeu tanto no seu início da sua carreira não cumpriu com o esperado e parece que com a veterania finalmente encontrou a tranquilidade que faltava ao seu jogo. Atualmente o o jogador de 30 anos é o número 54 do mundo, apenas 11 lugares abaixo do seu melhor de sempre.
   Depois de uma temporada em relva para esquecer, Ebden esteve em destaque na relva, onde atingiu as meias-finais no challenger de Surbiton e de Hertogenbosch e depois atingiu os quartos de final em Halle, onde perdeu em dois parciais muito equilibrados para Fed Express. Em Wimbledon bateu D.Goffin S.Robert, antes de claudicar com G.Simon. Já em Newport teve uma presença discreta. Ripostou em Atlanta onde só perdeu em 3 sets para Isner, nas meias-finais da prova. Não se deu conta dele na Rogers cup, mas no derradeiro major da temporada, bateu Krajinovic em 5 sets.
   Para além de ter um serviço muito agressivo e que lhe garante muitos pontos fáceis, o australiano melhorou bastante o seu jogo do fundo do court nos últimos tempos e se juntarmos a boa leitura tática que costuma fazer das caraterísticas e vulnerabilidades dos seus oponentes justificam porque está muito difícil de bater Ebden nesta fase da época.


   Philipp Kohlschreiber é daqueles jogadores não muito vistosos em termos de resultados, mas que tem performances muito regulares em pisos rápidos e daí ser um habitué do top-50. Atualmente é  o número 34 do mundo, ele que já foi o décimo sexto melhor jogador da hierarquia mundial.
   O tenista germânico esteve em destaque na temporada de terra batida ao chegar à final em Munique e ao atingir 3 oitavos de final em Masters 1000, mas na relva não teve tão afirmativo, tendo como melhores resultados uma presença nos oitavos de final em Halle e uma chegada à terceira ronda de Wimbledon, onde foi desfeiteado por K.Anderson em 3 sets. Seguiram-se derrotas em primeiros encontros nos certames de Hamburgo e Kitzbuhel (terra batida) e em Cincinnati (hard-court). Já no US open precisou de 4 sets para eliminar Hanfmann.
   Especialista na abertura de ângulos e em forçar os adversários a jogar longe da baseline, o germânico é um consistente jogador de fundo do court a quem, muitas vezes, falta killing instinct.



Conclusão: Creio que há muito valor a favor do australiano que está com um ténis muito escorreito e fluido e para além do serviço estar a sair particularmente bem, o australiano também está a colher dividendos por ter uma maior força psicológica, um dos pontos fracos do seu jogo.
                    E Ebden que já esta temporada bateu o alemão, parece apanhar Kohlschreiber no melhor momento possível, Kohlschreiber perdeu 3 encontros consecutivamente antes de chegar a Nova Iorque e foi pouco convincente diante do modesto Hanfmann.
         Por outro lado ainda Ebden tem outro tipo de argumentos em termos de serviço e vólei e pelo que  se viu recentemente em Wimbledon e Atlanta pode ir muito longe neste certame.
O que têm em comum Lionel Messi, Eddy Merckx, Michael Jordan e Sniperthebest? 3 TITLES IN A ROW!
VENCEDOR...LIGA SPORTINGBET + BET365 + FANTASTICWIN Futebol Dez. 2012



sniperthebest

  • Magnata
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    18893
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5076
em: 30 de Agosto de 2018, 11:29
30 de agosto de 2018, 18h30
Ténis
ATP US open
Robin Haase - David Goffin
Pick: Robin Haase Esc Online 3.75


   O gigante holandês é o número 49 do mundo e é sempre um tenista difícil de bater quando se joga em pisos sintéticos. O tenista de 31 anos conta no seu historial com 2 títulos do Atp tour, ambos em Kitzbuhel.
   Robin Haase, como seria de esperar, não teve uma performance por aí além nos certames de terra batida de Gstaad e Kitzbuhel, perdendo logo nos encontros inaugurais mas ripostou, em grande estilo, na Rogers Cup onde atingiu os quartos de final, tendo batido no processo jogadores como Nishikori e Shapovalov em sets diretos. Já em Cincinnati também esteve em destaque ao bater Krajinovic e A.Zverev antes de ser derrotado por Carreno Busta em sets diretos. No US open bateu ,na ronda 1, M.McDonald em 5 sets.
   Como é bom de ver, tendo em conta a sua envergadura, Haase tem um saque canhão e quando coloca o primeiro saque com regularidade torna-se muito difícil de contrariar. Destaque ainda para o facto de também ser capaz de ser muito agressivo com a sua backhand e de ser perito em conquistar winners com pancadas na passada.


