Autor Tópico: [Taça da Liga 2018/2019] 21 a 22 de Julho de 2018  (Lida 164 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Ricardo Matos

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Dez 2012
  • Localidade: Coimbra
  • Mensagens:
    33791
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    756
em: 16 de Julho de 2018, 18:14
« Última modificação: 25 de Julho de 2018, 17:46 por Ricardo Matos »
AKA Spinosa
AG Brasil: http://www.apostaganhabr.com/



azcomeon

  • Multimilionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2018
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4764
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    4225
em: 22 de Julho de 2018, 02:28
22-07-2018, 19h45 | Taça da Liga
Académica - Leixões


A Briosa dá o pontapé de saída numa temporada em que a prioridade é a subida à primeira divisão, objetivo desde cedo definido e assumido por Carlos Pinto, ex-treinador do Santa Clara nas últimas duas épocas, que fez um excelente trabalho, colocando a equipa açoriana no primeiro escalão. Como o próprio alertou na conferência de imprensa de antevisão para esta estreia, os processos de jogo ainda estão a ser assimilados, o sistema é "completamente diferente" do da época passada e está tudo numa fase embrionária.
Na pré-época, a Académica até agora não conseguiu qualquer triunfo. Estreou-se em jogos de preparação no dia 7 deste mês, empatando 1-1 com o Anadia. Seguiram-se três partidas contra equipas da I Liga, nomeadamente o Tondela (derrota por 2-1), o FC Porto (derrota por 3-0) e o Belenenses (0-0), este último no jogo de apresentação aos sócios, num troféu que os azúis do Rest... Jamor acabaram por ganhar nos penaltys.
Entre os homens que saíram, destaque para Luisinho, Zé Tiago, Ricardo Ribeiro e Chiquinho. Em sentido inverso, Hugo Almeida é o nome maior de uma lista que conta ainda com Brendon Lucas (ex-Portimonense), Ricardo Guima (Sporting), Júlio Neiva (Gil Vicente), Peçanha (Ac. Viseu), William Soares (Omonia), Zé Paulo (Ac. Viseu), Ricardo Dias (Belenenses), Reko (Gil Vicente) e Joel Ferreira (Estoril).

O Leixões também estreia um novo treinador, depois de uma época em que apresentou futebol de qualidade e alimentou as esperanças dos seus adeptos em conseguir a promoção até bem perto do fim do campeonato. Filipe Gouveia foi o escolhido pela direção para liderar os destinos técnicos da equipa, depois de ter orientado o Sporting da Covilhã em 2017/18 no início da temporada e não ter liderado nenhum projeto até ao fim da última época.
Ao contrário da Académica, em termos de resultados o Leixões tem tido sucesso nestes jogos de preparação, tendo realizado três, sem qualquer derrota, vejamos: triunfos ao Fafe (4-0) e ao Braga (2-1) e empate com o Santa Clara (1-1) no jogo de apresentação aos sócios e adeptos.
Em termos de alterações no plantel em relação ao último ano, o Leixões viu sair André Ferreira (Benfica B), Sancidino (Lausanne-Sport), Jaime Simões (Sp. Covilhã),  João Lucas e Bruno Lamas (ambos para o Santa Clara).
A lista de entradas é composta por Pedro Henrique (ex-Grémio Anápolis), Stéphane (Shukura Kobuleti), Erivaldo (Desp. Aves), André Ceitil (Farense), Bura (Ac. Viseu), Pepo Santos (União Leiria), Tiago Moreira (União Madeira), Rui Nibra (Fafe), Miguel Lopes (Moura), Diego Raposo (Águeda) e João Rodrigues (Caldas).

Vejo vantagem da Académica nesta eliminatória por vários fatores. Desde logo, na qualidade da equipa técnica da formação de Coimbra, liderada por Carlos Pinto, um dos melhores treinadores da Segunda Liga e que encosta, em termos qualitativos, Filipe Gouveia. Além disso, a Académica começou a preparar esta temporada com mais antecedência e solidez do que o Leixões, que viu sair Francisco Chaló no primeiro dia da pré-época, onde os jogadores arrancaram bateria de exames médicos. Chegaram já três reforços que até foram dispensados por Filipe Gouveia, um indício de que, logicamente, muita da planificação da nova época não foi feita pelo novo treinador, algo que não acontece com a Académica, que mal terminou a época 2017/18 anunciou a saída de Quim Machado, apresentando pouco depois Carlos Pinto como novo técnico. É verdade que as duas equipas estão numa fase precoce da sua preparação para 2018/19, este é o primeiro jogo oficial e pode ser arriscado, no entanto somando todos estes fatores ao fator casa - e já se sabe que em Coimbra a exigência é tanta quanto o apoio e os adeptos devem aderir em massa ao primeiro jogo oficial da Académica em 2018/2019 -, creio que a Académica irá sobrepôr-se ao Leixões, que perdeu alguns dos seus homens mais influentes da última época e, a jogar fora, deverá sentir dificuldades para levar de vencida um adversário que ainda está em formação, precisamente como o próprio conjunto leixonense.

Portal > Académica AH -0.75 @ 1.85 (10/10)
Liga > Académica DNB @ 1.26 ESC (10/10)
« Última modificação: 22 de Julho de 2018, 02:36 por azcomeon »
Step by step. Day by day. Work hard until you reach success.



azcomeon

  • Multimilionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2018
  • Localidade:
  • Mensagens:
    4764
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    4225
em: 22 de Julho de 2018, 02:39
22-07-2018, 19h45 | Taça da Liga
Académica - Leixões


Portal > Académica AH -0.75 @ 1.85 (10/10)
Liga > Académica DNB @ 1.26 ESC (10/10)


A do portal é ESC também. Não vou editar porque já coloquei a concurso na liga
Step by step. Day by day. Work hard until you reach success.



Forum de Apostas

Re: [Taça da Liga 2017/2018] 21 a 22 de Julho de 2018
« Responder #2 em: 22 de Julho de 2018, 02:39 »


 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions