Autor Tópico: AFCON - Africa Cup of Nations - Gabon 2017  (Lida 3208 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

miguelyn

  • Administrador
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2005
  • Localidade: Lamego
  • Mensagens:
    64587
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1648
em: 20 de Janeiro de 2017, 23:14
@RafaelSilva1986  não te consigo responder por PM não sei porque

Eu percebi que esta longe de ser por mal. Mas as picks são para ser lançadas no portal e se não houver tempo para o fazer a pick é em vão nesse aspecto. E o Carlos Lucas pode não te pontuar a pick. Eu ate acho que o tempo min é de 2 horas antes mas a meu ver 1h é aceitável.

Entre dar ou não dar a minha opinião é que dês mas esta é a minha opinião quem "trata" disto é o @Carlos_Lucas

Abraço




Não consegues porque ele não tem 50 mensagens postados no fórum ;)
"A running world is a peaceful world."
"A sporting world is an enjoyable world."

Eliud Kipchoge in  Laureus'19



RicSilva

  • HighRoller
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2014
  • Localidade:
  • Mensagens:
    8984
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1024
em: 20 de Janeiro de 2017, 23:54
@RafaelSilva1986  não te consigo responder por PM não sei porque

Eu percebi que esta longe de ser por mal. Mas as picks são para ser lançadas no portal e se não houver tempo para o fazer a pick é em vão nesse aspecto. E o Carlos Lucas pode não te pontuar a pick. Eu ate acho que o tempo min é de 2 horas antes mas a meu ver 1h é aceitável.

Entre dar ou não dar a minha opinião é que dês mas esta é a minha opinião quem "trata" disto é o @Carlos_Lucas

Abraço




Não consegues porque ele não tem 50 mensagens postados no fórum ;)

:lol: explicado



RicSilva

  • HighRoller
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2014
  • Localidade:
  • Mensagens:
    8984
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1024
em: 21 de Janeiro de 2017, 11:00
Gana - Mali
21/01 - 16:00

Apesar de terem um dos piores treinadores do Mundo, o Gana tem de permanecer um dos favoritos na prova pela experiência e claro qualidade do seu plantel. Infelizmente na estreia tiveram uma baixa de peso. O lateral esquerdo Baba Rahman lesionou-se gravemente no joelho.
Quanto ao jogo uma boa meia hora com Atsu, e os Ayew bem mexidos e um par de meias ocasiões como resultado disso. Depois um defesa do Uganda recebe mal a bola Gyan tira proveito disso e da estupidez do central para ganhar o penalty vitorioso. A partir daqui só deu Uganda.

Mali fez uma das exibições mais fortes da 1ª ronda ao anular o Egipto por completo. O Egipto do Cuper não é propriamente uma equipa ofensiva pelo contrário mas foi notável a forma como os  anularam e foram criando lances que poderiam ter dado a vitória. Ficou um penalty por marcar sobre o deus Marega e um par de ocasiões flagrantes em cruzamentos por encostar.

Espera-se um Mali novamente a pensar em defender primeiro e a lançar ataques rápidos que desta vez poderão contar com um Gana muito menos preparado defensivamente que os egipcios e o deus Marega pode tratar de resolver a partida. O gana tem sido muito inconsistente desde a era Avram Grant (vá se lá saber porque  :assobio: ) O empate até servirá as duas equipas tendo em conta que 4 pontos a caminho da ultima jornada seriam bem vistos para o gana e para o Mali dois e com Uganda pela frente na última jornada tambem não parecem maus. O empate provavelmente até será o resultado final mas acho Mali bem mais consistente atrás e é a partir daí que poderão construir uma eventual vitória.
Mali dnb - betclic - 2.70
« Última modificação: 21 de Janeiro de 2017, 11:03 por RicSilva »



Forum de Apostas

Re: AFCON - Africa Cup of Nations - Gabon 2017
« Responder #32 em: 21 de Janeiro de 2017, 11:00 »

RicSilva

  • HighRoller
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2014
  • Localidade:
  • Mensagens:
    8984
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1024
em: 21 de Janeiro de 2017, 11:19
Outra coisa extremamente importante que me esqueci de referir é que o Mali tem provavelmente a camisola mais bonita do torneio ultrapassando também aí o Gana que costuma estar nos tops




Buzzard

  • Multimilionário
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Nov 2014
  • Localidade: Barreiro
  • Mensagens:
    4509
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    435
em: 21 de Janeiro de 2017, 16:19
Egipto - Uganda
21/01/07 as 20:00

Egipto - encontra-se no grupo D na segunda posição, na primeira ronda deste campeonato empatou 0:0 frente a seleção do Mali, tem esta jornada para dar um passe importante na tabela classificativa e entrar na luta da fase seguinte, tem equipa para superar este adversário para isso deve alinha no onze Said, Shefoo, Gabr, jogadores importantes nesta selecção, uma selecção que esta habituada aos grandes palcos das seleções e no meu ver e uma equipa que luta pelos primeiros lugares do seu grupo, nos ultimos 5 jogos disputados perdeu uma frente a formação Africa do Sul por 1:0, esta seleção fecha-se muito bem na defesa e sofre muitos poucos golos.

Uganda - entrou mal neste campeonato logo com uma derrota frente a seleção do Gana por 1:0, defrontou uma seleção que luta pela fase seguinte e consegui-o objetivo dos três pontos, esta jornada e muito importante para esta seleção, se perder tem quase as malas aviadas para o seu pais, por isso tem de entrar em campo para ganhar, deve contar com a contribuição do Iguma, kizito,  Massa, vao ter muitas dificuldades para entrar na defesa adversária devido aos defesas que ocupam essa posição.

Egipto @ 1.58 bet -  nos confrontos diretos tem levado a maior , no ultimo encontro entre si ganhou por 3:0, vem de um empate e sabe a importancia desta vitoria para dar um passae gigante no seu grupo e entrar na corrida da fase seguinte.

 



Wiliam Wessner

  • Crava
  • W
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2017
  • Localidade:
  • Mensagens:
    54
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    0
em: 22 de Janeiro de 2017, 01:55
Jogo: Camarões x Gabão
Data: 22/1/2017 – 19h
Prognóstico: Gabão @2.50 betclic


Todos os times têm chances de classificação assim como podem ser eliminados. Camarões começa a disputa em vantagem, pois lidera o grupo A com quatro pontos ganhos. A segunda colocação é dividida por Gabão e Burkina Faso, com 2. A quarta colocação é de Guiné-Bissau, com apenas um ponto, mas com chances de avançar.


Camarões: Os camaroneses precisam apenas de um empate para confirmar a classificação. Eles começaram a campanha nesse estágio final com em empate, por 1 a 1, diante de Burkina Faso. Saíram em vantagem com um tento de Moukandjo aos 35min do primeiro tempo, mas não conseguiram conservar a liderança do marcador cedendo o empate, aos 30min da etapa final, ao sofrer gol de Dayo.

O susto maior aconteceu na segunda rodada. Na partida contra Guiné-Bissau, teve a defesa vazada com apenas 13min da etapa inicial. Piqueti balançou a rede. Porém, a reação mostrou a força de Camarões, considerado um dos candidatos ao título. Siani, aos 16min da etapa final, e Ngadeu-Ngadjui, garantiram a virada e a vitória por 2 a 1.

Nas eliminatórias, Camarões alcançou sua vaga sem maiores problemas. Com quatro vitórias e dois empates, superou com facilidade Mauritânia, África do Sul e Gâmbia garantindo a vaga com antecipação.


Gabão: A seleção de Gabão naturalmente não precisou disputar as eliminatórias. Por ser sede do torneio, teve sua vaga assegurada sem que tivesse necessidade de entrar em campo. Porém, quando pisou no gramado, acabou decepcionando. O sorteio dirigido que formou os grupos posicionou os gaboneses de forma que a classificação para as quartas de final pudesse ser alcançada sem a necessidade de pontuar contra Camarões. A expectativa é de que o time chegasse à rodada final da fase de grupos classificado e apenas disputando a liderança da chave contra os camaroneses.

Porém, a prática mostrou-se bastante distante da teoria. Logo na estreia, o time local não conseguiu impor seu favoritismo diante de Guiné-Bissau. Ficou no 1 a 1, apesar de ter conseguido abrir o marcador aos 8min do segundo tempo através de seu maior astro, Aubameyang, atacante do Borussia Dortmund. A igualdade veio de forma sofrida, aos 46min, com um tento de Soares.

No segundo jogo, o susto foi ainda maior. Contra Burkina Faso, os gaboneses viram o rival abrir o marcador as 23min da primeira etapa com Nakoulma. Conseguiram o empate através de cobrança de pênalti ainda na fase inicial. Aubameyang, obviamente, converteu aos 38min. Mas faltaram forças para a virada.

Isso deixou o time necessitando da vitória para conseguir avançar à próxima fase diante do time que é considerado o mais forte do grupo. Um empate também pode servir, mas, para isso, há necessidade de que também seja registrada igualdade entre Guiné-Bissau e Burkina Faso. Nesse cenário, Camarões se classificaria em primeiro lugar e a disputa pela segunda vaga seria decidida no saldo de gols, maior número de gols marcados ou até mesmo sorteio entre Gabão e Burkina Faso.


Conclusão: Time de uma nota só, Aubameyang, mas muito bem executada, Gabão seria considerado zebra para o confronto diante de Camarões caso o jogo fosse realizado em qualquer outro lugar do mundo. Porém, o fator casa faz diferença. Não apenas no apoio dos torcedores que é capaz de fazer com que os jogadores ultrapassem seus limites, mas por um aspecto que não pode ser desprezado. A grande maioria das arbitragens tende a beneficiar os times da casa.

Não que exista intenção de se fazer isso, porém, é natural que os juízes acabem, em caso de dúvida, indicando vantagem para quem tem a maior torcida, ainda que essa decisão seja tomada por vezes de forma automática ou inconsciente. Por isso, um palpite na equipe de Gabão parece ser a melhor opção para o jogo.



Wiliam Wessner

  • Crava
  • W
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2017
  • Localidade:
  • Mensagens:
    54
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    0
em: 22 de Janeiro de 2017, 12:54
Jogo: Guiné-Bissau x Burkina Faso
Data: 22/1/2017 – 19h
Prognóstico: Burkina Faso @1,80 betclic


O grupo A tem na liderança a seleção de Camarões com quatro pontos ganhos. No mesmo horário, os camaroneses enfrentam os donos da casa fechando sua participação na primeira fase. Gabão e Burkina Faso dividem a segunda posição com dois pontos. Em quarto e último lugar está Guiné-Bissau, com apenas um ponto. Os dois primeiros avançam para a próxima fase.


Guiné-Bissau: Alcançar a fase final da Copa da África foi uma façanha para Guiné-Bissau. A equipe teve uma dura disputa pela única vaga reservada para o Grupo E das eliminatórias com Congo e Zâmbia. Porém, com uma série de três vitórias consecutivas, conseguiu assegurar o primeiro lugar do grupo com uma rodada de antecedência.
Em sua estreia na fase de grupos já no Gabão, o time voltou ao surpreender ao arrancar o empate, por 1 a 1, diante dos favoritos donos da casa, especialmente por terem tido para reagir depois que o atacante Aubameyang, do Borussia Dortmund, a maior estrela do torneio, abriu o marcador aos 8min do segundo tempo. A Igualdade foi obtida já nos acréscimos, aos 46min, com gol de Soares.
Na segunda rodada, contudo, o time não resistiu diante da seleção de camarões, mesmo tendo saído em vantagem. Fez um gol com Piqueti logo aos 13min do primeiro tempo. A virada veio na etapa final com tentos assinalados por Siani, aos 16min, e Ngadeu-Ngadjui, aos 34min.
Assim, precisa da vitória para conseguir sua sobrevivência na competição, embora nem mesmo o sucesso garanta a classificação. Há uma possibilidade de que o time seja eliminado mesmo ganhando caso Camarões seja derrotado pelo Gabão no outro jogo. Se esse cenário for concretizado, os gaboneses ficariam com a primeira posição com cinco pontos. Haveria um empate entre Camarões e Guiné-Bissau pela segunda posição.  Os critérios de desempate teriam de ser aplicados. Por ter vencido o confronto direto, os camaroneses levam vantagem.


Burkina Faso: A equipe de Burkina Faso não depende de outros resultados para conseguir a classificação. Estará classificada em caso de vitória, pois alcançará cinco pontos. Só poderá ser superada por Camarões ou Gabão, mas tem chances de encerrar sua participação até mesmo no primeiro lugar.
Na fase de classificação, Burkina Fasso conseguiu o primeiro lugar de seu grupo, o D, tendo que recorrer ao confronto direto com Uganda para desempate, uma vez que ambos terminaram com 13 pontos (quatro vitórias, um empate e uma derrota). Mas a seleção de Uganda, por ser uma das melhores que terminaram na segunda posição, também conseguiu uma vaga na fase final.
Na primeira rodada do estágio decisivo, no Gabão, o time conseguiu segurar os camaroneses empatando por 1 a 1 depois de estar em desvantagem. Moukandjo assinalou aos 35min do primeiro tempo. A igualdade veio com Dayo aos 30min da etapa final.
Contra os donos da casa, o placar foi o mesmo, mas a situação inverteu-se. Burkina abriu frente aos 23min do primeiro tempo com Nakouma. Aos 38min, ainda da etapa inicial, Aubameyang empatou.


Retrospecto: Não há registro de confrontos prévios entre Burkina Faso e Guiné-Bissau.


Conclusão: A cautela foi a marca das primeiras rodadas da Copa da África. Nos dez jogos iniciais, por exemplo, houve seis empates. O índice é mais do que o dobro do número costumeiro de igualdades em campeonatos nacionais, que normalmente fica entre 23% e 25% das partidas.
Porém, na rodada final de cada grupo, a necessidade da vitória para que se alcance a classificação muito provavelmente fará com que os times corram mais riscos, o que acaba favorecendo quem tem mais recursos técnicos na maioria das vezes.
No caso do confronto deste domingo, isso indica que a vitória de Burkina Faso é a melhor opção de palpite com cotação de 1,80 em betclic.



RicSilva

  • HighRoller
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2014
  • Localidade:
  • Mensagens:
    8984
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1024
em: 23 de Janeiro de 2017, 00:22
Senegal x Argélia

Os especialistas vão dizer que a Argélia foi uma desilusão sem terem visto um único jogo dos magrebinos na Can...nem antes. Mas como joga lá o Mahrez tem de se dizer isso mesmo sem saber que eles não sabem defender , não têm dinâmicas colectivas e só o Slimani tem corrido. Claro que o Mahrez ou o Brahimi se receberem uma bola em condições à entrada da área podem fazer magia. Mas se, se, se...

O Aliou Cisse aka Bob Marley já apurou senegal para a próxima fase. Em conferência de imprensa anunciou que vai mexer muito pouco no onze o que pode ser mas noticias para os argelinos. O senegal não tem deslumbrado mas tem sido pragmatico e defensivamente tem estado sólido. Acabou por fazer q.b. nos dois jogos embora com a Tunísia a terem a sorte do jogo.

Não é preciso muito para vencer a Argélia neste momento e caso o Senegal mantenha a coesão defensiva e com a superioridade que ira ter no meio campo vai provavelmente anular grande parte das iniciativas argelinas. Irão certamente jogar no contra ataque, depois com Mane & amigos a explorar essa situação perante uma defesa que não da garantias, as probabilidades de golo são altas. Só uma Argélia que ainda não esteve na CAN é que tem condições para vencer isto

Senegal dnb - betclic - 2.35



Forum de Apostas

Re: AFCON - Africa Cup of Nations - Gabon 2017
« Responder #37 em: 23 de Janeiro de 2017, 00:22 »

RafaelSilva1986

  • Crava
  • R
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Out 2014
  • Localidade:
  • Mensagens:
    64
    Pts Tipsr:
    19
em: 23 de Janeiro de 2017, 15:32
Senegal vs Argélia
CAN 2017 - 3ª jornada Grupo B
Segunda- feira, 23 de Janeiro de 2017, 19h00

O Senegal defronta a Argélia na última jornada da fase de grupos da Taça de África das Nações (CAN), grupo B. A Argélia bateu o Senegal por 2 vezes em 2015 (nos dois últimos jogos disputados).
Fruto de duas vitórias por 2-0 sobre a Tunísia e Zimbabué, o Senegal já garantiu a passagem à fase a eliminar da CAN. Já a Argélia, um dos favoritos à partida, mas a realizar um torneio dececionante, tem a sua situação mais complicada.
De facto, a Argélia precisa de vencer para terminar o grupo com 4 pontos. Porém, por um lado, precisa da vitória do Zimbabué sobre a Tunísia pois caso a Tunísia empate ou ganhe, é esta que se qualifica. Por outro, a vitória do Zimbabué garante 4 pontos a esta equipa, os mesmos que a Argélia pelo que a decisão passar para o critério seguinte dos golos.
Assim, Argélia está forçada a vencer o seu jogo e por muitos golos. O treinador do Senegal garantiu em conferência de imprensa que não irá fazer poupanças numa equipa já apurada.
Nos últimos 10 jogos disputados quer pelo Senegal, quer pela Argélia existiram pelo menos 2 golos. A fragilidade defensiva da Argélia versus uma equipa do Senegal relaxada e descontraída dará certamente inúmeras oportunidades de golo. Rais M’Bolhi, 1º gr da Argélia, não jogou contra a Tunísia e também está fora deste jogo. assim, vou esticar um pouco para

Mais de 3.5 golos - 3.3@bet.pt.pt
« Última modificação: 23 de Janeiro de 2017, 15:34 por RafaelSilva1986 »



Wiliam Wessner

  • Crava
  • W
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2017
  • Localidade:
  • Mensagens:
    54
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    0
em: 23 de Janeiro de 2017, 16:21
Senegal vs Argélia
CAN 2017 - 3ª jornada Grupo B
Segunda- feira, 23 de Janeiro de 2017, 19h00
Prognóstico: Argélia @2,15 betclic


Também pela chave B, no mesmo horário, Tunísia e Zimbábue, que brigam pela segunda e última vaga em aberto no grupo, têm seus caminhos cruzados. Os senegaleses venceram seus dois primeiros jogos atingindo seis pontos. Os tunisianos estão no segundo lugar com três pontos. A Argélia divide a lanterna com Zimbábue com um ponto conquistado.


Senegal: Relacionados como favoritos ao título, os senegaleses apresentam campanha perfeita desde a fase de eliminatórias quando terminaram em primeiro lugar do grupo K vencendo seus seis compromissos. Marcaram 13 gols e sofreram só dois superando com facilidade Níger, Burundi e Namíbia. Foi a única seleção a alcançar a marca de 18 pontos ganhos na luta por assegurar o direito de disputar a etapa final da Copa da África no Gabão.

A estreia no Gabão também foi tranquila. Senegal precisou apenas de 30 minutos para marcar 2 a 0 na Tunísia. Gols de Sadi Mane, atacante do Liverpool, cobrando pênalti, e Mbodji. Depois, só administrou a vantagem.

Depois, repetiu o placar diante de Zimbábue. Precisou de menos tempo para definir a partida e assegurar a classificação com uma rodada de antecedência. Os tentos foram assinalados por Mane, aos 9min, e Saivet, aos 14min da primeira etapa.

Com a vaga assegurada, é bastante provável que o técnico Aliou Cissé escale um time com grande número de reservas para enfrentar a Argélia. Apesar de isso significar um aumento das chances de perder o aproveitamento de 100%, é uma decisão que pode render mais frutos em médio e longo prazo, uma vez que diminui o risco de contusões ou de perder atletas por suspensão para os jogos eliminatórios, quando uma derrota é fatal.


Argélia: Nem a vitória é um resultado bom o suficiente para os argelinos. Além de vencerem, terão de torcer para que a Tunísia empate ou seja derrotada por Zimbábue. Dessa forma, haveria um empate no segundo lugar com quatro pontos e a decisão seria tomada de acordo com os critérios de desempate (saldo de gols, maior número de gols ou sorteio).

Certamente não era nessa situação que a Argélia esperava chegar na última rodada da fase de grupos. O time conseguiu avançar sem maiores sustos nas eliminatórias e por muito pouco não obteve aproveitamento de 100%. Foram cinco vitórias e um empate, com 25 gols marcados e somente cinco sofridos. Deixou Etiópia, Seychelles e Lesoto pelo caminho.

A eficiência ofensiva, que proporcionou média superior a quatro tentos por partida nas eliminatórias, até foi vista na estreia no Gabão. Contra Zimbábue, um adversário bem mais difícil que os anteriores, marcou duas vezes. Mas a defesa, que já dera sinais de vulnerabilidade, não conseguiu segurar os rivais e foi vazada duas vezes.  Os gols argelinos foram feitos por Mahrez, um dos principais jogadores do Leicester.

O pior aconteceu diante dos tunisianos. A defesa voltou a titubear. Não apenas foi vazada por duas vezes, como na primeira delas facilitou ainda mais para os rivais. Mandi fez um gol contra. A Argélia ainda descontou no final, mas não conseguiu somar ponto.


Retrospecto: Os argelinos venceram os três últimos confrontos diante de Senegal. A única vitória senegalesa no duelo aconteceu em 2008, também pela Copa da África.


Conclusão: Com a corda no pescoço, bons atacantes e diante de um adversário relaxado e muito provavelmente com um time repleto de reservas, a Argélia parece ser a melhor opção de aposta para a partida.





Wiliam Wessner

  • Crava
  • W
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2017
  • Localidade:
  • Mensagens:
    54
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    0
em: 23 de Janeiro de 2017, 16:31
Zimbabwe vs Tunísia
CAN 2017 - 3ª jornada Grupo B
Segunda- feira, 23 de Janeiro de 2017, 19h00
Prognóstico: Tunísia @1,48 betclic


Os senegaleses já garantiram uma das vagas do grupo para as quartas de final. Com seis pontos ganhos, estão na liderança da chave. A Tunísia tem três pontos e ocupa o segundo posto. Logo atrás estão Argélia e Zimbábue com 1.

Zimbábue: Os zimbabuanos entram pressionados não apenas pela vitória, mas também porque precisam construir uma diferença suficiente de gols para que, alcançando os quatro pontos, não possam ser superados pelos argelinos, que têm a possibilidade de atingir a mesma pontuação.
A seleção de Zimbábue conseguiu a vaga na fase final da Copa da África ao somar 11 pontos (três vitórias, dois empates e uma derrota) e conseguir o primeiro lugar no grupo L das eliminatórias com 11 gols marcados e quatro sofridos. Superou Suazilândia, Guiné e Malawi.
Em sua estreia no Gabão, mostrou poder de reação diante dos favoritos argelinos. Saiu em desvantagem no marcador, levando um gol de Mahrez, logo aos 12min da etapa inicial, mas chegou ao empate apenas cinco minutos depois, através de Mahachi. A virada veio ainda no primeiro tempo em cobrança de pênalti executada por Mushekwi, aos 29min. O time até se fechou tentando segurar a vitória, mas Mahrez fez mais um, aos 38min da etapa final, determinando a igualdade por 2 a 2.
Mais uma vez na condição de azarão, contra Senegal, a seleção de Zimbábue não conseguiu repetir o desempenho da estreia. Teve sua defesa vazada duas vezes em menos de 15min e não conseguiu superar o sistema defensivo rival, perdendo por 2 a 0.

Tunísia: Os tunisianos tiveram a mesma sorte diante dos senegaleses em seu jogo de estreia. Com 30 minutos da primeira etapa estavam perdendo por 2 a 0 e não conseguiram reagir. Porém, chegam em vantagem na rodada final por terem superado a Argélia, por 2 a 1, na segunda rodada.
Alcançar o posto na fase final da Copa da África também teve uma cota de drama para a Tunísia. Seu grupo, o A, teve a definição do classificado apenas na rodada final quando o time goleou a Libéria, por 4 a 1, alcançando 13 pontos. O empate naquele duelo classificaria os liberianos. Togo, que chegou a 11 pontos, acabou também se classificando, mas como um dos melhores segundo colocados.

Retrospecto: Não há registro de confrontos oficiais entre Zimbábue e Tunísia.

Conclusão: A seleção de Zimbábue é claramente a quarta força do grupo. Precisando vencer, deve expor ainda mais sua fragilidade técnica, o que pode acabar facilitando o trabalho da Tunísia, favorita e melhor opção de palpite para o duelo.



Wiliam Wessner

  • Crava
  • W
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2017
  • Localidade:
  • Mensagens:
    54
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    0
em: 24 de Janeiro de 2017, 01:05
Marrocos x Costa do Marfim
AFCON - Africa Cup of Nations - Gabon 2017
24/01 19:00
Prognóstico: Empate @2,90 betclic

Em briga direta por uma vaga nas quartas de final da Copa Africana de Nações, Marrocos e Costa do Marfim se enfrentam nesta terça-feira, 24 de janeiro, no estádio d’Oyem, em Gabão. Válido pelo grupo C,  o jogo tem início agendado para 19 horas.
A liderança da chave é da seleção do Congo, ainda não classificada, com quatro pontos. A equipe vai enfrentar, no mesmo horário, Togo, lanterna com 1 ponto, mais com possibilidade de sobreviver. Marrocos, com três pontos, está em segundo lugar seguido pela Costa do Marfim, que soma dois.

Marrocos: Os marroquinos entram em campo precisando apenas da igualdade para avançar para o estágio de quartas de final. Com quatro pontos, obrigatoriamente terminariam entre os dois primeiros colocados, que garantem a vaga, mesmo que Togo supere Congo e estabeleça um tríplice empate na pontuação. Nesse caso, Marrocos superaria pelo menos um deles no saldo de gols.
A equipe reagiu na competição depois de uma derrota, na estreia, por 1 a 0 para Congo, com gol assinalado por Kabananga aos 10min do segundo tempo. Na segunda rodada, fez 3 a 1 em cima de Togo, conseguindo, assim, deixar seu saldo de gols positivo.
Isso depois de levar um susto na partida. Levou um gol, de Dossevi, logo aos 5min do primeiro tempo. A virada não tardou. Bouhaddouz empatou aos 14min e, aos 21min, Saiss colocou os marroquinos na frente. Aos 27min do segundo tempo, En-Nesri não apenas assinalou o tento que confirmou a vitória como também garantiu ao time o direito de atuar pelo empate nesta segunda-feira.
O início titubeante foi uma surpresa para uma seleção que mostrou amplo domínio em seu grupo nas eliminatórias. Alcançou a classificação ao obter cinco vitórias e um empate. Marcou dez tentos e sofreu apenas um. Ao lado do Egito, teve a defesa menos vazada nas eliminatórias deixando Cabo Verde, Líbia e São Tomé e Príncipe pelo caminho.

Costa do Marfim: Atual campeã do torneio, Costa do Marfim não teve o benefício da classificação garantida para poder lutar pelo bi. Precisou disputar as eliminatórias no único grupo com três seleções. Conquistou a vaga com muita dificuldade. Das quatro partidas, empatou três e ganhou somente uma. Com seis pontos, superou por pouco Serra Leoa (cinco) e Sudão (quatro).
Sua série de empates foi aumentada na fase final da competição, que está sendo disputada no Gabão. Na estreia, não saiu do 0 a 0 com Togo. Na segunda rodada, contra Togo, ficou no 2 a 2 depois de estar em desvantagem no marcador por duas vezes.
Os togoleses abriram o placar aos 10min da etapa inicial com Kebano. Aos 26min, Bony empatou pela primeira vez. Kanabanga, aos 28min, novamente colocou a seleção de Togo em vantagem. A igualdade final foi assegurada por Die aos 22min da etapa derradeira.
Agora, só a vitória serve para que o time consiga uma vaga nas quartas de final. Nesse caso, o superaria a Tunísia e, alcançando os cinco pontos, não poderia ser superado por Togo, mesmo que a equipe derrote Congo.

Retrospecto: Nas cinco últimas partidas entre Tunísia e Costa do Marfim o empate também foi o resultado mais frequente. Foi registrado em três oportunidades. Os dois outros duelos terminaram com vitória dos marfinenses pelo placar mínimo.

Perspectiva: Baseando seu jogo em uma defesa forte e contra-ataques, Costa do Marfim alcançou pela primeira vez em 2015 o título da Copa Africana de Nações. Mostrou que não evoluiu desde então. Conserva seu estilo de atuar mostrando muita dificuldade quando tem que pressionar em busca da vitória. Contra times tecnicamente inferiores nas eliminatórias, só venceu uma vez.
Diante da Tunísia, mais uma vez essa situação se repete. Como os adversários são beneficiados pela igualdade, os marfinenses terão de tomar a iniciativa do jogo. O histórico recente de pouco sucesso nessa situação indica a igualdade como melhor palpite para o confronto.



Wiliam Wessner

  • Crava
  • W
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Jan 2017
  • Localidade:
  • Mensagens:
    54
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    0
em: 24 de Janeiro de 2017, 01:45
Togo x Congo
AFCON - Africa Cup of Nations - Gabon 2017
24/01 19:00
Prognóstico: Congo @2,05 betclic

Precisando do empate, Congo enfrenta Togo nesta terça-feira, 24 de janeiro, em partida pela terceira e última rodada da fase de grupos da Copa Africana de Nações. A partida está agendada para 19h no estádio de Port-Gentil, no Gabão.
Os congoleses lideram a chave C com quatro pontos ganhos. São seguidos por Tunísia, que tem três, e Argélia, com dois. Essas equipes se enfrentam no mesmo horário. Os togoleses estão na lanterna com um ponto, mais ainda com chances de conseguir a classificação para a etapa de quartas de final. Os dois primeiros colocados avançam.

Togo: Togo estreou com um surpreendente empate diante da Costa do Marfim. Parou o ataque dos atuais campeões da Copa da África e garantiu o 0 a 0. Na sequência, contudo, os togoleses não resistiram ao time de Marrocos levando 3 a 1.  Até saíram em vantagem, abrindo o marcador aos 5min do primeiro tempo com Dossevi. Mas acabaram levando a virada com tentos de Bouhaddoz e Saiss, respectivamente aos 14min e 21min da etapa inicial, e Em-Nesry, aos 27min do segundo tempo.
Resultado dentro do esperado para uma equipe que só conseguiu alcançar a classificação para a fase final da Taça Africana de Nações na repescagem. Ficou em segundo lugar no grupo A com 11 pontos (três vitórias, dois empates e uma derrota) atrás da Tunísia, que somou 13. Só avançou por ter sido um dos dois melhores segundos colocados na comparação entre os 13 grupos.
A chance de classificação existe, mas exige a vitória diante de Congo. Contudo, nem isso pode ser suficiente. Caso o duelo entre Marrocos e Costa do Marfim termine em igualdade, um sucesso de Togo promoveria um empate tríplice na liderança. Assim, a definição aconteceria no saldo de gols. Os marroquinos, no momento, tem saldo positivo de um. Se empatarem seu jogo, será suficiente para lhes dar uma vaga.
Em caso e vitória por diferença mínima sobre Congo, os togoleses não conseguiriam superar os rivais ficando com saldo menos um enquanto os congoleses terminariam zerados. No caso do tríplice empate, precisariam de uma diferença de dois tentos.

Congo: Congo, ao contrário, conseguiu uma sequência de quatro vitórias consecutivas nos jogos finais das eliminatórias que lhe garantiu o direito de disputar o título no Gabão. Alcançou 15 pontos (cinco vitórias e uma derrota) com 16 gols marcados e seis sofridos. Eliminou a República Centro-Africana, Angola e Madagascar.
A equipe estreou com uma vitória em estádios gaboneses. Marcou 1 a 0 nos favoritos marroquinos. O tento foi assinalado por Kabananga aos 10min do segundo tempo. Ainda conseguiu segurar a vantagem mesmo com um jogador a menos. Mutambala foi expulso aos 36min da etapa final. Ele cumpriu suspensão automática na segunda rodada, diante da Costa do Marfim, e está liberado para entrar em campo nesta terça-feira.
Contra os marfinenses, os congoleses estiveram duas vezes em vantagem no placar, mas acabaram cedendo o empate por 2 a 2. Abriram o marcador aos 10min com Kebano. Cederam a igualdade aos 26min, em tento assinalado por Bony. Porém, dois minutos depois, conseguiram seu segundo gol, feito por Kabananga. Contudo, na etapa final, foram vazados aos 22min por Die.

Retrospecto: No histórico de três partidas entre as seleções, houve duas vitórias da República Democrática do Congo e uma de Togo.

Perspectiva: Togo terá de utilizar uma postura ofensiva para essa partida se desejar alcançar a classificação. Não é uma estratégia com que a equipe esteja acostuma e pode acabar abrindo espaços em sua defesa facilitando a vitória do Congo, superior tecnicamente. Assim, o palpite nos congoleses para o mais adequado para a disputa.



RicSilva

  • HighRoller
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2014
  • Localidade:
  • Mensagens:
    8984
  • Nacionalidade: pt
  • Pts Tipsr:
    1024
em: 24 de Janeiro de 2017, 07:23
@Wiliam Wessner já não chega de plágio? @joga33 ao menos não liponhas as picks no portal ate isto estar esclarecido...
@Carlos_Lucas ....
« Última modificação: 24 de Janeiro de 2017, 07:24 por RicSilva »



Mr Everton

  • Bilionário
  • M
  • Estado:
    Offline
  • Registo: Mar 2012
  • Localidade:
  • Mensagens:
    3145
  • Nacionalidade: 00
  • Pts Tipsr:
    19
  • Banido!
em: 24 de Janeiro de 2017, 12:49
ao menos po
@Wiliam Wessner já não chega de plágio? @joga33 ao menos não liponhas as picks no portal ate isto estar esclarecido...
@Carlos_Lucas ....

ao menos pode saber-se a fonte? Assim podemos ler o original...




 


Casas de Apostas: bet pt / Betclic / ESC Online / Nossa Aposta / Casino Portugal

Rede Apostaganha: Apostas / Palpites e Dicas de Apostas / Pronósticos de Apuestas / Betting Tips and Predictions