   David Goffin mesmo não sendo um jogador muito alto conseguiu, de forma algo surpreendente tornar-se um habitué do top-10/15. O tenista belga tem como melhores resultados da sua carreira, 4 títulos do ATP tour, onde se inclui a conquista do ATP 500 de Tóquio.
   Goffin, depois de uma presença discreta na temporada de relva, em que por exemplo não foi além da ronda 2 de Wimbledon, melhorou a sua performance nos pisos sintéticos, somando uma presença nos quartos de final em Washington e depois de ter perdido na ronda inaugural da Rogers Cup, esteve em grande nível em Cincinnati onde bateu Kevin Anderson e Del Potro, acabando por desistir durante o duelo nas meias-finais com Roger Federer. Já no US open bateu Gaio em 3 sets.
   Com uma backhand acima da média, Goffin destaca-se pela sua mobilidade de fundo do court e com a sua capacidade de conquistar ângulos para a sua forehand de direita e apesar de não ser muito alto é muito agressivo no fundo do court.


Conclusão: Creio que o holandês pode perfeitamente vencer este encontro, David Goffin é um jogador extremamente irregular e que muitas vezes baqueia perante tenistas fora do top-20/30, de forma algo surpreendente.
                 Por outro lado ainda, os serviços a mais de 200 km/h de Haase poderão ser um forte empecilho para Goffin que naturalmente muitas vezes tem dificuldades diante de big hitters.
          Noutro contexto, a habilidade de Haase de ser agressivo tanto com a backhand como com a forehand dificultará e de que maneira a capacidade do belga em assentar o seu estilo de jogo.
O que têm em comum Lionel Messi, Eddy Merckx, Michael Jordan e Sniperthebest? 3 TITLES IN A ROW!
VENCEDOR...LIGA SPORTINGBET + BET365 + FANTASTICWIN Futebol Dez. 2012



sniperthebest

  • Magnata
  • s
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Fev 2010
  • Localidade:
  • Mensagens:
    18893
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    5076
em: 30 de Agosto de 2018, 11:47
30 de agosto de 2018, 18h
Ténis
ATP US open
João Sousa - Pablo Carreno Busta
Pick: João Sousa Esc Online 3.70


   O tenista vimaranense, primeiro tenista luso a chegar ao top-30/50, parece de volta aos grandes momentos depois da exibição categórica na primeira ronda deste major, exibições mais consentâneas com a sua posição no ranking ATP – posição número 68.
   Depois de uma performance razoável na relva de Antalya, onde perdeu nos quartos de final para A.Mannarino, Sousa perdeu na ronda 1 de Wimbledon com Stakhovsky em 5 sets e ainda somou desaires inaugurais em mais 5 certames: Umag e Gstaad, em terra batida e Rogers Cup, Cincinnati e Winston Salem em pisos rápidos.  Ripostou em grande estilo no Us open, apenas concedeu 7 jogos ao espanhol Granollers-Pujol e reagiu de forma espetacular ao break de entrada que sofreu.
   É certo que a João Sousa, falta-lhe, por vezes, potência no saque, algo que tenta minorar com colocação do mesmo. Mas as suas principais qualidades residem na sua capacidade de mudar de estilo de jogo, na sua agressividade do fundo do court e também pela sua mesclagem arrojada de bolas longitudinais e bolas cruzadas, ótimas shot making….



   Pablo Carreno Busta é, acima de tudo um especialista em terra batida, não fosse ele espanhol mas conseguiu desenvolver o seu ténis de modo a se tornar igualmente competitivo em pisos rápidos como os resultados mais recentes atestam.
   Carreno Busta, como é seu apanágio, esteve em destaque na terra batida ao chegar às meias-finais de Barcelona e Estoril open, assim como aos quartos do Masters 1000 de Roma, mas esperava-se mais dele em Roland Garros onde se quedou pela terceira ronda. Já em relva, se esquecermos os encontros exibicionais, não venceu qualquer encontro. De volta aos hard-courts, perdeu na ronda 2 da Rogers cup com Khachanov em 2 sets e em Cincinnati bateu Haase e Gasquet antes de perder com Cilic em 2 sets. Em Winston Salem só cedeu diante de S.Johnson nas meias-finais e já no Us open despachou Jaziri em 3 sets.
   Carreno Busta evolui positivamente nos primeiros saques metidos e se juntarmos a isso o facto de ser um tenistas que melhor respondem aos saques alheios, fica parcialmente respondido o porquê de Carreno Busta se ter tornado tão competitivo em pisos rápidos.


Conclusão: Creio que o tenista luso pode surpreender o espanhol pois finalmente João Sousa quebrou a malapata de desaires consecutivos com um triunfo categórico diante de Granollers e se continuar a servir como o fez diante do espanhol e a atacar com confiança e com eficácia as linhas como o fez na ronda inaugural, não vai ser um encontro fácil para Carreno Busta.
        Apesar de ter vencido Jaziri em 3 sets, Carreno Busta não foi muito afirmativo e convincente e quiçá será não estará a acumular alguma fadiga nesta fase da época, algo que joga a favor de João Sousa que faz da versatilidade e da sua alta-rotação de jogo um dos seus pontos mais fortes.
       De resto o historial dos dois encontros entre João Sousa e Carreno Busta sempre foi marcado pelo equilíbrio e para João Sousa seria mais difícil de se impor se jogasse contra um big hitter.
O que têm em comum Lionel Messi, Eddy Merckx, Michael Jordan e Sniperthebest? 3 TITLES IN A ROW!
VENCEDOR...LIGA SPORTINGBET + BET365 + FANTASTICWIN Futebol Dez. 2012




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions